1. Spirit Fanfics >
  2. My Baby Boy- Yoonmin >
  3. Venha comigo...

História My Baby Boy- Yoonmin - Capítulo 52


Escrita por:


Notas do Autor


boa leitura💙

Capítulo 52 - Venha comigo...


Fanfic / Fanfiction My Baby Boy- Yoonmin - Capítulo 52 - Venha comigo...

                 *P.o.v-Jimin*

Fiquei por diversas horas pensando nas melhores palavras, tanto para explicar quanto para pedir desculpas. Era um bom plano, tinha tudo para dar certo assim como tinha para dar errado. Ao todo eram oitro papéis espalhados pela sala de estar. Me sentia exausto, caminhei descalço até o banheiro e tomei uma ducha rápida. Coloquei uma roupa qualquer e fui até a cozinha preparar o café da manhã disse mais velho com tudo que ele podia comer. Durante todo o preparo imaginei como seria se ele acordasse e começasse a ler tudo enquanto eu ainda estivesse aqui e cheguei a conclusão de que precisava ir para casa o quanto antes. Pus tudo sobre a mesa, até os remédios que ele tinha de tomar pela manhã e me direcionei a minha casa.

Uns minutos após uma caminhada abri a porta de entrada e fui consumido pelo silêncio. Adentrei a sala e notei diversas coisas fora do lugar, típico dos Luseok. Subi as escadas sentindo todo o meu corpo reclamar pelas horas em que fiquei acordado. Entrei no quarto retirando toda a roupa que vestia e me infiltrei debaixo do cobertor, provavelmente dormi logo em seguida pois não lembro de nada em sequência.

                *P.o.v-Yoongi*

Acordei com a claridade solar dominando cada parte do cômodo. Sentei na cama jogando o cobertor para o lado e levantei sem pressa. Caminhei em passos lentos até o banheiro, retirei a roupa que estava vestindo, pus-me debaixo do chuveiro e tomei um banho frio. Sentia uma dor se instalar em minha cabeça, precisava de antibióticos e faria o possível para beber o mais rápido possível. Sai do banheiro com a toalha envolvendo minha cintura e enquanto arrumava minha cama notei que havia um papel rosa colado sobre a cabeceira da mesma. Soltei o travesseiro que segurava e peguei o papel começando a ler o que estava escrito.

" Yoon, ontem disse que lhe contaria tudo, mas sei que ainda não consigo fazer isso pessoalmente. Por esse motivo espalhei destas folhas por tua sala. Só precisa juntar todos os oito para ler o texto."

Olhei para o papel por mais uns segundos até que sai quase correndo do quarto indo atrás das outras.Não me importava mais com a dor de cabeça que sentia, só precisava achar os papeizinhos coloridos e ver o que o Jimin queria me dizer.

Percorri toda sala e procurei em todas as partes possíveis,oito, havia achado tudo e agora só precisava juntá-las e ler o texto. Todas haviam números em ordem crescente no topo para que soubesse a ordem. Pus sobre minha coxa e dei início a leitura.

" De início eu queria me desculpar, queria pedir perdão por ter sido tolo o suficiente para achar que você não daria tanta importância aos beijos técnicos, nem as falsas cenas de sexo. Você não esteve errado em agir da forma que agiu e eu estou ciente disto. Mas queria dizer que em nenhum minuto sequer eu deixei de te amar ou criei raiva de ti. Sei que é tarde para dizer que te amo e que jamais desisti. Tudo bem se não me perdoar, só peço que não se afaste de mim novamente, já doeu ter te perdido como namorado, não suportaria te perder como amigo."

Meu corpo inteiro entrou em êxtase, eu queria sorrir assim como queria chorar, minha mente fez um filme de nós dois em minha cabeça, cada toque, carinho, cuidado me fez perceber que nada teria graça sem o Jimin do meu lado. Direcionei meu olhar a cozinha e vi a mesa do café posta,  caminhei até a mesma e me sentei a mesa. A primeira coisa que eu fiz foi tomar os remédios e depois passei a comer tudo que tinha ali. Estava feliz. Feliz pelo Park não ter desistido de mim depois do que eu fiz, estava feliz por não ter deixado de pensar nele em nenhum segundo. Precisava conversar com ele, queria que ele estivesse aqui agora, queria abraçá-lo e me desculpar pelo que fiz a ele.

Horas depois...

                *P.o.v-Jimin*

Acordei assustado com o Hoseok em meu quarto berrando pelo meu nome.

Hoseok- Levanta e se arruma! O Yoongi quer encontrar com você na cafeteria, puta merda, meu casal vai reatar!- O mais velho pulava sobre minha cama enquanto dizia as coisas de formas rápidas.

Eu- Sai da minha cama...- Disse baixo tentando entender o que estava acontecendo- E repita devagar tudo, não consegui entender.

Hoseok- O Yoongi quer te encontrar na cafeteria, você tem meia hora para se arrumar, então se adianta meu irmão.

Eu- São que horas?

Hoseok- Quatro e dez.

Arregalei os olhos e levantei num pulo, minha mente ainda absorvia cada informação dada pelo Hoseok. Peguei um short jeans e uma blusa de manga curta. Vesti as peças com cuidado e em seguida calcei o tênis.

minutos depois...

Hoseok- Você promete que vai ser sincero e contar toda a verdade a ele?

Eu- Já fiz isso...

Hoseok- Me conte como foi na volta.

Assenti com a cabeça e entrei no uber que me esperava. Meu coração batia de forma estranha. Senti que por um instante ele exitou em bater, respirei fundo por algumas vezes seguidas tentando regular as batidas. Quando o carro parou em frente a cafeteria, paguei o total da partida e desci do mesmo. Adentrei o local e logo de cara avistei Yoongi brincando com os dedos em uma mesa próxima a janela. A cada passo que dava até a mesma sentia todo o meu corpo formigar em resposta.

Sentei de frente para o mesmo sem dizer nada, ele me encarou por um tempo e então sorriu.

Yoongi- Precisamos muito resolver as coisas, certo?- Assenti com a cabeça e então ele completou- Tenho que te pedir desculpas também.

Eu- Mas o erro foi meu Yoongi.

Yoongi- Eu não quis te ouvir, não quis entender, isso tudo por orgulho. Queria dizer que assim que você entrou com o Hoseok eu voltei para pegar uma coisa.

O mesmo mexeu no bolso da calça e colocou a aliança sobre a mesa. Meus lábios se contraíram formando um sorriso inesperado, senti meus olhos encherem de lágrimas e meu coração bater com mais calma.

Eu- Se você a guardou...

Yoongi- Foi por pensar que ainda iríamos resolver as coisas entre nós... Você aceita reatar o namoro ou quer esperar mais um pouco?

Eu- Não devemos esperar nada Yoonie.. Estou feliz por você ter me perdoado.

Yoongi- Ah Jiminie.. Você não sabe a falta que eu senti de você.

Ficamos conversando por mais um tempo, bebemos capuccino e comemos bolo de nozes, eu ainda não acreditava no quarto estava acontecendo. Por Deus, eu imaginei que ele rasgaria as folhas e continuaria agindo como se eu fosse um estranho.

Yoongi- Venha comigo...

              *P.o.v-Yoongi*

Eu sentia falta de algo que não podia esperar chegar em casa para acabar com isso. Segurei a mão do mesmo e o puxei para o banheiro que estava vazio, tranquei a porta, o empurrei contra a mesma e o beijei. O beijo tinha uma mistura louca de sentimentos, estava incrivelmente bom e nenhum dos dois queria por um fim nisso, nos separávamos minimamente. Peguei o mesmo no colo e o pus sentado na pia sem me desvencilhar de seus lábios, apertava sua coxa e cintura como podia, o mesmo em resposta puxava meu rosto para si ou mordiscava meu beijo. Nesse momento estávamos apenas de boxe e nos tocávamos como nunca, o mais novo se ajoelhou a minha frente tirando minha boxe junto. Sentir sua boca em contato com o meu membro novamente me fez sentir o cara mais foda do universo. Ele me estocava com cuidado, segurava meu membro com ambas as mãos e as vezes o levava até a garganta e vinha a chupá-lo por inteiro.

               *P.o.v-Jimin*

Quando me desfiz do membro do mais velho ouvi-o resmungar por um segundo, mas logo me puxou para um novo beijo, ele me virou contra a pia e abaixou minha boxe então eu pus a dizer:

Eu- Preciso que você me prepare, tudo bem?

Vi-o sorrir pelo espelho, levar dois dedos até a boca e introduziu com cuidado a minha entrada me fazendo gemer arrastado. Ele passou a movimentar os dedos dentro de mim e eu via como o mesmo estava gostando de fazer tal coisa novamente.

Yoongi- Eu posso...?

Eu- U-uhum.

Senti-lo dentro de mim daquela forma me fazia muito bem, meu gemido ficou falho assim que ele introduziu tudo. A cada estocada eu gemia cada vez mais, via-o gemer junto a mim e se sentir vitorioso a acertar minha próstata em poucos movimentos. Daí para frente trocamos a posição por duas vezes e quando estávamos quase chegando ao nosso ápice quando bateram na porta, gemi frustrado e sai do colo do Yoongi.

Yoongi- Podemos terminar isso mais tarde?

Eu- Vou pensar no teu caso.

Começamos a nos vestir de forma rápida e tinha uma fila grande em frente a porta do banheiro, me desculpei com todos os homens que estavam ali e caminhei junto com o Yoongi para fora do local.

Eu- Nunca mais vamos fazer algo assim em locais públicos.

Ele sorriu e me abraçou.

Yoongi- Só está dizendo isso por que todos viram que você está duro?

Eu corei e escondi meu rosto eu teu pescoço.

Eu- Vacilo seu Yoongi!

Yoongi- Vamos para casa bebê..














































Notas Finais


YOONMIN IN YOUR AREA!
kskskskssksksk
aAaaaaaah, eu não sei não...


continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...