História .Brother - Incesto Yugyeom -Got7 - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Yugyeom
Tags Brother, Got7, Incesto, Sister, Você, Yugyeom
Visualizações 1.416
Palavras 821
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi! Bom uma leitora pediu, e como prometido está aí! Espero que goste! desculpe qualquer erro é o meu corretor!!

Capítulo 1 - Brother.- Capitulo Único


O que fazer quando você ama o seu irmão? Mas não do jeito que todos pensam, você o ama como amasse um namorado!

Meu irmão é o popularzinho da escola, o Badboy, conhecido por pegar todas da escola, todos querem ficar perto dele, ter sua amizade, por fama também!

Todos os dias, ou melhor...noites! Ele trás garotas pra cá! Eu odeio isso, pelo simples fato de aquelas vádias gemerem alto! 

>

Hoje é segunda e eu acabei de acordar e como de costume, saiu uma garota do quarto do meu irmão.

 —Oi fofa.

—Oi puta. -a respondo.

—Olha como você fala comigo!  

rio. —Eu falo do jeito que eu quiser! Você nem na sua casa está! 

Ela ia me dar um tapa, só que meu irmão, segurou seu braço.

—O que estava pensando em fazer com ela?! -pergunta ele raivoso.

—Bom dia amor! -ela fala, tentando mudar de assunto.

—Amor?! Sai daqui agora!  

—Mas...

—Mas nada! Vai agora!  

Ela me olhou feio e saiu.

Era o que meu querido irmão -o qual também sou apaixonada- fazia com as garotas, as usavam e jogavam-as fora, como lixo!

—Ela te machucou antes de eu vir?  -Falou me pondo sentada em seu colo.

—Não...Obrigado por se preocupar! -Dei um abraço no mesmo.

—D-de nada...-pausa. —Maninha... Hoje vai ter uma reunião de família lá na casa da vó! -Saio de cima de sei colo.

—Okay! Vamos!

—Pra onde? -pergunta confuso.

—Escola! Está nesse mundo? -sorrio.

.

Fomos pra escola juntos, eu adoro isso! 

—Oi amor! 

—Olá. -a responde friamente.

Saímos dali juntos.

Subimos pra sala e somos da mesma sala... E percebi que ele não parava de me olhar!  

Ele perdeu algo na minha cara? Tenho algo de errado? O que?!

.

Logo bateu o sinal da saída.

[...]

—S/a, Não faça isso comigo! 

—Isso oque?! -pergunto sem entender.

—Essa sua saia curta!

—Maninho... Você está lou...

Antes que eu terminasse ele me roubou um beijo,  que foi ficando quente... 

Já estávamos nus...

—Sua primeira vez? 

Não queria dizer que sim, pois estava com vergonha.

—Não maninho...

—Você vai ver...vou ser melhor do que esse que você provou! 

—Daddy... Quero sorvete!  

Só queria saber de onde tirei esse papo de Daddy...

—Você vai ter! -Falou se sentando e sorrindo malicioso. —Vem cá! 

Me ajoelhei em sua frente e comecei a chupar seu membro...

—O-oh S/a.... 

Não demora muito e o mesmo gozou em minha boca, engulo tudo..

—Agora é minha vez!  

Ele me deitou na cama (sério?)  e começou a descer beijos por meu corpo até chegar em minha intimidade... Logo penetrou sua língua em mim...

Eu estava amando aquilo...mesmo sendo errado...mas é tão bom!

—Oohh maninho....aaah 

—Isso mesmo... Geme pra mim!

Logo eu gozo em sua boca, ele engole, e depois introduz seu membro em mim

—Tão... apertadinha... 

—Yugyeom...A-aah...

[...]

—E aí?! -perguntou ofegante.

—Ótimo! -Falei ofegante também. —Baby, nós temos que nos arrumarmos!

—Okay...Será nosso segredo, irmãzinha...

Tomamos banho, nos arrumamos, e eu coloquei um vestido com um pequeno decote entre os seios.

No carro

Se falarmos sobre nós dois, será que eles nos aceitariam?

—Não sei...

Sei que foi apenas uma transa pra ele, ele está fingindo se importar. Sei também que vou sair machucada dessa história!

[...]

Chegamos lá e nos sentamos á mesa.

—Vou no banheiro... com licença ....

Me retiro á mesa indo ao banheiro.

Depois de alguns minutos, Yugyeom entra no banheiro.

—Fugindo, Maninha?

—Por que eu fugiria?  

—Me responda...foi sua primeira vez? 

—Sim... -falo envergonhada.

Yugyeom me dá um selinho.

—Vamos parar!  

Ele apenas bufa.

Saímos de lá e ele se pronuncia:

—Vó, vô, mãe, pai, família! Nós vamos embora morar sozinhos, mas antes... -ele se ajoelha em minha frente. —Quer namorar comigo?!

—Si.....

—Não! -minha mãe responde por mim.

—Não! Não...e não!! -responde meu pai. 

—Não! -responde minha vó.

—Não! Isso é errado, vocês são irmãos! -responde meu vô, calmo.

—Nós sabemos disso, nós nos amamos muito pra se importar com o que é certo ou errado! -Yugyeom fala.

—Sim, eu aceito! -falo por fim e saímos de lá.

No carro

—S/a, você topa ir morar comigo?

—Claro que sim!

—Vamos passar em casa e pegar nossas coisas! 

—Mas... Pra onde vamos? 

—Para uma casa que eu comprei.... Já estava planejando isso a algum tempo!

Chegamos em casa, pegamos nossas malas,  e seguimos viagem... a vista do lugar era incrivelmente bela.

—Olha ,olha!! -aponto para um bichinho enorme e fofo.

—Seus olhos estão brilhando! -ri e me beija.

—É tão fofo!!

—Você parece um bebê! -ri.

—Mas eu sou um...

—Minha bebezinha!

—Que tosco!

[...] 

Chegamos no lugar e a vista era muito linda;

—Agora você é minha!  -fala e abraça minha cintura.

Começamos um beijo necessitado, como se nós necessitávamos daquilo!

—É nossa segunda vez hoje! -para o beijo, mas logo continua.

—Sim...-falo entre o beijo. —Você ainda aguenta, maninho?

—Claro! -sorri malicioso.

Depois disso acho que sabem o que aconteceu...

.

Te amo maninho...


Notas Finais


Gostaram?! Não está lá essas coisas pra minha primeira fanfic...mas obg por ler <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...