História My BestFriend (Imagine Eunwoo) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias ASTRO
Personagens Eunwoo, Jinjin
Tags Astro, Chaeunwoo, Dongmin, Eunwoo, Jinjin, Jinwoo, Romance
Visualizações 87
Palavras 1.253
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei com mais um capítulo fresquinho!! Agradeço a todos os favs, sério vcs são os melhores! 💜 E ESSE COMEBACK? QUEM MAIS TA SURTANDO?? Super amei o cabelo do JinJin 💜 Vamos dar muito amor ao Astro, super anciosa porque é meu primeiro comeback!! Boa leitura 💜

Capítulo 3 - Capítulo 3


–Eu gosto de você (S/n). -Eunwoo me olhava sério e meu coração estava disparado, eu não sabia o que dizer ou reagir, quer dizer, a quanto tempo ele tem guardado isso para si?

–Eunwoo... A quanto tempo... Desde quando? -Eu não sabia se esse era o tipo certo de reação mas eu nunca tive ninguém que se confessasse para mim! A não ser que quando você tivesse cinco anos conte.

–Eu não sei te dizer, mas já faz um tempo. -Ele disse se deitando. Já faz um tempo quanto? Desde que nos conhecemos no primeiro ano? Talvez depois de dois anos?

–Você tem certeza sobre isso? Quer dizer, somos melhores amigos, talvez você tenha se confundido! -Tentava bolar alguma coisa coerente que pudesse fazer sentido, porque tudo aconteceu tão de repente!

–Eu não me confundi. -Ele se sentou novamente na cama e se aproximou, meu coração estava batendo tão rápido que fiquei com medo dele escutar. Ele pegou minha mão e colocou em seu peito, por cima da camiseta, lógico, seu coração batia tão rápido quanto o meu, olhei para ele e pude notar suas bochechas um pouco coradas, quase nada.

–Eunwoo... -Eu não sabia o que dizer, ele apertou mais minha mão e deu um pequeno beijo nela.

–Eu sei que foi de repente tudo isso, você acabou de se confessar para o Jinwoo, mas eu tinha que te dizer o que sinto também. E quero te fazer uma proposta, o que me diz? -Eu não podia dizer que aceito sem nem saber do que se tratava.

–Depende, me diz primeiro o que é e eu te digo se aceito. -Ele sorriu.

–Três encontros. -Ele disse simplesmente, mas isso não me soou bem.

–Como assim?

–Vamos sair em três encontros, não todos no mesmo dia é claro, depois dos três eu quero que me diga se algo mudou entre nós, e eu quero que você me veja como um homem e não um amigo. -Essa com certeza era a maior maluquice que eu já havia escutado!

–Eunwoo, você não sabe o que está dizendo! -Ele deu risada e eu comecei a realmente me preocupar.

–Está com medo de se apaixonar? -Fiquei sem falas, eu não tinha medo!

–É claro que não, mas você está dizendo isso só para que eu possa aceitar. -Ele se levantou e colocou o tênis que estava jogado no chão.

–Vou te dar até o final do dia para que me dê a resposta, em todo caso se você disser não, eu vou tentar que conquistar de qualquer jeito. -Disse simplesmente pegando a bolsa.

–Eunwoo, não faça isso comigo, meu coração é fraco. -Ele sorriu e me deu um beijo da bochecha.

–Vou estar com o celular na mão caso você me ligue ou mande mensagem. -Saiu do quarto.

Meu coração batia tão rápido que eu fiquei com medo que ele saísse do peito, eu estava tão confusa com os acontecimentos das últimas cinco horas que não sabia se era apenas um sonho. Fiquei triste de repente, a quanto tempo ele gostava de mim? Eu sempre estava falando sobre o Jinwoo com Eunwoo mesmo ele gostando de mim, eu deveria ser um monstro! Ele me ajudava a conseguir alguns poucos segundos de conversa com Jinwoo... Ele sempre estava do meu lado mesmo com o coração disparado, a quanto tempo ele sente tudo isso e eu nunca notei? Que tipo de amiga eu sou?

Ouvi a porta da sala se abrir e desci correndo em direção a minha mãe, ela estava com algumas sacolas de compras em seus braços e tentava fechar a porta.

–Oi mãe. -Peguei uma parte das sacolas levando até a mesa.

–Oi, já almoçou? -Ela perguntou enquanto eu guardava as coisas em seus lugares.

–Já, Eunwoo estava aqui comigo. -Ficamos conversando por alguns minutos até eu lhe fazer uma pergunta. -O que você acha do Eunwoo?

–É um bom garoto, ele é educado, gentil, bonito e sempre nos tratou bem, porque? -Estranhou a pergunta. Eu deveria dizer a ela sobre o que aconteceu?

–É que aconteceram algumas coisas... Resumindo tudo, ele disse que gosta de mim. -Olhei para minha mãe mas ela não parecia surpresa.

–Ah, jura? -Ela foi andando em direção ao seu quarto e eu corri para alcançar ela.

–Você sabia e não me contou?! Ele te falou? -Puxei na sua cama enorme e macia, eu queria uma assim também.

–(S/n), sejamos sinceros, estava na cara que ele gostava de você, não sei como nunca percebeu isso, acho que até os pais dele sabem. -Fiquei abismada, quão era o tamanho da minha burrice?

–Mas mãe! Me ajuda, eu não sei o que fazer. -Ela arrumava o pouco de roupa que estava em cima da cama.

–O que ele te disse? -Perguntou.

–Que gosta de mim já faz um tempo, e me propôs a ideia de irmos a três encontros e ver no que dava. -Ela parecia feliz com tudo isso.

–E o que você respondeu? -Disse curiosa.

–Eu disse que ia pensar, você sabe que tinha o Jinwoo até hoje de manhã! -Ela se deitou ao meu lado.

–Porque até hoje de manhã? Aconteceu alguma coisa?

Expliquei para ela tudo o que havia acontecido nos mínimos detalhes, e ela ficou um pouco brava com o Jinwoo, mas deixou isso de lado, expliquei para ela que eu não poderia simplesmente sair com o Eunwoo porque iria parecer que eu estava usando ele para esquecer outro.

–Mas você não está usando ele para esquecer o Jinwoo, está? -Ela me olhou com a sobrancelha arqueada.

–Lógico que não! Mas quanto eu devo ter machucado ele falando sempre de outros garotos? Não que sejam muitos, mas eu realmente estou me sentindo culpada... -Fechei os olhos.

–Se você não fez de propósito tenho certeza que ele entende, e agora quer ter a chance de poder te conquistar, Eunwoo é um bom garoto e tenho certeza que se derem certo vocês serão felizes, se não der, vocês continuarão melhores amigos. Você tem medo que tudo mude certo? E é exatamente isso que ele quer, dê uma chance a ele. -Ela disse me estendendo o celular.

–E se não der certo, ele vai ficar magoado. -Peguei o celular.

–Ficará magoado por um tempo, mas depois ele vai entender que não deu certo, tenho certeza que os dois ficarão mais tristes se nunca tentarem. -Olhei o bloqueio de tela que era uma foto de nós dois num parque de diversões segurando uma maçã do amor que eu havia insistindo que queria comer uma e ele logo me comprou.

Procurei seu contato e apertei, estava chamando e quando eu iria desligar com medo que estivesse ocupado, ele atendeu.


–Alô, (S/n)? -Sua voz estava um pouco abafada e escutava claramente seus irmãos conversando ao fundo.

–Oi Eunwoo, eu te liguei por causa de hoje, a conversa de mais cedo. -Escutei ele fazer um breve “aah”.

–Está tudo bem, espero não ter estragado nossa amizade, ou que algo tenha mudado. -Sua voz parecia um pouco mais triste e baixa, me xinguei mentalmente por fazer ele sofrer.

–Eu quero que ela mude! -O outro lado da linha estava mudo, não conseguia sequer escutar seus irmãos conversando mais. –Eu quero que nossa amizade mude, Eunwoo.

–Você está dizendo que... Que aceita os encontros? -Acenti mesmo sabendo que ele não conseguia ver.

–Amanhã você me busca? -Ficamos conversando mais um pouco e pude perceber que ele falava alegre como se estivesse dando um grande sorriso do outro lado da linha, e eu realmente queria ver esse sorriso.


Notas Finais


E então?? O que acharam?? Comentem por favor, isso sempre deixa super feliz! Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...