1. Spirit Fanfics >
  2. My Best Friend (Kim Namjoon) >
  3. O dia do ex.

História My Best Friend (Kim Namjoon) - Capítulo 36


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, seja bem vindo (a) ao meu mundo, onde os pensamentos se tornam realidade. Espero que goste da minha história.

Capítulo 36 - O dia do ex.


Fanfic / Fanfiction My Best Friend (Kim Namjoon) - Capítulo 36 - O dia do ex.

Estou com tanta raiva que sinto meu sangue ferver, tento controlar minha respiração, mas ela está irregular, minhas mãos tremem, não aguento nem olhar para a cara de Hoseok. 

- Não estava com saudade de mim? - Ele perguntou sorrindo. 

- Nem um pouco. Larga meu braço! - Me solto bruscamente dele e o empurro fazendo ele bater com as costas na parede. 

- Que isso Jullyeth? Não diga isso, tenho certeza que você lembra de tudo que passamos. - Ele falou me encarando. 

- Eu lembro sim, mas queria esquecer, por que quando eu fecho os olhos sei que era tudo mentira e ai aquelas fotos e mensagens aparecem na minha mente! - Digo furiosa.

- Eu já falei que aquela garota não significou nada, por que você insiste com isso? Volta pra mim. - Ele me encarou com um expressão entristecida. 

- Idiota, eu nunca mais quero ver você! - Digo balançando a cabeça. 

- Se é isso que você quer, vai ficar feliz em saber que me chamaram para jogar em um time de basquete em outra cidade. Eu ainda não aceitei a proposta, tinha esperança de voltarmos. - Sua voz estava falha. 

- Pois então aceite, quero ver você bem longe de mim. - Digo segurando as lágrimas, não vou chorar na frente dele. De repente as portas do elevador se abrem, saio rapidamente de dentro, mas Hoseok me chama, me viro e o encaro. 

- Jully, apesar de tudo o que eu fiz, você é a única mulher que amo de verdade. - Antes que eu possa dizer algo, as portas se fecham e eu fico olhando as portas de aço fechadas. 

Saio correndo sem prestar atenção no caminho, meus olhos estão cheios d'água, pisco com força para limpar a vista, mas bato em algo com força e caio.

- Jully, você está bem? - Suga perguntou me ajudando a levantar.

- Estou, eu acho. - Respondo. 

- Por que estava chorando? - Ele perguntou me olhando sério. 

- Eu encontrei o Hoseok, ele disse que queria saber se eu ainda gostava dele. Ele vai embora. - Começo a chorar e o abraço com força, ele fica meio sem jeito, e apenas acaricia meus cabelos.

- Tudo bem Jullyeth, você pode conversar comigo se quiser, ou com o Namjoon durante as sessões. - Ele falou calmo. Me afasto dele lentamente, Suga é um bom amigo apesar dele ser meu professor de matemática. 

- Obrigada Yoongi, você é maravilhoso. - Dou um beijo em seu rosto, ele fica vermelho e eu começo a sorrir. 

- Você também é, agora vamos para aula que já vai começar e vamos ter prova em breve. - Ele falou. 

- Sim senhor professor! - Digo sorrindo. 

[...]

A aula de matemática foi incrível, Yoongi fez uma brincadeira muito legal para podermos fixar a matéria na nossa cabeça. Depois tivemos uma aula de história onde fizemos um teatro Espanhol improvisado, foi nossa prova surpresa já que a professora não perdoa ninguém nem no primeiro dia.

Quando o intervalo chegou, fui ao encontro de Jungkook, o esperei na porta da sala dele, os alunos começaram a sair e nada do meu irmão, comecei a ficar preocupada, quando ia entrar ele sai com um garoto do seu lado, eles conversam como se já se conhecessem. 

- Kook você demo.... - Paro estática, não acredito no que estou vendo. Jungkook me encara estranho e vem na minha direção com o rapaz.

- Vejo que lembrou dele! - Meu irmão sorriu. 

Fico encarando o rapaz, cabelos negros com um corte bem baixo, olhos verdes, mas não um verde qualquer, aquele verde da cor da grama dos estádios, um sorriso de lado que se encaixa perfeitamente na mandíbula quadrada e lábios bem vermelhos e carnudos que são raros em rapazes.

- Como poderia me esquecer. - Digo sem tirar os olhos do rapaz. 

- Nossa, sou inesquecível né? - Ele perguntou me dando um sorriso charmoso. 

- Claro, você foi o primeiro garoto que me magoou, mas relaxa, eu não guardo mágoa. Seja bem vindo Alec! - Digo sem expressar nenhuma reação. 

- Ótimo que você não guarda mágoa, pois ele vai lanchar conosco hoje. - Jungkook falou feliz, o encaro com uma vontade terrível de o esganar, é claro que guardo rancor desse babaca, mas eu não posso culpar meu irmão por isso, do mesmo jeito que Namjoon é meu amigo de infância, Alec é o dele, respiro fundo e acompanho os dois, sabia que meu dia seria uma ruína, só não sabia que encontraria meus ex namorados aqui, quase nunca encontro Hoseok, mas hoje encontrei, e o capeta resolveu trazer Alec pra cá, será se pode piorar?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...