1. Spirit Fanfics >
  2. My alpha protector - Taekook(ABO) >
  3. Desespero

História My alpha protector - Taekook(ABO) - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


B
O
A

L
E
I
T
U
R
A

A
N
J
O
S

Capítulo 3 - Desespero


Fanfic / Fanfiction My alpha protector - Taekook(ABO) - Capítulo 3 - Desespero

Porque ele está fazendo isso?


Eu realmente estou tremendo de medo por causa de um alfa!?


Meu lobo gritava por ajuda, uma ajuda que eu sabia que não iria aparecer. Foi neste momento que eu comecei a pensar...eu sempre estive sozinho sem ninguém, minha atenção volta para Jackson quando o mesmo se lança até meu pescoço.


- Amor você tem um cheiro tão bom, me dá vontade de te marcar agora...afinal você agora é meu.


C-como assim eu sou dele? quem ele pensa que é para que chamar de AMOR acabamos de nós conhecemos...Seu cheiro se fazia mais presente eu realmente estava quase desmaiando com tamanha presença do alfa, até escutar um voz.


"Você não pode se entregar"


Tento me afastar de Jackson para ver se era algum guarda ou mesmo alguma pessoa falando mas o mesmo era forte e não me deixavam me mover para longe dele, então num ato de desespero piso fortemente em seu pé direto e bato com uns dos meus joelhos em seu membros fazendo assim o mesmo cair do dor.


Ao sair correndo atrás da tal voz misteriosa ouso o alfa falando ainda caído 'Seu ômega insolente espera quando eu levantar!'. Acho que ele deve ter falado mais coisas mas quem sou eu para ficar escutando, saio correndo com meu lobo me guiando eu não sabia para onde estava indo já que parecia que não era eu mesmo que estava controlando minhas pernas...o medo em mim não se fazia mais presente pelo contrário eu me sentia mais confiante, era uma sensação realmente boa.


Me surpreendeu quando reparei que minhas pernas pararam e eu estava na frente de meu quarto novamente, isso pode parecer estranho mas após pensar por alguns minutos sem sair do lugar, percebi que nunca havia ninguém falando ou até mesmo lá...a voz que eu ouvi foi minha, quero dizer não a minha e sim a do meu lobo.


Entrei meu quarto fechando a porta e deitando em minha cama, o cheiro do alfa realmenteme me fez ficar fraco, fecho meu olhos no intuito de dormi...foi então que eu lembre que não era a primeira vez que isso aconteceu já havia acontecido outras vezes, tento tirar esses pensamentos da cabeça, tento não pensa em nada e assim eu fiz em questos de minutos acabou dormindo.


(...)


Horas depois abro meus olhos, eu ainda estava tonto por causa de sono... olho para janela e percebo que já estáva escuro, me levando e vou para o banheiro que havia em meu quarto, minutos depois eu já estava tomado banho e com uma roupa confortável. A essa hora o rei e o seus filhos já dereviam estar em seus quartos,eu realmente não gosto de saber que se seu saísse do quarto poderia esbarra com Jackson.


Ignorando o desconforto ando até a porta para abrir-la mas antes mesmo de tocar da fechadura ouso um explosão era algo realmente grande, meu lobo de imediato já ficou em alerta. Sem saber o que realmente tinha acontecido corro para a janela e me deparei com um cenário realmente assustador.


Ao olhar para fora da janela sinto algo molhado cair de meu rosto. As casas dos moradores estavam com fogo e destruídas, crianças correndo desesperadas atrás de seus pais, alfas e ômega caídos no chão, foi quando me toquei que o Stigma estava sobre ataque.


Saio correndo para o quarto de meus pais na esperança que eles estiverem lá, ao entrar no quarto dos mesmo vejo algo que me faz entrar em desespero, minha mãe lutando junto ao meu pai com quatro alfas...é estranho falar mas eu os conheço de alguém lugar só não lembro de onde.


Imóvel sem conseguir me mecher por causa do medo, ouso mãmae e papai falando que era para mim correr... mas eu não poderia os abandonar alí meu lobo não deixava.


- Filho o que você tá esperando?


- Taehyung você precisa correr!


Os mesmos gritavam para mim mas parecia que eu estava um algum tipo de transe...mas logo saiu ao ver um dos alfas matar meu pai e em seguida minha mãe.


Antes de cair no chão as suas últimas palavras foram 'eu te amo', com meus olhos repletos por lágrimas começo a correr...eu não sabia para onde ir nem se podia confiar em alguém, chego na cozinha que estava completamente deserta chego perto da parede e me encolho rezando para isso ser um sonho, para que meus pais não tivesse morrido, para que os moradores de Stigma tivesse seguros.


Fecho meus olhos e abraço minha perna e tento ficar quieto para não ser escutado.


???- vossa alteza!


Olho com medo para frente, era um alfa..ele usava uma roupa de Stigma de nosso guardas reais o mesmo se aproxima me abraçando, fico em choque pois não sabia se ele realmente estava em meu lado ou se era só um cara tentando ma fazer mal.


???- vossa alteza você está bem? está feriado em algum lugar?


- Q-Quem é v-você?


- Não me reconhecer?


Olho nos olhos do mesmo e lembro que era, em meio aos gritos e desespero eu me senti um pouco mais aliviado ao vê-lo, era um dos guardas de confiança de meu pai.


- Vossa alteza não temos tempo tenha comigo!


O mesmo pega em minha mão e me puxa para fora do palácio me protegendo de todos, ao sair vi o desespero de várias família, e ômegas pure aure como eu presos sendo levados para fora de Stigma.


O guarda real me lava com dificuldade até uma passagem secreta que eu mesmo não sabia que existia.


- Vossa alteza eu preciso que vou corra o mais rápido que puder!


- O que eu não posso, eu não posso deixar meus pais e o povo!


- Se você não correr agora não terá outra chance de escapar, por favor se você morrer não poderá nos ajudar depois.


Ao ouvir tais palavras do mesmo entrei nessa passagem secreta que conectava o reino de Stigma com a floresta, comecei a andar e ao virar vejo o mesmo caído com Jackson olhando fortemente com um sorriso no rosto.


A entrada era estreita  essa foi minha deixa para me transformar e sair correndo...eu corria o mais rápido que podia.


Eu já não sabia a quanto tempo eu estava correndo, só sabia que estava exausto e cansado...minhas pernas começam a tremer não demora muito para eu cair. Estava frio e muito escuro, tento me levantar mas não consigo foi aí então que voltei para a forma humana, meu corpo estava totalmente exposto ao frio e ao vento gelado...meus olhos já estavam quase fechando, senti que fosse desmaiar.


Foi quando senti algo quente, acho que era um pessoa pelo cheiro era um alfa, o mesmo me cobre com um pano e me pega em seus braços, antes que eu pudesse ver quem era acabou desmaiando.


Continua...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...