História My Beloved Psychopaths - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hoseok, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 57
Palavras 582
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Ameaça?


Fanfic / Fanfiction My Beloved Psychopaths - Capítulo 3 - Ameaça?

~Vai brincar com o satanás – Hoseok pensou.

Hobi: Bem, Dr. Kim, você já a viu – disse nervoso – vamos sair.

Rodou os calcanhares para se retirar, mas lembrou que nunca deveria dar as costas para alguém como aquele ser com cara de inocente, que na verdade era o próprio demônio. Então se virou e viu que os psiquiatras estavam no mesmo lugar.

Elisa: Não Seokie, não vai me apresentar as visitas? – seu tom de voz era o mesmo, apertou sua pelúcia fazendo bico, e fitou o chão – Eu me sinto tão sozinha... – voltou a olhar os três presentes [foto de capa]

Era macabro e inocente ao mesmo tempo, Clara a achou fofa, tá, ela tinha que ser internada também. Ela não via o mal em quase ninguém, por isso se magoava tanto.

Ela foi andando até a cama da garota, e se sentou ao lado da mesma. Hoseok se surpreendia cada vez mais com ela, ela era suicida mesmo, só podia ser, ninguém teria coragem de fazer aquilo.

Elisa era a segunda mais perigosa dali, só perdia pra Min Yoongi, o perigo em pessoa. Será que Clara queria ganhar a confiança dela? Então ela estava mechendo com o tipo de louco errado. Pois aquela ali, era uma maníaca de sangue frio.

Clara: Oi, Sou a Clara – sorriu para a mais nova.

Elisa: Escura, sou a Elisa – disse em português e Clara se segurou para não revirar os olhos, mas foi impossível.

Elisa começou a passar a mão pelos cabelos de Clara, e ela apenas deixava. A menor tirou os óculos de sua face e escondeu atrás de si. TaeHyung e Hoseok estavam confusos com os supostos carinhos dirigidos a Clara.

Elisa se inclinou para ficar mais perto dela, deixando Tae e Hoseok em alerta, ele que tinha uma arma de tranquilizante se preparou para atirar caso a mesma fosse atacada. Elisa se aproximou do ouvido de Clara e sussurrou:

Elisa: Virastes os olhos pra mim – Clara se arrepiou – Você tem os olhos bonito – sorriu ao pronunciar tais palavras – Vou adorar arranca-los e servi-los para seus amigos.

Voltou a sua antiga posição como se nada tivesse acontecido, deixando Clara estática sem reação. Taehyung vendo a situação de Clara, iria se aproximar, mas teve seu braço apertado por Hoseok, e brutalmente saiu do aperto.

Hobi: Não se aproxime – disse baixo

Tae: Não vou deixar Clara perto dela! – sussurrou irritado

A musiquinha parou, ainda bem. Taehyung estava querendo jogar aquela caixinha de música na parede.

Hobi: Não faça nada, ou será pior – avisou

Tae foi em direção as duas, e segurou o braço da Elisa no exato momento onde ela furaria os olhos de Clara -que estava imóvel- com as unhas. Quando segurou o braço da menor, uma descarga elétrica passou por todo seu corpo.

Elisa por ser impedida de realizar sua façanha, virou o pescoço lentamente para olhar a pessoa que lhe atrapalhou, com a outra mão pegou no braço do loiro se soltando do aperto, e ainda segurando, cravou as unhas afiadas na carne daquele braço.

Elisa: Não ouse a tocar em mim ! – rosnou

Com o grito baixo do Kim, Clara acordou de seu transe e um barulho foi ouvido. Elisa caiu deitada no colchão largando o braço de Kim todo furado em cortes fundos e ensanguentado por suas unhas.

Hoseok tinha atirado um tranquilizante na menor. Clara se levantou e abraçou o amigo, pegou seu óculos e saíram dali para ir a enfermaria fazer um curativo no Kim. Depois de tudo pronto, Hoseok decidiu mostrar um pouco mais do lugar para os novos funcionários.

Clara: Sabe, quero passar um pouquinho no quarto do Min.    


Notas Finais


Me desculpem, cap passado eu troquei "Min" por "Jeon", mas já concerTae
Pq eu tava vendo uma foto do Jãocu, aí acabei confundido.
Mas eh o Yoongi, não o Jungkook.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...