História My Best Friend Or Boyfriend - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 20
Palavras 2.645
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ❤
Desculpa a demora

Capítulo 4 - O Coma


Fanfic / Fanfiction My Best Friend Or Boyfriend - Capítulo 4 - O Coma

Depois do acidente, Jimin foi levado as pressas pro hospital por causa que ele bateu a cabeça e ela abriu.

•°•°•° _*Hospital de seul*_•°•°•°

- isso tudo é culpa minha, eu o rodei forte demais, s-se algo acontecer com ele, eu jamais vou me p-perdoa. - diz Yoongi preocupado com o menor.

- o-oi, m-me desculpa encomoda-lo, mais eu estou notando sua aflição, oque aconteceu? - pergunta um senhor que se encontrava ao lado de Yoongi.

- é, que eu e meu amigo estávamos brincando num parque perto daqui, e ele tava num brinquedo que g-gira, eu acabei o rodando forte demais, e ele acabou caindo e bateu a cabeça, e veio muito mal pra cá. E-eu tô me sentindo culpado demais. - ele diz chorando

- é...calma meu filho, tenho certeza que vai tudo ficar bem, só tenha fé. Como chama seu amigo?

- eu acho que nem tenho mais fé. O nome dele é Jimin.

- não diga isso meu filho. Deus ta cuidando do Jimin. Eu falo isso por experiência própria. Quer que eu conte essa história?

- t-tomara. Sim me conte.

- eu quando perdi meus pais, eu perdi totalmente minha fé, eu dizia que Deus nem existia. E eu lembro que ficou eu e minha irmã, ela acabou se tornando minha mãe, pai, se tornou minha família por completa. Eu não tinha animo pra nada, eu fiquei em depressão por um bom tempo. Minha irmã sempre tentava me animar, eu não queria. Minha história é até parecida com a sua filho. Mas num dia, minha irmã passou muito mal, e não...resistiu, mas antes dela morrer ela disse "nunca perca sua fé e jamais esqueça de mim." Eu desabei com aquelas palavras, e jamais vou esquece-las. - ele se emociona ao falar de tudo aquilo.

- é...o senhor tem razão, a sua h-história, é b-bem parecida com a minha. Eu acho que devia aproveitar mais os momentos com o Jimin, ele é tudo eu tenho, meu pai, mãe, minha família...

- sim meu filho. Seu amigo é oque minha irmã foi um dia comigo. Mais uma coisa meu filho, confia em Deus, se for pra ele sobreviver, ele vai, se não meu filho, ele cumpriu oque devia aqui.

- mas ele não pode levar ele, eu tenho que dizer uma coisa a ele. Várias coisas na verdade.

- um dia você vai entender, mais você ainda vai aprender muita coisa meu filho. - ele sorri.

- mas...

- senhor Yoongi? - uma enfermeira aparece e interrompe Yoongi.

- o-oi? Tem notícias do Jimin? Por favor, me diz se ele tá bem.

- eu vim falar sobre ele mesmo. Me acompanhe.

- é...ta. - ele levanta e segue a enfermeira até o corredor do hospital.

- o paciente Jimin bateu a cabeça muito forte, e ele acabou...sofrendo um...t-traumatismo c-craniano.

- n-não pode ser, isso é culpa minha. - ele começa chorar.

- e você vai ter que ser forte.

- não me diz que ele...

- não. Ele entrou e-em...coma. - ela abaixa a cabeça.

- não pode ser AGHH. - ele se senta no chão e começa chorar.

- calma, ele vai ficar bem, nós do hospital, vamos cuidar muito bem dele. Prometo.

- isso é culpa minha, eu não devia ter o rodado forte, eu me odeio. - ele bate na própria cabeça enquanto soluçava dr tanto chorar.

- não é culpa sua, talvez isso tinha que acontecer, por algum motivo.

- OQUE? Você tá me dizendo que o destino dele é isso? Ele tá em...coma, isso não é destino de ninguém. - ele diz alterado.

- calma, não se altere, tem gente olhando.

- EU NÃO ME IMPORTO COM ESSAS PESSOAS ME OLHANDO, QUE SE DANEEEE, o meu amigo tá praticamente morto, e você acha que eu vou me importa com essa gente?

- se o senhor não se acalma, você vai ter que se retirado daqui.

Yoongi repensa na sua atitude e se acalma.

- é...me desculpa, eu tô m-muito triste com isso tudo, por favor me desculpe.

- tudo bem, eu entendo você. É muita coisa pra sua cabeça.

- sim, ele é tudo que eu tenho, e se ele...m-morrer eu me mato, perdi meus pais, se eu perde ele, e-eu não vou suporta.

- ele vai ficar bem. Sinto muito pela sua família

- eu espero que sim. O-obrigado. - ele a olha.

- eu queria muito ficar aqui com você, mas tenho que ir vê-lo, ver se ele deu algum sinal ou algo do tipo

- ta, por favor, me diz como ele vai, se ele melhorou. Só me mantem informado sobre tudo que envolva ele. E cuida bem dele ta? Faz faz tudo pra que ele saia desse coma. - ele diz chorando.

- sim eu lhe aviso absolutamente tudo que envolva ele. - ela sorri.- calma, ele entrou em estado de coma a pouquíssimo tempo, então assim que fizer 24 horas, e ele não responder de algum jeito, vai se iniciar a pior parte, como você sabe, as chances dele nessa fase são poucas. - ela pega na mão dele.

- aí meu Deus m, por favor, nos ajude. - ele diz baixinho.

- olha as últimas 24 horas são cruciais pra ver oque vai acontecer.

- é...tudo bem, vou tentar me acalmar. Mas eu queria tanto vê-lo, tem como?

- infelizmente não, ele tá num estado delicado e não é bom vê-lo agora. Porque não vai pra casa descanse e volta amanhã?

- é, m-mas não quero deixá-lo só.

- ele não vai ficar só, eu e mais alguns médicos vamos ficar o observando a noite toda. Prometo. - ela sorri.

- me promete?

- sim

- ta, assim eu vou pra casa mais tranquilo. Mas se algo acontecer enquanto eu tiver fora, por favor, me avisa o maid rápido possível ta?

- ta, eu aviso sim. Qualquer sinal que ele der eu juro que aviso.

- ta, bom. Bom vou deixar meu número, aí você fala diretamente comigo ta?

- ta, acho melhor. Se caso o diretor do hospital descobrir que eu tô ajudando alguém, eke vai me demitir

- ué, porqur?

- uma longa história, talvez eu te conte outro dia. Mas me dá logo antes que estranhem minha demora.

- ta, É...981097463

- ta bom, como eu disse, qualquer coisa eu te aviso. - ela sorri.

- ta. Muito obrigado. - ele a abraça.

- que isso, eu tô aqui pra isso, mais como você é diferente.

- sim. Mas agora você tem que ir, e eu vou tentar dormi.

- sim, fica despreocupado, ele vai ser bem cuidado por mim.

- ta, confio em você.

- pode confiar. - ela sorri.- agora tenho que ir, antes que estranhem mais ainda.

- ta, também ja vou indo. Amanhã cedo eu tô aqui tá?

- ta, se Deus quiser eke vai ta muito melhor. - ela sorri.

- s-sim. - ele sorri de volta.

- tchau. - ela sorri e sai dê lá.

Pensamento on:

- essa moça é legal demais, sinto que posso confiar nela. Ai Jimin, eu te amo, volta pra mim, preciso de ti, quero dizer o quanto te amo, quero viver o amor que guardo no peito a tanto tempo. Só volta pra mim. Se Deus realmente existir, por favor fassa que o Jimin acorde e não se aprofunde nesse coma.

Pensamento off:

Enquanto Yoongi pensava, escorria lágrimas de seus olhos.

[...]

Yoongi finalmente sai do hospital, pega um táxi e volta pra casa. Durante o percurso até a casa, ele passa pelo parque onde tudo havia acontecido...ele encara o brinquedo por uns segundos até não o ver mais. Depois que ele para de fitar o brinquedo ele fecha os olhos deixando uma lágrima cair.

Minutos depois...

Yoongi finalmente chega em casa, ele desce do táxi, pega a carteira, tira um dinheiro de lá e entrega ao taxista e entra na casa. Ele vai direto ao quarto de Jimin e se senta na cama.

- como queria que tu tivesse aqui Jimin, não queria que nada disso tivesse acontecido, a culpa é minha, onde eu tava com a cabeça quando te rodei forte daquele jeito? Se eu não tivesse feito isso, ele ia está aqui comigo, e ia estarmos felizes. Eu tava sentido vontade de rir e fazer várias coisas, mas perdi a vontade de tudo. Só queria o Jimin aqui. - ele se deita na cama e fecha os olhos que ja estavam cheios de lágrimas.

Pensamento on:

- será qheo Jimin melhorou, ou deu algum sinal, ou acordou? Tomara que sim. Porque se algo acontecesse com ele aquela moça que eu nem sei o nome, ela ia me ligar.

Pensamento off:

Yoongi depois de dois minutos acaba adormecendo.

Algumas horas depois...

Yoongi se espanta no meio da madrugada com um aperto no coração.

- que aperto no coração, e-estranho, nunca havia sentido isso antes. Tomara que teja tudo bem com o Jimin. - ele se levanta da cama e vai até a cozinha beber água.

- perdi meu sono agora, oque vou fazer até 8:00 da manhã? Não sei nem que horas tem. Vou ver. - ele vau até a sala onde havia um relógio.- são 4:15, ta muito cedo, não vou ter oque fazer até 8:00...AHHH que merda, sinto tanta falta do Jimin.

Jimin tinha nem 24 horas no hospital e era notável que isso abalou e tá abalando demais Yoongi, e se Jimin ficar anos no coma? Como Yoongi vai viver? Ele vai suporta ficar sem o melhor amigo dele durante anos?

Yoongi volta pro quarto, se deita na cana e fica fitando o teto até o sono vim.

Minutos depois....

O sono finalmente chega a Yoongi e ele volta a dormi.

[...]

•°•° _*Casa do Jimin. - 7:15*_ •°•°

O despertador toca e Yoongi se acorda num susto, ele se senta na cama e põem a mão no rosto.

- ah que sono. Vou ver se o Jimin já acordou, ah lembrei que...então não foi um pesadelo. Ah Jimin, tomara que você tenha acordado. Pera cadê meu celular? Ah ta aqui. - Yoongi pega o celular e assim que liga, ele vê 5 chamadas perdidas de um número desconhecido.- oh oh, t-tomara que não tenha sido a menina di hospital. Espero que não seja nada com o Jimin. - ele levanta e vai até o banheiro tomar um banho pra ele ur pro hospital ver como Jimin tá.

[...]

Depois que ele termina seu banho que por sinal foi demorado. Ele segue até o closet veste uma camisa preta escrita "Supreme" na frente e pega uma calça jeans cinza rasgada nos joelhos e as veste...depois ele vai até a cozinha comer algo antes de ir ao hospital.

[...]

Yoongi termina um sanduíche que tinha feito com algumas coisas que tinha achado pela cozinha. Depois ele segue pra fora da casa.

- acho que peguei tudo, pera esqueci meu celular. - ele volta até o quarto pega seu celular e volta pra fora da casa...enquanto ele fechava a porta na chave, Jungkook passa e avista o mesmo trancando a porta:

- YOONGI!!

Yoongi vira na mesma hora e vê que era Jungkook, ele revira os olhos e volta a se concentrar no que tava fazendo. Jungkook não conformado com o vácuo ele vai até Yoongi

- o-oi Yoongi...tudo bem?

- oi Jungkook, tudo sim.

- ah que bom. É...cadê o Jimin? Eu vim aqui ontem, mas não tinha ninguém, e eu liguei várias vezes pro celular dele e ele não atende.

- é...que...

- que?

- vou ser sincero contigo. Sim, aconteceu algo com o Jimin, mas não da pra contar agora. Mas depois tu liga pro celular do Jimin mais uma vez, eu vou atender e te explicar.

- m-mas oque aconteceu?

- depois nós conversamos. Tenho que ir agora.

- tu me deixou preocupado.

- tu não queria saber? Eu falei ué.

- m-mas eu não sabia que algo tinha acontecido com ele.

- é, mas infelizmente aconteceu...

- porque não me diz logo?

- porque eu tô com pressa. Mas tu não quer parar de falar.

- calma. Eu só tô preocupado com o Jimin.

- se tu quiser saber, faz oque eu disse. Agora se não quiser, posso fazer nada. Ah Jungkook tchauuu. - ele se vira indo até a rua e faz sinal prum táxi que tava vindo e entra....

- t-tomara que não tenha acontecido nada grave com o Jimin. Não entendi porque o Yoongi não quis logo me falar, e o porque deu ligar pra ele pra ele poder me avisar. Bom seja lá oque for, eu vou logo ligar pra ele. - Jungkook sai de lá e volta pra casa dele.

Enquanto isso...

Yoongi continuava a caminho do hospital, ele tava apreensivo, nervoso etc. Mesmo assim ele tentava disfarça de todas as formas cim um sorriso falso no rosto.

Pensamento on:

- eu espero que o Jimin teja acordado, tenho certeza que ele deu um sinal. Ele tá bem. E eu vou ter que falar a verdade praquele irritante do Jungkook. Aff. De qualquer forma, ele vai descobrir, então eu vou contar a verdade pra ele mesmo que eu não queira.

Pensamento off:

O táxi para na frente do hospital, Yoongi desce paga homem e entra no hospital, e vai direto recepção perguntando pelo Jimin.

- é, oi, queria saber do paciente j-. - Yoongi vê que a moça de ontem tava vindo no corredor.- nada esquece. - ele vai até a mesma. - o-oi lembra de mim né?

- ooi, lembro sim. Preciso que venha comigo, agora.

- aconteceu algo com o Jimin?

- é...venha comigo

- por favor me diz que não é nada demais.

- por favor me escuta. - Yoongi a olha com os olhos cheios dr lágrimas. - o Jimin ele...não deu nem um sinal, e ele não acordou, e...ele entrou num estágio m-mais avançado do coma, e as chances dele sair são mínimas. - ela abaixa a cabeça após da a notícia.

- MÍNIMAS QUANTO? - Yoongi diz desesperado.

- é...5%

Yoongi se desespera mais ainda e começa chorar...

- eu não queria te dá essa notícia, mas infelizmente não aconteceu oque queriamos.

- e-eu não vou aguentar, ele não devia tá nesse estado, QUEM DEVIA TA ERA EU. NÃO ELEE

- calma, eu já tw disse, isso não é culpa sua.

- É SIM. Ele tá praticamente MORTO e eu o MATEII.

- não se culpa, você ta se torturando atoa.

- não é atoa. É...e-eu posso vê-lo? Por favor pelo menos isso

- tá, vem comigo.

Eles vão até a sala onde Jimin estava. Yoongi quando entra na sala, e vê Jimin com vários aparelhos pelo seu corpo, um curativo enorme na cabeça inteira que tapava a metade de seu olho. Aquilo partiu mais o coração do pálido. Ele vai até Jimin e se ajoelha perto de seu rosto:

- o meu amigo, queria tanto que tu tivesse acordado, queria poder te abraçar, te pedir perdão, por ter sido um idiota por tanto tempo contigo. E-eu prometo que eu vou fazer de tudo pra ti sair desse coma, e-esses 5% de chance vão se torna 100% ta? E me perdoa por ter feito tu ta aqui, quem devia ta era eu. Tu não merece isso.

- é...me desculpa interromper, mas temos que ir. Os médicos vão observa ele durante um tempo e fazee alguns exames.

- t-tudo bem. Eu volto depois. Tchau Jimin, te amo. - ele sussurra eu te amo no ouvido dele.

- ta, mas agora vamos.

- vamos. - ele se levanta e sai dê lá chorando.

- olha aquilo que você disse lá dentro, foi emocionante demais, eu vou te falar uma coisa. Você tem que estimular os neurônios dele, pra ele poder sair desse coma mais rápido

- m-mas como?

- eu já vi várias pessoas conversa com eles, como se elas não tivessem nesse estado entende? Isso estimula os neurônios e as chances aumentam muito mais, e eu tenho certeza que se tu vim e conversa com ele todo dia, conversa sobre qualquer assunto, sobre oque ta acontecendo no mundo essas coisas entende? E eu sei que tu ama demais ele, e ele também. - ela pega na mão dele e sorri.

- é? Eu fasso sim, oque preciso for eu fasso. Só quero que isso acabe.

- então faz isso.

- ta, fasso sim.

- bom tenho que ir ver outros pacientes ta? Nós se esbarra por ai. - ela sorri.

- com certeza. - ele sorri de volta.

- tchau. - ela sai dê lá.

Yoongi se senta no banco que fica ao lado da sala onde Jimin ta.

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse cap.
Desculpas os erros
E me desculpem se oque eu falei sobre o "Coma" tenha nada a ver com o coma da vida real, mas eu não sei nada sobre medicina kk
Até o próximo
Para o próximo cap. Tenho umas idéias bem legais, espero que gostem
Ah mas um aviso. Bom o próximo cap vai demorar mais um pouco a sair blz? Não muito mas vai demorar um pouco pra sair.
Flw❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...