1. Spirit Fanfics >
  2. My Best Friend (Kim Namjoon) >
  3. Vista da montanha

História My Best Friend (Kim Namjoon) - Capítulo 26


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, seja bem vindo (a) ao meu mundo, onde os pensamentos se tornam realidade. Espero que goste da minha história.

Capítulo 26 - Vista da montanha


Fanfic / Fanfiction My Best Friend (Kim Namjoon) - Capítulo 26 - Vista da montanha

O chalé é lindo, é composto por uma sala grande e aconchegante com uma cozinha embutida, e uma lareira, um corredor com dois quartos grandes, mas apenas um com banheiro e um banheiro externo. 

- Eu adorei esse lugar, é tão lindo! - Digo sorrindo. 

- Não sei como você conseguiu encontrar um lugar assim em tão pouco tempo! - Hoseok observou ao redor. 

- Pela Internet! - Respondo pegando minha mala.

- Deixa que eu pego. - Derek falou e Hoseok o olhou desconfiado. 

- Era necessário mesmo esse cara vim conosco? - Hope perguntou sentando no banco suspenso na varanda, me sento no colo dele e passo as mãos ao redor do seu pescoço. 

- Infelizmente sim, mas eu acho que ele não vai nos incomodar! - Respondo encostando minha cabeça na dele. 

- Jully, eu não queria falar desse assunto agora, mas...Você desconfia de alguém nesse caso da polícia? - Ele perguntou sem me encarar. 

- Sinceramente? Não, eu não desconfio de ninguém. Quem poderia ter um motivo tão forte pra fazer mal pra minha família? - Pergunto olhando para a paisagem cheia de pinheiros à minha frente. 

- E seus irmãos? Por que a primeira pessoa a ser atacada foi o Jungkook. - Ele falou. 

- Eu não sei, meus irmãos nem gostam de briga, nós não temos inimigos. - Respiro fundo. 

A porta da frente se abre e Derek sai, ele já está de banho tomado e com uma roupa diferente.

- Eu já coloquei as malas nos quartos. Fiquem dentro de casa e não saiam até eu voltar. - Ele falou sério. 

- Está tudo bem? - Pergunto me ajeitando no colo do Hoseok. 

- Está! - Ele respondeu seco.

- Então por que você está saindo armado? - Hope perguntou.

- Armado? - Pergunto assustada. 

Derek ajeita a arma atrás das costas e coloca o casaco por cima. 

- Eu tenho que verificar os arredores, me certificar que está tudo seguro. Agora por favor, entrem! - Ele pediu mas de uma forma grosseira. 

Assim que entramos, Derek partiu, fiquei um pouco desconfiada, mas se ele não fosse um bom policial, não teriam escolhido ele. Enquanto Hoseok toma banho, resolvo ligar para o Jin.

(...)

Jin: - Jully, tá tudo bem por aí? 

Jully: - Errr...Tá sim, por que? Alguma coisa errada aí?

Jin: - NÃO! Não, tá...Tá tudo bem.

Jully: - Então por que está nervoso? 

Jin: - Eu não tô, você que está! 

Jully: - Não tô não! 

Jin: - Cadê o Derek?

Jully: - Saiu pra checar os arredores.

Jin: - Ele deixou vocês sozinhos?

Jully: - Sim, mas se certificou que tudo está seguro. 

Jin: - Mesmo assim, é pra ele não tirar os olhos de você! 

Jully: - Onde está o Jungkook? 

Jin: - Na casa do Jimin.

Jully: - Por que você mandou ele pra lá? 

Jin: - Foi necessário. 

Jully: - Jin o que tá acontecendo? 

Jin: - Nada, eu tenho que dá comida para o Cotton, até amanhã.

Jully: - Jin não...

(...)

Me sento na cama, meu coração está apertado, meu irmão está estranho e eu não tô lá para ajudar nem entender o que ele tem, será se foi uma boa idéia sair de férias agora?

- Amor? Tudo bem? - Hope está na porta do banheiro me encarando. 

- Eu não sei, o Jin está estranho! - Digo preocupada. 

-Ele deve estar com saudades! - Ele falou sorrindo. - Sabe como seu irmão é.

-Sim, eu sei, e é por isso que estou preocupada. - Respondo séria. 

Hoseok me encara sem saber o que fazer, me levanto da cama e vou para o banheiro, acho que um banho vai me acalmar. Assim que terminei de tomar banho, lembrei que não trouxe absolutamente nada para o banheiro, nem toalha, nem roupa, bom acho que o Hope vai ter uma surpresa. 

Abro a porta do banheiro sem fazer barulho, Hoseok está deitado na cama só de cueca mexendo no celular, saio do banheiro e passo em sua frente.

- Minha nossa senhora! - Ele falou alto, me viro sorrindo.

- O que foi? - Pergunto inocente. 

- Você tá me provocando né?! - Ele se levantou. 

- Eu? Imagina! - Digo pegando a toalha mas ele à toma de minha mão. - Desculpa Jullyeth, mas agora que você me deixou duro, vai continuar sem roupa. - De repente ele me agarra e me joga na cama, fico surpresa, tinha até me esquecido da força que ele tem.

Ele se coloca sobre mim, o puxo para perto e o beijo intensamente, sinto sua mão encontrar minha intimidade massageando-a lentamente, um gemido me escapa. Hope beija meu pescoço sem parar o movimento com a mão, movimento meu corpo sincronizando com o ritmo de sua mão, meu corpo está em chamas.

- Eu tava morrendo de saudade do seu corpo. - Ele beijou meu seio, meu corpo se arrepia na mesma hora. - Do seu beijo. Do seu cheiro.

Sua voz rouca me deixa mais excitada, já estou completamente encharcada.

Hope para o que está fazendo e se ajoelha entre minhas pernas, arfo quando ele chupa com força meu clitóris, sua língua explora meus pequenos lábios em um ritmo rápido, meu coração acelera, minha respiração fica irregular. 

- Hope...Eu...Não aguento mais! - Digo entre gemidos, então gozo em sua boca.

Sem nenhum aviso ele se levanta e me penetra, dou um gritinho de espanto e ele sorri.

- Eu sei que você gosta Jullyeth. - Ele falou em meu ouvido, sua voz rouca me fez gemer de prazer. - Fala, fala o que você quer!

- Eu quero que você me foda...Mais forte! - Digo manhosa e ele obedece, seu corpo se choca rapidamente e bruscamente contra o meu. 

Envolvo minhas pernas ao redor de sua cintura, sinto o pulsar de seu membro dentro de mim, tocando meu ponto sensível. 

De repente Hope me coloca sobre ele, rebolo em seu membro, ele arfa e aperta minha cintura aumentando meu ritmo, com um gemido rouco, ele se desfaz dentro de mim.

Meu corpo desaba sobre o dele, ficamos nos encarando ofegantes, lhe dou um beijo rápido, mas estridente. 

- Te amo Jullyeth! E nada vai nos separar! - Ele acariciou meu rosto. 

- Ainda não terminou meu amor! - Sussuro em seu ouvido, e sinto que ele sorriu.

Minha mão envolve seu menbro massageando-o lentamente, Hope arfa, me preparo para me posicionar e fazer o melhor oral de todos, mas a porta se abre e Derek entra.

Hoseok nos cobre rapidamente com o lençol, escondo o rosto em seu peito morrendo de vergonha. 

- NÃO SABE BATER? - Hope perguntou irritado. 

- Agora sei o motivo da viagem, seu irmão surtaria se soubesse! - Derek falou sorrindo. 

- Da pra sair? - A irritação na voz do meu namorado era evidente. 

- Claro, a festinha já acabou, mas antes, podem ficar tranquilos que está tudo checado! - Ele falou depois ouvi a porta se fechando. 

- Esse cara tá querendo morrer! - Hope falou irritado. Levanto a cabeça e lhe dou um beijo. 

- Ele estragou nossa festa! - Digo fazendo biquinho. 

- Não se preocupa, temos ainda quatro dias pela frente! - Ele sorriu malicioso, me aconchego em seu corpo e fico quietinha, tinha me esquecido o quanto me sinto segura em seus braços. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...