História My Angel- Mark Tuan - Capítulo 20


Escrita por: e mochinih

Postado
Categorias Got7
Personagens Mark, Personagens Originais
Tags Anjo, Demônio, Mark, Vida Fictícia
Visualizações 65
Palavras 4.984
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Bishounen, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi meus mochis tudo bem com vocês ??

Eu espero que sim
Então eu fiquei um bom tempo sem postar mas é porque meu cell estava com problemas e fui resolver só agora
Mas não se preocupem, eu trouxe um cap novinho para vocês

Boa leitura 😘

Mochinih™

Capítulo 20 - Sua obrigação


Fanfic / Fanfiction My Angel- Mark Tuan - Capítulo 20 - Sua obrigação

Notas do autor


*Dentro do carro íamos em direção a casa de Jackson, como de costume entre nós dois depois de uma boa transa na banheira fizemos um caminho cheio de provocações, do tipo morder os lábios, passar a mão pela perna e entre outros.

{...}

*Antes de chegarmos na "mansão" do Jack nós passamos em um posto de gasolina e compramos um engradado de longnecks, o posto não era muito longe da casa do Jackson então não demoramos para chegar, logo no jardim da casa já tinha oque se espera de uma festa de respeito, bebidas, pessoas desmaiada, gente se pegando e outras se drogando, quando entramos pela porta duas meninas sem qualquer pano cobrindo os seios vieram nos recepcionar*


Xx: Olá, sejam bem vindos a festa do Jackson, infelizmente não podemos deixar vocês entrarem assim 

S/N: desculpe, não entendi 

Xx: vocês só podem entrar sem camisa 

Mark: você só pode estar zuando agente 


*A menina olha para o Mark e vem em minha direção, ela pega na gola da minha camisa de botões e puxa com uma certa força fazendo alguns deles estourarem, a mesma pega uma tinta passa nas mãos e logo esfrega pelos meus seios, eu estava com uma expressão de assustada mas pelo lado do Mark ele parecia bem excitado com a situação*


Xx: sua vez bonitinho 


*Disse ela se aproximando, pego na mão de Mark e o puxo para perto de mim*


S/N: linda se preocupa não que dele cuido eu 


*Dito minha palavras entre os dentes e pego um potinho de tinta de cima de uma mesa perto das cortinas onde levavam para a entrada da festa, entro batendo os pés e o meu namorado vem atrás com um sorriso debochado no rosto*


S/N: e você tá rindo do que mesmo ?

Mark: é que você fica fofa com ciúmes 

S/N: eu não estou com ciúmes ... Só estou protegendo minha propriedade

Mark: péra, eu sou sua propriedade ?

S/N: sim, não está vendo minha assinatura aí ?

Mark: onde ?

S/N: aqui ó 


*Passo meu dedo na tinta fluorescente e escrevo (seu nome) no peito dele por cima da camisa *


Mark: Ah, a minha camisa 

S/N: hum, acho que você fica melhor sem ela 

Mark: eu também acho que você fica melhor sem roupa e gemendo alto o meu nome, mas eu não posso fazer isso, pelo menos não aqui no meio 

S/N: eu vou rasgar a sua camisa se você não tirar 

Mark: ah, você está blefando 


*Ah, ele não devia ter dito isso, transbordando de raiva rasgo a camisa dele da gola até a barra usando todas as minhas forças*


Mark: okay você não estava blefando, e agora eu tenho uma camisa a menos 

S/N: ninguém mandou 

Jack: caralho alguém aí está animadinha 

S/N: Oi Jack 


*Falo toda fofa e o abraço, Mark não teve uma das melhores expressões mas não falou nada, os dois se comprimentam de longe com um olá*


S/N: e pra qual lado fica as bebidas ?

Jack: as bebidas na cozinha, tem uma máquina de chopp na churrasqueira do lado da piscina, Ah também tem um barman lá pode pedir oque quiser que é open bar, agora Cate um copo e vá dançar que a pegação é liberada 

S/N: uhuuuul 


*Mark agarra minha cintura e vamos em direção a cozinha, quando chegamos na mesa de bebidas ele me solta e eu pego dois copos plásticos de cor vermelha*


S/N: oque você quer beber amor ?

Mark: cerveja 

Jae: eu aceito uma vodka 

S/N: saindo uma cerveja e uma vodka 


*Abro uma lata de cerveja e despejo o líquido amargo nos dois copos, logo pego outro e coloco um pouco de vodka*


S/N: aqui está meus amores, uma cerveja para o meu mozão 


*Entrego a bebida a ele é o mesmo retribui com um selinho*


S/N: e para o melhor amigo de todos, uma vodka 


*Jae agradeçe e pega o copo, junto um igual pra mim e sorteio uma garrafa, a que veio era uma askov aparentemente de sabor blueberry ( se não sabe que bebida é essa pesquise por: askov azul ), despejo a vodka de coloração azul em meu copo e o levanto proporcionando um brinde 


S/N: ah mim, aos meus amigos, aos nossos amigos e claro ,as bebidas


*Todos gritamos e brindamos, bebo um grande gole e vou para a pista com o Mark*


{...}


*Depois de alguns copos de bebidas alcoólicas eu estava dançando com Mark, e claro que eu estava o provocando, quando cansei nos sentamos em um 'sofá' que tinha do lado de fora perto a piscina, conversamos por um tempo sobre coisas aleatórias até que vemos o Jackson pegando uma garota atrás da outra, pelo tanto que eu contei ele já pegou todas as meninas héteras e solteiras da festa, meu moreno foi buscar mais bebidas e as meninas do grupo das animadoras de torcida vieram conversar comigo, até seria uma conversa normal, se metade do 'grupinho' não estivesse molhada com os peitos a mostra e completamente chapadas, elas falavam coisas sem nexo e faltava vomitarem em cima de mim, dei a pequena desculpa de que iria no banheiro e sai rápido de lá, vou até Mark que até agora não voltou com a minha cerveja, quendo vejo ele está conversando com o grupo dos jogadores de basquete, ah e o bam que provavelmente chegou agora, vou até ele e abraço aquele 'ABS' marravilhoso*


S/N: Oi meninos


*Aceno para todos como uma forma de comprimento, pego o copo da mão de Mark e dou um curto gole*


S/N: amor porque você não voltou com a minha cerveja ?

Mark: desculpa princesa eu comecei a conversar com eles, já falo com você espera um pouco 


*O mais alto continua a conversar com o seu novo 'grupinho' , deixa eu ver se eu entendi ele está me ignorando para conversar com o time de basquete? A mas isso não vai ficar assim, tento chamar a atenção dele tocindo, estralando os dedos, dando até pulinhos e ... Nada dele me notar, okay era uma brincadeira, era, mas uma brincadeira de mal gosto, eu estava começando a desistir, se não fosse pela minha brilhante ideia, paro do lado dele e pego o copo de bebida despejando todo o líquido nos meus seios sobre a camisa fazendo assim o tecido fino grudar no meu corpo, mostrando o meu sutiã vermelho*


S/N: ops, como eu sou desastrada, não é mesmo markzinho ?


*Finalmente tive a atenção que eu queria mas agora não foi só do meu namorado mas sim da roda inteira, Mark querendo acabar com aquilo me abraçou de jeito que não desse para eles olharem para meus peitos, eu não podia fazer nada além de rir*


Mark: seus pervertidos, parem de olhar para os peitos da minha garota 

S/N: finalmente você notou que eu existo 

Mark: é não só eu 

S/N: ah faz parte né, como você acha que eu fico com essas piranhas olhando para o abdômen do meu namorado 


*Digo com ênfase às últimas palavras, ele da uma risada e me abraça mais forte* 


Mark: amor, me desculpa 

S/N: está pedido desculpa só porque você não quis me notar ?

Mark: não, estou pedindo desculpa pelo oque vou fazer agora 


*Ele me segura em seu colo e me leva até a beirada da piscina na intenção de me soltar, mas quando eu fui cair na água segurei firme seu pescoço e o mesmo acabou caindo comigo, acabo rindo da cena dele, mas logo o beijo para tirar a cara de emburrado do mesmo*


{...}


*Depois de muita diversão e amores com o meu mozão, estávamos dançando (novamente) na pista ,até que começamos a ouvir vários gritos vindo do lado de fora e um monte de gente começou a se aglomerar, eu e Mark fomos lá ver oque estava acontecendo, afinal a curiosidade falou mais alto, quando conseguimos ver oque era no desesperamos, Jackson estava brigando com o yongjae, as pressas entramos no meu das pessoas e fomos separar a briga, o moreno separou os dois e logo segurou o Jack que parecia que ia voar pra cima do Jae, vou conferir se eles estavam bem, Jae estava com a boca sangrando e o Jack tinha um corte na testa*


S/N: posso saber porque os dois estavam brigando ?


*Nenhum dos dois quis responder, beleza isso vai ser mais difícil do que eu pensei, chego perto do Jackson que estava sendo acalmado por seus amiguinhos, paro na frente do atual moreno e o encaro*


S/N: Jack ,você é meu amigo, e o Jae também, agora seja sincero e me diga o porque vocês estavam brigando 

Jack: o idiota acha que pode ser melhor do que eu, ele estava pegando a sook, A SOOK, ele estava lá todo feliz apertando tudo ela 

S/N: okay agora você merece um tapa meu, eu não acredito que vocês estavam brigando por causa da vadia da sook, Jackson acorda, a sook não merece você, se olha no espelho, você é popular, joga no time de basquete, é forte e tem qualquer garota na sua mão e vai ficar entrando em briguinha boba por causa dela ? Agora mesmo ela está pegando outro e nem se importando para você, para e pensa né cara 


*Depois dessa bela bronca que eu dei no Jackson eu vou até o Jae que estava sentado em uma cadeira com uma bolsa da gelo no rosto e coma companhia de Mark e bam, chegou e dou um belo tapa no ombro dele*


S/N: eu não acredito que vocês estavam brigando por causa da sook, Jae desde quando você fica pegando lixo ?

Mark: desde que ele pegou o Matheus

S/N: Mark você não fala nada que você também já pegou aquela vaca, então se eu fosse você eu ficava ali na moitinha 

Mark: ui, essa doeu 

S/N: eu devia dar um belo na sua cara jae, mas o Jackson já fez isso por mim, porque você ficou com a Sook? Era só me falar que eu arranjava uma líder de torcida para você, uma bem gostosa, mas não ele tinha que ir na vadia 


*Eu estava transbordando de raiva, eu precisava de uma bela de uma caipirinha de vodka, saio de perto deles batendo os pés, vou até a churrasqueira onde estava o barman que era meio babaca até porque ele estava dando em cima de mim, aí estava nervosa ao máximo que era capaz de eu socar alguém aleatório, e parece que hoje estão para testar a minha paciência, até porque adivinha quem me aparece ? Isso mesmo, não é o capeta mas é pior, Sook, toda rebolandinho com suas vaquinhas e se achando a mais por ter feito dois garotos brigarem por ela, peço mais uma caipirinha e me levanto indo em direção a vádia*

S/N: olha só oque temos aqui, uma vadia e suas vaquinhas 

Sook: olha só temos uma qualquerzinha aí q de acha a melhor 

S/N: meu anjo, eu não acho, eu sou, e saia daqui antes que eu esfregue essa sua cara de naja no chão 

Sook: oque está esperando vadiazinha? Eu estou aqui, vem me bate 


*Aquilo foi o meu apice, pego o copo com bebida de cima da mesa e jogo o líquido no rosto de sook e logo jogo o copo na cara dela, a menina estava com a maquiagem toda escorrendo e o cabelo uma bela bosta, ela se vira pra mim e antes de falar alguma, dou um tapa bem forte em seu rosto, antes que a diversão começasse Mark chega e me puxa*


Mark: vamos sair daqui antes que tenha outra briga 

S/N: ah só porque eu ia me divertir 

Mark: S/N, vamos 

Sook: ah markzinho, você vai ficar do lado dessa aí ? 

S/N: repete na minha frente vadia 


*Novamente Mark me segura, mas dessa vez ele me pega no colo*


Mark: 'essa daqui' é a minha namorada, e você é só mais problema na minha vida, então sai daqui encosto, e não me chama mais disso porque a única pessoa que tem permissão de me chamar assim é a MINHA GAROTA 


*Nós dois saímos dali, despois de eu me rebater muito Mark chega nas escadas e me solta devagarinho*


Mark: amor ...

S/N: oque foi ? 

Mark: você está bem bebê ?

S/N: eu estou marravilhosa, porque você não pergunta para a sook se ela está bem 

Mark: você sabe que ela foi um erro meu né 

S/N: mas também se pudesse já estava lá com ela né ?

Mark: porque eu iria querer ela se eu posso ter você 

S/N: não sei, vai que ela tem peitos melhores que os meus 

Mark: ei, ninguém supera os seus peitos 


*Ele disse me abraçando por trás e dando um selo molhado no pescoço, que a esse ponto já deve estar cheirando a bebida, eu realmente estava com muita tontura e quase desmaiando de sono e de ressaca*

Mark: e porque você teve essa crise de ciúmes agora ?

S/N: não é nada, só estou bêbada, nada demais 

Mark: humrum sei 

S/N: okay, é q eu tenho medo de te perder, e tipo tudo oque nós já fizemos, e normalmente os meus namoros acabam rápido e ...


*O mais alto me abraça antes de eu continuar a falar, retribuo o abraço o apertando fortes começando a chorar ( o porque? Não me perguntem)*


Mark: você não devia se preocupar com isso ,o nosso namoro é muito forte e nada e nem ninguém vai acabar com ele 

S/N: promete ? 

Mark: prometo, e porque você está chorando ? 

S/N: eu não sei 

Mark: ah Deus, me ajude a entender essa minha namorada, venha vou ir te colocar para dormir, você não está em condições para ficar acordada 

S/N: a amor só mais um gole, só mais uma cerveja 

Mark: não, vamos 


*Fiquei parada com os meus braços cruzados, ele me pega coloca em seu ombro e sobe as escadas com cuidado para não tropeçar em nenhuma garrafa ou lata de bebida, chegamos na andar de cima, procuramos um quarto que não estivesse ocupado, Mark me solta, vou até a cama e praticamente me jogo nela eu realmente estava bêbada e cansada, escuto Mark falar algo mas não presto atenção então só concordo, ele me cobre com o edredom e se deita ao meu lado, eu simplesmente apago e durmo como uma pedra*


Quebra de tempo


*Acordo com vontade de ir no banheiro, chuto o edredom para baixo e me levanto, eu dormi de salto? Aish, bem tiro o meu salto encostando meus pés no chão gélido, caminho pelo enorme andar olhando porta pro porta para descobrir qual era do banhriro, quando finalmente a encontro, adentro a mesma, pensa em um banheiro gigante, faço oque eu tinha que fazer e me olho no espelho, meu cabelo estava todo bagunçado, minha maquiagem toda borrada, minha roupa suja, eu estava bem ruim, tendo me arrumar um pouco, lavo o meu rosto e penteio o mais cabelo com uma escova que tinha ali, já deu para dar uma disfarçada, volto para o quarto onde no caminho podia se berçários copos e latas, chego no cômodo lá estava Mark, deitado na cama, volto a me deitar e o observo, ah com eu amo aquele cabelo bagunçado, aquela cara amaçada, como ele pode ser lindo até dormindo, nunca achei que eu teria um namoro que durante tantas coisas ficaria em pé, e por incrível que pareça eu não trai ele, okay aí vocês pensam, qual foi o relacionamento dela que mais durou? Foi com o JB e durou 3 semanas, é não sou muito disso, mas com o Mark já foi oque? Quase 2 meses, estou feliz por esse relacionamento estar dando certo, faço um cafuné no cabelo do meu moreno e o vejo abrir o olhinhos lentamente e vejo surgir um lindo sorriso, ah aquele sorriso perfeito, ele se aproximou e me dá um selinho ficamos um tempo no silêncio por um tempo até o moreno se pronunciar.


Mark: nós ainda estamos na casa do Jackson, não estamos ? 

S/N: sim, estamos 

Mark: temos que ir embora né 

S/N: se você quiser podemos ficar mais um pouco 


*Dito minhas palavras e subo em suas coxas começando a rebolar no mesmo, Mark por sua vez coloca as mãos em minha cintura e joga levemente a cabeça para trás, eu aproveitava o momento sentindo o seu amigo já começar a dar 'oi', vejo a expressão deliciosa do meu moreno, suas mãos apertaram mais forte a minha pele empurrando minha intimidade contra a dele*


Mark: ah amor você é tão perfeita... Essa sua cintura... Os seus peitos... Suas coxas... Ahh 


*Ele fala beijando meu pescoço e meu colo, em meio a arfares pesados ele começa a dar chupões marcando toda essa minha área* 


S/N: ah isso é tão bom.... Mas temos que continuar depois 


*Digo e me afasto do mesmo vendo sua cartão há de tristeza, que se igual ao gato de botas*


Mark: ah princesa, vamos, só uma rapidinha, por favor 

S/N: aqui não, e ainda hoje é um dia muito importante 


*Me levanto da cama, e começo a arrumar a mesma dando tapinhas no Mark para ele levantar*


Mark: oque tem de importante hoje ?

S/N: eu não acredito que você não sabe 

Mark: aniversário de namoro ? Dia da independência ? Dia de todos os demônios ? Ah oque foi ?

S/N: nossa Mark, você tinha que saber disso

Mark: se você me falar vai ficar mais fácil de eu saber 

S/N: você não fale comigo 


*Coloco meu salto e saio do quarto descendo as escadas até a sala* 


Mark: ahh S/NNN 

S/N: não fale comigo Mark Tuan 

Mark: bebê 

S/N: não, não olhe pra mim até você saber que dia é hoje 

Mark: S/N, hoje é sábado 

S/N: ahhhh, não acredito 


*Tomo um copo d'água e olho Mark que estava sentado no sofá mordendo o lábio inferior tentando saber oque tem hoje, não acredito que ele esqueceu que é meu aniversário, ahhhh, vou a procura de meu celular que eu perdi na noite passada, vou para o lado de fora e .... Nada, procuro na cozinha... Nada, subo para o quarto... Nada, volto para a sala e vejo o mais velho com o meu celular*


S/N: ei, eu estava igual a uma localização procurando o meu celular é ele está com você 

Mark: ah, ontem quando eu vi que você está começando a ficar alterada eu peguei ele para você não acordar com o seu celular dentro da piscina 

S/N: ata, obrigada 

Mark: o bam e o Jae chamaram agente para ir no shopping, vamos ?  

S/N: tá claro

Mark: amor, oque tem hoje ?

S/N: não sei, me diz você, oque tem hoje 

Mark: eu ainda vou descobrir 

S/N: você não tem que adivinhar Mark tuan, você tem que saber 

Mark: ah bebê desculpa

S/N: vamos 


*Ele aperta minha cintura e vamos para o carro, para a nossa felicidade o carro estava no mesmo lugar onde deixamos, Mark desalarma o mesmo e eu entro no veículo e fecho a porta, coloco o cinto e logo o rádio escolhendo uma música*


{...}


*Saímos do estacionamento do shopping e vamos até a praça de alimentação onde os meninos estavam, depois de um tempinho procurando os achamos e vamos em direção a mesa onde eles se encontravam*


Bam: oi S/N, parabéns 

S/N: ah obrigada por ter lembrado 


*O abraço e Mark faz uma cara de, sério que hoje é seu aniversário? Logo depois Jae se levanta e me abraça dando parabéns, o meu moreno me abraça por trás e me segura firme dando vários beijos no meu pescoço* 


Mark: bebê, parabéns pelo seu aniversário, oque você vai querer ? Quer uma festa ? Quer o céu, o inferno e o mundo ? E te dou, é só pedir 

S/N: hum bom saber que você acabou de descobrir que hoje é meu aniversário

Jae: é sério que você não sabia? Era meio que sua obrigação, tu é o namorado dela 

Mark: eu sei mais ela não me falou então eu não sabia 


*Ele fala com uma voz fofinha de bebê, me viro para o seu rosto que estava com uma expressão de tristeza, mas de um jeito fofo, ah ele era muito bom em ser fofo, não me aguento e puxo o lábio inferior que formava aquele biquinho marravilhoso, ele sorri e puxa o meu rosto para um beijo, os meninos vão em direção a escada rolante, e eu vou com o Mark para um banco que tinha na frente de uma loja de brinquedos e de uma loja de roupas*


Mark: então nenê oque você quer de presente de aniversário ? 

S/N: hummm .... Um piercing 

Mark: oque ?

S/N: um piercing 

Mark: você está louca ? 

S/N: amor, eu sou louca 

Mark: nós podemos ser até punidos por isso 

S/N: anjinho, a única punição que eu vou ter vai ser sua, por eu ter sido uma mínima tão má 

Mark: ei, estamos no shopping, se eu ficar com problemas teremos que resolver aqui mesmo 

S/N: não vejo problemas, por favor senpai, se você for comigo colocar um piercing ,durante dois meses eu faço uma rapidinha com você em qualquer lugar, hum já imaginou? No banheiro, na sala de aula, na cozinha, na lavanderia, na escada, humm só de pensar eu já fico toda molhadinha

Mark: qualquer lugar ?

S/N: em qualquer lugar, a qualquer momento 


*Sussurro no ouvido de Mark mordendo seu lóbulo logo em seguida, vejo o maior morder com força o próprio lábio inferior, o fito com um olhar pervertido, fazendo o mesmo soltar o labio e passar a língua por ali o umidecendo*


Mark: okay, só que eu não vou colocar um piercing no mamilo, mas se você quiser por no seu eu não vou reclamar 

S/N: eu não deve doer muito, e ainda vamos colocar juntos, tipo um piercing de casal 

Mark: então se eu colocar podemos aumentar para três meses ?

S/N: claro 

Mark: então tá, eu vou com você e eu coloco um piercing

S/N: eeee, obrigada senpai, vamos lá 


*Eu o puxo até uma loja de tatoos e piercings que tinha ali pelo shopping, fomos atendidos e ficamos escolhendo onde por os piercings*


S/N: Mozão aonde você vai por ?

Mark: acho que em baixo da língua, e você 

S/N: estou em dúvida entre na sombrancelha ou no smile 

Mark: põem nos dois 

S/N: sério ?

Mark: sim, já estamos aqui então um piercing a mais ou a manos não fará diferença

S/N: ah, te amo 

Mark: não vou esquecer de cobrar o meu pagamento 

S/N: sem problemas 

Tatoador: já escolheram ?

Mark: eu já descido o meu, agora tem que ver o da princesa

S/N: eu vou colocar os dois 

Tatoador: já escolheram as cores ?

 Mark: o meu vai ser de metal normal 

S/N: o meu da sombrancelha normal e o dou smile eu quero preto 

Mark: a mas o dourado fica melhor 

S/N: na boca de quem vai ficar ?

Mark: e quem que vai beijar ?

S/N: quero o dourado 


*O moço pega o respectivos 'brincos' e leva até a sala onde ele irá fazer nossos furos, o seguimos e logo chegamos a uma sala onde tinha vários dezenhos, bem bonitos*


Tatoador: quem vai ser o primeiro ?

Mark: amor, você tem que por dois, então vou deixar você ir por primeiro 

S/N: medroso 


*Me sento na cadeira e moço passa álcool em volta da minha sombrancelha e marca com uma caneta onde ele iria furar, Mark me encara se segurando para não rir*


S/N: bebê, segura a minha mão ?

Mark: achei que você não tinha medo 

S/N: e não tenho, é só para deixar o momento mais fofo 

Mark: ata haha, vem cá nenê 


*Ele segura minha mão a da uma risada, ah aquela risa que me fazia voar para outros mundos, quando o tatoador furou eu nem senti, com Mark do meu lado é impossível sentir algo além de amor*


Tatoador: e ai, doeu ?

S/N: eu nem senti rsrs

Tatoador: então vamos para o próximo ?

S/N: partiu 


*Mark fica olhando piercing e sorrindo, nós damos um selinho até o maior se pronunciar novamente* 


Mark: oque que eu vou falar para os meus amigos, Oi essa é minha namorada louca que tem um piercing na sombrancelha

S/N: ou então é só não me apresentar, afinal eu sou sua 

Mark: boba 

Tatoador: vamos ?

S/N: vamos 


*Era meio constrangedor o Mark me ver com o beiço sendo puxado por um tatuador para colocar um piercing, quando ele furou dessa vez doeu um pouco mais mas não muito, ele termina de feixar o piercing e finalmente eu termino de por o meu* 


S/N: mozão, sua vez 

Mark: hum que legal 


 QUEBRA DE TEMPO


S/N: obrigada pelo vestido amor 

Mark: ele fica bem no seu corpo, mas fica melhor no chão do quarto 

S/N: mas fica melhor ainda na minha fantasia 

Mark: só que aí não tem muita graça, eu tenho que virar aqui ?

S/N: sim 


*Eu respondo e o maior vira a esquina chegando na casa de Jack, descemos e eu toco a campainha, depois de alguns segundos ele abre o portão, entramos e já vemos muitas caixas de bebidas e pelo visto a casa ainda está toda bagunçada, vimos o garoto sem sua camisa limpando a piscina*


S/N: bom dia senhor Wang, acredito que tenha acordado agora 

Jack: haha, engraçadinha, eu já tinha acordado okay, fui até comprar as bebidas e a minhas fantasia, eu até convidei algumas pessoas 

S/N: palmas para ele, é uma evolução esse menino 

Jack: palmas para mim 

Mark: meu deus vocês são bêbados até mesmo sem bebidas

Jack: é realmente, nisso eu tenho que concordar 

S/N: e então precisa de ajuda ?

Jack: tem que colocar as bebidas no gelo e encher denovo as boias 

S/N: eu encho as boias 

Mark: eu vou por as bebidas no gelo 

S/N: jack, tá muito calor, você tem um biquíni aí ?

Jack: lá no meu quarto na última gaveta do guarda roupa

S/N: okay 


*Subo as escadas e vou a procura do quarto do Jack, eu acho que é esse mais bagunçado, entro e encontro a tal gaveta, realmente tinha um biquíni, não só um mas sim vários de vários tamanhos e cores, escolho um vermelho, como ninguém ia entrar ali me troco aonde eu estava, tiro minha camisa e logo meu sutiã, dobro os dois e logo coloco a parte de cima do biquíni, eu estava de shorts então acho que não iria precisar de parte de baixo, desço e deixo minha roupa em cima do sofá*


{...}


*Ah finalmente terminei de encher as boias, acho que preciso de um descanso merecido, desamarro os dois fios do biquíni os quais o prendiam a mim, me deito de bruços na esteira e fecho os meus olhos descançando por um tempinho, até uma sombra me cobrir, me viro lentamente e vejo que era Mark, ele sorri para mim e puxa a peça de baixo de mim, me deixando sem nada para cobrir os seios, coloco o braço em cima de meus mamilos os cobrindo*


S/N: Mark, você está louco ? Me devolve

Mark: vocês fica melhor sem isso, eles são lindos 

S/N: e se o Jackson ver ?

Mark: o Jack saiu para comprar copos e então está eu e você aqui 

S/N: ata, mas mesmo assim me devolve 

Mark: ah vamos brincar um pouco 

S/N: fique o meu senpai quer brincar ?

Mark: vamos entrar na piscina ?

S/N: ah bebê, eu vou ter que entrar, brincar, me secar, vai dar muito trabalho

Mark: então vamos fazer um jogo ? Temos que saber um sobre o outro, se eu errar algo sobre você eu tiro uma peça de roupa se você errar você tira uma pessa de roupa e se eu acertar você tira e service acertar eu tiro, quem ficar sem nada antes perde

S/N: mas eu já estou sem a parte de cima do biquíni aí não vale 

Mark: tá então eu tiro a camiseta 


*O moreno tira a sua camiseta e a entrega para mim a coloco junto com minhas outras vestes, me sento no chão e o mais velho faz o mesmo*


S/N: quem começa ?

Mark: vai você 

S/N: humm.... Qual é minha bebida favorita ?

Mark: caipirinha ?

S/N: errado, é vodka, pode ir tirando 


*Eles levanta e começa a tirar a calça, lentamente ele abria o cinto e o botão da mesma, me deixando com água na boca*


Mark: limpa aí que tem uma babinha aqui no cantinho 

S/N: idiota, venha vamos continuar 

Mark: oque eu mais gosto no seu corpo? 

S/N: não sei, minha bunda ?

Mark: não, são seus peitos, vai amor, e tem que ser bem sensual pro seu senpai 

S/N: cuidado com oque você você pede senpai 


*Me levantando lentamente, abro os botões de meu shorts e o abaixo o mais devagar possível aproveitando para dar algumas roboladas para o meu namorado*


Mark: ah eu não aguento com esses corpo 

S/N: minha vez,qual é minha cor favorita de calcinha ?

Mark: rosa 

S/N: está certo 

Mark: hum oque eu posso fazer com você.... Ah o senpai já sabe, você não pode gritar e nem gemer, se não vai levar um tapa

S/N: okay senpai 

Jack: galera onde vocês estão ?

S/N: fodeu


*Eu e Mark pegamos nossas roupas e corremos para um banheiro que tinha ali para o lado de fora, Mark coloca rápido a calça e aí falar com o Jack eu coloco o meu shorts e em seguida a parte de cima do biquíni, espera as provocações ainda não acabaram, amarro somente o fio das costas seguro biquíni com minhas mãos e vou a procura de Mark e lá estava ele sentado na espreguiçadeira mechendo no celular, vou até ele é beijo a nuca do mesmo*


S/N: Oi senpai, você pode amarrar a parte de cima do meu biquíni por favor 


*Ele se vira e deixa o meu cabelo do lado enquanto ele amarrava sussurrou em meu ouvido*


Mark: não pense que eu vou esquecer a nossa brincadeira, depois temos que terminar ein 


*O moreno termina e beija o meu pescoço, Jackson chega com três garrafinhas de cerveja, ele entrega uma para cada um e todos abrimos*


Jack: a S/N, e a essa festa que acabou de começar 


*Todos brindamos e começamos a beber, coloquei a minha fantasia de demônios e o Mark a dele de anjo, quando voltamos a festa está começando a encher e então só fomos curtir* 



Continua...


Notas Finais


Oi bebês, me desculpem oserris de ortografia e desculpem se o final desse cão não ficou tão bom (falta de inspiração) é istoespero que tenham gostado e até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...