1. Spirit Fanfics >
  2. My angel - Imagine T3ddy - Lucas Olioti >
  3. Madrinha, Mia e Milk

História My angel - Imagine T3ddy - Lucas Olioti - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura a todos

Capítulo 24 - Madrinha, Mia e Milk


Fanfic / Fanfiction My angel - Imagine T3ddy - Lucas Olioti - Capítulo 24 - Madrinha, Mia e Milk

               Capítulo anterior

Era um vídeo que tinham enviado para mim, pelo o Direct.

Pensei, porque não abrir? Dei play no vídeo e...

                 Capítulo de hoje

Após começar a ver um vídeo, que por sinal era bem estranho, me deparei com cenas bem perturbadoras naquele vídeo! Era bem estranho e a pessoa que tinha me mandado aquilo não tinha foto alguma.

Coloquei meu celular de lado e arrumei meu cabelo. Sinto dois braços se envolverem em minha cintura e vejo que era o Lucas. 

- O que quer me falar? - Pergunto e me viro de frente para ele. 

- Como sabe que eu tenho algo pra falar? - Ele solta seus braços da minha cintura. 

- Quando você tá carente, é que você quer falar alguma coisa. - Digo e aliso o rosto dele. 

- É uma notícia não muito boa! - Ele passa a mão no cabelo dele. 

- O que será que é? - Pergunto olhando para o mais velho. 

- Amanhã temos um evento certo? - Faço que sim. - E amanhã eu tenho um trabalho pra fazer e enviar ao meu professor! - Ele diz e eu reviro os olhos. 

- Que mania é essa que você tem de deixar as coisas pra última hora? - Cruzo meus braços. 

- Desculpa, eu fiquei editando o dia todo e não tive tempo de fazer isso. - Penso em uma alternativa. 

- Tá... E que tal se eu te ajudar a fazer esse trabalho? - Pego meu notebook e o ponho em cima da cama.

- Não precisa, eu acho que consigo virar a noite e fazer isso. - O garoto pega o notebook dele e começa a escrever. 

- Você escreve um pouco, depois eu escrevo mais um pouco. - Digo a ele. Envio meu vídeo para a minha professora.

Pego meu celular e mando algumas mensagens para minha madrinha. 

- Okay senhora mandona. - Ele começa a escrever seu trabalho bem rápido.

Após alguns longos minutos ele me entrega o notebook dele. Vejo que ele tinha escrito um pouco mais da metade. 

- Como você escreveu tão rápido? - Lhe perguntei incrédula. 

- Digamos que meus dedos são meu talento, se é que me entende. - Reviro meus olhos e começo a escrever. 

- Acho que minha madrinha vai trazer minha prima na casa da Kéfera. - Falo sem olhar para ele. 

- Ela vai ver primeiro seu tio, certo? - Faço que sim. 

- A Mia ela gosta muito de você. Tipo, se você perguntar algo a ela, qualquer detalhe da sua vida ela sabe. - Ele acaba dando uma risadinha. 

- Mia é o nome dela? - Faço que sim. - Tô pensando na reação dela quando me ver. 

- Não se preocupa, ela é tímida. - Sorrio e o olho por alguns segundos.

Vejo que faltava muito pouco para concluir aquele trabalho.

- Manda mensagem pra Mia, dizendo que a madrinha vai buscar ela no próximo final de semana. - Falo ainda sem olhar para o mais velho. 

- Okay. - Ele manda mensagem para ela e o vejo pôr meu celular de lado.

- Tava pensando... Vamos passar mais duas semanas aqui né? Então... Que tal se sairmos para passear? O próximo desfile é só daqui três dias. - Finalizo o trabalho dele e envio para seu professor. 

- Acho uma boa idéia. E quando voltarmos para São Paulo, podemos arrumar as coisas para o casamento da Ana e do Mauro. 

- E eu tô precisando de um bom banho. - Me levanto da cama e pego minha toalha.

Vejo ele tirar a blusa dele e seguir até o banheiro. 

- Vai fazer o que? - Pergunto cruzando meus braços e o encarando. 

- Tomar banho junto com você, não pode? - Ele me perguntou e eu sorrio.

Tiro minha roupa e começamos a tomar banho. Sinto as mãos do mais velho tocarem meus ombros e eu o olho. 

- Por que você é tão perfeita? - Sinto o mesmo me virar e eu aliso seu peitoral. 

- Me diz você. - Sinto ele juntar nossas testas. 

- Tudo em você é perfeito. Seus olhos, seu rosto e seus... Lábios. - Ele toca delicadamente meus lábios e eu junto nossos corpos.

Os lábios do mais velhos tocam os meus e eu retribuí seu beijo. Ele desce as mãos até minha cintura e eu faço o mesmo.

              Quebra de tempo

Após toda aquela pegação no banheiro, saímos juntos e vestimos nossas roupas.

Ele fala algo sobre editar vídeo e eu faço que sim.

pego meu celular e mando algumas mensagens para a Mia.

Chamada de vídeo On 

- Oi S/a. - A garota fala sorrindo 

- Mia, quanto tempo! - Vejo que ela estava mais madura que antes 

- O tempo passa rápido quando a gente deixa de ser criança, né. - Ela diz sorrindo. 

- Você ainda é criança, não se esqueça disso. 

- Eu já tenho dezesseis anos S/a. - Acabamos rindo juntas 

- Não se esquece que a madrinha vai te buscar no próximo final de semana. - Falo a ela. 

- Ela me mandou mensagem... Disse que vamos ter uma semana incrível. E quando você voltar para o Brasil, ela vai me levar até São Paulo. 

- Eu tô morrendo de saudades. - Falo sorrindo.

- Ah, lembra da Mili? - Mili era o nome da gatinha que ela tinha. 

- Lembro sim, ela tá bem? - Pergunto a ela.

- Ela nem parece que tem seis anos! - Ela diz sorrindo e eu vejo a mesma segurar Milk nos braços.  

- Tem uma pessoa que você precisa conhecer! - Digo a ela. Chamo Lucas e ele fica ao meu lado, logo vejo a garota sorrir ao ver ele ali. - Lucas, essa é a Mia e Mia, esse é o...

- Lucas Olioti! - Vejo a garota ficar meio tímida. 

- Por favor, me chama de T3ddy, já basta sua prima me chamando de Lucas toda hora. 

- O-Okay T3ddy. - Ela diz sorrindo. 

- Eu te disse que ela era muito tímida. - Ele envolve seu braço em mim. 

- Bom, minha mãe quer que eu ajude ela com a louça suja do jantar. - Vejo ela arrumar o cabelo e percebo que ela usava um anel no dedo indicador. 

- Você tá namorando? - Pergunto olhando para seu dedo.

- Por que acha isso? - Ela me pergunta antes de desligar. 

- Tô vendo seu anel. - Aponto para o anel dela. 

- Tá eu confesso, o nome dela é Beatriz, só isso que eu posso te falar por agora. - Sorrio.

- Tá eu confesso, o nome dela é Beatriz, só isso que eu posso te falar por agora. - Sorrio. 

- Eu te disse que ia achar alguém que gostasse de verdade de você. - Falo ainda sorrindo.

- A conversa tá boa mas eu realmente preciso ajudar minha mãe. - Faço que sim e mando um beijinho para ela.

Chamada de vídeo Off

- Não sabia que sua prima era lésbica. - Ponho meu celular de lado. 

- Nem eu sabia. - Arrumo meu cabelo. - Sempre suspeitei e agora tenho minha conclusão. O importante é que ela está feliz.  

- E você, tá feliz comigo? - Penso um pouco e abraço ele.

- Está feliz é muito pouco para mim, eu tô mais que feliz. - Beijo os lábios dele. 

- Acho que o nome disso é está apaixonada por mim. - Aliso o cabelo dele. 

- Você é muito convencido. - Beijo a bochecha dele. Ficamos abraçados e deitados, esperando o outro dia chegar. 

03:05 am

Meu celular começar a tocar e eu resolvo atender ele, caso fosse minha madrinha ou até mesmo a Kéfera. 

Ligação On

- Alô? - Digo ainda meio sonolenta

- S/n... Minha querida S/n! - Era uma voz estranha, parecia ser modificada. 

- Quem é você? 

- Eu vim só te dar um aviso! Sua amiguinha, se quiser que ela fique viva até o câncer dela matar a garota de uma vez, é melhor seguir minhas regras. Se não fizer o que eu quero, eu vou atrás de todos que você ama. Sua madrinha, sua prima, seus amigos, Henrique, Luba e até mesmo a Kéfera. 

- O-O que você quer? - Pergunto em um sussurro. 

- Em breve eu te mando um e-mail dizendo o que eu quero. 

Ligação Off

Após a pessoa desligar a ligação, me deito novamente, ainda incrédula por o que aconteceu e fecho meus olhos, agarrada com meu celular e tentando não chorar. 

Tentei segurar minhas lágrimas e não aguentei e acabei chorando, até pegar no sono.

                   Dia seguinte  

Somos acordados pelo o barulho dos nossos celulares, alarmando praticamente no mesmo momento. Me levanto e vejo que Lucas ainda estava dormindo, pego um travesseiro e bato nele com o objeto. 

- Isso vai ter volta! - Ele diz sentado na cama, ainda meio sonolento. Bato nele novamente com o travesseiro e acabo rindo.

- Vamos, se não podemos nos atrasar. - Puxo o braço dele e o levanto dali. 

Ele foi até a cozinha e eu entro no banheiro. Faço minhas higienes pessoais e em seguida, vejo meu absorvente. 

- Espero que isso tenha acabado! - Me refiro ao fato de que ontem foi meu último dia da minha menstruação. 

Começo a tomar banho. Pego meu sabonete e passo lentamente em meu corpo, delicadamente, desço com cuidado até meus seios e os lavo. Ligo a torneira e deixo a água cair sobre meu corpo. 

Pego meu shampoo e coloco uma certa quantidade na minha mão e ponho em meu cabelo. Tiro o shampoo com cuidado, para não entrar em contato com meus olhos. 

Desligo a torneira e me enrolo na toalha. Lucas estava esperando eu sair do banheiro. 

- Você demora muito aí dentro. - Ele diz e entra no banheiro em seguida. 

- Falou o homem que toma o banho mais rápido do mundo né Lucas? - Cruzo meus braços e procuro minha roupa. 

Começo a me vestir. Arrumo minha bolsa e pego meu celular. Ando até a sala e vejo algumas mensagens que eu havia recebido da Kéfera. Após lhe responder, mando mensagem para a Ana. 

Mensagens On

- Você já tá arrumada? 

- Tô sim

- Esperando só o Mauro se vestir.

- Eu também tô esperando o Lucas

- Ele é pior que eu pra se arrumar

- Por sorte ele tem bom gosto pra roupas.

- Nisso eu tenho que concordar

- Te vejo daqui a pouco, tá bom?

- Tá bom S/a. 

Mensagens Off

Volto para o quarto e vejo ele se arrumando. O mesmo veste sua blusa e eu fico o observando da porta, com os braços cruzados. 

- Tá feio né? Acho melhor trocar de roupa. - Ele diz e eu me aproximo dele. 

- Você tá lindo amor. - Beijo a bochecha dele. 

Ele pega a carteira dele, seu celular e mais algo que eu não consigo ver. 

Fomos até a porta da Ana e do Mauro e os vejo do lado de fora, nos esperando. Saímos andando até o último andar. 

- São 15:45 da tarde! - Ana diz fazendo daily vlog dela. 

- Ainda estamos dormindo. - Digo olhando para a câmera dela. 

- Não sei como aguentei dormir por tanto tempo assim. - Lucas fala e entramos no carro. 

- Você tava muito cansado. - Digo e sento ao lado dele. 

Mauro e Ana entraram em seguida. Lucas liga o carro e fomos até o local do evento. 

Sinto meu celular vibrar, era o e-mail da pessoa que havia me ligado na madrugada. 

- Tá tudo bem S/n? - Lucas pergunta e eu faço que sim.

Resolvi abrir e vejo uma foto da Mia com a Milk nos braços do lado de fora de casa. 

E-mail:

- Siga as regras do jogo S/n! Se não... Sua prima e a gatinha que você tanto gosta, vão morrer da pior maneira possível! 

Após ler o e-mail, engulo seco e fecho meu celular, o guardando na bolsa. Respiro fundo e olho para a rua. 

.

.

.

.

Continua...




Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Até a próxima.
Bjs, se cuidem. ♥️♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...