História My baby boy (jikook) - Capítulo 11


Escrita por: e Anna_Noona

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags My Daddy My Baby
Visualizações 157
Palavras 1.624
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu não sei se isso tá bom eu realmente não me sinto satisfeita com esse cap ele concerteza tá pequeno me desculpem mesmo


Ultimamente eu não venho me sentindo satisfeita com nada possa ser que esteja bom oque eu espero que sim qualquer coisa me desculpem


Se tiver erro logo eu vou revisar

Capítulo 11 - Passado e primeiros beijinhos


Fanfic / Fanfiction My baby boy (jikook) - Capítulo 11 - Passado e primeiros beijinhos

 

Passado 

Jimin 5  anos  hozy 7 anos 


Risadas prenchia toda a mansão park por todos os comodos que para os adultos ali ficava mais irritante a cada segundo 

Senhor park que tomava seu café na cozinha estava a ponto de explodir o quanto que estava vermelho de raiva por toda aquela barulheira sem cabimento 

- LÁ LÁ LÁ LÁ ZOZI NÃO PEGA MINNIE - gritava a pequena criança gordinha que corria para se enconder em algum lugar sendo seguida da outra criança 

Que ria pelo modo do pequeno falar 


- a e veremos - pulo em cima do menor que deu um mini gritinho e caiu na risada junto ao amigo 

- NYAAAA ZOZY  TAPASSIO - jimin grito cruzando os bracinhos curtos com um pequeno bico nos lábios fuzilando hozy que só sabia rir 


- não o hozy não trapassio - pego o pequeno nariz balançando para os lados - o jimin que tem perninhas curtas demais e não sabe se esconder bem - jimin deu língua pro maior só ria mais a cada gesto infantil do pequeno

Hozy não falava em terceira pessoa mais sempre que tinha que conversar com jimin tinha que falar asim para o menor o compreender e também porque achava fofo falar asim 


- jimin canso de brinca desse jogo - choramingo o moreninho se jogando de braços abertos no piso do quarto 

Hozy coro ao pensar em um joguinho que viu na internet e que acho muito interessante 

- o hozy sabe de um jogo muito legal - jimin viro a cabeça na direção do maior igual um flex 


- qual- se sento no chão ainda sem tirar o olhar de cima do mais velho 

- bem eu não sei como esse jogo se chama mais eu sei como se brinca - vasculho entre os bolços da calça logo achando a caixinha de palitinhos de chocolate crocantes - o objetivo dele e ver quem consegue comer mais do palitinho mais pra isso cada um tem que segura a ponta do palito com a boca 

- okey o jimin acha que intendel - jimin levo o indicador gordinho até o meio dos lábios carnudos hozy assentil abrindo a caixinha e pegando o palitinho pondo entre os lábios vermelhos 

- isso e constrangedor somos menininhos - jimin fez um pequeno bico 

Hozy tiro o palito da boca e coro ao pensar nisso realmente eram dois menininhos mais e dai oque tinha isso 

- você não quer - cruzo as perninhas sentando frente a frente com jimin

- o jimin quer o hozy quer - arregalo os olhinhos fofos ao pergunta para o maior 

- sim vamos - volto a por o palitinho entre os lábios e se aproximo do menor jimin a garro a outra ponta e foi arrancando pequenos pedaços até seu narizinho se tocar com o de hozy logo partil o palitinho no meio se separando do outro com o rostinho corado 

- legal não e - hozy pego outro palitinho da caixinha risonho 

- isso foi constrangedor - coro ainda mais

- mais foi bom não - fito o menor que assentil acanhado 


- denovo - estendel o palitinho e prendel entre os lábios de jimin -  faço melhor do que você - se enclino na direção do menor mais ao invés de prende os lábios no palito só puxo o palito com a mão da boquinha do menor  e deixo um pequeno selar nos lábios desse 

Jimin sentil o rosto queimar 


- isso não fazia parte do jogo - levo as mãozinhas ao rosto corado 

- eu sei resolvir improvisar - pisco para o menor que tinha deixado uma pequena fresta entre as mãozinhas para olhar o maior


Ouvio batidas raivosas na porta e logo senhor park aparecel ali com uma cara 


Raivosa 


- quero essa porta aberta ouviram - disse rude fazendo jimin se encolher no lugar 

Hozy sempre viu o jeito desprezivel que o senhor park o tratava mais não falava nada se mantinha sempre alheio a toda a situação 

Hozy se volto para o menor asim que o homen saiu pisando duro dali praguejando aos mil ventos 


- vamos continua - hozy se viro para o menor já pegando outro palitinho entre a caixinha e ponto entre os lábios 


Jimin coro e assentil acanhado aproximando seu rostinho do menor 


- HOZY AGENTE TEM QUE IR SE NÃO PERDEMOS O METRO - hyolin entro de uma vez no quarto assustando os dois garotos  que pularam no lugar, tamanho foi o susto que hozy derramo boa parte dos palitinhos de chocolate no chão - ups - hyolin após ver a cara de espanto dos dois garotos fez uma cara maliciosa 


- yaaa omma não assusta agente asim - reclamo o outro fazendo bico escondendo no moleton os palitinhos de chocolate 


- hummm - aperto os olhos na direção dos dois logo apontando o indicado para o maior - oque estavam fazendo - jimin coro de olhinhos regalados 


Hozy coro até as orelhas 


- nada - respondel de imediato ambos ao mesmo tempo almentando a desconfiança da maior 


- sei ham - fez uma cara confusa - porque a porta tava fechada aponto para a porta sem tira o olhar malicioso de cima dos meninos 

Que ficava a cada segundo mais vermelho 


- brincando - 

- Conversando - 

Ambos se entre olharam de olhos arregalados como se pelo olhar dissese


" FUDEU " 


- sei olha eu sei muito bem oque estavam fazendo - hozy e jimin coro ao extremo - só tomen cuidado para não serem pegos pelo senhor park sabe que ele não gosta nem um pouco  de nós hozy - se volto ao filho 


Hozy assentil abaixando a cabeça 


- o jimin gosta - disse o menor levando a  a palma gordinha até as costas do mais velho que sentil as bochechas quentes 


- eu também gosto de você minnie - hozy coro levantando o olhar fitando o menor radiante 


- tá tá vamo hozy lembra temos que pegar o metro - hyolin apresso o filho que fez um pequeno bico para a mulher 


- não não seu biquinho fofo não vai funcionar comigo  dessa vez - disse a mulher decidida 


- mais mãe - tento protesta entortando a cabecinha pro lado com os tipicos olhos grandes e brilhosos 


Jimin levo os lábios até a orelhinha do maior 

- agente Continua brincar amanhã - hozy coro ao ouvir a fala do menor 


- jura de dedinho - estendel o dedinho pro menor que se enclino até fica rente ao ouvido do mais velho 

- só se o hyungi da mais um beijinho na boquinha do jimin - hozy levanto em um pulo quase indo ao chão tamanha rapidez que levanto

Oque assusto hyolin que pulo no lugar assustada 


- a omma metrô agente vai perde o metro - saiu empurrando a mais velha que reclamava pelo caminho 


Deixando jimin emburrado para trás esse que tinha os bracinhos cruzados e continha uma carinha brava na face enquanto fusilava a porta,  passo alguns segundos e logo a porta se abriu de novo e dele hozy passo  com as bochechas vermelhas é um pequeno bico que logo se desfez 


Jimin viro o rosto e enpino o nariz pequeno 


- me desculpa minnie mais ela não pode saber - viu o outro fazer um bico 


- vai ficar bravo com o seu hyungi - se abaixo de frente ao menor cutuco do esse com o indicador esse que deu de ombros ainda fazendo pirraça se negando a olhar para o mais velho 


- me desculpa minnie mais ela não pode saber nem o seu papai nem ninguém ei - puxo o rostinho do outro com sua destra. Fazendo esse o olhar hozy viu os olhinhos marejados do menor - não e porque eu tenho vergonha de você ou algo asim eu só não quero que ninguém te machuque por minha causa é também porque não quero ficar longe de você seu papai me proibiria de vim aqui te ver se descobrir sobre isso e minha mamãe poderia perde o emprego  intende bolinho de açulcar - jimin coro e assentil 


- o jimin intende - jimin brinco com os dedinhos tímido ao ouvir um dos muitos apelidos que ganhara do mais velho 


- ainda ta zangado- cutuco a barriguinha do menor arrancando uma risada desse - ainda quer aquele beijinho que eu to te devendo 


jimin assentil de leve fechando os olhinhos fazendo um biquinho e esperando, hozy riu tamanha fofura do menor e logo colo seus lábios em um pequeno selar demorado carregado de inocência 

Ficaram asim por alguns segundos e logo se separaram 

- isso e tão totoso - murmuro o menor ainda de olhinhos fechados com as bochechas coradas -o  coraçãozinho do jimin está quase pra sair pela boca - murmuro ainda de olhinhos fechados 

Hozy deu um pequeno selar no narizinho do menor 

- quer um copo de água pra não correr o risco dele sair pela sua boquinha - jimin arregalo os olhinhos na mesma hora em que ouvio oque o outro disse 



-o coraçãozinho do jimin vai sair pela boquinha dele - hozy riu levando a mão a boca para não gargalha 


-nA-na-não- levo a palma da mão até o rostinho do menor que tinha o rostinho corado - meu bem isso e só um jeito de falar - hozy ouvio a mãe o chamar de novo - eu não queria ir - fez um bico asim como jimin - vou sentir muito muito muito sua falta 


Levanto 


- o jimin também vai - hozy aceno para o menor e saiu correndo dali gritando aos quatro ventos 


"EU JÁ VO OMMA EU JÁ VO  NÃO PRECISA GRITA " 

Sendo respondido com um 


" ANDA LOGO INTÃO MOLEQUE " 









Notas Finais


Realmente não me sinto satisfeita comigo mesma e isso só me põe pra baixo cada vez mais eu não quero desistir

Eu sinto que isso não tá bom me desculpa postiço eu to tentando mais parece que nada muda isso me frustra demais eu amor essa historia e amo muito vcs eu espero não ter que desistir

Acho que e baixa alto estima não sei ou só meu dia que foi uma merda mesmo é tá refletindo em tudo que eu faço


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...