História My Best Friend (Jikook) - Capítulo 94


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, Lee Min Ho, Lee Taemin, Monsta X, TWICE
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Kookmin, Namjin, Vhope
Visualizações 360
Palavras 1.413
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá🍒

Capítulo 94 - Cinquenta nove


Fanfic / Fanfiction My Best Friend (Jikook) - Capítulo 94 - Cinquenta nove

            Jungkook estava deitada de barriga pra baixo enquanto apoiava sua cabeça em seu abraço, ia se remexe na cama quando sentiu algo pesado em cima de suas costas. Jeon tratou de abri os olhos devagar,vendo a Luz do abajur ligada, logo se arrepiou quando sentiu um sussurro em seu ouvido.

- Vamos fazer amor Kookie?.- A voz de Jimin saiu em um tom tão sexy, que fez Jeon morde os lábios.

- Jimin…- Jeon tentou levantar, mas Jimin preocionava contra a cama de volta.- Deixa eu me vira.

- Shii.- Jimin levantou ficando novamente sentado nas costas musculosas do Jungkook.

Park foi passando seus dedos gelados pela costas nua do Jungkook, arrancando alguns suspiro do mesmo. Comecou uma breve massagem no ombros do marido, Jeon fechou os olhos sentindo cada dos dedos delicados de Jimin. Parou com a massagem é se jogou do lado dele na cama, encarando os olhos fechados do Jungkook.

- Sinto sua falta amor.- confessou Jimin.- Eu quero toda sua atenção pra mim.

- Mas eu estou aqui.- Jeon abriu lentamente os olhos.- Sempre vou esta aqui pra você.- Levou uma de suas maos ate o rosto dele, deixando um carinho na bochecha.- Eu amo tanto você.

- Eu tambem te amo.- fechou os olhos brevemente.- Agora vamos fazer amor?.- encarou Jeon novamente.

- Tem certeza?.-Jeon se ajeitou na cama ficando de lado, apoiando sua cabeça em um de seus braços.- Não quero machuca você, aliás, você mal se recuperou da nossa última transar né?

- Eu preciso de voce agora.- disse com uma voz manhosa.- Não quero que pegue leve comigo.

- Ta dizendo pra eu não pega leve, e isso mesmo ?.- franziu a sobrancelha.- Digo…

- Sim.- sorriu de lado.- Eu amei aquele seu lado selvagem.- riu de vergonha ao confessa uma coisa dessas.

- Ah Park Jimin.- Jeon sorriu largo, deitando novamente na cama.- Você me deixa louco ,sabia ?

- Sim…- Jimin subiu em cima do Jungkook, encarou o maior e depositou um beijo nele em seguida.- Eu quero…

- O que você quer?.- Não deixe que o mesmo terminasse, desceu as palmas de suas mãos ate a bunda do Jimin apertando em seguida.- O que você quer Park Jimin?.- sua voz era tão sexy.

- Eu quer você dentro de mim, me fudendo forte pra caralho.- Jeon deu um sorrisinho, só em ouvir seu marido fala daquela forma.- O que acha?

- Eu to louco pra fazer isso com você,mas não quero deixa você sem andar de novo.- Jimin viu a preocupação estampado no rosto do moreno.- Apesar de você fica tão sexy dizendo palavrão.

- Eu não ligo.- Sentou-se no colo dele, deixando suas mãos apoiadas no peitoral do maior.- Não seria um problema pra mim agora.

- Sério?.- Jeon se inclinou pra frente,segurando forte com as duas mãos na bunda do Jimin.- Quer mesmo que eu faça coisas tão absurdas com você?.- deu um selinho no lábios carnudos do Park.

- Quero.- Envolveu os braços em volta do pescoço do Jungkook.- Quero chupar seu pau novamente.- deu um selinho nele.- Você deixa?.- encarou os olhos brilhante do Jungkook.

- Claro.- Jungkook deu outro beijo no Jimin, logo permitindo um beijo de lingua dos dois.

- Porra.- Jimin disse assim que afastou seus lábios do Jungkook.- Quem sera?.- havia ouvido a campainha toca.- Eu vou la ver quem é.- tentou sair do colo do Jungkook.

- Não vai não.- segurou Jimin em seus braços.- Vamos deixa tocando lá.- sua voz estava rouca, fazendo Park se arrepia todo.

- Amor…- Jimin voltou a beija Jungkook novamente, bagunçando seus fios de cabelo negros,mas do que ja estavam.- Eu … Preciso… Ver…- disse entre o beijo.

- Tudo bem.- A campainha estava tocando toda hora, isso fez Jungkook fica irritado já.

Jimin saiu do colo dele e ficou em pé, ligou a luz e vestiu uma camiseta. Jungkook apenas observava Jimin da cama ,analisando cada parte do corpo dele. Era incrível que aquele homem o fazia tão feliz, nunca pensou que estaria casada com seu melhor amigo e ainda teriam uma filha.

Jimin percebeu o olha do Jungkook em si, um tanto pensativo também. Deu seu lindo sorriso que Jungkook tanto amava, isso aqueceu o coração do Jeon. A campainha ainda estava lá tocando faz hora.

- Volta pra cama.- Jeon persistiu mas uma vez.- Vem pro meus braços de volta amor.- pediu manhoso.

- eu prometo que assim que eu enchota eles , eu volto.- Jimin aproximou da cama e deu um beijo nele, na hora que virou de costa,Jeon não se conteve e deu um tapa na bunda dele.- Ai.

- Volta logo.- mordeu os lábios, Jimin fez o mesmo.

Já fora do quarto ,Jimin caminhou ate a porta, logo abrindo em seguida. Claro que Jimin estava puto com isso, agora que iria ter uma das melhores foda com seu marido. Viu Taehyung e Hoseok parado ali com cara de cu.

- Porra , por que demorou pra abri?.- Disse Tae irritado, logo adentrando no apartamento sem permissão do Jimin.

- Pode entra.- disse irônico.- O que aconteceu ?

- Bem...- Hoseok ficou perto da porta, Tae ja estava sentando no braços do sofá,com os braços cruzados.

- Espero que seja alguma coisa importante.- Caminhou ate o sofá sentando no mesmo.

- Eu fui demitido.- Se pronuciou Taehyung, um pouco triste ate por que ele estudou tanto para se torna um médico, e na hora se demitido.- Nossa cara, eu to com tanto ódio.- escondeu seu rosto na palmas de suas mãos.

- Por que ele demitiu você?.- Jimin levantou, não acreditando naquilo.- Diz.

- Por que eu briguei com o pai do paciente que morreu.- se jogou ,deitando com tudo no sofá.

- Ele te irritou né?.- Tae balançou a cabeça confirmando.

- Chamou ele de assassino.- explicou Hoseok.- Aquele desgraçado.

- Pra que tanta gritaria nessa casa.- Jeon apareceu na cozinho, indo bebe um copo de água.

- Taehyung foi demitido.- disse Jimin, ele estava com raiva com tudo isso.- Eu tenho que resolver isso.

- Eu vou descobrir quem fez isso com o Jimin, isso podem ter certeza.- Tae fechou sua mão.- Vamos pra casa Hoseok.

- Descansar Taehyung.- Jimin aproximou do mesmo que ja se encontrava em pé, e lhe deu um abraço.- Obrigado.

Jungkook fechou a porta assim que eles sairam, olhou para o Jimin que estava sentado no sofá,pensando e claro. Jungkook sentou do lado dele e passou seu braço em volta dos ombro dele, puxando-o para mais perto de si.

- Podemos chama o Noah pra ajudar.- surgeriu Jungkook.

- Quê?.- Jimin afastou um pouco dele.- Apesar de ele ter matado ,nao vou usar uma criança pra fazer um trabalho sujo e ainda por cima nem e problema dele.- Jimin levantou ainda com raiva.

- Tudo bem.- Puxou Jimin pra senta em seu colo.- A gente vai descobrir quem fez isso, certo?

- Certo.- Abraçou Jungkook,juntando seus lábios do mesmo.- Obrigado por esta comigo.

- Sempre...- deu um selinho nele.- vou esta.- deu outro beijo em sua bochecha...- do seu lado.- e por fim outro selinho demorado em seu lábio.

- Você está com fome?.- perguntou Jimin,Jeon levantou do sofa junto com ele.

- A gente não vai continua com o que estávamos fazendo ?.- franziu a sobrancelha.- Eu quero comer outra coisa, saber disso.

- Infelizmente o clima foi embora junto com Hoseok e Taehyung.- Jimin caminhou ate a cozinha, colocando uma agua pra ferve.- Que foi?

- De repente perdeu a vontade?.- cruzou os braços, esperando a reposta do seu marido.

- Sim.- respondeu simples.

- Horas atras estava querendo me devora, agora simplesmente perdeu a vontade?.- Jeon caminhou ate Jimin.-Tudo bem.- passou direto por ele, indo para quarto.

                       [•••]

Jungkook foi sozinho ate o mercado compra o que Jimin pediu, assim que pegou tudo que precisava e colocou no carrinho seguiu para a fila que estava perto de um balcão.

- Mãe eu quero um salgadinho.- A criança que estava em sua frente junto com sua mãe começou a fazer birra.- Salgadinho mãe.

- Depois meu filho.- respondeu a mais velha.

- Maeee eu quero salgadinho.- começou a chorar.

Jungkook fechou fortemente os olhos, tentando busca a pouca paciência que havia lhe restado. A criança ainda continuo a grita , sua cabeça estava pra explodir com os gritos da crianca.

" Mas que porra, por que essa mulher simplesmente não compra a porra do salgados pra essa criança"

Jungkook teve que espera mais alguns minutos, a fila estava ainda um pouco grande, a birra daquela criança aumentava cada vez mais. Não era só Jungkook que estava incomodando com aquilo, mas sim outras pessoas também.

- Jungkook?.- Jeon ouviu uma voz feminina lhe chama por trás.

- Puta merda.- disse assim que viu a figura em sua frente agora.


Notas Finais


• Então Jikook ....
Sobre essa parte do salgadinho eu peguei do whinde... Mas gostei muito dessa parte kkkk

Desculpa a demora também, espero que tenham gostado💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...