1. Spirit Fanfics >
  2. My Best Friend >
  3. Capítulo 9

História My Best Friend - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - Capítulo 9


Fanfic / Fanfiction My Best Friend - Capítulo 9 - Capítulo 9

Saí da loja com a sacola do meu vestido em mãos. Como a atendente falou, ela realmente fez por um bom preço para mim, eu não teria que vender o meu rim para pagá-lo. Nossas compras não acabaram por aí, Chohee quis voltar em umas lojas para comprar algumas roupas pelas quais havia se interessado.

Eu disse que iria à praça de alimentação e esperaria por eles lá. Procurei por uma mesa vazia na multidão e me acomodei nela. Os cheiros das comidas fizeram minha barriga roncar. Comprei um sorvete para enganar o estômago, logo que Johnny e Chohee chegassem iríamos comer algo, então eu não queria comer agora.

Peguei meu celular para olhar as redes sociais, vi uma mensagem da minha mãe avisando que na sexta-feira teria um jantar pré-casamento na casa da tia de Johnny e tínhamos sido convidados, mesmo que não fôssemos participar como padrinhos. Ótimo mais um vestido para arranjar, bem que eu fiquei de olho em um preto lindo na loja mas eu podia arrumar algo no meu guarda-roupa mesmo.

Larguei o celular e olhei em volta para ver se Johnny e Chohee chegavam. Avistei, ao longe, Johnny olhando em volta, quando me achou, andou de pressa até minha direção. Ele estava sozinho.

— Cadê a Chohee? — olhei para os quiosques de comidas, talvez ela já tivesse ido atrás de comida também.

— Não sei. — Johnny estava ofegante.

— Como assim?

— Nós estávamos na loja que ela queria comprar, eu falei que precisava ir ao banheiro mas acho que ela estava tão distraída com a atendente que não ouviu. Quando voltei do banheiro ela não estava mais lá. — sentou na cadeira ao meu lado.

— Já tentou ligar no celular dela?

— Já... Mas lembrei que ela o deixou carregando no seu apartamento.

— Ah! Ótimo, Então ela está perdida por aí. — bati a mão em minha própria testa. 

— É, ela não conhece aqui mas não acho que ela vá sair do shopping. Eu vou atrás dela.

— Vou com você. — me levantei.

— Tá bom.

— Que loja vocês estavam?

— No primeiro andar. — Johnny foi na direção da escada rolante e eu o segui.

— A gente se separa ou vai na mesma direção?

— Vamos ficar juntos, se não depois tem que ir atrás de você também, ou vocês atrás de mim, depende de quem achar ela primeiro. — Johnny olhava em volta sem parar. — Fique junto e vamos olhando tudo, quatro olhos trabalham melhor.

— Calma! Até parece que perdemos uma criança. Nós vamos acha-lá. — toquei em seu ombro.

Saímos andando na multidão, Johnny caminhava um pouco a minha frente olhando dentro das lojas e nos corredores cheios de pessoas. Eu tentava olhar para todos que passavam. Um grupo de adolescentes passou entre mim e Johnny, me afastando dele, tive que parar e esperar minha vez para passar.

— Não fique para trás se não nos perdemos também. — Johnny pegou minha mão e me puxou para perto dele.

Senti um arrepio, um choque que percorreu meu corpo inteiro, olhei para nossas mãos juntas e um pequeno sorriso brotou em meus lábios. Johnny estava bem distraído olhando tudo que nem soltou minha mão, pelo contrário, ele apertava de um jeito fraco, e balançava, parecia estar nervoso e fazia isso pra aliviar. Tipo quando estamos preocupado com algo e balançamos a perna ou tamborilamos os dedos em alguma superfície. Apertei sua mão também. Eu devia estar ajudando a procurar mas eu estava sonhando acordada, me senti como se flutuasse. Acordei desse sonho quando Johnny me puxou mais rápido. Vi Chohee acenando para ele, soltei minha mão da sua e tentei disfarçar mas acho que ela havia visto.

— Que bom que te achamos. — falei.

— Onde você estava? — Johnny perguntou.

— Eu saí da loja e fui ao banheiro mais próximo para te encontrar no caminho. Mas acho que você foi para outro banheiro, então nos desencontramos. Pensei em ficar perto da porta que entramos caso vocês passassem, se eu ficasse andando não íamos nos encontrar  — Chohee explicou. 

— Fez bem em não sair do shopping. Íamos andar ele inteiro e não te acharíamos. — Johnny segurou a mão de Chohee.

— Não vou mais sair por aqui sem meu celular.

— Agora vamos comer. Essa caminhada toda me deu fome.

Os dois saíram andando em minha frente. Uma das piores coisas que tem é ficar de vela, ainda mais se for para um amigo por quem você tem sentimentos. Você se odeia por estar ali e ter que ver aquilo. Droga! Por que eu tinha que gostar dele? Só por que ele era alguém que me fazia rir em todos os momentos? Alguém que me dava atenção? Alguém que eu sabia que estaria sempre por perto não importava a situação? Alguém que me conhece muito bem, sabe meus gostos e minhas manias? Johnny era tudo isso e muito mais. Eu não era apaixonada por meu melhor amigo, eu o amava. E eu o amava, não  porque ele me completava, mas sim me transbordava. Eu já era completa mas Johnny me mostrava que era possível ser mais, transbordar em felicidade e amor. Eu queria poder colocar tudo isso para fora. Mas o que aconteceria? Eu tinha medo de descobrir.

Mais uma vez naquele dia, eu ficava quieta, Chohee contava animada das roupas que tinha comprado, Johnny balançava a cabeça ouvindo tudo. Às vezes ele lançava olhares para mim, ele percebia meus silêncios repentinos, sabia que tinha algo errado mas também sabia que eu não ia querer falar sobre o que estava me incomodando com alguém por perto.


Tentei voltar ao normal e conversar com eles, eu não podia ficar assim, Johnny estranharia mais e ele não aguentaria não perguntar o que estava acontecendo. Eu notava a preocupação em seus olhos, se ele perguntasse, não sei se conseguiria esconder o que estava me matando para sair. Então, eu poderia fingir que nada se passava em meu coração e continuar guardando tudo isso em mim até eu não aguentar mais e morrer afogada nesses sentimentos. Ou simplesmente esperar que tudo isso dentro de mim vá embora.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...