História My beautiful velvet bunny - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Jay Park
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Babyboy, Daddykink, Hibridos, Jay Park, Namjin, Taekook, Yoonmin
Visualizações 75
Palavras 1.361
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola povo!
bem, o autor voltou finalmente para poder escrever o primeiro cap desta linda maravilha
bem, estou muito feliz por ja ter conseguido alguns favoritos(isso deixa o garoto aqui feliz pacas)
emfim........espero que gostem da fanfic é isto........amo vocês!:3

Capítulo 2 - Hairy little ears


As ruas estavam agitadas em Busan, omegas e betas andando de um lado para o outro com um grande cheiro de hormonios pelo ar vinda de mulheres e homens. 

Taehyung desceu de seu carro, expressão neutra e em vestes escuras com um olhar quase que curioso aos olhos dos omegas e dos(a) betas que passavam por ali. Claro que tinha seus motivos, o filho de uma das familias mais ricas de Seoul estava ali, perto de todos com seu cheiro de menta que fazia as pessoas pararem por um segundo para apreciar tal odor. Tae andou por mais alguns metros de distancia de seu carro e entrou em um beco que levava a um outro "meio" da cidade, um lugar mais reservado com diversos bares, cafeterias e no fim dobrando a esquerda um club de strip, ele teria de ir ao local do lado aonde seria uma loja de hibridos, uma loja de omegas incrivelmente maravilhosos com belas curvaturas e um ar de inocência.

 

Por que ele estava fazendo isso? se sentia sozinho. Por recomendações de dois amigos seguiu a tal endereço que Kim nunca jamais ouviu já se falar, um lugar escondido do resto da cidade como se nunca existisse, mas seu acesso não era proibido.

 

Jeon Jungkook povs on.

 

 

A fachada já estava em minha frente. O prédio rosa pastel com desenhos de patinhas brancas ao lado da enorme parede, seria um simples pet shop se o que vendessem ali fosse algo..............um tanto quanto diferente. Ali se vendiam omegas com um incrivel odor doce e belas curvas as quais me atrai o suficiente até me levar a compra. Olhei uma certa figura branca na vitrine, um pequeno garoto de cabelos negros, olhos grandes escuros, pele branca que nem porcelana, lábios vermelhos com um lindo rosto angelical e ainda mais com um corpo com curvas abençoadas pelos anjos. O mesmo olhou para mim com um olhar curioso erguendo suas orelhas felpudas e sorriu a mim deixando a mostra seus dentinhos grandinhos da frente que lembravam a um coelhinho, na verdade ele é um coelhinho, mas ele será o meu coelhinho.

Entrei na loja e fui atendido por uma senhora chamada Kyuliin que me levou após eu dizer até o garoto que abraçava um travesseiro em forma de cenoura com apenas uma camisa de botões branca e uma coleirinha também branca, suas coxas roliças estavam a mostra me fazendo quase que salivar. O garoto prestou atenção em mim erguendo suas grandes orelhas e me encarando....tão lindo...

 

Paguei o devido dinheiro a mulher(que era um grande numero de dinheiro pelo garoto), logo abri a porta de vidro da vitrine e o garoto se sentou sobre as pernas em me fitando curioso.

 

Jk- hm? Kookie fez algo errado?- perguntou o garoto com seus grandes olhos brilhantes.

Tae- longe disto......- disse enquanto levava a ponta de meus dedos as orelhas macias dele as acariciando...o cheiro dele me drogava.- eu lhe comprei pequenino..........o que acha de vir comigo e morar comigo em minha casa, hm? o que acha?

Jk- eu quero eu quero! agora tenho um dono!-o menor disse se levantando e rapidamente  me abraçando me fazendo sentir mais de seu cheiro tão próximo a mim.-como o meu dono se chama?!

Tae-Kim, Kim Taehyung coelhinho.....-disse enquanto pegava o pequeno em meu colo, pela sua coleira dava a se saber seu nome,  Jungkook.........lindo nome........-Seu nome é Jungkook? lindo nome...combina com você...bem, temos de fazer a sua papelada ou não tem como eu te levar, pequenino.

Disse enquanto soltava o outro de pé no chão e logo a mulher pegou na pequena mão de Jungkook e se retirou-se do local e eu fui na "secretaria" assinar toda a papelada e afins para poder ficar com o pequeno.

 

Logo após assinar toda a papelada eu fui ao encontro do pequeno que estava sentado no sofá do pequeno corredor agora trajando roupas diferentes das de antes, agora com um moletom branco com capuz vermelho, uma calça jeans preta e allstar cor salmão claro, O analisava brincando com suas fofas orelhinhas brancas e fofas, logo o mesmo me viu e se levantou-se com um belo sorriso nos lábios avermelhados que nem um vermelho moranguinho......alias....seu cheiro lembra a morangos doces e puros.

 

O pequeno assegurou em minha mão, ele não tinha roupas além daquelas, eu compraria outras mais tarde. O vi se inclinar em minha direção e beijar a minha bochecha docemente e eu o encarei, o mesmo se encolheu pensando ter feito o que não deveria mas me fez arrancar-me um sorriso o que o fez relaxar aos poucos fazendo um leve movimento nos ombros e orelhas. Andei com ele atravessando o estreito beco indo em direção do estacionamento mas podendo sentir o peso de alguns olhares de poucas pessoas do estacionamento sobre o meu pequeno e sobre as minhas costas me arrancando um leve rosnado. Abri a porta para que ele entrasse e a fechando quando o mesmo entrou dando a volta no carro e entrando nele, coloquei o cinto em Jungkook e em mim e logo parti em direção a minha casa que ficava a algumas horas dali em Seoul/Seul.

 

-Jungkook? quantos anos tem?-disse para quebrar o clima silencioso do carro torcendo para que o menor fosse maior de idade por motivos quase que lógicos.

- dezesseis! - disse ele com um grande sorriso em seus se fez presente e eu respirei fundo.............merda..........-Por que da pergunta?

-pequeno.......eu sou praticamente.............inadequado para você, sou cinco anos mais velho então sou maior de idade......e......algumas pessoas não aprovam este tipo de coisa, sabe?-disse o olhando- mas não o lhe devolverei, você já é meu........agora durma um pouco, a minha casa é bem longe de onde estamos.-disse ligando o carro  enquanto o menor concordava com a cabeça e se encolhia no banco logo adormecendo com  a bochecha encostada no vidro do carro.

Eu não tinha problemas em relação a idade........bem, tinha.......mas a gente só transaria mesmo, que nem com outros e outras omegas as quais já sai, eu não criaria laços com ele, seria somente amigo ou um ......."irmão", namorar não é um de meus fatores, prefiro varias saidas do que gastar dinheiro no dia dos namorados, sempre pensei e achei por isso, tanto que só tive um relacionamente até agora, e não foi um dos melhores, só durou oito meses, a garota era um tanto quanto boboca.

 

 

 

QUEBRA DE TEMPO~

 

 

Chegamos a casa após três horas e pouco de viagem e o menor permanecia dormindo no banco agora com os lábios levemente abertos, sai do carro e dei a volta do carro preto logo abrindo a porta e retirando o cinto do menor o pegando no colo que se aconchegou em meu peito escondendo seu rostinho rosado em minha camisa social. Adentrei a casa subindo as escadas passando por alguns empregados pelo caminho que olhavam para o pequeno curiosos como betas são. Deitei o menor sobre o colchão macio com cuidado para não o acordar e retirei a calça que apertava as pernas do pequeno pois eram roupas extremamente pequenas e não do tamanho exato dele, fitei por um grande tempo as coxas nuas, a cueca que ele vestia e a cintura exposta por conta do moletom levemente levantado, ele soltou um pequeno suspiro abraçando uma pelúcia de coelho cor canela e fez com o que um estranho sorriso bobo brotasse em meus finos lábios, o cobri e beijei sua bochecha cheinha e me afastei me retirando do quarto fechando a porta ao sair. Andei pelos corredores indo em direção ao meu quarto.

"arranjou um namoradinho, querido?"- perguntava senhora Nayur com um sorriso de canto nos lábios com o coque na cabeça como sempre enquanto varrava o chão.

-você sabe que não sou deste tipo de coisa.........é somente beijos  e doses depois é só largar, sempre foi assim, eu posso o mandar para a fazenda de meu primo em Cheongju, ele pode deslocar algo por lá.-disse dando de ombros como sempre sentindo o baixo olhar de pena da mulher, mesmo eu não entendendo pelo motivo.

Logo entrei em meu quarto fechando a porta e começando a retirar as minhas vestes indo em direção a banheira de meu banheiro.

 

continua. . . 


Notas Finais


Desculpas por conta do capitulo pequeno.........estou a um tempo sem tempo para postar.....mas não quero virar aqueles escritores que demoraram a escrever ou inventam desculpas pela demora, eu serei verdadeiro nas postagens de notas do autor e notas finais! comentem se gostaram:3

observações:
1- Tae é um ridiculo em relações ao que quer fazer com o kookie
2-as idades não são reais as idades verdadeiras, foram alteradas para a história.
3- não ache que estou utilizando o Tae de mal forma
4-FOCA NA VEINHA.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...