1. Spirit Fanfics >
  2. My Best Friend (Kim Namjoon) >
  3. Carta de ameaça

História My Best Friend (Kim Namjoon) - Capítulo 27


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, seja bem vindo (a) ao meu mundo, onde os pensamentos se tornam realidade. Espero que goste da minha história.

Capítulo 27 - Carta de ameaça


Fanfic / Fanfiction My Best Friend (Kim Namjoon) - Capítulo 27 - Carta de ameaça

" Você a tirou de mim. kim seokjin, você vai se arrepender!"

                                                Killer

Quase cai pra trás ao ler a carta que estava na caixa de correio. Que merda é essa? Esse cara me conhece? Ele tá me ameaçando? Que ousadia!

Fico um tempo pensando, até que o nome "Jungkook" me vem à mente, meu irmão está sozinho dentro de casa, se esse cara chegou até aqui pra colocar essa carta, ele pode ter entrado.

- JUNGKOOK! - Corro para dentro desesperado. Entro no seu quarto e não o encontro, nem no seu banheiro, nem na cozinha. - Jungkook! 

Entro no meu quarto e nada, nem no da Jullyeth, pego o telefone e disco o número de emergência que a polícia me deu caso acontecesse alguma coisa. 

(...)

Jin: - Meu irmão sumiu!

Policial: - O QUÊ? COMO? 

Jin: - Eu sei lá, recebi uma carta de um tal de Killer e meu irmão não está em casa.

Policial: - E os policiais? Onde estão?

Jin: - Aqui é que não é! 

Policial: - Estamos indo.

(...)

- Jin, você me chamou? - Jungkook apareceu na porta do quintal. 

- Jungkook! Onde você estava? - Pergunto assustado.

- No telhado! - Ele respondeu indiferente. 

- O que você tava fazendo lá? - Pergunto perplexo, o meu irmão é um ser estranho. 

- Eu gosto de subir lá pra ver as nuvens e pensar um pouco. -Ele respondeu. 

- Eu devia te matar! Quase morri de preocupação menino. - Falo irritado.

- Por que essa irritação toda? - Ele perguntou franzindo o cenho.

- Por causa disso! - Entrego a carta para ele, depois de alguns segundos ele me encara assustado. 

- Ele ameaçou você? Assassino? Meu Deus Jin, a gente tem que se mudar pra outro país! - Ele falou sorrindo. 

- Não brinca com isso, o cara te mandou pro hospital duas vezes e eu e a Jully uma vez. - Digo me segurando para não dar uns cascudos nele.

- Jin eu só acho que isso é uma brincadeira! - Ele falou. 

- Jungkook eu tô com vontade de te socar, não é brincadeira! - Digo preocupado, meu irmão está vacilando com isso.

A porta da frente se abre e a polícia entra, o chefe de polícia vem em nossa direção.

- Vocês estão bem? - Ele perguntou sério. 

- Sim! - Respondo envergonhado.

- Onde estava seu irmão? - Ele perguntou me encarando. 

- Estava no telhado! - Respondo lançando um olhar de raiva para Jungkook. 

- Deixe-me ver a carta. - Ele pediu. Depois de analisar a carta, eles falaram que ele estava falando da Jullyeth, rapidamente ligaram para Derek.

- Eu quero tirar meu irmão daqui! - Digo ao chefe de polícia. 

- Mas onde ele irá ficar? - Ele perguntou. 

- Na casa do Jimin, é longe e seguro. - Digo rapidamente. 

- Tudo bem, mas vou mandar alguns policiais para vigiarem o lugar. -Ele falou e eu concordei. 

Assim que Jungkook saiu, resolvi ligar para a Jully, é claro que não esqueci dela, apenas não tive tempo de ligar, sei que ela está segura, mas agora também sei de quem esse cara tá atrás. Antes que eu faça a ligação, o celular toca, é uma chamada da minha irmã. 

(...)

Jin: - Jully, tá tudo bem por aí? 

Jully: - Errr...Tá sim, por que? Alguma coisa errada aí?

Jin: - NÃO! Não, tá...Tá tudo bem.

Jully: - Então por que está nervoso? 

Jin: - Eu não tô, você que está! 

Jully: - Não tô não! 

Jin: - Cadê o Derek?

Jully: - Saiu pra checar os arredores. Jin: - Ele deixou vocês sozinhos?

Jully: - Sim, mas se certificou que tudo está seguro. 

Jin: - Mesmo assim, é pra ele não tirar os olhos de você! 

Jully: - Onde está o Jungkook? 

Jin: - Na casa do Jimin.

Jully: - Por que você mandou ele pra lá? 

Jin: - Foi necessário. 

Jully: - Jin o que tá acontecendo? 

Jin: - Nada, eu tenho que dá comida para o Cotton, até amanhã.

Jully: - Jin não...

(...)

Desligo antes dela terminar de falar, minha voz estava me denunciando, coloco o celular sobre a cômodo e vou tomar um banho, estou morrendo de cansaço, quero apenas me deitar e dormir um pouco. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...