História My baby Camz - (infantilismo) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Visualizações 42
Palavras 537
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Vou mudar por ela



GENTE, EU QUERIA MUITO SABER SE VOCÊS GOSTARIAM, QUE TODA VEZ QUE OCORRESSE ALGUM INTERVALO DE TEMPO, ENTRE NOMINAH OU OUTROS SHIPPERS QUE AINDA VÃO CHEGAR, SE VOCÊS GOSTARIAM QUE EU FIZESSE O CAPÍTULO SOBRE ESSES INTERVALOS.

————————–———————

Lauren POV

Acordei no dia seguinte, sentido um misto de felicidade e satisfação, a visão mais bonita que eu já tive assim que acordei, definitivamente foi essa.
A Camila quase em cima de mim, com o dedo na boca e fazendo uns barulhinhos engraçados.

Depois de alguns minutos tentando me desvinciliar da menina, eu consegui sair da cama sem que a pequena acordasse, fui ao banheiro e fiz minha higiene, escovei os dentes, tomei banho, e coloquei uma roupa folgada mesmo, já que hoje é sábado.
Desci e não me surpreendi ao ver as meninas lá em baixo, na cozinha pra ser mais específica.

— Bom dia meninas!

N: Bom dia laur - ela veio e me deu um beijo na bochecha.

D: Bom dia palmito, tá com fome ? - pergunta já me estendendo um pão com Nutella.

— Não tô não DJ, acordei apenas porque algum serzinho tava em cima de mim - elas riem de leve.

N: Pois é laur, você nem nos contou onde achou ela

D: É laur, onde a achou ?

— Bom gente, foi no bar mesmo, sabe, vocês já tavam demorando então eu saí lá fora um pouquinho pra fumar um cigarro, e eu comecei a ouvir alguém gritando pedindo socorro

N: Que horror! - diz espantada.

D: Deixa ela terminar Mani, tá parecendo cena de filme.

— Então, como já disse, tinha alguém gritando que no caso era a Mila, e um homem querendo arrastar ela pra sei lá onde, pra fazer sabe Deus oque, na hora nem pensei direito e já voei pra cima do cara.

D: Fez o certo, quem esse babaca pensa que é pra fazer isso, como conseguiriam machucar uma coisa fofa daquela ?

— O pior é que ele tava bêbado, principalmente pelo cheiro de bebida e o jeito que falava dava pra perceber isso.

N: Nossa, espero que ele nem se lembre disso, e se lembrar é bom que ele tenha se arrependido.

D: Verdade Mani, mas laur, tem certeza que quer ficar com ela ?

— Como assim DJ ? Quer colocar ela pra fora ? - já começo a ficar nervosa diante disso, como assim se eu tenho certeza ? Óbvio que eu tenho.

N: Não laur, ela não quis dizer assim né Dinah ? - logo a loira faz que sim com a cabeça.

D: Oque eu quis dizer, é que não acho que você tenha tanta capacidade, sou sua melhor amiga, mas às vezes você só quer sair, beber e pegar geral, então você não poderá mais sair, ela é praticamente um bebê.

— Eu compreendo isso, mas nós vamos ficar com ela sim, sei que sou assim as vezes DJ, mas vou mudar, mudar por ela. - logo as duas vêem me abraçar, quase chorando de emoção.

— Mas então Mani, não teria como você ir comprar algumas coisas pra ela ?, Menos roupa, roupa eu mesma gostaria de comprar com ela.

N: Claro laur, Dinah vai vir comigo ?

D: Vou sim Mani.

Logo elas se arrumam e saem de casa, já são 8 horas, a pequena deve mesmo estar cansada....

————————————————



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...