História My baby Camz - (infantilismo) - Capítulo 29


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Visualizações 74
Palavras 528
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 29 - (2) Maratona 2-3


Lauren POV

BRASIL, CHEGUEI VADIAS !

era isso que eu gostaria de falar, mas naverdade eu falei o mais educada possível assim que pisei no solo brasileiro.

— hmm, ar brasileiro, senti saudades disso.

C: ar blasileiro mommy ?

— é bebê, ar brasileiro - a pego no colo, não ligando para alguns olhares curiosos a nossa volta.

A: precisamos achar alguém que fale nossa lingua, certo ?

N: totalmente certo allycat - Normani pega Dinah no colo também não ligando para os olhares a nossa volta.

Logo saímos do aeroporto e fomos a procura de um táxi ou como falam aqui "Uber", para levar agente para minha casa.

D: mommy, quando vamu chega na casa ?

N: Jajá meu amor, Jajá.

Avistamos um táxi que pelo jeito parecia falar inglês, fomos em sua direção e falamos com ele, passei o endereço da casa porem antes pedi para que ele passa-se em um supermercado, queria comprar comidas brasileiras para comer ainda hoje.

Chegamos no supermercado e eu logo sai do táxi juntamente com as meninas, entramos no lugar e pegamos um daqueles carrinhos que a pessoa usa pra colocar as coisas enquanto compra.

Sabe oque é o desespero de ir em um supermercado com 4 meninas que nunca foram no Brasil e agora querem comprar tudo que vêem pela frente ?

Elas querem tudo, literalmente tudo, elas pegaram até um pepino dizendo que queriam saber se o gosto era diferente, acreditam nisso ?

A única que até agora só tinha se interessado por apenas uma coisa foi a Camila, ela queria aqueles danones que vinham dentro de um negócio em forma de morango, sabem ?

Óbvio que não recusei, peguei em dobro pra ela, mas às outras meninas queriam tudo e eu provavelmente volte falida pra minha casa.

Quebra de tempo

Já havíamos comprado as coisas e agora estávamos discutindo na cozinha da minha casa.
Elas estavam dizendo que pra fazer o chocolate ordem era uma e eu tava dizendo que não importa oque coloquem primeiro, o resultado vai ser o mesmo.

Passamos uns vinte minutos discutindo sobre isso até que surpreendentemente Camila mandou todas nós calarmos a boca porém um minuto depois, ela se ligou do que havia dito e começou a chorar pedindo desculpas.

Fizemos o chocolate e parecia ter dado certo, estava com uma cor meio marrom.
Colocamos na geladeira e fomos para a sala, levamos com agente um monte de besteira que elas nunca haviam sequer visto e começamos a comer enquanto assistíamos um filme qualquer.

D: mommyy, quero chocolate - faz um biquinho e tenho certeza que depois dessa ela não conseguiu aguentar

N: Laur, posso pegar lá na geladeira ?

— Claro que pode Mani, você já é da família e ainda me pergunta isso ? - ela ri e vai em direção a cozinha.

Minutos depois ela volta com o chocolate e cinco colheres para nós comermos.
Pegamos todas um pouco com a colher e nos ajeitamos melhor para poder comer, eu já havia comido porém elas não, e eu queria ver a reação delas.

A: PUTA MERDA QUE COISA DE DEUS, ISSO É BOM PRA CACETE! - tapei os ouvidos da Camila para ela não ouvir todos os palavrões e logo em seguida todas caímos na risada.

É realmente muito bom



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...