História My appa Park Jimin (incesto) jikook - Capítulo 19


Escrita por: e PandinhaFull

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Incesto
Visualizações 138
Palavras 859
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello Pandas, me desculpem seriamente pela demora, leiam as notas finais, até lá e boa leitura ^^

Capítulo 19 - Almas gêmeas?!


Autora:

As horas passavam-se e tudo que o Park pensava era em Jungkook. Sua cabeça doía, mas ele não conseguia tirar a ideia de que a culpa foi sua de seu filho poder morrer, e pior, por sua causa.

Já estava de noite e ele continuava sentado na cadeira do hospital esperando alguém lhe chamar. Seus olhos estavam vermelhos do seu recente choro.

- Sr.Park?

Chamou uma enfermeira o despertando de seus pensamentos. Levantou lentamente a cabeça e olhou com tristeza nos olhos da enfermeira indicando pra ela continuar.

- O Dr.Kim está lhe esperando na sala de cirurgia.

Seu coração quase saiu pela boca de tão rápido que bateu.

- O-obrigado - Falou sorrindo em meio a algumas lágrimas.

- Seu filho é muito forte Sr.Park, ele tem sorte de ter um pai como você, boa sorte, estarei torcendo por vocês! - Falou a enfermeira sorrindo, mas acabou recebendo um abraço apertado pela cintura e lágrimas em seu ombro, vindas do Park.

- O-obrigado mesmo - Derrubou mais lágrimas, mas logo se recompôs, não poderia ficar nervoso.

- Nada, estarei torcendo por vocês! - Gritou e sorriu meiga ao ver o Park correndo e desaparecer de sua vista por entre os corredores.

                                                                                 [...] 

- Então Sr.Park, está pronto? Tem certeza? - Perguntou o Dr.Jin olhando no fundo dos olhos do Park, estava com uma feição séria.

- Sim Jin, eu preciso salvar meu filho! - Sorriu.

- Então vamos, não podemos perder tempo! - Sorriu e se levantou.

Os dois andaram até a sala, onde já tinha enfermeiros e dois cirurgiões, entrou num pequeno banheiro, onde trocou de roupa. Ao voltar pra sala seu coração quase parou ao ver seu filho ali, deitado, seu tom de pele estava mais claro, respirava com a ajuda dos aparelhos... Era seu filho ali, sua única razão de viver.

Caminhou em passos lentos até o Jung, tocou seu rosto com sua palma pequena, se sentia feliz e ao mesmo tempo triste, mas iria salvar seu filho, estava desposto a isso.

- Tudo pronto? - Perguntou um dos cirurgiões, recebendo de todos um sinal com a cabeça de ''sim''.

- Eu te amo meu filho... - Deu um beijo na testa do Jungkook e se deitou na maca, deixando umas últimas lágrimas cair antes de enxugar-las com a mão.

Enquanto o enfermeiro aplicava a anestesia geral ele juntou sua mão com a do Jungkook, entrelaçando os dedos e olhando por talvez uma última vez o rosto do seu único filho amado.

Ficou olhando até sentir seus olhos começarem a pesar e não sentir nada do seu corpo, sentiu as mãos serem separadas e o barulho das rodinhas da maca serem arrastadas pelo chão limpo.

Seus olhos fecharam de vez, agora o sono o levava, enquanto os cirurgiões colocavam suas luvas e pegava os materiais precisos pra a cirurgia.

Agora tudo estava nas mãos de deles.... Os Parks precisavam deles e eles os ajudariam...

Dois dias depois...

As luzes do sol incomodavam os olhos do ser deitado na maca mesmo fechados. Ao abrir seus olhos viu que estava num lugar diferente do que o esperado, estava deitado numa maca do hospital, recebendo soro, daí que se lembrou da Jennie, o tiro... Como?.. Como é possível?!

Ao olhar pra todos os lados do quarto percebeu não estar sozinho, uma cabeleira loira estava abaixada e bagunçada, reconheceu ser sua amiga Lisa. Resolveu acordar ela, já que sua posição não era umas das mais confortáveis.

- L-lisa? - Chama com sua voz falha e rouca, estava tão baixa e fraca que parecia que ele não tinha voz.

- L-lisa a-acorda... Lisa.. - Chama novamente e finalmente a loira acordou eufórica ao ver o amigo acordado e bem.

- Jungkook! - Correu até o amigo sorrindo meio desengonçada por ter levantado rápido demais - Está tudo bem?!

- S-sim...  

Respondeu falho e logo veio uma pergunta em sua mente

- Cadê meu Appa?

Lisa que tinha um sorriso no rosto quase foi desmanchado de nervosismo, como ia explicar para o Jungkook que seu pai deu a vida por ele? Estava tremendo um pouco e sorrindo nervosa.

- Bom Jungk- 

Foi cortada pelo doutor que entrou na sala interrompendo a conversa. Olhou para Jeon e sorriu ao o ver acordado, andou até ele.

- Está tudo bem? - Sorriu largo ao ver o menor bem.

- C-cadê meu A-appa? - Perguntou com lágrimas nos olhos.

- Kookie... - Foi interrompida de novo.

- Me falem, L-lisa.... C-cadê meu appa? - Perguntou com a voz chorosa.

Os dois se entreolharam e resolveram falar, depois de darem um suspiro profundo e se prepararem pra contar a verdade, não queria machucar o mais novo.

- Certo, vamos falar - Falou Lisa.

- Jungkook, seu pai ele... Agora é tipo sua alma gêmea - O mais novo o olhou confuso - Jungkook, seu pai doou uma parte dele pra te salvar..

Seu coração acelerou e ele paralisou no lugar, não conseguia pensar direito, seus pensamentos estavam embaralhados e seus olhos com lágrimas. Não conseguia acreditar que seu pai teria feito isso por si... Estava em uma confusão interna consigo mesmo.

 - Almas gêmeas?!....


Notas Finais


Hello Pandas, me desculpem de verdade pela demora, eu estava sem inspiração e comecei a fazer o capítulo ontem, agora vou descansar, mil desculpas, eu não queria ter passado dois meses sem atualizar ao ponto da autora oficial voltar. Quero a opinião de vocês, o capítulo e a história estão seguindo em um bom ritmo? Tipo, tem algo que vocês não gostaram? Eu preciso saber, estou realmente bastante insegura com a minha escrita, estarei postando amanhã se possível ^^

Continuo ou paro?

Tchauzinho Pandinhas, até a próxima ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...