História (My Bad Boy) imagine Kim - Taehyung. - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens Jackson, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Visualizações 288
Palavras 2.234
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mano se vocês não gostarem do capítulo eu até que vou entender, mas mesmo assim boa leitura. ❤️😙

Capítulo 9 - Brigas e beijo!


Fanfic / Fanfiction (My Bad Boy) imagine Kim - Taehyung. - Capítulo 9 - Brigas e beijo!

                     My Bad Boy - Brigas e beijo!


        

             P.O.V.S Park Jimin.

Eu sei o quanto eu estou errado em fazer isso com a s/n. Mas a Larissa é um bom partido, sem contar que ela é ótima na cama, ela é gostosa e ouvir ela gemer é uma coisa de outro mundo, senhor! Eu ainda não terminei com a s/n porque eu quero levar ela pra cama, quero saber como aquela delicinha é na cama, ah ela é uma perdição a s/n é incrivelmente linda, ela ganha a Larissa na beleza e na gostosura só não posso dizer que ela ganha a Larissa na cama, até porque eu AINDA não descobri isso é só questão de tempo.

Hoje chamei a Larissa pra sair de noite, irei levar ela até um restaurante e depois pra minha casa e o resto já sabem o que vamos fazer.

[…]

Já estava no restaurante com a Lari ela estava muito gostosa, ela usava um vestido curto e colado em seu corpo. É hoje que eu me do bem.

- então amor, vai pedir o que? - perguntei mordendo os lábios olhando para seu decote.

Larissa - não sei jiminie, pode ser só uma salada mesmo - confesso que quando ela me chamou de "jiminie" pensei na s/n, me veio um sentimento de culpa agora, meu coração se apertou e eu não sei o porquê disso agora.

- ok - foi a única coisa que eu consegui dizer.

Eu estava me sentindo triste agora, culpado. Aish, esqueça isso jimin, apenas esqueça e aproveite a noite.

[…]

Já era quase 22:00, eu e Larissa já estávamos indo para casa. Sabe aquela "culpa" que eu estava sentindo a horas atrás? Então, passou, foi só uma coisa passageira. Agora eu só quero saber em chegar em casa e tirar todas as roupas da Lari.

Logo chegamos em meu apartamento, estacionei o carro na garagem logo saindo do mesmo. Dei a volta e abri a porta para Larissa que saiu do mesmo, travei o carro e fomos em direção ao elevador. Não estava aguentando e fui beijar ela porém, ela me afastou e eu olhei confuso para ela.

- O que ouve? - ela suspirou e saiu do elevador assim que chegamos no nosso andar. - dá pra você me dizer o que está acontecendo? - cheguei perto dela e ela me olhou de um jeito diferente.

Larissa - abre a porta Jimin - eu continuei ali olhando para ela sem entender nada. - Agora! - quase gritou. Então, abri a porta e ela entrou na frente e eu logo atrás, fechei a porta e quando virei arregalei meus olhos.

- cadê a minha TV daqui??? - perguntei desesperado. Olhei em volta e não vi meus jogos também, meu Deus eu fui roubado???

Larissa - é melhor você ir até seu quarto, acho que deve ter sumido algo de lá também - olhei para ela e subi indo até meu quarto. Chegando lá, vi meu guarda roupa aberto completamente vazio sem nada, olhei para a mesinha que ficava ao lado da janela e nela meu notebook não estava lá.

- O que aconteceu aqui?! - perguntei e vi a garota se aproximando de mim com um papel nas mãos.

Larissa - leia - perguei e logo comecei a ler.

*Carta*

Se eu te falasse que sem querer eu vi você beijando outra pessoa, você acreditaria?

Mas fique calmo, não estraguei nada! Ao invés disso, fui uma boa pessoa e até ajudei você a organizar mas suas coisas.

E para completar criei um jogo bem legal, já que percebi o quanto gosta de procurar coisas (outras mulheres, pode se dizer assim).

Quer saber onde encontrará suas coisas? Pois será aqui:

– as roupas encontrará no lugar em que nos conhecemos

– seus jogos estarão onde nos beijamos pela primeira vez

– o notbook deixei na loja em que comprei pra você no dia do seu aniversário.

– A televisão deixei em algum lugar por ai.

Isso é só pra você saber que ninguém me faz de trouxa Park, ninguém brinca comigo como você está brincando. Se tem uma coisa que eu não aceito…. é traição, mas fique tranquilo, talvez taehyung seja realmente bom de cama (mesmo que eu não lembre de nada) digamos que você também foi o "traído" mas você estava sóbrio e sabia muito bem o que estava fazendo, eu estava bêbada. Sabe aquele dia que eu estava chorando?! Então, eu estava triste por ter feito aquilo com outra pessoa que não tivesse sido você, estava triste porque se eu te contasse você iria ficar "chateado", fiquei triste porque iríamos terminar provavelmente.

Mas obrigada por me trair. De coração, muito obrigada. Se antes eu esperava muito de você, hoje já não quero mais nada. Você se achou esperto apenas por mentir, enquanto eu, inocente, continuava a me iludir. Talvez você pensasse que sairia ganhando, enquanto a mim você estava enganando. Mas, no fim das contas, o maior prejudicado acabou sendo você, por ter feito tudo errado. Que tipo de pessoa pode se orgulhar por enganar alguém e tanto lhe magoar? Ninguém me convence que isso é normal: pensar apenas em si mesmo enquanto o outro se dá mal.

Mas tudo bem, foi melhor assim. Você já não representa mais nada para mim. Todo aquele castelo desmoronou. Era feito de areia, então a onda derrubou. No começo foi difícil, confesso eu chorei por você. Mas hoje estou pensando, a vida sabe o que faz. Ontem eu amava você, hoje já não te quero mais. Isso me faz refletir em como a gente se engana! Para mim era amor, pra você não era nada, na verdade nunca foi. Eu acreditava que era de verdade, mas pra você era uma necessidade de autoafirmação. Eu quis uma vida inteira, você me deu traição. Eu tô bem agora, não vou deseja seu mal Park…..eu realmente te amei de verdade, agora eu te pergunto, um dia você me amou como eu te amei? Acho que nem você sabe responder essa pergunta né? Enfim, vá atrás das suas coisas que estão por aí. Bom jogo! Ah, e por mais que eu não tenha destruído suas coisas, já não da pra saber se outra pessoa não o fará. Boa caça!”

                                           Com "amor" s/n.


Incrédulo deixei o papel cair no chão, sentei na cama e fiquei tentando entender o que foi que eu acabei de ler. Olhei para frente e vi Larissa com um sorriso sinico no rosto.

- tá rindo de que? - ela gargalhou e chegou próxima a mim.

Larissa - tô rindo de você jimin, você achou mesmo que ia se dar bem saindo com as duas amigas ao mesmo tempo? Se eu soubesse que você namorava com a s/n eu nunca, e nem pensaria em ter algo com você seu babaca. Eu tô com nojo de você jimin, você é a pior pessoa que eu já conheci e me arrependo amargamente por isso. Ah, e outra coisa, toma cuidado quando você sair na rua. - eu estava totalmente em choque com tudo.

- m-mas como assim….? - pegou sua bolsa e veio até meu ouvido.

Larissa - só toma cuidado Jimin, as pessoas devem tá revoltadas com você - piscou e saiu me deixando lá de boca aberta.

[…]

Na manhã seguinte acordei e implorei para que tudo que aconteceu tivesse sido apenas um sonho, mas não era….era tudo real. Levantei e fui até o banheiro para tomar um banho, hoje Íria tirar a limpo essa história com a s/n, ela não tinha o direito de ter feito o que fez ela vai me pagar, quem essa vadia pensa que é? Grr que raiva!

Sai do banho e peguei o uniforme da escola, depois que eu já estava pronto sai de casa para chegar lá o mais rápido possível.

P.O.V.S s/n

Já estava na escola, a Larissa me ligou noite passada e me disse tudo que aconteceu na casa do idiota, ela me contava tudo rindo e o quanto foi engraçado ver a cara dele. Eu queria uma foto para ver a cara desse idiota, agora só estou esperando ele vim falar comigo e eu quero ri um pouco da cara dele.

Lisa - amiga, eu vou no banheiro tá? - Lisa se manifestou me assustando.

- tá bom, mas não demora - ela assentiu e saiu. Como estava cedo, eu e Lisa estávamos sentadas no pátio da escola, tinha no mínimo 20 pessoas aqui já. Estava eu mexendo em meu celular até sentir um puxão forte em meu pulso fazendo eu levantar bruscamente. Olhei para a pessoa e vi o Park Jimin me olhando furioso.

Jimin - você é louca ou o que? - tentei me solta do seu aperto que já estava doendo, porém ele é mais forte.

- me solta! - ele continuou ali parado. - EU MANDEI ME SOLTAR JIMIN!!! - gritei chamando atenção de todos que estavam ali.

Jimin - você acha que tem alguma moral comigo? Eu vou matar você por ter feito tudo o que fez!

- você vai fazer o que? Hum? - debochei - eu não tenho medo de você Park Jimin - ele continuou ali me apertando cada vez mais. Logo vi todos seus amigos se aproximarem.

Namjoon - algum problema aqui? - antes mesmo que eu fale alguma coisa o jimin fala.

Jimin - não tem nenhum problema, só tô resolvendo algumas coisas com a minha namorada - ri sem humor.

- ex namorada, agora me solta e me deixa em paz - namjoon olhou para meu pulso e viu o Jimin apertando. - você está me machucando.

Namjoon - solta ela cara..- namjoon disse e Jimin continuou a me aperta.

Jimin - não se mete namjoon, o problema é entre eu e ela - dei um grunhido de dor quando ele apertou ainda mais.

Taehyung - solta ela, eu tô falando sério. - jimin olhou para ele e riu.

Jimin - eu já deveria saber que meu melhor amigo, era um falso escroto…. você taehyung, não deveria ter dormido com a minha namorada. - disse e taehyung me olhou e depois olhou para o jimin. - você s/n, é uma vagabunda!

Taehyung - presta atenção Jimin, não vou deixar você falar essas coisas dela, não na minha frente. Agora tira a porra da sua mão dela antes que eu tire. - abaixei a cabeça tentando controlar o choro. Ele estava apertando muito forte, estava doendo demais.

Jimin - vem tira seu bosta - vi taehyung respirar fundo e fechar os punhos. - você não vai fazer nada taehyung - quando ele disse isso, taehyung avançou nele fazendo o mesmo me soltar com certa brutalidade fazendo-me cair no chão. Virei meu rosto e vi taehyung em cima do jimin o enchendo de soco.

Jin - separa eles namjoon! - jin disse e veio até mim. - oh meu Deus, olha o que ele fez com você. - pegou em meu pulso dolorido.

Jimin - VOCÊ ME PAGA, TAEHYUNG….VOU MATAR VOCÊS EU JURO! - Jimin gritou se soltando dos braços do yoongi e saindo da escola.

Taehyung veio até mim e se agachou ficando em minha altura.

Taehyung - você precisa cuidar disso - se referiu ao meu pulso roxo.

- eu tô bem…. - ele negou e me levantou do chão.

Taehyung - vou levar ela até a infermaria, depois falo com vocês - falou com seus amigos e todos assentiram - vem - me guiou até a infermaria do colégio. Entramos e não avia ninguém lá, me sentei na maca que tinha lá e ele foi atrás de alguns curativos, assim que achou veio até mim ficando entre minhas pernas, pegou meu braço e passou um algodão molhado com algo que eu não sei o que era. - por que ele estava daquele jeito? - perguntou concentrado no meu "ferimento".

- eu meio que me vinguei dele por ter me traído….- suspirei. Ele parou e me olhou.

Taehyung - se vingou como?

- eu fiz cartazes, dizendo várias coisas dele. E também fui até a casa dele, tirei a tv, notebook, os jogos dele e as roupas, e levei tudo para lugares aleatórios, e por último deixei uma carta. - ele me olhou surpreso com o que eu tinha dito.

Taehyung - você é má hein, você só tem essa carinha de anjo - ri do seu comentário. Ele ficou me olhando e eu também, ele cada vez se aproximava ainda mais do meu rosto deixando sua respiração se misturar com a minha. Logo ele levou seu olhar até meus lábios entre abertos. - eu quero tanto…..te beijar….- disse quase sem fôlego. Antes mesmo que eu dissesse algo, ele me pegou de surpresa em um beijo afoito, pediu passagem e eu cedi, timidamente entrelacei minha língua junto a sua.

Levei minhas mãos até sua nuca puxando seus fios de cabelo daquela região, ele levou sua mão até meu queixo aprofundando ainda mais o beijo. Seu beijo era bom, seus lábios tinha gosto de menta e eram estremamente macios. Nos separamos por falta de ar e ele colou nossas testas, levou suas mãos até minha bochecha e fez um carinho gostoso fazendo eu fechar os olhos e aproveitar o carinho.

Taehyung - você sabia que você é linda? - sussurrou rente aos meus lábios. Sorri tímida para ele, e fiz que com a cabeça.

Eu não sabia o que estava acontecendo nesse exato momento, eu estava aqui bem próxima de Kim taehyung, eu avia beijado Kim taehyung o garoto que eu "odiava". Mas não vou negar que eu gostei do seu beijo.

Acho que eu estava gostando dele, mas eu não sei que tipo de gostar….e estou disposta a descobrir.


Notas Finais


Eu sei, eu sei.....o capítulo foi uma linda bosta, mas estou sem criatividade, como diz aquele velho ditado "não tem tu, vai tu mesmo". Me perdoem, só peço que vocês não desistam de mim please.

Desculpa qualquer erro, não foi minha intenção errar.


Bjuuuuuus goxxxxxxxxtosas, até o próximo capítulo. ❤️😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...