História My Best Friend |Shawn Mendes & Leigh-Anne Pinnock| - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias Cameron Dallas, Harry Styles, Little Mix, Shawn Mendes
Personagens Cameron Dallas, Harry Styles, Leigh-Anne Pinnock, Shawn Mendes
Tags Cameron Dallas, Harry Styles, Leigh-anne, Romance, Shawn Mendes
Visualizações 73
Palavras 1.472
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Dupla atualização 😍😂

Capítulo 31 - 29


|Capítulo anterior |

Ele não disse nada, o que doeu-me ainda mais.

Quem cala, consente.

Ele pegou a mala e saiu. Me aproximei da janela e vi seu carro desaparecendo pouco a pouco.

Me joguei no chão chorando como se não houvesse amanhã  e me abracei tentando fazer aquela horrível dor ir embora. A dor de um coração partido... Várias vezes pela mesma pessoa.

[...]

Acordei deitada na chão do meu quarto, me levantei devagar e resmunguei ao sentir uma dor na minha costa.

Caminhei até o quarto de Elizabeth e a vi dormir em sossego.

Dei meia para voltar para meu quarto quando senti uma dor aguda na barriga, soltei um grito de dor e me sentei sobre minha cama. Olhei para minha barriga e me apercebi que o bebê não parava de mexer.

-Calma por favor. - digo quase chorando de dor.

Peguei meu telefone e liguei para o primeiro número que me veio a mente.

– Alô? – a voz de Harry soou do outro lado do telefone.

–O bebé... Eu não estou me sentindo bem Harry. – digo com a voz chorosa.

–Calma, eu já estou chegando. –disse e eu desliguei sentindo que eu não conseguia falar mais.

–Mamãe não está bem? –perguntou Elizabeth entrando no quarto preocupada. Os meus gritos devem ter acordado ela.

Ouvi a porta da entrada sendo aberta e tentei me levantar, sem sucesso.

Vi Harry entrando e um alívio me atingiu.

–Você saiu do hospital sem alta? – pergunto preocupada.

–Eu tive alta ontem. –disse e me pegou ao colo ao perceber que eu não conseguia andar. –Elizabeth desce e abre o meu carro por favor. –pediu e Elizabeth se despachou e fez o que o Harry disse.

–Ah porra! –grito de dor e ele ficou com medo e correu até o carro me instalando no fundo. Foi uma questão de minutos até chegarmos ao hospital.

[...]

–Aonde está o Shawn?! –questionou Harry sentado numa cadeira ao lado da minha cama.

–Ele foi de férias. –minto e ele acenou acreditando na minha mentira.

–Você ouvi o que o médico disse, você está muito estressada e isso faz mal ao bebé. –disse e eu afirmei. –Portanto vou contratar uma enfermeira para cuidar de você até o parto. –acrescentou e eu franzi o cenho.

–Não é preciso. –solto e ele rolou os olhos. –Shawn vai voltar. –acrescento.

Ele me encarou raivoso e se levantou.

–Eu sou o pai dessa criança, não o Shawn portanto sim, eu vou contratar uma enfermeira Leigh. –disse e eu revirei os olhos por causa do seu tom mandão.

[...]

|3 semanas depois|

Desde aquele dia no hospital eu tenho mesmo uma enfermeira que cuida de mim também comecei a trabalhar em casa para evitar de sair muito, resumindo eu tenho ficando em casa quase todos dias para não prejudicar o bebé. Nem levava Elizabeth a escola, Harry insistiu em levar e trazer ela e eu acabei por ceder depois de horas de discussão com ele.

Por falar em Elizabeth, bem ela está feliz com a ideia de ter um irmão. Ela até me ajudou a fazer o seu quarto juntamente com Harry. Aquele momento foi muito divertido.

//Flashback on ~ 1 semana atrás~ \\

Os móveis que eu encomendei na Internet tinham finalmente chegado.
Mandei os homens que trouxeram os móveis de os por no quarto de hóspedes vazio que iria se tornar o quarto do meu filho.

Ataquei os móveis e comecei a montar e como vocês podem imaginar, eu não consegui montar nem um. Harry chegou minutos depois de ter apanhado Elizabeth na escola.

Vendo que eu não respondia ele subiu a minha procura e deu de caras comigo e um monte de móveis para montar.

–Precisa de ajuda? – perguntou se apoiando no batente da porta rindo.

–Preciso. –respondo fingindo estar chateada por ele estar rindo de mim.

Elizabeth veio ter connosco e montamos todos os móveis até as 2 horas da manhã. Jantamos pizza como tínhamos a mania de fazer e marcamos um dia para pintar e arrumar tudo direitinho para o bebé.

//Flashback off\\

Sorri ao lembrar desde momento mas fui trazida a realidade ao ouvir alguém tocar a porta. Desci e abri a porta dando de caras com Shawn.

Já fazia 3 semanas que eu não o via mas a raiva ainda estava presente.

–Bom dia. –disse e eu o encarei com raiva.

–Bom dia, quer o quê? –questiono e ele coçou a nuca sinal que estava desconfortável.

–Ver Elizabeth. –disse e eu assenti o deixando entrar.

–Ela vai chegar daqui uns minutos. –respondo e volto para o meu escritório aonde eu trabalho agora.

Minutos depois ouvi a voz de Elizabeth soar na sala e fui até la para ficar de olho em Shawn.

–Eu venho buscar ela amanhã a mesma hora para a levar para a escola? –perguntou Harry olhando para Shawn com desprezo.

–Sim. –respondo e ele assentiu.

–Não. –Shawn interveniu e ambos olhamos para ele. –Eu posso levar a minha filha a escola.

–Ok então. –disse Harry com os punhos fechados saindo fechando a porta com força.

–Minha filha? –Elizabeth sussurrou completamente perdida.

Olhei para Shawn fora de mim e contei toda a verdade para Elizabeth e desta vez ela não agiu como a primeira vez, desta vez ela ficou muito chateada comigo e tive que mandar Shawn embora para não fazer nenhuma loucura.

No dia seguinte Shawn veio buscar Elizabeth mas ela se recusou a ir com ele e tive que ligar para Harry.

–Vamos já estamos atrasados– Harry disse pegando Elizabeth ao colo e a pondo no carro. –Eu te trago ela a mesma hora Leigh. –disse e eu assenti e sorri para ele. Um sorriso que foi correspondido.

Fiquei a porta olhando o carro desaparecer pouco a pouco e voltei para dentro vendo Shawn bebendo whisky como se fosse água.

–Para. –digo e tiro a garrafa das suas mãos. –Shawn! –gritei o vendo cair no chão.

Revirei os olhos ao perceber que ele estava bêbado e o puxei até a casa de banho mais próxima e o meti sentado no vaso sanitário.

–Oh isso me lembra algo. –sussurrou e eu o encarei me lembrando também. –Foi nesse dia que eu tive a certeza que você gostava de mim. Sonhou comigo e ainda disse que foi com o Cameron. –soltou e meu coração disparou.

–Isso é passado agora. –digo e ele riu e me puxou para ele fazendo com que eu me sentasse em cima dele.

–Desculpa. – murmurou e pousou seus lábios sobre os meus. Tentei me afastar mas ele não me deixou e passou seus braços ao redor da minha cintura me puxando mais contra ele.

Nós separamos por falta de ar e eu me afastei dele bruscamente.

–Não faça isso. –digo ainda abalada. –Nunca mais. –acrescento e ele assentiu e tomou banho enquanto eu preparava uma roupa para ele.

Ele acabou por ir embora depois de se desculpar outra vez e eu aproveitei para dormir um pouco já que a noite esse bebé decide de ficar acordado e me impede de dormir. Só acordei ao meio dia e fiz um almoço rápido.

Senti meu celular vibrar e vi que Harry tinha me enviado uma mensagem. Era uma foto dele e Elizabeth com um peluche que eles compraram para o bebé. Ele deve ter ido buscado ela para almoçar fora.

Um leve sorriso se formou nos meus lábios só ver aquela foto tão fofa. Até parecia que nada tinha mudado, que éramos como antigamente, uma família.

Meu sorriso murchou um pouco mas eu ignorei, é a minha culpa se nada é como antes.

O resto da tarde, fiquei no escritório a trabalhar e receber pacientes.

Harry deixou Elizabeth em casa com o peluche e se foi porque tinha coisas importantes a fazer. Estranhei o fato de ele me dar justificações, ele nunca fazia isso.

–Então como foi seu dia hoje? –perguntei a Elizabeth enquanto preparava um lanche para ela.

–Foi muito fixe! Até conheci a nova namorada de papai. –disse e eu arregalei os olhos.

–Namorada? –pergunto fingindo não estar interessada em saber.

–Sim, ela se chama Laura. –disse e mordeu o pão francês que estava sobre a mesa.

–Nome bonito. –sussurro e senti uma leve inveja. –Como ela é? –pergunto e Elizabeth riu antes de revirar os olhos.

–Porquê todas essas perguntas mãe?

–Nada, só curiosidade. –Me defendo levantando as minhas mãos no ar em sinal de rendição.

–Ela se parece um pouco com você. –disse e eu abri a boca surpresa.

–Muito bem, espero que ele seja feliz. –digo com um sorriso forçado.

–Você está com ciúmes. –disse saindo da cadeira e indo para seu quarto.

–O quê? Não! Ciúmes?! Eu?!

–Você está definitivamente com ciúmes mamãe. –cantarolou até o seu quarto.

–Eu não estou com ciúmes. –murmurei para mim mesma enquanto arrumava a bagunça que eu tinha feito na cozinha.

 


Notas Finais


GENTE LINDA DO MEU CORAÇÃO ❤️ Gostaram do capítulo? Espero que sim 😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...