História My Angel, My Distine... - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 24
Palavras 787
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Saga, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Lhe prometo


Fanfic / Fanfiction My Angel, My Distine... - Capítulo 3 - Lhe prometo

_____Capther Three_____

"O pecado me atraí, o proibido me fascina..."

- Clarice Lispector

_____.Lhe prometo_____

Ari havia tido um pesadelo na noite passada, e eu a ajudei a dormir de novo. Mas, uma coisa que me intrigou foi que esses pesadelos tem sido repentinos e todos da mesma forma. Ela sempre acorda desesperada, e eu sempre estou aqui pra defender a bela moça. Na noite passada, ela ouviu minhas palavras, como? Eu não sei. Sei que estamos conectados, nosso destino foi traçado só falta eu encontrá-la em minha forma humana, só falta eu sair desse lado do mundo e ir para o da jovem que tanto me acelera o objeto que ousa pulsar dentro de meu peito.

[1492]

A moça, Jessie. Ela me olhava a todo momento, e quando eu notava a mesma fingia não olhar. Era tarde e mesmo a moça insistindo não precisar de minha ajuda para levá-la para casa, eu fui acompanhar. Eu senti que tinha um mal perto de nós um mal forte.

- Essa é minha moradia senhor.-Disse virando e olhando-me nos olhos.

- Já que está entregue, já vou.-sorri- Desculpe algum incomodo.

- Imagine cavalheiro, foi gentil de vossa parte. Muito obrigada.-Olhei para seu sorriso e beijei o dorso da mão da bela donzela da noite. A mesma logo me penetrou com seus olhos, como se lesse minha mente- Adeus Jeon

- Adeus senhorita.

A mesma entrou-se em seu casarão e eu fui para a casa do meu amigo mundano. Ele é festeiro e farreiro, mas como eu estava numa missão por ordens superiores, eu tive que viver com esse branquelo por 1 ano.

As aulas de Ari havia acabado, e eu fiz questão de mostrar para a mesma que eu estava ali, mandei vento com cheiro de lavanda, para que a mesma se sentisse protegida de todo mal.

Mas logo que saímos da sala, alguém esbarrou nela.

- Oh perdão!- Não acredito, como pode ser?! Como ainda pode estar tão jovem? Meu amigo, o branquelo... Min yoongi. Era para ter definhando como todas as pessoas daquela época.

- Tudo bem..-minha doce jovem respondeu. Por amor de tudo que é mais sagrado Ari, não se apaixone por ele até eu sabe suas verdadeiras intenções e o por que ele ainda continua inteiro.

Ari, logo saiu de seu lado. Sei que ela sentiu más energias vindo de meu velho amigo.

Infelizmente não poderei acompanha-la todo período escolar de hoje, lá em cima teremos uma reunião-se é que me intende

- Já vou indo Ari... Mas tarde estarei de volta. Certifique em estar segura.- Disse eu para a linda moça de rosto angelical assim como sua alma, para a mais doce que o mais puro mel.

- Vamos Jeon! O Miguel está convocando toda a legião.- Disse meu amigo, Jimin.

- Vamos Park.-sorri e antes de ir fiz mais um vento para que minha menina se sinta confortável.

Chegamos no local onde seria realizada a reunião. Toda legião de anjos da guarda estava lá.

- Bom, toda vez que reúno legião de anjos da guarda, é por que tenho uma missão. A missão será dada a Jeon Jungkook e Park Jimin.

Todos os anjos bateram palmas .

- Que missão seria essa?- disse park com receio do que viria

- Vocês terão que mostrar sua lealdade.

-Como?- agora era a minha vez de falar.

-Combatendo o mal, e, não provando as coisas do mundo. Entendido, Jeon? Se precisar matar, mate. Ou nos caçaremos vocês e os matemos. Estão liberados.

Miguel sabia que eu não ia resistir não tocar em Ari, ele sabia que eu era apaixonado por ela. Ele queria me matar, não é de hoje.

[1492]

- Mestre! Temos que matar esse traidor!-Disse Miguel com a lâmina em sua mão, pronto para cortar-me a garganta.- Ele se deitou com uma impura, se apaixonou e foi corrompido é destinado a ser como ela.

- Chega Miguel!-gritou o mestre- Ele vai ser mandado para o purgatório. Ele vai ser puro novamente.. será o país puro dos anjos.

- Jeon...-Disse Park olhando para mim com receio.

-Diga Jimin.

- Eu não tenho certeza se vou aguentar, eu serei morto.

- Vamos lutar juntos irmão, se lhe matarem. Eu os mato. Lhe prometo- dito isso, park sorriu e me abraçou. Mas tarde iríamos para o mundo. Estou indo doce Ari, estou chegando.

Eu e park nos deitamos, precisávamos descansar para o dia seguinte.

(...)

-Jeon? Como é essa tal Ari?-Disse sorrindo enquanto arrumava sua bolsa com algumas roupas que foi nos dada.

- Ela é...-sorri bobo- Ela é pura como anjo, corpo nem tanto chamativo mas ao mesmo tempo lindo, inteligente... Profunda, ela é.. ela é incrível.

-Ouvi boatos que ela se parece com Jessie.-me olhou preocupado- E são da mesma família.

- Sim, mas.. ela é diferente Park, quando a conhecer, irá entender.

"Você me ouve

Eu estou falando com você

Através da água

Outro lado do oceano azul profundo

Sob o céu aberto

Oh meu, baby Eu estou tentando" -Lucky Overstreet


Notas Finais


Espero que tenham gostado ❤🐼


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...