História My Best Friend - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Castiel, Personagens Originais
Tags Amizade, Amor Doce, Castiel, Melhores Amigos, Romance
Visualizações 29
Palavras 289
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 21 - Declarações



Senti meu estômago embrulhar 

-Tiel,você sempre tem uma garrafa de whisky aqui né?

Comecei a procurar a garrafa que ele escondia no quarto

-Você só pode estar brincando 

Disse grosso

-Não pode beber desse jeito.

Suspirei.Ele estava certo

-Por que você à pediu em casamento ?

Perguntei de vez.Ele ficou queto,parecia desconfortável.

-Não pedi

Falou baixinho

-Ela me pediu

-Ah

-É 

Ficamos em silêncio 

-Você ainda não me falou o porque de ter bebido tanto

Falou sério

-A culpa é sua!Você é um grande idiota,você nunca reparou em mim como eu reparei em você.Como você pode sequer pensar em casar com outra.

Minha voz saiu como um fio

-Já parou pra pensar que talvez seu lugar seja comigo?

Ele ficou em silêncio. Isso me deixou furiosa 

-Quer saber de uma coisa?

Não o deixei responder

-Eu odeio o jeito que você está sempre certo,o jeito que você lê minha mente,odeio quando você me faz rir, odeio o fato de me sentir única quando estamos juntos

No final eu já estava ficando sem voz 

-Odeio não conseguir te odiar

Ele me olhava surpreso,Suspirei.Ele não se sentia da mesma forma.Eu sabia que ele não armava Debrah,sabia que se eu dissesse ele terminava,porém, não pra ficar comigo

-Vou embora

Calcei os tênis e saí do quarto.

Eu e Tiel já transamos,mais de uma vez mas pra ele era só isso.Só sexo,sempre foi.Eu sabia disso quando transamos a primeira vez,sabia naquele dia da boate e também sabia disso hoje.

Lágrimas caiam em meu rosto.

Abri a porta mas ela fechou em seguida.

-Não vai não

Ele sussurrou em meu ouvido

-Fica comigo

Virou me e eu olhei pra baixo

-Você não precisa fazer isso Tiel

Continuei de cabeça baixa 

-Você não precisa...

Puxou meu queixo para olhar me nos olhos

-Faço isso porque te amo

Minha boca se abriu em surpresa

-Você?

-Exatamente,eu te amo Fabiana Dragomir


Notas Finais


Esse é o penúltimo conto dos melhores amigos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...