História My Babygirl - Imagine Namjoon - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Jimin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine, Kim Namjoon, Namjoon, Rap Monster
Visualizações 80
Palavras 711
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Self Inserction, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Papel.


Papel.

 

{No carro} [16:39} POV'S S/N ON

NJ:O papel...

S/N:Papel? Que papel??

Ele falou algo sobre minha mãe ter me avisado de algo... Minha mãe havia escondido algo de mim...

Ela realmente vai se mudar?

NJ:Você lê quando chegar em casa, acho que deve estar na sacola de lingeries que te dei....

S/N:Pera, quê? VocÊ que me deu as lingeries?? - Tudo tá muito confuso ainda. Não faço a menor ideia do que está acontecendo.

NJ:Foi! - ele sorriu inocentemente. O sorriso dele é lindo... - Imaginei que ficarei lindas em você.

S/N:Eu não vou usar aquilo...

NJ:Vai sim, já está usando uma delas. - ele puxou de leve a alça do meu sutiã.

S/N:E-Ei!

NJ:Hahah, desculpe.

Fiquei meio constrangida. O que esse cara quer de mim? Se ele chega a me dar LINGERIES, eu só imagino que ele queira meu corpo.

NJ:Feliz aniversário, S/N! 18 anos, hein?

S/N:É, finalmente...

NJ:Está mais bonita.

Ora, ele me conhecia?

Bem, a única coisa que fez sentido hoje foi as pessoas me parabenizando por conta do meu aniversário.

Sr.K:Bem vinda, S/N!

Mal me toquei, quando olhei pela janela me deparei com um CASARÃO. Ou melhor, MANSÃO!

Eu definitivamente vou me perder ali.

S/N:Woow... Essa é minha nova moradia?

NJ:Exato! Depois de arrumarmos seu quarto, vou lhe apresentar os cômodos.

Ele saiu do carro antes de mim, foi até minha porta e a abriu, me dando passagem pra sair.

Realmente, por enquanto, ele é um cavalheiro. (Autora: Iludida ksksksks brinks)

Esperei ele pegar minhas malas no bagageiro para então prosseguir.

Sr. Kim abriu as duas portas da minha mais nova mansão. (Autora: Humildade é tudo gente)

Gente...

Eu fiquei maravilhada!!

Tudo é tão luxuoso, chique, limpo e bonito...

Fiquei na porta olhando aquela maravilha toda, até perceber Namjoon passando por mim com as malas.

NJ:Sweetie, vou levar suas malas ao seu quarto e já volto, ok?

S/N:Ahn.... Certo... - corei. Sweetie? Por que diabos me chamou assim? E por que eu fiquei com vergonha??

Que seja. Só sei que ele me lançou um tiro Cof Cof Um sorriso muito maravilhoso e subiu uma das duas escadas.

Enquanto rondava pela entrada da mansão, achei uma mulher, que aparentava ter uns... 34 anos, acho. Ela tinha cabelos curtos e escuros e estava limpando um abajur de chão. Me aproximei timidamente dela, fazendo ela me perceber e se virar pra mim, sorrindo gentilmente.

?:Hum? Olá, flor! - disse, super simpática.

S/N:Olá... O que faz agaixada?

?:Sou empregada dos Kim, e estou limpando um abajur. - ela riu de leve. - Como posso te chamar?

S/N: S/N.

?:Ah, bem-vinda! Quase me esqueci, Namjoon vem falando de você nos últimos dois meses...

S/N:Ele... Vem?

?:Sim, mas por conta da idade, minha memória já está ficando fraca...

S/N:Ora... Idade? quantos anos você tem, senhorita... Ahn...

?:Sou Sunhee, perdão por não me apresentar. Tenho 61 anos.

QUÊÊÊÊÊÊ??

S/N:Espera, 61 anos??

SH:Hahah! Eu sei, pareço mais nova... Mas sim, 61.

S/N:W-Wow...

Espero ser que nem ela quando mais velha, Jesus!

SH:Então, S/-...

NJ:S/n? -  ele apareceu no topo da escada, já sem as malas nas mãos. Por algum motivo, sua voz me arrepia. - Venha, vou lhe apresentar seu quarto.

S/N:Ok! Tchau, Sunhee!

SH:Tchauzinho!

Fui até o topo, com cuidado pra não tropeçar nos degraus com os saltos.

NJ:Vejo que já fez amizade com a empregada, huh?

S/N:É...

NJ:Ela é realmente muito simpática... Venha, por aqui.

Segui ele por um corredor longo.

NJ:S/N, sua mãe não lhe disse nada sobre o papel mesmo? 

S/N:Não, nada...

NJ:Bem, vou deixá-la ler sozinha. Mas tenho de dizer ao menos uma coisa.

S/N:Sim?

NJ:Nos primeiros dias, você dormirá em seu quarto. Depois, no meu.

Ata

S/N:O quê? Por que que dormirei com você?

NJ:Você vai entender, só leia o papel.

S/N:Certo...

Ele abriu uma porta que levava a um quarto todo roxo, com minhas malas dentro.

NJ:Fique á vontade.

E fechou a porta, quando eu já estava dentro.

Era um quarto bem bonitinho!

Tinha um guarda roupa grande, um tapete super fofo, um banheiro, um abajur que ficava em cima de um dos criado-mudos ao lado da cama de solteiro.

A primeira coisa que veio na minha cabeça foi aquele papel.

Peguei a sacola, tirei o papel que aparentava ser uma carta e abri.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

S/N:Mas o quê?!!


Notas Finais


que que tinha lá, hein?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...