História My Appa Taehyung. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Eu_taegeuk, Filha, Pai, Taehyung
Visualizações 740
Palavras 789
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom capítulo!

Capítulo 1 - Prologue.


Fanfic / Fanfiction My Appa Taehyung. - Capítulo 1 - Prologue.

Taehyung:On.

Estava organizando os brinquedos espalhados pelo chão.

Taegeuk era uma menina muito bangunçeira puxou a mim.

Me envolvi com sua mãe a quatro anos atrás.

Sua mãe Minzy eramos adolescentes não usamos proteção e ela engravidou.

Minzy queria abortar mas eu não deixei e depois que Taegeuk ela nasceu Minzy foi embora deve ter sido com algum cara rico.

Então eu cuido da Taegeuk desde de então a coisa mas preciosa da minha vida.

Estava cansado já havia terminado de guardar todos os brinquedos jogados no chão.

Passei pelo corredor do apartamento.

Olhei para dentro do quarto da menor.

Lá estava ela deitada na caminha no quarto cor de rosa.

Andei até a sua cama e depositei um beijo em sua testa e cobri-a melhor.

Fui para meu quarto tirei minha camisa ficando só com a minha calça.

|****|

Taegeuk:On. 

Estava dormindo quando acordei  por causa de um pesadelo mamãe havia voltado para me buscar.

Me enrolei no edredom cor de rosa que havia ali e fui para o quarto do meu papai.

Entrei pela porta que estava meio aberta e subi com um pouco de dificuldade na cama porque era muita alta.

-Papai?-Perguntei.

-Hã... O que foi?-Respondeu com sono.

-Sou eu , posso dormir com você estou com medo?-Perguntei.

-Claro deita aqui chocolate.-Ele disse abrindo os braços para mim.

Deitei em cima da sua barriga  enquanto fazia um desenho imaginário em seu peito.

-Não tô mas com sono.-Falei.

-Nem eu.-Ele completou.

-Vamos assistir um filme já que a gente não vai sair amanhã.-Eu falei sentando em cima da sua barriga.

-Ok vamos.-Ele falou me levando para a sala.

Ele colocou Frozen uma aventura Congelante.

-Já é a quinta vez que a gente assisti esse filme essa semana e hoje ainda e terça-feira.-Ele falou reclamando enquanto sentava no sofá.

-A gente assisti mesmo e se reclama nos assisti mais.-Eu falei rindo enquanto sentava no seu colo.

****

 O filme já estava quase mais ou menos no meio.

Eu estava sentada no colo dele com a cabeça em seu peito enquanto nos comíamos pipoca.

-Por que ele não beija logo ela.-Ele jogou um punhado de pipoca na televisão.

-Essa pipoca que caiu no chão você vai comer viu.-Uma voz falou atrás de nos.

Assim que olhamos para trás avistamos um monstro com uma máscara verde no rosto.

-Monstro.-Eu falei agarrando ao pescoço do papai.

-Você me chamou de quê em Taegeuk e  você Taehyung em?! já para o quarto vocês dois agora.-Vovó falou irritada.-Isso é hora de estarem assistindo no meu tempo as crianças dormiam cedo.

-Mas vovó está chegando na melhor parte.-Eu falei choramigando.

-Não interessa os dois para cama.-Papai se levantou e desligou a televisão e eu abri os braços em sua direção.-As crianças devem dormir no mínimo dez horas enquanto os adultos devem dormir oito horas...-Ela continuava falando e sozinha por sinal.

-Preguiçosa.-Ele falou me pegando no colo.

Taehyung:On.

E peguei ela no colo indo para seu quarto.

Assim que coloquei ela na cama que virei de costas.

-Não me deixa aqui sozinha não, dorme comigo.-Ela falou com voz de sono.

Suspirei...

-Afasta chocolate.-Eu falei me deitado junto ela e mais uma  vez ela subiu na minha barriga.

-Canta para mim.-Ela falou com um bocejo no final da frase.

Eu cantei o refrão  da primeira música que veio na minha cabeça   e dessa vez a gente dormiu.

|*****|

06:56 da manhã.

Levantei-me com cuidado para não acordar a menor.

Fui até a cozinha , abri a geladeira encontrando um pote de sorvete.

Abri o pote coloquei em uma taça  colocando morangos e pedaços de barras de chocolate em cima.

Não me julguem pelo ótimo exemplo de pai que eu sou.

Me sentei e começei a comer.

-Me da um pouquinho?-Perguntou uma voz doce me chamando atenção que esteva vestido uma das minhas blusas com o cabelo todo bagunçado.

-Pega.-Eu falei apontando a colher em sua direção.

(Imagem da Capa).

Ela veio em minha direção e coloquei em sua boca.

Coloquei as mãos na pequena cintura e a sentei em minha perna enquanto dividíamos  o sorvete.

-A vovó não vai brigar por a gente está tomando sorvete a essa hora.-Ela falou com a boca suja.

-Você não conta e eu também não.-Falei passando a língua no lábio inferior para limpa-o. 

Olhava para a menininha que se sujava cada vez mais enquanto degustava o sorvete. 

Seu amor trouxe significado à minha existência , e fazer você feliz é agora minha principal missão na vida.

-Eu te amo.-Falei para a menininha suja de sorvete.

-Eu também te amo.-Ela respondeu-me.

-O quanto você me ama?-Perguntei.

-Assim-Ela falou tentando abrir os pequenos braçinhos ao máximo.

-Eu também te amo "muitão".-Eu falei a abraçando enquanto sua risada ecoava pelo apartamento inteiro.

Continua...

 


Notas Finais


Comentem!
Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...