História My 7 feelings - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Loona, Stray Kids
Personagens Chuu, Han Ji-sung, Hwang Hyun-jin, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lee Felix, Min Yoongi (Suga), Olivia Hye, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, ViVi, Yeojin
Visualizações 6
Palavras 914
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Harem, Literatura Feminina, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aaaa que tiro






Pqp, olha esse homem minha gente! Tinha q ser o utt mesmo!, mas mesmo que não fosse utt, continuaria sendo lindo, pq Jimin é Jimin, né minha gente.

Capítulo 5 - Tristeza


Fanfic / Fanfiction My 7 feelings - Capítulo 5 - Tristeza

S/N: Você é inteligente?

NJ: QI de 148.

S/N: Ótimo. Será que você conseguiria entrar no meu corpo?

NJ: O QUÊ?!

S/N: NÃO NO DUPLO SENTIDO!

NJ: Como você sabe que nós conseguimos entrar no seu corpo?

S/N: Eu li o livro do Jin, mas foi sem querer, eu juro! Por favor, entra no meu corpo e faz a prova surpresa pra mim! Nunca te pedi nada, literalmente, até porque nós nos acabamos de nós conhecer, mas mesmo assim!

NJ: Tudo bem, mas só se você me deixar comer miojo coreano todo dia!

S/N: Ok. Sem problemas, é baratinho.

Ele cospe na mão dele e eu cuspo na minha, assim, fazemos um pacto. (Akskk desculpa, eu não resisti ;-;)

Ele entra no meu corpo, e eu sinto uma dor de cabeça, apagando a minha visão completamente.

NJ: S/n, você está me ouvindo?

S/N: Sim. O que aconteceu?

NJ: É que agora que eu estou no seu corpo, eu controlo ele, e então você fica aí, na sua mente, e não, nao tem nada pra fazer na sua mente, e com licença que agora eu vou fazer a prova e eu preciso de concentração.

S/N: Tá, tá. 

Não sei porquê, mas de repente, veio uma música chiclete de satanás na minha cabeça, e sabe o que eu faço quando vem uma música chiclete na minha cabeça? Exatamente, eu começo a cantar, tipo, eu não consigo não cantar. Então não me conto e comecei a cantar.

S/N: Nã, nã, nã sugar free, nã, nã, nã, sugar free... - Eu não tenho culpa se eu não sei cantar a música.

De repente, minha visão aparece e eu enxergo a minha prova, com um 0.







Eu não acredito.







S/N: VOCÊ FALOU QUE ERA INTELIGENTE, SEU MENTIROSO, EU JÁ DEVIA SABER!

NJ: EU NÃO TENHO CULPA SE VOCÊ COMEÇOU A CANTAR SUGAR FREE NO MEIO DA PROVA! EU FALEI QUE PRECISO ME CONCENTRAR, E O QUÊ VOCÊ FAZ? ME DISTRAI!

S/N: M-Me desculp-pa! - Sinto lágrimas quentes caírem dos meus olhos, e percorrerem o meu rosto.

Meu celular começa a tocar.

S/N: A-alô?

??: Senhorira S/n, venha imediatamente para o hospital -----, a casa dos seus pais foi incendiada!

S/N: I-Isso é um trote? E-esse tipo de brincadeira n-não é le-legal!

??: Venha logo, Senhorita, você tem pouco tempo. - Eu desligo o telefone e saio correndo até o hospital.

E pra piorar, estava chovendo, e eu acabo caindo de cara em uma poça de água suja.

Mas ainda assim, me levanto e continuo correndo até o hospital, e ao chegar lá, enfrento uma fila monstruosa. 

E quando finalmente sou chamada, entro correndo no quarto onde meus pais se localizavam.

Ao ver o estado deles, paraliso completamente, eles estavam em um estado péssimo, horrível.

Meu pai me chama até ele.

Appa: F-filha, seja uma boa menina.. Nunca se esqueça do que nós lhe ensinamos, é uma pena que eu não irei ver os meus netos, mas..

S/N: N-não! Não diga isso! Quando eu era criança, você prometeu que sempre ficaria comigo! Você por acaso mentiu? 

De repente, as linhas daquele aparelho, que eu não sei o nome, ficaram retas, e o corpo do meu pai - e da minha mãe - relaxaram completamente, e foi aí que eu percebi o que estava acontecendo.

Os médicos entram correndo na sala, e a enfermeira me arrasta para fora da mesma.

S/N: NÃOOOOOO! APPA!! OMMAA!!

A enfermeira injeta algo em mim, e eu acabo adormecendo.


.

.

.


Abro os meus olhos e de repente, estava no meu quarto.

Então foi tudo um sonho? Não, não pode ter sido...

??: Oooi.. - Um garoto baixinho, mas não menor que eu, aparece no meu quarto.

É, com certeza não foi um sonho, porque esse menino eu nunca vi. 

??: Oi?

Ou talvez ele seja o sentimento dos sonhos, pera, isso nem existe... haha.

??: Hey! O que eu fiz de errado? Por que não me responde? - Ele faz bico e abaixa a cabeça um pouco triste.

S/N: Aaah! Me desculpa! Eu realmente não te vi, estava perdida em meus pensamentos! - Tá bom, parte disso é mentira, porque tipo, eu tinha percebido ele, mas eu estava brisada, então não é totalmente uma mentira.

??: Tudo bem! Meu nome é Park Jimin! E eu sou a tristeza. É um prazer conhecê-la!

S/N: O prazer é todo meu! - Digo sorrindo.

NJ: Jimin?!

JM: Jin! Nossa, você tá alto, hein!

NJ: Você que tá baixinho!

JM: Hey... - Ele abaixa a cabeça.

NJ: Pelo visto você não mudou nada! Quando que vai aumentar a sua autoestima e o seu "fodam-se" opiniões dos outros?

JM: Aah, cala a boca!

NJ: É isso que você tem que falar para as pessoas, quando elas te chingarem!

JK & TH: Jimin!!! - Os 3 se abraçam.

SG: Ahh, não! Agora a Maknae line está completa!

JN: Agora só falta o Hoseok! Quando será que ele vai chegar?

NJ: Não faço a mínima idéia.

SG: Tomara que demore muuuito, porque nós já temos a maldita Maknae line, e o Hoseok, é pior ainda, ele é a "balada" do grupo, sinceramente, a vida seria um saco com Jimin, Taehyung, Jungkook e Hoseok.

JN: Aahh, não fala assim, coitado.

S/N: Poxa.. Tô meio perdida aqui. Quem é Hoseok?

SG: É a alegria que me traz tristeza.

S/N: Kkkkkkoitado.

JM: Ai, credo, Suga! Não precisa falar assim!

JN: Pois é, Jimin... Mas, S/n, não se preocupa,o Suga é assim com todo mundo.

S/N: Aliás... De quem são as roupas que o Jimin está usando?

JM: Aaah, eu achei essas roupas tão bonitinhas, peguei no armário branco desse quarto.

S/N: Hey, essas roupas são minhas!

JM: Mas parecem masculinas!

S/N: Mas não são!

JM: Tudo bem, me desculpa.

S/N: Ah, mas você fica tão fofo com as minhas roupas... Tudo bem, pode ficar com elas.

JM: Sério?

S/N: Sim.

JM: AAAH! TE AMO!

S/N: Eu também me amo.

~~~~~

CONTINUA...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...