História (My Bad Boy) imagine Kim - Taehyung. - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens Jackson, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Visualizações 294
Palavras 2.308
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ❤️😙

Capítulo 10 - Brincadeira entre amigos.


Fanfic / Fanfiction (My Bad Boy) imagine Kim - Taehyung. - Capítulo 10 - Brincadeira entre amigos.

My Bad Boy - Brincadeiras entre amigos.


             

            P.O.V.S Kim Taehyung.

Depois do meu beijo com a s/n, cada um foi para sua sala. Eu ainda não acredito que eu a beijei, posso ter beijado ela quando estávamos na festa do namjoon, mas eu não lembro do nosso beijo então, foi como se tivesse sido a primeira vez que eu senti seus lábios, ela tinha um gosto bom, ela era tão linda.

Namjoon - ei cara, onde você estava hein? - vi namjoon se aproxima.

- na enfermaria - dei de ombros.

Namjoon - jimin saiu do grupo, olha - me mostrou o celular - e antes de sair ainda escreveu um monte de bosta. - peguei o celular e entrei na conversa.


|Mensagem on|

Jimin - você me paga taehyung!!! - 09:05 √√

Jimin - eu pensei que todos nós fossemos amigos, mas vocês são tudo falsos!!! - 09:05 √√

Jimin - vão tomar no cu de vocês! - 09:05 √√

Jimin - encontrem outra pessoa para ficar no meu lugar, porque eu tô fora - 09:06 √√

Jimin saiu do grupo.

Yoongi - eita porra. Esse moleke é muito revoltado, eu hein. - 09:07 √√

|Mensagem off|

- ele vai vim correndo depois, só espera! - suspirei. Fomos para nossa sala que por sorte a professora tinha acabado de entrar.

[…]

Todas as aulas aviam acabado, eu e os meninos estávamos indo para casa. Hoje eu ia dormir na casa do yoongi já que os pais dele não iam está em casa, ou seja ele ia fazer uma festa, mas a festa ia ser só entre nós 6…era pra ser 7 mas o Jimin é cuzão demais, enfim, vou deixar ele pra lá até porque quem fez a confusão foi ele mesmo, ele podia ter chegado na garota e ter falado com ela numa boa, mas ele preferiu ser agressivo e ainda pediu pra apanhar não consegui me segurar.

- vejo vocês hoje a noite, flw - me despedi dos meninos e fui pra casa.

Chegando em casa, joguei minha mochila no sofá e fui até a cozinha vendo meu pai e minha mãe rindo.

- eu quero ri também - disse me sentando no banco do balcão.

M/T - ah filho, eu e seu pai estávamos lembrando da época em que você, ficou todo nervosinho quando a gente disse que íamos viajar sem você para Londres. - disse rindo. Ah esse dia eu fiquei puto, eles tiveram a cara de pau de dizer que eles iriam viajar e eu ia ficar aqui "cuidando" das coisas. (Autora: pra quem não sabe o que é "M/T e P/T" é "Pai do Taehyung e Mãe do Taehyung")

- hahaha…morrendo de ri - eles riram mas ainda.

P/T - você tem que admitir que foi engraçado, filho.

- tá, tá. Confesso foi engraçado - comecei a ri junto com eles - O que tem pra comer, tô morrendo de fome - disse massageando minha barriga.

M/T - estou fazendo Chikin e Kimbap.

P/T - sua mãe capricha nessas comidas - minha mãe deveria abrir um restaurante, de tão boa que a comida dela é.

- mãe, a senhora já pensou em abrir um restaurante? - perguntei e a mas velha riu.

M/T - não sejam bobos, não é pra tanto - meu pai riu e deu um beijo em sua bochecha.

P/T - claro que é, sua comida é maravilhosa. Taehyung está certo, você deveria abrir um restaurante. - ela negou com a cabeça.

M/T - vão lavar as mãos, já vou levar a comida para mesa - levantei e fui até a pia lavar as mãos.

P/T - filho, você vai para academia hoje? - sentei em sua frente.

- ah sim, a senhora choi está viajando e eu meio que estou responsável por lá.

P/T - depois de lá você vai voltar para casa, né? - uh lembrei de pedir pra eles se posso ir pra casa do yoongi.

- então, eu marquei com os meninos de ir lá na casa do yoongi - cocei a nuca. Sabia que eles iriam falar um monte de coisas e só depois iriam dizer se eu posso ir ou não.

M/T - an an….nem pensar, você sai tarde da academia, está pensando voltar que horas da casa dele? - perguntou minha mãe. Colocou a comida na mesa e sentou ao lado do meu pai.

- eu tava pensando em dormir lá sabe….- eles se olharam e depois olharam para mim. - deixa pai. - olhei para o mais velho.

P/T - sua mãe que manda - levantou as mãos em rendição.

M/T - ok. Mas toma cuidado, quero você inteirinho aqui em casa amanhã - sorri e levantei dando vários beijos em sua bochecha. - aí meu Deus, estou levando porradas de beijos - disse rindo.

P/T - Eai filho, namorando muito? - ah não, lá vem ele com aquela pergunta que só as tias de hoje em dia fazem.

- não pai, não estou namorando - disse sem um pingo de interesse na conversa.

P/T - pensei que meu filho fosse pegador igual ao pai - minha mãe o fuzilou com os olhos e eu ri.

M/T - O que você disse? - ele riu.

P/T - estou brincando meu amor - ela deu um tapa em seus ombros e eu ri ainda mais.

- só vocês mesmo. - neguei ainda rindo.

[…]

Jin - caralho vai se ferrar jungkook! - jin reclamou olhando para seu celular.

Jungkook - não tenho culpa hyung, foi você que caiu no mar e se afogou - eles brigavam por algum jogo que estavam jogando em seu celular.

Hoseok - parecem duas crianças. - hoseok se manifestou.

Jin - não se mete seu….- não terminou pois foi interrompido.

Namjoon - parem com isso, vamos logo treinar! Estamos perdendo tempo aqui. - saiu de perto de nós e foi até a sala de treinamento. Segui ele e logo todos vieram atrás.

                P.O.V.S s/n.

Eu e as meninas estávamos ensaiando a coreografia de Gangsta, elas estavam realmente boas na dança, em exceção de uma que estava péssima. A Lee, ela não estava fazendo os passos direito, ela sempre fazia tudo igual a cara dela já não sei mais o que fazer com essa garota.

- pela última vez, Lee…vê se você faz isso direito, por favor! - reclamei de novo e ela revirou os olhos.

Lee - eu faço isso do jeito que eu quiser. - cruzou os braços e sentou na cadeira que avia ali na sala.

- não é fazer do "jeito que você quiser", sabe que quando a apresentação chegar ninguém vai querer passar vergonha e ser desclassificada. Então, acho bom você fazer o que eu tô mandando, caso contrário eu falo pra senhora choi tirar você do meu grupo. - a desafiei e ela me olhou com aquela cara de nojo dela.

Lee - isso que vamos ver, fofa - disse e saiu da sala.

Rosé - cara essa garota não colabora, eu hein.

- ignorem ela, vamos continuar. - liguei o som e a música começou a tocar.



Gangsta - Kehlani

I need a gangsta

To love me better

Than all the others do

To always forgive me

Ride or die with me

That's just what gangsters do

I'm fucked up, I'm black and blue

I'm built for it, all the abuse

I got secrets, that nobody, nobody knows

I'm good on, that pussy shit

I don't want, what I can get

I want someone, with secrets

That nobody, nobody, nobody knows

I need a gangsta

To love me better

Than all the others do

To always forgive me

Ride or die with me

That's just what gangsters do

My freakness is on the loose

And running, all over you

Please take me to places, that nobody, nobody knows

You got me hooked up on the feeling

You got me hanging from the ceiling

Got me up so high I'm barely breathing

So don't let me, don't let me, don’t let me, don't let me go

I need a gangsta

To love me better

Than all the others do

To always forgive me

Ride or die with me

That's just what gangsters do


- uau…vocês estão incríveis - as meninas estavam realmente boas na coreografia, elas estavam indo muito bem. Estava orgulhosa, de todas elas (menos da Lee).

Jennie - tudo isso por sua causa, sem você jamais iríamos conseguir. - sorri com o que ela disse.

- obrigada - agradeci dando um abraço nela. - vocês já estão liberadas, até amanhã meninas - me despedi de todas. Sai da sala e fui até o corredor do vestiário, mas antes mesmo que eu desse mas um passo alguém puxa meu braço me assustando. Olhei em volta e vi que estava no vestiário masculino, logo a minha frente vi taehyung me olhando com um sorriso sinico. - por que fez isso, seu idiota? - perguntei com um pouco de raiva.

Taehyung - é que eu queria fazer uma coisa - se aproximou do meu rosto.

- e que coisa é…..essa que você queria fazer? - perguntei um pouco nervosa com sua aproximação.

Taehyung - isso - E então seus lábios macios, se pressionaram aos meus. Minha respiração saiu num suspiro selvagem. Levei minhas mãos até sua nuca e meus dedos se fecharam em seus fios de cabelos, apertando ele contra mim. Meus lábios se

abriram enquanto eu respirava o seu cheiro forte.

Imediatamente eu senti sua língua adentrar sob meus lábios. Suas mãos gentís, seguraram meu rosto em um ato carinhoso. Mas logo nos separamos, eu abri meus olhos e vi a sua expressão cuidadosa.

- é…bom, acho melhor irmos logo - disse tímida.

Taehyung - ainda tá cedo, podemos ficar mais um pouco aqui - ele disse ainda próximo de mim.

- N…. - antes mesmo que eu terminasse, seus lábios me interromperam.

Mesmo agora, ainda não tenho certeza de como aconteceu. Em um instante estávamos conversando e no seguinte momento ele se inclinou em minha direção. E quando os seus lábios encontraram os meus novamente, eu não queria mais sair daqui, queria ficar aqui o beijando até não poder mais. O beijo de taehyung virou meu vício, o beijo dele é o melhor beijo que eu já provei em toda a minha vida.

Taehyung - nossa….- sussurrou tentando normalizar sua respiração. - não sabia que você beijava tão bem assim - disse e eu ri escondendo meu rosto em minhas mãos. Nunca pensei que um dia ficaria tímida desse jeito, na frente dele. - você é muito fofa, e linda - tirou minhas mãos do meu rosto, e ficou me olhando por breves segundos fazendo eu corar.

- a-agora…eu já vou - o empurrei de leve para eu poder sair, mas antes de sair dei um selar em sua bochecha e sai de lá o mais rápido que pude.

          P.O.V.S Kim Taehyung.

Depois que ela saiu fiquei lá, sorrindo que nem um bobo apaixonado. Essa garota ainda vai me matar, por que ela tem que ficar tão fofa quando está com vergonha? Por que ela tem que ser tão linda? Por que ela tem que beijar tão bem? Por que eu me apaixonei por ela? Essas perguntas ninguém saberia responder, nem mesmo eu conseguia.

Sai do vestiário e fui até o salão onde encontrei os meninos me esperando, peguei minhas coisas e logo saímos. Como eu que estava abrindo e fechando a academia, fiz o mesmo processo de sempre.

- vejo vocês lá - falei pra eles que assentiram e entraram no carro. Subi na minha moto e segui eles, que estavam mas a frente.

[….]

Assim que chegamos, deixei minha moto na garagem do yoongi. Entrei na casa dele e como já era de casa fui logo me jogando no sofá grande.

Yoongi - tinha que ser o folgado - jogou uma almofada em mim e eu joguei de volta. - aí idiota - reclamou se sentando em outro sofá.

Hoseok - Eai, o que vamos fazer? - olhei para yoongi que estava mexendo em seu celular ignorando nossa existência.

Namjoon - oh babaca, para de mexer na merda desse celular.

Yoongi - foi mal, tava respondendo minha mãe. Vamo jogar, vídeo game. - pegou um controle e sobrou outro. - quem quer jogar essa partida comigo?

Jin - eu aqui - pegou o outro controle e começaram a jogar.

Enquanto os meninos estavam falando sobre o jogo, eu estava pensando na garota que eu estava perdidamente apaixonado, ela sempre vem átona na minha mente. E mais uma vez me pego pensando no beijo que dei nela hoje, seus lábios nos meus eram completamente perfeitos, e eles separados eram imperfeitos.

Jungkook - taehyung porra, você é surdo! - me desperto com o grito do jungkook.

- hã? Que foi? - perguntei confuso.

Namjoon - ele não tá prestando atenção, eu disse.

Jungkook - é a nossa vez de jogar, presta atenção pra não morrer. - peguei o controle começando a jogar.

[….]

- cala boca, fala baixo - sussurro para que yoongi não acorde. Eu, jungkook e o jin estávamos no quarto do yoongi, eram exatamente 01:40 da manhã, todos estavam dormindo menos nós três. A gente queria fazer uma brincadeira com o yoongi, eu estava morrendo de medo pois yoongi odeia que acorde ele.

Peguei o creme dental e o abri, apertei depositando uma grande quantia na mão do garoto que dormia feito um anjo. Pedi pro jungkook pega um lenço pequeno que tinha na mesinha ao lado, peguei e levei até o rosto do yoongi passando no local, ele fez uma careta e eu continuei, até que ele leva a mão cheia de pasta até o rosto se sujando todo.

Não aguentei e comecei a rir alto junto dos outros, yoongi acordou e ficou olhando pra gente sem entender nada.

Yoongi - é brincadeira né? Não, vocês tão zuando! - pegou seu celular e se olhou pela tela. - tá de sacanagem? Ah mano vão se foder, isso aqui vai ter volta, escuta o que eu tô dizendo. - levantou e foi até o banheiro.

Jungkook - gravou? - perguntou para o mais velho.

Jin - com certeza, e ainda está em ótima qualidade - disse ainda rindo. - tá agora, vamos dormir - assentimos e fomos para os quartos. Deitei na cama e lá peguei no sono, pensando mas uma vez na s/n.


Notas Finais


Olha a bixa voltouuu rápido, né??? Kkkkkk.

Espero que tenham gostado. Vamos concordar aqui que esse capítulo tá MUITO melhor que o anterior. Mas enfim, comentem o que estão achando, amo ver comentários de vocês.

Desculpa qualquer erro, não foi minha intenção errar.

Bjuuuuuus goxxxxxxxxtosas, até o próximo capítulo. ❤️😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...