1. Spirit Fanfics >
  2. My Best Friend (Kim Namjoon) >
  3. Explosão

História My Best Friend (Kim Namjoon) - Capítulo 31


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, seja bem vindo (a) ao meu mundo, onde os pensamentos se tornam realidade. Espero que goste da minha história.

Capítulo 31 - Explosão


Fanfic / Fanfiction My Best Friend (Kim Namjoon) - Capítulo 31 - Explosão

A casa do Jimin estava extremamente agitada, os policias faziam um milhão de perguntas para meus amigos, enquanto eu tentava acalmar o Jin.

- Assim você não vai ajudar! - Digo sério, hoje o Jin resolveu perder completamente o controle. 

- Já faz um dia depois da mensagem que recebi, a nossa irmãzinha está em perigo esses IDIOTAS DE UNIFORME, não fazem nada. - Jin resolveu gritar o xingamento para os policiais. 

- Você quer se preso meu querido? Quer ser preso? - Pergunto olhando sério para o meu irmão. 

- Claro que não! - Ele respondeu ríspido. 

- Então eu acho melhor você se acalmar aí! - Falo me segurando para não dar uns tapas nele, o que seria uma grande falta de respeito já que ele é meu irmão mais velho. 

- Senhor Seokjin. - O delegado se aproximou de nós. 

- Até que enfim, vocês vão buscar minha irmã? - Jin encarou o homem.

- Infelizmente nós não podemos. - O homem respondeu, sua expressão estava desanimada.

Olho para o meu irmão. Essa não, ele está com aquela mesma expressão de quando agrediu o homem do supermercado com a lagosta.

- VOCÊS NÃO PODEM? E O QUE PODEM FAZER? COMER ROSQUINHA RECHEADA COM CAFÉ? - Jin gritou com o homem que o encarou sério. 

- Senhor Jin sugiro que se acalme. - O delegado falou tentando manter a calma.

- EU NÃO VOU ME ACALMAR, NÃO QUERO ME ACALMAR! NÃO ME MANDA EU ME ACALMAR! - Jin estava vermelho igual um tomate.

- JIN PARA COM ISSO! - Não tive escolha a não ser gritar com ele. - Desculpe delegado, eu vou tentar acalmar meu irmão.

- Tudo bem Jeon, faça isso. Eu sei que é uma situação complicada, mas temos que manter a calma. - Ele falou colocando a mão em meu ombro, com pressa arrasto meu irmãos para a cozinha.

A cozinha estava vazia, graças a Deus, solto o braço do meu irmão e ele caminha até a geladeira, pega uma garrafa de vodka e vira de uma vez na boca.

- Me da isso aqui! - Arranco a garrafa da mão dele, esse negócio de ser irmão responsável é bem cansativo, agora vejo o que o Jin passa.

- É minha culpa, eu não deveria ter deixado ela ir! - Ele falou cabisbaixo. - Irmão calma, não foi sua culpa, vai dar tudo certo. - Tento acalma-lo, ele me encara com os olhos marejados. 

- Eu não aguentaria perder um de vocês, não depois dos nossos pais. Vocês são a única família que eu tenho. - Ele falou baixo. 

- Eu sei, e nós vamos ajudar a Jully, mas primeiro se acalme. - Digo. - Eu tenho que falar com o delegado agora, fica aqui.

- Deixa que eu fico com ele Jungkook. - Uma voz grossa surgiu atrás de nós, me viro e vejo Namjoon encostado na porta nos encarando. Fico um pouco surpreso, ele estava escutando nossa conversa?

- Tudo bem, vê se acalma ele! - Saio da cozinha, espero que Namjoon consiga acalma-lo.

- Seu irmão está mais calmo? - O delegado perguntou. 

- Está sim. Me diga por que não podemos buscar a Jully? - Pergunto encarando o homem. 

- Esse cara é esperto, ele sabe onde sua irmã está, e isso significa que alguém o está mantendo informado, se eu mandar uma equipe, ele pode atacar, precisamos fazer isso com calma. - Ele me explicou. 

- Tudo bem, mas temos que traze-los de volta! - Digo preocupado. 

- Vamos fazer isso, mas com calma. - Ele respondeu. 

Assim que a policia foi embora, nossos amigos foram logo atrás, deixando apenas eu, Jimin, Jin e Namjoon na casa, eu não iria deixar meu irmão só e Namjoon não queria nos deixar sozinhos.

- Jungkook? Esse tal de Killer ameaçou o Jin? - Jimin perguntou, ele está deitado no outro sofá. 

- Sim. -Digo apertando os botões do controle da Tv, não quero falar sobre esse assunto.

- E por que você não me falou? Somos amigos! Vocês poderiam ter ficado aqui. - Ele falou chateado. 

- O Jin não contou nem pra nossa irmã, eu não podia contar e colocar mais você em risco. - Respondo sério.

- Vocês também são parte da minha família, assim como Suga, Taehyung, Hoseok, e agora Namjoon, se esse cara tá mexendo com vocês, ele tá mexendo com todos nós. - Ele falou e eu não consegui segurar o riso, ele tá parecendo um vingador.

- Valeu cara. - Respondo sorrindo. Namjoon entrou na sala, ele estava conversando com meu irmão até agora.

- O Jin dormiu. - Falou batendo nas pernas de Jimin e se sentando. 

- Obrigado amigo, acho que vou fazer isso também. Boa noite. -Me levanto. 

- Boa noite. -Eles responderam juntos.

As luzes do quarto já estão apagadas, embaixo da coberta vejo a silhueta do meu irmão, deito do lado dele sem fazer barulho, ele tem o sono de uma princesa, qualquer ervilha caindo no chão acorda ele. Fico um pouco pensando no dia de hoje, na minha irmã, nesse cara e no que ele tem contra a gente, dou uma olhada pro Jin que dorme feito um anjo, então me viro e pego no sono.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...