História My Best Boy (imagine V) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine Kim Taehyung
Visualizações 36
Palavras 1.246
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura...^^

Capítulo 2 - 0.2


tae- só não esquece que ( eu te amo )- ele fala me japônes, em seguida me da uma beijo na bochecha.
Eu apenas fico quieta com o objetivo de dormir.

[...]

Acordei com uma forte luz em meu rosto. Olho um pouco pra cima e vejo que tae ainda dormia, eu torcia para que tudo fosse um sonho, mas infelizmente não foi. Fui ao banheiro , e assim que fiz minhas higienes tomei banho, fiquei despida e entrei no chuveiro. Enquanto sentia a água quente descer em meu corpo, lembrava dos acontecimentos ocorridos na noite passada.

'' o que eu fiz? como posso olhar diretamente pra MIsa depois da noite passada? e se taehyung me amar e eu estar apaixonada por ele? NÃO! eu estou apaixonada por yoongi! ele é apenas meu melhor amigo."

xxx- s\n - ouço uma voz masculina que abria a porta. Me enrolei rapidamente na toalha que se encontrava no box. ERA KIM TAEHYUNG.

- passou em sua cabeça bater na porta?

tae- perdão, é que......- ele me encara.

- é que?- ele morde o lábio inferior. OH MY GOD.

- eu preciso usar o banheiro.

"serio?!"

- fique a vontade.- eu sai do banheiro com as mãos cobrindo o rosto. Por que ele esta brincando comigo?! Justo agora?...

alguns minutos depois tae sai do banheiro e para contra a porta do mesmo. Eu uso todo oxigênio do ambiente em um só suspiro e ando até o banheiro. Quando estava prestes a fechar a porta taehyung entra e a tranca.

- tae!- grito engolindo seco.

ele faz voto de silêncio e me puxa para um beijo. Sua língua simplesmente obriga a minha a corresponde-la, e eu entrelaço meus dedos em sua nuca.
Desço os beijos até seu pescoço e subo novamente mordendo sua orelha. Ele geme baixo e aperta minha bunda, onde suas mãos sempre se mânteram posicionadas. Hay! descobri seu ponto fraco. Voltei a beija-lo mas parei e olhei em seus olhos.

Tae- não consigo mais me segurar.- ele fala e dispara beijos em meu pescoço, o que me arrepiava.

- tae.- digo gemendo.

ele coloca uma de suas mãos em minha cintura e a outra ele entrelaça em meus cabelos. Eu estava cada vez mais exitada. Queria que taehyung fosse só meu.

tae- me chame de novo.

eu fico nas pontas dos pés e falo o mais sexy que pude em seu ouvido: " Tae".

ele me pegou no colo e eu envolvi minhas pernas em sua cintura, enquanto nos beijavamos selvagemente. Ele passava sua mão sobre meu corpo inteiro e eu o prendia em mim o impedindo de se afastar se quer um segundo. Ele tirava minha toalha e eu não impedia, pois o desejo era maior. Eu rasguei sua camisa com as próprias mãos, deixando seu abdominal a exposição.

tae- tive tanto desejo de que isso acontecesse.- disse voltando a me beijar.

eu poderia dizer que não estava certo, mas eu queria sentir seu corpo no meu. Calo a sua boca voltando a beija-lo.
começo a esquentar mais as coisas, tirando seu cinto e desabotoando sua calça, mas o mesmo me impede de completar qualquer outro movimento.

Tae faz "não" com o dedo e da um risinho. Ele desce seus beijos pelo meu corpo parando sob minha intimidade. Ele circulava sua língua sobre meu botão e eu me contorcia mais e mais.

xxx- s\n?- uma voz feminina soa atras da porta fazendo com que Tae parasse e encarasse a mesma.


Xxx- s\n? É a Misa.

 - só um minuto... Fica aqui Kim Taehyung, se você fazer um pio eu te arregaço.- falo cuxixando para apenas Tae ouvir, colocando a toalha novamente e organizando os fios de meu cabelo. - oi misinha.- abro um sorriso gigante. 

 Misa- você não sabe o quanto senti sua falta.

- ela me abraça. - também senti, como foi na europa?

 Misa- é tudo maravilhoso lá, só faltava você e o Tae. 

 - sim, o Tae.- engulo seco. Misa- você esta se sentindo bem? 

 - claro. 

 Ela revira os olhos em torno do meu quarto parando bem ao lado da minha cama. ''Socorro''

 Misa- aquela calça não é do Taehyung, S\n?

 - é que nós fomos para uma festa na piscina esses dias, ele acabou esquecendo aqui.- ponto pra S\n.

 Misa- essa calça é nova e importada, mas fazer o que, ninguém entende ele mesmo.- ela pega a calça do Tae.- nós tivemos uma discussão ontem. 

 - brigaram é?- taehyung cara de pau, brigou com Misa e veio descontar em mim falando um monte de merda. Depois de encarar uma dira realidade, em que tae e misa se amam, que estavam fazendo planos para casamento, eu vi que essa históriar pecisava de um final.

 - acho que você deveria conversar com ele. Resolvam seus problemas. 

 Misa- vou fazer exatamente isso. S\n não sei o que seria de mim sem você.- ela me abraça e vai embora.

 " Por que tenho que amar Taehyung assim. . . ?" 

 Tae- s\n?

 - diga. 

 Tae- quase que ela nos pegou.- disse ele deitando na cama já puxando minha toalha.

 - acho melhor você ir embora.- me afasto dele indo ao meu guarda roupa. 

 Tae- hum? Por que? 

 - Tae, você estava discutindo com a misa por isso fez o que deu na telha. 

 Tae- eu só fiz o que estava guardando desde que despertei sentimentos por você. 

 - queria que você tivesse razão, mas, não tema menos chance de acontecer. Meu coração se quebrava em mil pedaços, eu apenas queria me jogar em seus braços. 

 Tae- olha nos meus olhos e diz que realmente quer que eu vá embora.- eu ia contrariar mas, olhei pra baixo e disse.

 - quero que vá embora, agora por favor, por gentileza saia daqui. 

 Tae- se é o que você deseja- ele coloca os sapatos e bate a porta.- você vai ver s\n, você ainda vai ser minha. Respirei fundo e desci para a sala.

 - bom dia mãe- digo ao vê-la.

 Omma- bom dia minha florzinha.- ela me segue até a cozinha. 

 - o que foi mamãe?- digo mordendo uma torrada. 

 Omma- Tae passou a noite aqui?- me dá um frio na barriga.

 - sim, ele estava embreagado.

 Omma- entendi.

 - você não achou que. . .

 Omma- n-nao claro que não.- ela vira os olhos.

 " Aish, por que ela tinha que me lembrar dele!? " 

 - mamãe, já volto! Pego apenas meu celular e saio correndo. Corro como nunca corri antes. Enquanto corria lembrei de quando eu e Tae éramos crianças e ele roubou um beijo meu, aquele foi meu primeiro beijo, estávamos brincando de esconde esconde e o Tae veio no mesmo esconderijo que eu, ele olhou pra mim e me deu um beijo depois saiu correndo. Meus sentimentos estavam cada vez mais confusos e eu só corria e corria. Desde que comecei com os meus " peguetes " ele começou a se afastar, mas sempre me agradava com presentes. Ele se afastou pra seguir a vida dele. Admito que eu fui meio lerda. Precisamos conversar Taehyung !! Corri e corri até a porta da casa do Tae e bati repetidas vezes.

 Sra Kim- Olá s\n ! 

 - tia, o Tae está? 

 Sra Kim- ele não apareceu aqui hoje, pensei que estava na sua casa. 

 - eu. . . Vou procurar ele, fique calma !! Sra Kim- tudo bem meu anjo.- ela sorri. 

 - até mais.- me curvo.

 " Onde está você Tae. . . ? "  

 


Notas Finais


me perdoem pelo cap curto, estou tendo estudos muito rigidos, pois estou fazendo matéria do nono ano e sou do sexto.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...