História My Angel -Imagine Kim Taehyung - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V), Personagens Originais
Tags Kim Taehyung, Pai, Romance
Visualizações 255
Palavras 816
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 22 - Capítulo 22


Fanfic / Fanfiction My Angel -Imagine Kim Taehyung - Capítulo 22 - Capítulo 22

Atualmente

                   POV'S Taehyung.

Hoje eu tinha plantão até de manhã. Eu estava indo no quarto de um paciente ver como estava sua recuperação.

-Pelo menos hoje SeokJin não está de plantão. -Bocejo. Quando eu viro o corredor vejo o mesmo com a filha nos braços. Suas roupas eram despojadas,evidente que ele não estava ali a trabalho. Fanzi o cenho.

-Olá!-a pequena Angel acena pra mim. Seu pai a segurava no colo,fazendo a menina ver o que estava atrás do pai,no caso eu.

-Olá!-Aceno de volta. SeokJin se vira em minha direção com um sorriso. Senti vontade de revira os olhos,mas me contive.

-Ah,Dr.Kim.-Me comprimenta. Gostei de o ouvir me tratar como um superio,apesar de ser só por causa dele não está trabalhando.

-Como vai ,SeokJin?-pergunto por educação.

-Bem.-responde com aquele sorriso que me dava náusea.

-E o que trás até aqui? Em um dia de folga.-'tava meio curioso,já que eu nunca tinha visto ele ali sem ser no horário de trabalho.

-Minha filha.-Aponta pra menina que sorri aberto. Era encantadora.

-Está doente?-Franzi o cenho preocupado (?)

-Só uma consuta mesmo.-concordo com a cabeça. -Agora temos que ir antes que sua mãe brigue com a gente.-Fala pra menina que afirma. -Até mais. -Acena.

-Até. Tchau Angel. -Acenei. Ela acena de volta animada.

-Tchau!-responde em português. E mais uma vez o meu coração se contrai. Porque aquela pequena coreana falava em português? Fico estático no corredor vazio.

Angel era como um escape para minha calmaria e tormento. Da mesma forma que a menina me fazia repousa,me fazia cair em tormento,já que me fazia lembrar de coisas que eu não queria. Ela fazia eu me lembrar que mesmo rodeado de pessoas eu era um pessoa solitária e triste. E que mesmo que eu fingisse que não,eu morria de saudades dela. E principalmente que eu me culpava por não ter agido de forma certa.

Continuo meu caminho até o paciente que estava internado. Entro no quarto vendo Sejoo, como esteve a um mês e provavelmente estará a mais alguns meses já que está em coma devido a um acidente de carro.

-Dr.Kim?-pergunta uma moça de cabelos curtos e castanhos.

-Sim!?-eu nunca tinha visto ela por aqui. Analiso a mesma.

-Sou Bae Suji, a nova enfermeira chefe. -se apresenta.

-Ah sim. Sou Kim Taehyung,o seu chefe.-me apresento sorrindo gentil. Ela sorri ajeitando seu óculos que deslizava sem querer pelos canos de seu nariz.

-Estou tão animada pra trabalhar com o senhor. -Fala sorrindo aberto.

-Oh,comigo?-eu realmente não esperava.

-Sim,ouvi falar boas coisas do senhor.-conta. Me surpreende.

-Sério? Que bom então. Será um prazer te ensinar tudo o que sei.

-Será um prazer aprender com o senhor.-Afirma. -O que esse paciente tem?

-Está em coma,ficou assim após um acidente de carro. -ela afirma olhando em sua prancheta.

-Sejoo?

-Sim. Jovem,não?

-Sim,com vinte anos ainda se é muito jovem.

-Bom,vou começar com o checape.-ela afirma.


Mas tarde descobri que Suji era realmente interessante. Parecia ser uma boa pessoa,tinha um bom humor maravilhoso e era super atenciosa. As vezes via ela colocar,ou melhor,tentar colocar a franja atrás da orelha e era simplismente adorável. Seus cabelos curtos e castanhos parecia combinar com sua roupa de trabalho. Acho que perdi muito tempo observando ela,pois já estava no fim do plantão.

-E só isso por hoje. Estou no final do meu plantão.-Informo. Suji sorri colocando a franja pra trás da orelha.

-Passou rápido. -Suas bochechas estava rosas. -Espero que os próximos dias possam serem leves iguais hoje.-era nítido sua vergonha.

Afirmei-Também foi bom pra mim, passar esse tempo com você. Mas creio que os próximos dias serão mais agitados ,já que eu tenho cirurgias marcadas. -Conto.

-Oh,eu tinha me esquecido que o senhor também faz cirúrgicas. -Parece ainda mas envergonhada.

-Não se preocupe,eu também esqueço das coisas. Agora deixa eu ir,que tenho que alimentar Yeontan.-Falo tirando o jaleco.

-Tudo bem. Até amanhã Dr.Kim.-Sorri aberto. Confesso que tinha amado aquele sorriso. Sorrio de volta.

-Até mais,Suji.

Quando estava indo embora vejo Sunmi chegando,ela sorri preguiçosa.

-Bom dia,Taehyung. -Fala se aproximando.

-Bom dia,noona.-falo pra irritar,já que a mesma odiava ser tratada assim. Ela revira os olhos.

-Como foi o plantão?

-Tranquilo. -ela franziu o cenho.

-Tem alguma coisa pra me contar?-pergunta desconfiada.

-Não. Agora vai trabalhar que eu tenho que dormi.

-Joga na cara,Taehyung.

-Tchau,Sunmi.

-Tchau,Taehyung. -acena e vai em direção ao elevador.

Apesar de Sunmi ser minha secretaria,ela não compria os meus plantões comigo. Ela ficava das oito as seis agendando as minhas coisas relacionadas ao hospital.

Entro no meu carro dando partida. Quando estava passando pela frente do hospital, vejo Angel sendo segurada por uma mulher,que estava de costas pra mim,mas jugo ser a mãe da mesma. Quando a mulher ameaçou virar para trás para pagar algo que tinha caído no chão,um carro buzina pra mim. Pois eu estava parado no meio da pista. Tiro minha atenção da Angel e volto pra estrada de volta pra casa. 


Notas Finais


Quem é a mãe da Angel?

Até o próximo 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...