História My beautiful velvet bunny - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Jay Park
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Babyboy, Daddykink, Hibridos, Jay Park, Namjin, Taekook, Yoonmin
Visualizações 41
Palavras 815
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAAAAAAAAAAAAAAA
to de volta!:3
avisinho rapido:
não tenho data de postagens por conta de meu curto tempo....bem! é isto!^-^tomara que gostem!

Capítulo 3 - Cute as a plush


Fanfic / Fanfiction My beautiful velvet bunny - Capítulo 3 - Cute as a plush

Jungkook povs on.

 

Logo me despertei notando estar em um quarto desconhecido, cores pastéis e uma pilha de presentes em um canto e varios travesseiros e almofadas na cama, me espreguicei e me levantei sonolento só agora percebendo não estar com as minhas calças me fazendo corar levemente o que fez as minhas bochechas parecerem maiores que nem dois bolinhos, passei meus dedinhos curtos e gordinhos pelo pelo de minhas orelhas enquanto abria a porta e observava tudo sentindo um leve cheiro de amendoas que eu aprendi que tal cheiro provinha de todos os betas, mas ao fundo do cheiro tinha um cheirinho mais doce, ali também havia omegas! eu poderia fazer amiguinhos e os convidar pra brincar comigo e com as minhas mais novas pelúcias! seria tão divertido!, tal pensamento me arrancava sorrisos bobos. Logo senti um cheiro de menta e perfume amadeirado caro, segui ao cheiro até parar na frente de uma porta de madeira negra. Abri a porta sem bater e abanei meu rabinho curioso com o local novo, olhei algumas vestes sobre a cama e peguei uma camisa a cheirando sentindo o perfume e os hormonios sorrindo de canto, mas escutei estalos vindo de uma porta branca e vi o meu dono Tae surgindo na porta sendo aberta pelo mesmo que me olhou com uma das sobrancelhas erguidas como se perguntasse o que estava a ocorrer ali.

 

-Dono TaeTae!- gritei correndo até o homem abraçando sua cintura com gotas de água do banho, ele estava quentinho e cheiroso, seus cabelos estavam molhados então algumas gotas pingavam da ponta de seus fios.

 

-Jungkook!!- ele disse em volume alto- Estou de toalha! sai!- ele colocou ambas as mãos em meus ombros e me empurrou com pouca força, mas a pouca força dele era uma grande força para mim mesmo o que me fez ficar deitado na cama com as perninhas erguidas o olhando curioso notando o rosto dele ficar avermelhado de uma forma fofa me fazendo sorrir-o que foi?!- ele disse se virando pegando a cueca  e não mantendo contato visual o que era engraçado.

 

-seu rosto esta vermelho que nem uma pimenta......-ele me olhou rapidamente sério- e isso é algo fofo!- ele rosnou baixo o que fez eu abanar o meu rabinho, nunca recebi nenhum rosnado...

 

Ele continuou a me olhar agora me encarando o que era desconfortavel de  mais para mim o que me fez abaixar  a cabeça, senti uma mão em meu queixo e olhei para Tae com meus olhos brilhantes, ele se aproximou e selou nossos lábios em um beijo, um selinho. Os lábios umidos dele deslizavam por meus lábios avermelhados enquanto eu fechava os olhos ao senti-lo apertar a minha cintura e deslizar os gélidos dedos por minha pele por debaixo do moletom de tecido macio e quente me dando um leve choque por sua pele levemente fria. Mordeu meu lábio como se mordesse um doce, eu nunca havia beijado.........mas isso é tão bom que me fez abaixar as orelhinhas sentindo ele afastar os lábios me fazendo formar um biquinho de negação, mas logo senti um selar em meu pescoço e o hálito dele bater contra a pele de meu pescoço me arrancando um baixo suspiro enquanto deixava a minha mão em sua nuca sentindo os vários dos beijos em minha pele mas logo me fez arregalar os olhos e a corar ao senti-lo  sugar a minha pele me fazendo soltar um gemido soprado.

Ele riu.

-"e isso é algo fofo."- ele repetiu a minha frase enquanto pegava a camisa e a vestindo, o tecido da camisa era branca e fina então marcava as costas bem desenhadas dele me fazendo vidrar aquele local enquanto tocava no pequeno roxo em meu pescoço.

 

-bem, vamos jantar, e depois direto para a cama coelinho!-ele disse enquanto pegava a minha mão indo em direção a cozinha da imensa casa que me fazia ficar boquiaberto.

 

 

 

                                                                                      *

 

Taehyung é amoroso, menos quando se irrita com alguma empregada ou empregado, ele rosnou para uma que me encarava durante o jantar, o rosnado dele me fez encolher sobre a cadeira. Taehyung é meio bruto em fazer algumas como o ataque inesperado em meu pescoço a uma hora e meia atrás.........mas as sensações eram ótimas, eu queria mais daquilo, mesmo não sabendo sobre o perigo do Alfa kim, se é que ele é um perigo para mim.

 

Ele me deitou sobre a cama e ele deitou em meu lado abraçando a minha cintura enquanto me observava e levava a mão ao meu rabinho o acariciando que nem uma bolinha de algodão. Ele se aproximou e novamente beijou meus lábios pousando uma das mãos sobre a minha bundinha redondinha a encaixando em sua mão que logo a apertou, ele encheu meu rosto de beijos e me abraçou apertado me fazendo ficar quentinho em seus braços e por debaixo da coberta de algodão e logo fui derrotado pelo sono.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...