História My Angel!! (Imagine Namjoon) - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Girls' Generation, Got7, IKON, Monsta X
Personagens Bobby, Jackson, Joo Heon, Kim Namjoon (RM), Yoona
Visualizações 16
Palavras 676
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá genteee.

Como estão? Espero que bem

Bom, não irei fazer tão detalhado, meu cérebro não está funcionando direito por causa dos remédios, mas espero que gostem.

Nos vemos no final, certo?

Capítulo 21 - Minha de novo


P.O.V'S Autor



Namjoon apenas observava o movimento dentro de sua casa, jamais fossem pensar que teria tantos equipamentos polícias e outras coisas afins. O moreno andava de um lado para o outro de preocupação, estava a roer as unhas de nervosismo é ansiedade, um sentimento de medo também lhe habitava. 

Jung estava dando as ordens para cada um de seus parceiros. Haviam encontrado o local no qual (S/N) se encontrava, estavam cada um ao seus postos prontos para sair. O Kim também queria ir junto, mas fora impedido por ser algo perigoso, no entanto, prometeu que ficaria dentro do carro até que eles conseguissem tirá-la de lá. HoSeok concordou, então saíram todos as pressas da casa de Namjoon indo ao encontro de . Os carros em alta velocidade, sem sirenes ao algo que os deixassem exposto, provavelmente o cara teria capangas pela cidade e o avisaram. Chegando no devido local ficaram em posição e HoSeok deu sinal para que arrombassem tudo. Entraram na casa e vários bandidos apareceram com armas, foi aí que começou o alvoroço. Quando eles estavam a distrair em uma troca de tiroteios, uma equipe se encarregou de procurar a jovem; desceram no porão, lugar onde seria mais provável. Em silêncio sem nenhum barulho abriram a porta e procuraram por todos os lados encontrado por fim uma porta de aço inox, aproximaram-se, mas a mesma estava com cadeado. Jung pegou sua arma e acertou o objeto que trancava a porta o quebrando e duas partes. Abriu o enorme aço e entrou em posição de ataque; encontrou (S/N) desacordada, com sangue por seu corpo todo e hematomas, aproximou-se dela e a desamarrou. Escutou tiros atrás de si assim que pegou a garota no colo, seus homens estavam mortos no chão. Fechou os olhos e suspirou fundo. Colocou a garota novamente na cadeira e observou o homem com uma arma apontando para si e chupando um pirulito.


— Agora não tem para onde ir. — disse o cara. HoSeok sorriu sarcásticamente e apertou um botão acionando um alarme que lhe fora fornecido caso precisasse de socorro. 


O problema disso tudo era que ele não acharia que um disparo fosse estado; quando o homem caiu no chão apareceu sua companheira, sorriram para si e Seok novamente pegou a morena nos braços.


— Como está a situação?


— Perdemos dez homens, cinco estão feridos. O responsável por esse caos não foi encontrado. — dizia em posição de protetora, olhando para todos os lados com a arma.

Jung não ficou satisfeito, mas feliz por conseguir encontrar a garota. Chegaram ao lado de fora. Namjoon ao ver sua amada correu do carro e a pegou nos braços. Chorou por vê-la naquele estado, chorou por voltar a vê-la. A levou até a ambulância que fora chamada uns minutos antes quando o primeiro policial havia sido ferido.

***

Dessa vez, Namjoon estava ao lado da maca, não deotsdo nela. E novamente parecia que o mundo queria pregar-lhe uma peça, no qual ele era o protagonista e suas companheiras sempre o deixassem. Sim, ele estava com medo, perder dois grandes amores é muito doloroso, de fato acreditaria que não só tinha azar nas coisas, como tinha azar na vida e no amor.

O garoto deitou a cabeça no peito de (S/N). Suas lágrimas já se faziam presente. O medo era real, já fazia alguns dias que ela não acordará, e aquilo estava matando Namjoon pouco a pouco, ele mal sabia o que fazer, não comia, dormia, ou saia de perto dela, queria estar presente quando a mesma acordassem. 

Namjoon sentiu um afago em seus cabelos e olhou para cima, percebeu que sua amada estava acordada sorrindo para si em forma de conforta-lo. Ela beijou a testa dele.


— Não chore. Eu ainda te amo, não se livrará tão cedo de mim.

O garoto sorriu e a abraçou forte, chorando mais do que antes, a apertou mais e escutou um grunhir de dor da companheira. Se afastou e pediu desculpas. Beijou sua testa demoradamente, agradecendo a todas as divindades por ela estar bem.

— Obrigado, também lhe amo. Agora você é minha de novo.


Notas Finais


Desculpem por ter ficado tão bosta.
Então, acabou. Era só isso, me desculpem por demorar tanto, nunca acreditei que me tornaria o que eu mais temia.

Eu quero agradecer a todos vocês que me acompanharam des do começo, souberam de meus problemas e dificuldades. Queria agradecer principalmente a @deschanel por ter me ajudado em tudo mesmo. Eu sou grata por ter esse pedaço de gente em minha vida.

Obrigada por todos os favoritos e comentários, pois é gente, chegamos a reta final de MA.. Espero que vocês tenham gostado. Amo todos vocês de verdade.. até a próxima fanfic, já tenho ideia pra duas, uma eu ainda tô desenvolvendi, a outra é yaoi ChangLix.. é gente, eu sou uma STAY jajsjsjsjd amo compartilhar isso.. e a outra é com Stray Kids também. Então, espero vocês na próxima fanfic que é Por que você? Justo você?.. espero que curtam tudo tudo, beijos e até mais..


❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...