História My Blood - Jikook - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias 2PM, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, SHINee, TWICE
Personagens BamBam, Chaeyoung, Chansung, Dahyun, Jackson, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jihyo, Jinki Lee (Onew), Jinyoung, Jisoo, Jonghyun Kim, Jung Hoseok (J-Hope), Jungyeon, KiBum "Key" Kim, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Mina, Minho Choi, Momo, Nayeon, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Sana, Taemin Lee, Tzuyu, Youngjae, Yugyeom
Tags 2pm, Abo, Blackpink, Bts, Got7, Jikook, Jimin, Jungkook, Namjin, Sangue, Twice, Vampiros, Vhope, Yoongi
Visualizações 23
Palavras 1.636
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Isso é um universo que Junta, vampiros e Abo, assim se tornando algo mais complexo e difícil de se entender, porém, deixem nos comentários perguntas se tiverem dúvidas sobre isso ou até qualquer coisa da Fic.

Mas como breve explicação, os vampiros também podem ser alfas, betas e ômegas, mas quando eles mordem alguem, pode ser para chupar o sangue ou marcar, mas isso depende do que ele queira fazer.

Ai você fala: mas no ABO quer dizer que ele é um homem lobo, tipo um lobisomem, então como ele pode ser isso e vampiro ao mesmo tempo?

Bom, só pode... Ele é sim os dois ao mesmo tempo, por que no caso Ômegas, alfas e betas são os normais da sociedade como os humanos e os vampiros lendas, so muda que os humanos na verdade podem ser Ômega, beta ou Alfa!

Mais duvidas, deixem nos comentários!

Capítulo 1 - Introdução!


*Jimin on*

Eu sou Park Jimin, um ômega delicado que realmente diz respeito a raça. Bom, minha relação com meu pai, na verdade a gente não se falava muito, ele trabalhava dimais, só que um dia ao perder um emprego, disse que teria que viajar para longe, mas não queria me levar para que não passa-se dificuldade junto com ele.

Eu de primeira não concordei com essa decisão, mas parece que a minha opinião não foi muito valida, então no fim tive que aceitar a proposta de meu pai que sucedia no seguinte caso: eu teria que ficar morando com 6 garotos que meu pai dizia que eram amigos, até que o mesmo voltasse já tendo o dinheiro pra bancar nos dois e que pudessemos sobreviver no lugar que ele estivesse trabalhando.

Mas o que me preocupa é que meu pai nunca sequer me falou desses amigos, então eu tinha medo de como seria o caráter dos mesmos.

Mas não é como se isso importasse agora, afinal eu ja estou na porta da "mansão" em que supostamente eles moravam, eu não sabia que seria uma mansão, mas gostei bastante desse detalhe.

*Park Sonhyun*

Eu tenho um filho de 17 anos, um ômega, chamado Park Jimin, nós dois viviamos sozinhos, afinal, minha ômega morreu a muito tempo, digamos que ela sofreu um acidente de carro e faleceu, então eu cuido sozinho de Jimin deis de que ele era bem novinho, eu sempre trabalhei muito, mesmo querendo dar mais atenção a meu filho, isso não era possível, pois eu tinha que trabalhar para sustenta-lo.

Eu recebi uma oferta de emprego em outro país, mas eu não sabia se realmente iria dar certo e muito menos se não era uma farça, então eu não queria levar Jimin, já que se alguma dessas duas possibilidades fossem acontecer, eu iria passar por dificuldades, e consequentemente colocar o meu filho na pobreza junto comigo, então por acaso, um dia, em uma rua sombria, me veio uma pequena oportunidade não tão confiável, mas a qual me agarrei pois me parecia a única possibilidade.

*3 semanas atras*

Eu estava andando pelas ruas meio cambaleante, sim, eu estava bêbado, afinal, eu precisava acalmar meus nervos e preucupações, eu havia perdido meu emprego e isso me abalou muito, pois eu sequer sabia como eu iria sustentar a meu filho, então andando pelas ruas, ao olhar para um bar, ele me pareceu bem sedutor, eu não era homem de beber, mas isso parecia ser algo bom para acalmar aos meus nervos.

A rua não havia ninguém, absolutamente ninguém, e eu até mesmo havia esquecido onde ficava a minha casa de tão bêbado que estava. Até, alguém aparece do nada ao meu lado, eu me viro assustado, vendo uma figura encapuzada, e logo por algum motivo a mesma aproximou-se de mim de uma forma estranha, e então fincou suas presas no meu pescoço e eu pensei "não estou entendendo, sou um alfa! Algum alfa está tentando me marcar? Deve estar mais bêbado do que eu" mas meu sangue começou a ser sugado e eu percebi que aquilo era uma loucura, sera que estava sendo atacado por um "vampiro"? E assim minha visão fica turva e eu desmaio.

*No outro dia*

Acordo e percebo estar em uma cama macia, com um cara com uma expressão bastante angelical na minha frente, parecendo estar preucupado, só então percebo que minha cabeça doía, começo a ter lembranças da noite passada.

???: Você está bem?

Eu: e-estou...

???: Noite passada te encontrei desmaiado na rua, parecia bem mau, então te trouxe para ca!

Eu: mas, não havia ninguém? Tipo... Um vampiro ao meu lado?

???: Vampiro? - ele ri. - não, não havia nada disso!

Não deve ter acontecido nada mesmo, talvez eu tenha alucinado por estar muito bêbado.

Eu: Obrigada por me salvar!

???: Tudo bem, não podia deixa-lo lá! Me chamo Jin, Kim Seokjin...

Eu: eu me chamo Park Sonhyun... Park.. - me lembro de meu filho, meu deus, eu passei o dia fora de casa, ele deveria de estar louco de preucupação. - bom, como posso te recompensar por ter me salvado.

Jin: Não preciso de nada!

Eu: por favor, ficarei ofendido... Eu te reconpensarei econômicamente a você por isso! Por favor, aceite! Mas... Eu ainda não tenho dinheiro!

Jin: Como sem dinheiro? Você... Perdeu o emprego?

Eu: sim - até estranho o fato de que ele parecia ter lido a minha mente. - eu preciso viajar pois me deram uma oferta de emprego, mas não posso levar meu filho, ele sofreria se a oferta fosse falta.

Jin: Você pode deixa-lo comigo, digamos que eu sou pai de 4 crianças, não vai ser incomodo mais 1 na família.

Eu: Sério? Mas...

Jin: eu te salvei, confia em mim, pode deixa-lo conosco, e depois voltar!

Depois dessa conversa e de eu aceitar a oferta volto para casa, mau abro a porta e vejo meu filhote pular em cima de mim com os olhos cheios de lágrimas.

Jimin: Appa, pensei que tinha acontecido algo, você não voltou noite passada, eu estava preucupado. - ao ouvi-lo soluçar de tanto chorar faço carinho em seus cabelos e então percebo que eu realmente não poderia levar aquele ômega tao frágil junto a mim.

Eu: Eu estava resolvendo os negócios que preciso para arranjar um emprego filho, só isso, desculpe lhe preocupar.

*Flachback off*

E foi assim que eu decidi que meu filho ficaria com um estranho, mas eu não tenho escolha, eu não tenho amigos, e é a única pessoa que posso confiar, confiar meu tesouro a um desconhecido, meu coração dói muito.

Agora me encontro parado na frente da mansão, olho para meu filho e deixo um beijo singelo em sua testa.

Eu: vai com Deus filho, não se esqueça que te amo.

Ele sai do carro com suas malas depois de se despedir igualmente de mim, parando na porta daquela enorme mansão, assim vendo que a porta logo foi aberta saio com o carro, para me entregar ao mundo, tentando de todas as formas não chorar por ter deixado meu filho ali.

°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•


*Jimin on*

Quando bato na porta da casa, logo ela se abre mostrando um rosto angelical de um moço, um ômega

Eu: Anyeonghaseo!

Jin: Ola, eu sou o Jin, bom, parece que você é ômega também, que legal! Mas um ômega pra família, já que de ômega aqui só tem eu e o Hope! Entre, fique a vontade!

Me curvo em forma de agradecimento entrando na casa que nem um pinguim pela mela que eu carregava estar extremamente pesada, então quando Jin percebe o peso pega a mala de minhas e me ajuda a entrar.

Quando entro já dou de cara com uma sala de estar enorme, que por acaso daria 3 vezes a minha antiga casa de tão grande, num sofá enorme no canto dela eu via um garoto branco, pelo cheiro, um alfa que lia um livro tranquilamente, logo o mesmo olha pra mim de soslaio o que me deixa meio amedrontado.

As coisas pioram quando ele rosna pra mim e eu me encolho.

???: Um ômega novo pra casa, eu adoro isso, essa submissão dos ômegas, é encantadora. - ele anda até mim, pegando meu braço sem nenhuma permissão, impedindo meus movimentos e então cheira meu pescoço, o que me faz soltar um pequeno gemido.

Jin: pare Yoongi, olha que primeira impressão você esta causando no garoto.. já não basta o Namjoon ter feito aquilo só por estar sedento por sangue e agora termos que cuidar do garoto. - fala Jin bravo, e eu não entendo nada.

Logo o tau Yoongi se afasta e vejo um garoto, ômega descer as escadas.

???: Nossa, o hóspede chegou... - ele desce as escadas desageitamenta animado e vem apertar minha mão - seja bem vindo, sou Hoseok, que bom ter mais um ômega por aqui! 

Eu: m-meu nome é Jimin - me apresento timidamente.

Hoseok: ele está tão encolhido, foi você ne Yoongi, ja assustou o menino...

Yoongi: eu nem sequer trisquei no seu sangue ainda.

Hoseok: bom mesmo!

Eu: Sangue? - pergunto extremamente confuso.

Hoseok: sim, você não sabia? Somos Vampiros!

Eu: mas vampiros não existem!

Por algum motivo todos eles presentes riem depois que eu falo.

Jin: você entrou no meio de uma floresta meio assustadora e veio até uma mansão em um lugar bastante isolado, vampiros vivem isolados, por isso a população não sabe da existência deles, mas o Namjoon pisou na bola e agora você sabe!

Eu: mas... Eu não acredito nessas coisas! - falo com medo de realmente ser verdade!

Quando começo a dar paços para tras e percebo bater em algo que não parecia ser uma parede e sim um abdômen.

Yoongi: Vou lhe mostrar que somos - depois de falar isso ele finca suas presas no meu pescoço sugando meu sangue.

???: Pare de assusta-lo Yoongi! - diz uma voz de um alfa original, o que fez meu corpo estremecer por completo.

Yoongi se afasta exatamente naquele momento, parecia temer, afinal a força de um lupus nem se compara a de um alfa normal. Ouso virar meu rosto assustado para o dono daquela voz que me provocava calafrios, vendo um moreno extremamente lindo, que se encontrava encarando Yoongi da escada. Eu não sabia mais se queria correr dali, ou simplesmente ficar para ver se consigo pegar aquele gostoso.

Eu tinha medo de virar alvo daqueles loucos por sangue.

Jin: não se preucupe, não somos todos tão difíceis, eu sou vegetariano, o Hope não gosta de sangue de ômegas, Namjoon não vai ousar chegar perto de você se não ele sabe que vai haver greve, V do mesmo jeito com o Hope, então so precisa se preocupar com Yoongi, Jungkook não costuma estar presente como agora.

Jungkook: vocês estão muito barulhentos. Se continuarem a algazarra eu mesmo acabo com o sangue dele. - apos dizer isso ele apenas vai embora, provávelmente para seu quarto, me deixando novamente com aquela cara de medo.

Jin: quer que eu te mostre seu novo quarto querido! - apenas consigo acenar, eu já não estava raciocinando muito bem sobre o que estava acontecendo, era tudo muito novo e até mesmo assustador


Notas Finais


Editei sim, pq achei mt pequeno em dois capítulos, ah, tanto faz, logo posto o próximo, acho que assim ta melhor, afinal isso é meio que uma introdução!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...