História My Baby Boy - (ChanBaek) - Capítulo 59


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, HyunA, Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Doyoung, Haechan, Hansol, HyunA, Jackson, Jaehyun, Jaemin, JB, Jeno, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinyoung, Jisung, Johnny, Jung Hoseok (J-Hope), Jungwoo, Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kun, Lay, Lucas, Mark, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), RenJun, Sehun, Suho, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, Xiumin, Youngjae, Yugyeom, Yuta
Tags Baek, Byun Baekhyun, Chanbaek, Chanyeol, Exo
Visualizações 377
Palavras 1.091
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura amores😘💖

Capítulo 59 - Quem é Beom?


Fanfic / Fanfiction My Baby Boy - (ChanBaek) - Capítulo 59 - Quem é Beom?

- Qual o seu nome garoto?

- Baekhyun, Byun Baekhyun - digo e o mesmo acaba derrubando suas pastas no chão - Está tudo bem? - pergunto me aproximando e o ajudando a pegar as coisas caídas no chão.

- Sim, está sim - diz todo nervoso - Achei - pega uma das pastas - Sala é a 22 na parte de artes junto com seu amigo e aqui está a chave de seu armário - diz pegando em minha mão e colocando a chave, pude sentir uma breve caricia na mesma, puxei minha mão, agradeci e sai rapidamente sem entender o que estava acontecendo.

.*.*.*.

_________ Narradora on ________

Assim que Baekhyun saiu da sala de Chin-hwa praticamente se jogou em sua cadeira, não acreditava que estava acontecendo isso, que o veria novamente depois de anos, para ele Baek não tinha mudado nada, continuava sendo aquele garotinho gentil, inteligente no qual o viu nascer, estava presente em seus primeiros passos e palavras. O mesmo estava arrependido de ter abandonado sua ex esposa gravida e ido embora com outra mulher, Lee Mi-Cha.

Mi-Cha foi o primeiro amor de Chin-hwa, na epoca ele era apenas um moleque que queria somente curtir, ambos se conheceram em uma festa de formatura, se apaixonaram e com o tempo acabou vindo Baekbeom. Mas, por ainda não ter idade para cuidar de uma criança, não quis assumir o bebé e então foi embora. Três anos depois ele conheceu a mãe de Baekhyun, se apaixonou novamente se casado com a mulher e trazendo Baek ao mundo. Foram os dias mais feliz da vida dele, mas treze anos depois a mulher descubriu que estava gravida novamente, Chin-hwa viu que as condições deles já não eram mais como antes, não conseguiria sustentar mais uma criança.

Um certo dia ele reencontrou Mi-Cha e seu filho que tinha acabado de completar 16 anos. Os dois acabaram se entendendo por conta do passado e ele foi embora para os Estados Unidos, mas acabou voltando ao descobrir Mi-Cha o traia e troxe Beom junto.

Esse tempo que ele ficou nos EUA conseguiu um emprego em uma grande empresa, com o tempo conseguiu criar seu próprio negócio e hoje tem uma das melhores universidades na Coreia.

Chin-hwa nunca imaginou que poderia ver seu filho novamente. Nesse momento em sua sala só conseguia pensar nele, em Jung-Hee, na sua ex que tinha abandonado, mal sabia ele que ela não se encontra mais nesse mundo. O mesmo não sabia o que fazer, queria falar para Baek que ele era seu pai, mas tinha medo de sua reação.

Baekhyun, em sua sala, queria saber o porque do nervosíssimo do diretor ao ve-lo mas tinha que se concentrar em seus estudos. Primeiro os alunos dessa área iriam aprender mais sobre a arte da música, depois as aulas de canto e então, se quiserem, poderão criar suas próprias canções, participar de seleções ou ser chamado por uma das melhores empresa de Seul para se tortar um grande famoso, sempre tem alguém de olho.

Enquanto isso Chanyeol estava estressado em sua sala depois do ocorrido com Irene, teve que recomeçar a transferência tudo de novo, o que deu muito trabalho. O mesmo olhou em seu relógio vendo que já estava quase na hora da reunião, e isso o deixava mais irritado ainda, só de imaginar que terá que ficar horas escutando propostas chega lhe dar dor de cabeça.

Chanyeol se levantou, deu uma ajeitada em sua roupa já trocada e foi até a sala de reuniões vendo que eles já estavam a minha espera.

- Olá Sr. Park - eles se levantam se curvando.

- Tá legal, sem enrolações... Digam o que querem - eles se entreolham estranhando a atitude meio rebelde de Park.

- Bom, primeiro queremos falar sobre a transferência...

- Deu um problema no computador mas já resolvi isso-  diz os interrompendo - Talvez demore um pouco para chegar o dinheiro na conta das outras áreas.

- Bom, então viemos falar sobre a área de eletrónicos - diz Sr. lee - Ela está caindo, nossos clientes estão reclamando que está dando problemas.

- E vocês já sabem qual é esse problema?

- Não... - diz Sr. Kim

- Então quando encontrarem me avisem que irei resolver... Reunião encerrada.

- Mas nós nem começamos...

Park os ignorou saindo da sala.

________ Chanyeol on ________

Como eu vou resolver algo sendo que não sei o problema? Eu poderia estar em casa agora, mas não, perdi meu tempo com essa reunião.

Assim que sai da sala de reuniões fui direto para minha pegar minhas coisas, fui para meu carro que já estava na frente da Park's a minha espera e fui para casa, a única coisa que queria agora era um banho quente e relaxante para esfriar a cabeça, cada dia que passa parece que fico mais estressado com a empresa.

Assim que entrei em casa fui recebido por Hee e Kwan que simplesmente agarraram minhas pernas.

- Appa, vem bricar com a gente - diz Kwan.

- Desculpa meninos - digo ficando na altura deles - Mas o appa está muito cansado, outro dia nos brincamos está bem - digo vendo eles fazerem que bico, deixei um selar na testa de ambos e subi para o quarto indo ao banheiro.

Após tomar meu banho, me sentei na cama passando as mãos em meus cabelos, às vezes me dava vontade de abandonar tudo dessa empresa, mas isso era algo que meu pai lutou para conseguir, imagino tudo o que ele passou para chegar até aqui, não poderia simplesmente abandonar. Depois que voltei de minhas férias comecei a passar por tantas coisas naquela empresa, Irene dando trabalho, muitos papéis para ler e assinar, reuniões frequentes, viagens de última hora, várias propostas e agora estou recebendo reclamações.

Fiquei ali pensando no que iria fazer até que sinto duas mãos em meus ombros fazendo uma breve massagen.

- Está tudo bem? - pregunta Baek.

- Não, eu estou exausto, aquela empresa está acabando comigo - digo e o mesmo me abraça deixando um selar em meu percoço.

- Não deve ser nada fácil tomar conta de uma empresa...

- Não, não é... - digo me virando para ele - mas vamos parar de falar da empresa... Como foi seu primeiro dia?

- Até que foi divertido, a professora é bem legal... Mas o único problema é Taemin.

- O que? O que ele estava fazendo lá? Ele tentou algo.

- Ele também estuda lá, e não, ele não tentou nada porque Beom apareceu... Vou tomar um banho - diz me dando um beijo - Descanse um pouco - o mesmo sai indo ao banheiro.

Quem é Beom? Fiquei me perguntando. Ok, confesso que estou com um pouquinho de ciúmes.


Notas Finais


Amores
Eu ia att a fic somente na quarta, mas dei um jentinho e vou att nas quartas e sábados.

Espero que tenham gostado💖

Até a próxima 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...