História My Beautiful Oppa - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, Monsta X
Personagens Hyung Won, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Joo Heon, Jung Hoseok (J-Hope), Ki Hyun, Kim Namjoon (RM), Lisa, Personagens Originais, Show Nu, Won Ho
Tags Bangtan Boys (BTS), Imagine, Jeon Jungkook, Jungkook, Romance, Você
Visualizações 134
Palavras 1.143
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse é o mais curtinho rsrs
Boa leitura!

Capítulo 22 - Flashback Project: abandonment


Fanfic / Fanfiction My Beautiful Oppa - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 22 - Flashback Project: abandonment

-Agora vamos para a pior parte...nessa parte...eu já tava destruído o suficiente…


-Calma, não sei se estou preparada para isso. - digo rindo de nervoso.


-Você vai aguentar, se eu consegui, você também vai…


E Jungkook logo inicia mais uma parte de tudo que aconteceu em sua vida, tenho certeza que suas memórias são importantes, mas não necessariamente boas...





Flashback on



Todos sabemos que durante o outono as folhas caem das árvores, há falta de clorofila levando a coloração avermelhada ou amarelada. Poderia fazer essa comparação com as amizades?

Há épocas e épocas, o que você pensa que pode ser uma amizade forte pode se perder e sumir da sua vida em questão de instantes, assim como a folha cai da árvore, para que sempre estará ali mas logo chega sua época, cedendo e caindo. Mas temos a certeza de que logo cresceram novas folhas, mas na amizade, nem sempre isso acontece.

Muitas vezes um amigo precisa muito do outro em uma época, mas esse amigo só vem a se importar quando você perde sua essência na amizade e se vai. E foi assim que aconteceu comigo…


Eu já tinha acabado de voltar do enterro dos meus pais, e sim, eu continuava sem sentir nada, olhava para a hipocrisia de um lado vestida em um longo vestido preto e um chapéu que cobria parte de seu rosto frio e sem expressão, e o vazio do outro lado o qual poderia ser minha mãe segurando minha mão evitando que eu caia em alguma poça de água, agora estou literalmente sozinho.

Apenas eu e eu mesmo, se Deus realmente existe, o que eu duvido um pouco, ele pode estar comigo se ele quiser.

Antes que entrasse em casa, vi um Jooheon sentado na varanda um tanto quanto inquieto, assim que olhei o mesmo percebe e se põe em pé me olhando sério.


-Olá Jooheon. - digo andando até ele também sem mostrar algum tipo de reação.


-Oi, sinto muito pelos seus pais… - disse um pouco sem graça e o rosto abaixado. -eu entreguei sua carta à S/n.


Foi a única coisa que conseguiu tirar um sorriso meu naquele dia, saber que S/n já tem discernimento sobre o que sinto por ela.


-E o que ela disse?- perguntei animado e dando um pulinho para frente.


-Ela odiou… - disse Jooheon sem sentimento algum em sua fala além de nervosismo. - disse que não quer mais te ver Jungkook, portanto não a incomode com cartinhas de novo.


Jooheon simplesmente jogou suas palavras como sentenças em mim, ele ainda se demonstrava nervoso e eu temia acreditar nele, eu voltei a chorar naquele mesmo instante, e tudo literalmente estava horrível.


-Ela disse isso mesmo? M-mas por que? Eu tenho que falar com ela… - disse eu indo em direção a escada da varanda naquele frio de 3 graus, meu casaco me cobria por inteiro mas não cobria meu coração que estava esfriando a cada segundo.


Sou impedido de sair dali por Jooheon que logo me empurra, e agora ele demonstrava algo, raiva.


-Eu já disse que não quero você perto dela de novo! Ela afirmou para mim que quer….que você morra...da mesma forma que seus pais morreram. - aquilo foi a gota d'água para mim, meus olhos se encheram de lágrimas e meu coração de raiva, ódio e remorso.


Fecho minha mão em um punho e penso em bater no chão, respiro fundo e paro para pensar realmente no que iria fazer.


-I-isso não pode estar acontecendo, v-você é um mentiroso Jooheon! Saia da minha casa! - gritei com raiva empurrando Jooheon fazendo o mais cair de bunda no chão.


O mesmo me olha com raiva e vem para cima de mim com um soco em meu rosto me fazendo bater a cabeça na janela, a queda me faz desmaiar e eu permaneço inconsciente.

Não me lembro de nada depois disso, apenas de ter acordado no meu quarto com uma faixa em minha cabeça, e quando acordei, não conseguia falar, não conseguia mover meu corpo, apenas respirava e piscava.

Naquele momento percebi a profundidade que cheguei, a depressão.

Depressão estava em mim, eu era depressão, pois não haviam sentimentos em mim, apenas a tristeza, e tristeza não como um sentido, mas sim um estado físico e espiritual. Ali me reconheci como a verdadeira tristeza, Jungkook deixa de existir e dá lugar ao caos, um turbilhão em minha mente mas ao mesmo tempo a calmaria de um mar que ora se revolta ora apaziguado com o tempo.


Estava como as folhas no outono, não havia mais a cor de Jungkook, mas sim a cor daquilo que não é nada mais do que o resto, o que sobrou de mim depois de apanhar da vida.

Eu fui espancado por todos os lados, de todas as pessoas possíveis, desde as desconhecidas até as mais íntimas.

Não enxergava a luz em meio a minha escuridão, não via saída neste labirinto, me sentia em um jogo de xadrez no qual eu era a última peça, faltava pouco para que eu saísse dali para a morte.

Quem em entenderia? Quem me ajudaria?

Não existia esse alguém, era eu ou mais ninguém, é só a minha voz que escuto diariamente na minha cabeça repetindo "é temporário".

Queria ter controle da minha psique e dizer a ela que já estava na hora de acabar com aquilo, meus movimentos físicos perdidos eram resultados da minha luta contra os adversários que enfrentei durante a minha trajetória até chegar nesse capítulo...creio que seja o último, mas algo me diz, não acabou…



Flashback off



Jungkook deixou o pior para o final pois sabia que eu acabaria por chorar mais aqui, e lá estava eu, destruída por dentro com o relato do moreno, que agora já não chorava tanto, mas ainda assim liberava emoção com lágrimas.


-J-jungkook, me perdoa… - digo me jogando em seu colo e o abraçando por completo sendo correspondida pelo mesmo.


-S/n...meu amor por você supera qualquer mágoa...só o fato de você estar do meu lado agora, de não ter desistido de mim mesmo depois de tudo o que ficou pairando pela sua cabeça sobre o que realmente aconteceu. - disse ele sorrindo, agora suas lágrimas eram de alívio por ter dito algo que estava em sua garganta por anos. -Eu quero estar com você cada momento, só isso, já vai me valer a pena sobreviver todos esses anos...


-Eu te amo demais Jeon...e eu vou fazer de tudo, para que você tenha novas e boas memórias. - digo segurando seu rosto e o olhando com um sorriso.


Jungkook me segura pela cintura e olha fixamente para os meus olhos, agora, seu olhar mudou rapidamente de alívio, para desejo…



-Podemos criar a segunda boa memória aqui e agora, não acha? - me pergunta mordendo o lábio inferior.



Acho que já sabemos o que acontece a partir daqui... 








Continua...


Notas Finais


AAAAAAAAHHHHHH
CONSEGUIIIIIII
Espero que tenham gostado desse projeto gente!!
Eu amei fazer cada capítulo e espero que vocês tenham gostado também❤❤
Obrigado por tudo até aqui pq ainda tem muuuuuiiito mais🔥❤⏳
Até o próximo capítulo ❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...