História My Blood - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Chouchou Akimichi, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Kiba Inuzuka, Kizashi Haruno, Konohamaru, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Mitsuki, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Pain, Personagens Originais, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikamaru Nara, Shinki, Suigetsu Hozuki, Temari
Tags Borusara, Lobos, Luta, Naruto, Romance, Sasusaku, Vampiros
Visualizações 145
Palavras 3.350
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiee ^-^
Cap meio grandinho ksks
Sorry, estava bem inspirada na hr que escrevi kkk
(NÃO REPAREM OS ERRINHOS ORTOGRÁFICOS hihi)

Capítulo 3 - Capítulo III


Autora On

--Nada aqui --Disse Sayuri jogando um livro na pilha de livros jogados pela biblioteca.

Sarada suspirou e tirou outro livro da prateleira.

Folheou todas as paginas e bufou jogando o livro longe.

--Não acredito que não exista nada que pelo menos nos de uma pista sobre ele --Falou Sarada com raiva.

As duas tinham passado a manhã inteira ali procurando em livros antigos, tudo que pelo menos tenha algo em comun com o misterioso garoto...Procuraram em livros de fotos antigos, artigos e diários...Nada..Não acharam nada.

--A verdade é que não sabemos nada sobre ele --Sayuri falou se levantando.

--E nem temos nada --Sarada também concluiu.

--Sarada, talvez ele seja um lobo dos esquecidos --Sayuri Optou e Sarada pareceu ser pensativa.

--Ou ele não seja tão antigo assim--Falou Sarada e Sayuri a olhou.

--Então oque vamos fazer? --Perguntou a prima se aproximando de Sarada.

--Vamos partir para a prática --Sarada falou dando um sorriso de lado.

------''----''------

Sakura estava no jardim com o desconhecido.

Ele parecia não querer papo mas a rosada sempre insistia.

--Vamos garoto, me conta --Falou Sakura insistindo.

O garoto a olhou e negou com a cabeça.

Como poderia existir uma rainha tão chata como ela?

--Mamãe, pare de amolar o garoto --Sarada chegou chamando a atenção de Sakura a si.

O garoto loiro se quer deu um olhar a ela.

Sakura Suspirou derrotada.

--Desisto...Sarada meu amor, apareça no meu quarto a noite --Sakura disse e saiu dali.

O clima ficou tenso entre os dois.

Sarada Pigarriou tentando chamar a atenção do garoto, mas o mesmo fingia que ela nem existia.

A morena bufou de raiva e se colocou a frente dele.

--Ei --O chamou --Quem é voce?--Peguntou e ele a olhou..Milésimos segundos que fez o corpo dela arrepiar toda, depois desviou o olhar.

Um sentimento incomum apareceu dentro dela...algo lhe dizia que ja o havia visto...Mas Sarada tinha certeza de que nunca o vira antes...Ou...Eles ja se conhecem e ela esqueceu?

Impossivel! Memorias de Vampiros não esquecem nada, nem um detalhe passa.

--Pode me dizer apenas seu nome? --Perguntou quase suplicando...

--Pra que quer saber tanto? --O garoto lhe perguntou sem lhe dirigir o olhar...A frieza contida na voz dele fez ela gelar até os ossos.

Mais algo aptou no seu interior...Essa voz...Ja escutará antes...Mas onde?

--Desculpa a pergunta, mas, ja nos conhecemos? Sabe...Você não me é estranho--Falou curiosa e ao mesmo tempo gelida como ele...

O garoto suspirou.

--Quem sabe...--Deixou no ar sumindo da vista da garota em segundos.

Um sentimento de confusão se propagou nela...

Por instantes sentiu como se ja conhecesse ele...

Deus os ombros e saiu dali.

oOo

Sakura andou pelos corredores até sua sala.

Adentrou a mesma e se sentou suspirando.

--Porque eu ainda me meto nisso? --Se perguntou.

Ouviu batidas na porta e mandou entrar.

Um homen alto,musculoso, de cabelos cinzas e com uma máscara que tampada metade do rosto adentrou o local.

--kakashi --Sakura o cumprimentou e o mesmo fez uma reverência a ela.

--Rainha...--Reverenciou e a olhou.

--Oque houve? Algo de errado aconteceu? Problemas no sul? --Perguntou ansiosa...

--Creio que é muito maior que isso--Falou deixando a rosada com medo...Mal conseguiu o cargo e ja problemas enromes bateram na sua porta.

--Oque é? --Perguntou preparada para a bomba.

--Temos visita --Falou e Sakura fez uma expressão de raiva

--Era só isso? --Perguntou e bufou.

--Visita vindo direto dos lobos --Falou e o coração da rosada ficou na mão.

Kakashi se retirou da sala...

Uma breve intuição de quem seria passou pela cabeça da rosada...

E passou de intuição para realidade quando a pessoa entrou na sala em passos lentos.

Alto, musculoso, cabelos escuros, rosto com traços perfeitos...Praticamente Um deus grego...O Onix se encontrou com os esmeraldas da rosada e um friozinho pela espinha se acumulou.

Os dois ficaram naquela troca de olhares insana...Um transmitia ao outro um sentimento do tipo...Saudade?...Não...Axo que não.

Sakura engoliu um seco enquanto o moreno a fitava intensamente.

--Cedo, não? --Pigarriou dando um sorriso amarelo.

--Eu avisei que viria...--Falou com sua voz rouca...Nostalgia brilhou no corpo da rosada.

--Pensei que viria um dia antes--Falou mordendo o lábio inferior

--Pensou errado --Falou na lata com uma rispidez que a incomodou..e muito

--Como sempre Ingnorante --Falou o fitando.

--Como sempre irritante --Retrucou.

Sakura suspirou.

--Bom, então vamos andar logo com isso --Sakura se levantou com o papel que determinaria a paz entre eles durante uma semana.

Sim...ela mentiu para seu povo...Ele ainda não havia assinado.

Mas ela só disse aquilo para acalmar o povo...se não o tumulto iria ser enorme.

Sasuke se aproximou para pegar o papel e a olhou nos olhos por instantes..

Sakura ainda o amava? Claro! Estava estampado na testa dela.

Pegou o papel e colocou sobre a mesa pegando a caneta ao lado.

Quando ia assinar alguém entrou na sala.

--bem que eu senti cheiro de cachorro por ai --Falou fazendo cara de nojo.

--Pai...--Sakura encarou o pai incrédula.

--E eu de perdedor --Sasuke zombou e Kizashi se irritou.

--Pulguento nojento--Proferiu as palavras e Sasuke continuou não demonstrado emoções.

Pouco se importava com oque o "sogro" dizia.

--Pai oque está fazendo aqui? --Sakura Perguntou irritada com a reacao do pai.

Odiava quando falavam mal de Sasuke...

--Eu queria falar com você sobre ontem --Falou agora rispido.

--Desculpa por não aparecer no jantar --Sakura pareceu entender a irritação de seu pai--Eu estava ocupada...

--Sarada me falou...E por falar nela, você anda dando muita asas para ela! --Disse afrontando Sakura...

--A Sarada ja nem fala mais comigo direito...se eu a proibor de algo é capaz de ela até parar de falar comigo de vez , então eu lavo minhas mãos quanto a ela --Sakura desabafou e Kizashi paraceia entender.

--Isso que da não ter o pulso firme --Sasuke falou fazendo a atenção cair aobre si...Sakura havia esquecido que o mesmo estava ali.

--Esta me criticando Uchiha? --Perguntou entortando os labios de raiva.

--Talvez você seja mesmo uma pessima mãe --O Uchiha disse dando um sorrisinho de lado...Sakura Sabia que ele estava a provocando...e estava dando certo.

--E você um péssimo pai --Sakura puxou a folha da mão de Sasuke, ja assinada.--Agora some daqui --Falou irritada.

--Cade os modos? --Perguntou o Uchiha a irritando mais ainda...

Sasuke adorava fazer isso...Amava ver ela com raiva...

--Esqueci atrás da porta! --Quase Gritou e apontou para a porta --Sai!

--Só vou porque tenho alergia a sanguessugas --Falou por últimos e saiu dali.

--E eu de pulguentos --Kizashi rosnou de raiva e olhou para Sakura --Esse moleque vai me pagar--Kizashi disse.

--Você fala isso a 100 anos --Sakura disse segurando o riso.

Kizashi saiu nervoso e sakura suspirou de alívio.

Se sentou e começou a folhear a papelada, mas do der repente parou...

Olhou para frente e bufou.

--Esqueceu algo? --Perguntou irritada levantando.

--Sim...Isso --Sasuke em um piscar de olhos estava na frente dela.

Selou os labios da mesma...Foi rápido, mas fez ela se lembrar novamente de tudo que passaram junto..Toda briga, todo amor, toda luxúria...

O selinho foi rápido, mas Sakura tinha que confessar que sentia falta de isso

--Sasuke...--Sussurrou colocando os dedos sobre a boca...Sentiu o gosto Horrivel do seu sangue e fez cara de desgosto.

Nenhum vampiro gostava do propio sangue.

Sasuke havia lhe dado uma breve mordidinha no lábio...

Com certeza ele tava doido para provar do sangue da rosada novamente...Nem que fosse uma gota.

O sangue de Sakura puxava até mesmo os vampiros para cima dela...

Todos queriam provar, obviamente por seu cheiro ser o mais gostosa e agradável...

Quando era pequena, seus pais evitavam que a filha saisse de casa, muitas pessoas tinham pensamentos ruins com ela.

O Sangue dela tinha o sabor mais requintado dali...A quilômetros dava para sentir o seu cheiro...e todos ansiavam por apenas uma gota do sangue dela...

Diziam que saciava a fome de qualquer vampiro por uma semana apenas com uma gota, e se a dose fosse maior saciava ainda mais tempo.

Isso devido a um erro no DNA, que o mesmo é o próprio causador da cor de seu cabelo ser incomun.

Em toda sua vida, apenas uma pessoa bebeu de seu sangue..

E essa pessoa foi Sasuke Uchiha...Seu ex Marido e amado...

Ele foi tão rápido que ela quase nem sentiu...

--Idiota --Sorriu e voltou a sua mesa.

-----'''''---''''-----

--Então você falou com ele hoje? --Perguntou Novamente Sayuri deitada na cama da prima.

--Podemos dizer que sim --disse sarada Se olhando no espelho sentada em sua penteadera.

--Isso ja é um progresso --Concretizou a prima.

--Eapero que da proxima vez ele me fale algo mais que "quem sabe.."--Sarada suspirou terminando de pentear seus longos cabelos negros que iam até a metade do Braço dela.

Sarada se levantou e andou calmamente até a cama.

--Ouvi falar que o tão temido lobo Sasuke Uchiha esteve ai --Falou Sayuri vendo a prima olhar pela janela..

--Eu vi--Sarada disse

--Temos apenas mais um dia de descanso --Bufou Sayuri se levantando.

Sarada nada disse.

Continuou a olhar o por do sol que estava muito belo naquele dia.

--Vamos treinar? --Peguntou Sayuri tirando a prima de seus desvaneios.

Sarada assentiu e as duas foram rumo ao campo de treinamento.

----''''-----'''---

Sayuri novamente errou a mira e acabou acertando a flecha em um saco cheio de areia, fazendo o mesmo estourar e a areia se espalhar pelo local.

--Eu não me lembro de ter marcado o saco como alvo --Falou Sarada pegando uma flecha.

A garota colocou a flecha no arco, ergueu o mesmo...Fechou um dos olhos e mirou bem onde acertaria..

Frações de segundos e o alvo ja estava com a flecha bem em seu centro.

Sayuri suspirou pegando outra flecha.

Ergueu o arco, Colocou a flecha em seu devido lugar, acalmou a mente, cerrou um dos olhos enquanto mantinha o outro aberto mirando muito bem onde acertaria.

Nos últimos milésimos de segundo, ela perdeu o foco e virou seu arco um pouco para a direita fazendo a flecha ir em direção oposta aonde queria acertar.

O loiro caminhava por ali, quando sentiu a flecha vim em sua direção virou em frações de segundos a segurando bem diante do seu rosto.

Sentiu uma pontada em sua mão..

A flecha era imbuída com prata, feita para matar lobisomens.

Seu rosto se contorceu mas o mesmo acalmou o nervosismo

Sarada percebeu uma expressão diferente se tornar no rosto do garoto...Raiva!

Sayuri tampou a boca ja sabendo que fez merda e olhou procurando ajuda para a amiga.

--Foi sem querer --Falou vendo o loiro a fitar com raiva.

--Se você morrer, também posso dizer que foi sem querer? --Perguntou com rispidez fazendo a mesma se apavorar.

Mas Sarada se manteu séria, não queria mostrar nenhuma expressão facial para um mero estranho esquisito.

--Ela ja disse que foi sem querer, porque não da meia volta e some daqui? --Perguntou Sarada com frieza e indiferença na voz.

Sayuri se assustou com o tom de voz da amiga, deu pra perceber que a mesma ja estava de saco cheio do loiro ali.

O loiro nada respondeu, apenas deu um olhar gélido a ela, e a mesma retribuiu o olhar.

--Fiquei claro, da proxima vez eu não terei paciência --O mesmo quebrou ao meio a flecha como se fosse nada e saiu dali.

--Suas flechas estão muito tortas hoje --Sarada falou guardando o arco na parede erguida ao lado.

--Estou meio ansiosa --Disse guardando também seu arco

Sarada permaneceu quieta e pensativa.

--Você também está...--Sayuri murmurou vendo a prima fitar o nada.

--Vamos jantar logo --Disse suspirando.

oOo

Finalmente o dia tão esperado chegou.

O dia da comemoração!

No dia antes Sarada evitou o garoto loiro de todo o geito que pode.

Enquanto Sayuri treinava com Sakura o dia todo.

Kizashi preparava o local onde os lobos ficariam.

E o garoto loiro treinava sozinho em seu quarto evitando ao máximo encontrar Sarada.

Todos ja se encontravam dispersos na mesa do café.

Sayuri parecia mais ansiosa que tudo.

Sarada fingia que não ligava para isso.

Sakura parecia preucupada.

E kizashi parecia estar com raiva.

--Aquele maldito Fugaku...Verei aquele Maldito --Falava Kizashi enquanto bebia outro copo enorme cheio de Sangue.

Em poucos minutos se encontrariam com os lobos na entrada do reino, e isso estava deixando o Ex rei bem eufórico.

--Vô, é a décima vez que você fala isso --Sarada falou enquanto terminava de beber o sangue O negativo em seu copo.

--Ja estou ficando enjoada de tanto ouvir isso --Reclamou Sayuri e Sakura teve que concordar.

Kakashi apareceu na porta como ja esperado.

--Venho informar que eles ja estão chegando na entrada --Falou em uma posição seria que Sarada achava bem sexy...

Sakura suspirou se levantando.

--Hora de eu ver aquele maldito uchiha Novamente --Reclamou Kizashi se levantando também.

Sarada percebeu que nessa manhã, o garoto loiro não apareceu para se quer comer algo.

Ela achou aquilo estranho, mas achou melhor não se envolver.

-----''---''-----

Todos estavam ali...Crianças, adolescentes, jovens, adultos, velhos lobisomens....e até o Híbridos.

O portão da entrada do reino se encontrava aberto, mas Sakura havia dito que ela mesmo viria busca-los para levarem eles para seus devidos aposentos.

--Ficou bem daora --Itachi falou ao lado do Irmão.

--Hm --Sasuke apenas respondeu isso.

--Os vampiros tem um mal costume de se atrasar --Falou impaciente Satoru enquanto discutia com seu irmão mais novo.

--Sera que não da pra gente apressar o passo não? --Perguntou um jovem impaciente, que parecia estar com sono --Isso tudo é um saco.

--Cala a boca Shikadai! --O Repreendeu uma mulher loira que parecia ter parentesco com o garoto.

--Ai credo mãe --Falou saindo de perto dela, e indo em direção ao seus amigos.

Como um flash a primeira pessoa apareceu diante deles.

Fugaku fechou a cara encarando seu rival.

Todos se assustaram, a pressão que ele passava fazia qualquer um temer, as crianças que se encontravam ali se esconderam atrás de seus pais com medo.

--Kizashi --Rosnou Baixo fugaku com ódio no rosto.

--Fugaku...--Kizashi encarou seu rival com sede de Sangue nos olhos.

A expresso de todos mudou, quando sentiram um cheiro doce invadir suas narinas...

Todos os Uchihas ja sabiam de quem se tratava.

A mulher parou logo ao lado de seu pai Kizashi.

Seus cabelos róseos balançavam de acordo com o vento, suas esmeraldas estavam mais brilhantes que nunca, seus labios tingidos de um vermelho chamavam a atenção toda pra si...Seu corpo com curvas perfeitas faziam as lobas se sentirem Humilhadas.

E seu queixo levemente erguido mostrando suavidade em seu rosto macio como jade.

Ela trajava um vestido vermelho tubinho, bem colado ao corpo, que batia um pouco acima dos joelhos...Aquele vestido mostrava perfeitamente suas curvas charmosas.

Todos os Híbridos tiveram que se segurar para não avançarem em cima dela que nem sanguessugas buscando pela sua presa, exceto Satoru e Satori, por ela ser sua mãe, e Sasuke por ja ter provado desse Sangue dois dias atras...Mas mesmo assim, o cheiro estava bem atrativo.

Itachi não demonstrou Interesse, não porque ele achava ruim o sangue dela, mas sim por sua esposa está ao seu lado.

Até os lobos que não gostam de Sangue se sentiram atraidos por ela, fazendo suas esposas morrerem de ciumes por não ter uma beleza como a dela...

Mas todo a atenção logo mudou dela para a garota ao seu lado.

Assim como a mãe, a garota tinha uma beleza magnífica.

Seus cabelos negros voavam de acordo com o vento, a não ser por sua franja estar presa em um tic-tac vermelho, seus lábios eram vermelhos de naruteza ja, os olhos Onix tão profundos como nunca, sua pele tão macia como jade.

Trajava um vestido preto com um cinto vermelho, uma meia calça preta e aos pés um par de saltos pretos reluzentes.

Enfim, a garota estava vestida de uma forma bem elegante segundo ela.

O único erro dela, era ficar com o queixo erguido de uma forma esnobe.

E suas feições eram impossíveis de decifrar.

Ao seu lado estava uma garota da mesma altura que Sarada

Seus cabelos eram metade negros e metade Roxo,Tinha o olhar Onix e parecia ser bem sedutor, em seus labios um batom leve no tom de vermelho.

Trajava uma calça Jeans escura, uma blusa preta e uma jaqueta negra de couro, e aos pés uma par de botas pretas.

Itachi arqueou uma sobrancelha ao olhar para ela.

Atrás dos quatros tinha seus guardas e o chefe dos guardas Kakashi hatake.

Sasuke deu um passo a frente junto ao seu pai.

Satoru e Satori vinherem logo atrás.

--Quanto tempo Kizashi --Sasuke falouz frio dando um sorrisinho de lado.

--Apenas dois dias Sasuke --Retrucou Kizashi não dando o olhar a ele.

Sakura estava quieta, quieta até demais.

Ela teria que falar algo? Seu pai podia muito bem fazer isso não?

--Kakashi levará todos os lobos e Hibridos ao seus devidos aposentos --Falou sakura saindo de Transe --Enquanto a família principal ficará no castelo junto a família principal dos vampiros.

--É seguro mesmo deixar nosso lobos ir com seus guardas sanguessugas? --Perguntou Fugaku com uma cara de nojo.

Estava estampado na cara que ele tinha nojo e ódio dos vampiros.

Sakura lançou seu pior olhar para ele, mas na verdade nem foi ela que retrucou ele.

--Se está na duvida porque insistiu tanto nisso? --Retrucou Sayuri com deboche fazendo o uchiha ficar Quieto.

Izume estranhou o comportamento da garota.

Sempre soube que a filha era rebelde, mas nunca pegou ela debochando de seus parentes.

--Tudo bem...Todos que não fazem parte da família Principal sigam Kakashi e seus guardas --Sasuke ordenou.

O povo mesmo com insegurança seguiram Kakashi.

Após ver que eles ja tinham percorrido uma distância de quase não consegui-los vê - los, Sakura voltou a olhar para a família principal que tinha ficado.

Sasuke, Itachi, Satoru, satori, Izume, Fugaku, e Mikoto Uchiha.

Também ficou Os Uzumakis que não tinham Uchiha no nome e nem paretentesco com eles, mas também faziam parte da família principal por ter sua propia alcatéia.

As alcatéias Uzumaki e Uchiha tinham uma aliança, por isso vinheram juntos.

Os Uzumakis assim como os Uchihas eram Hibridos.

E na família Principal dos Uzumakis estava : Minato, Kushina, Naruto, Hinata, Karin e Himawari Uzumaki.

Sayuri e Sarada estreitaram os olhos ao olhar para Naruto Uzumaki.

Ele era muito parecido com o garoto Misterioso.

Irima investigar isso o mais rapido possivel.

--Agora vamos todos até o castelo --Kizashi falou a frente de Sakura.

--Kizashi você não tem noção do quanto de ódio que tenho só de ouvir a sua voz --Rosnou Fugaku trocando olhares de morte com kizashi.

--E eu de ver essa sua cara de Pulguento --Kizashi retrucou.

--Você tem sorte que estamos em comemoração, se não te matava aqui e agora --Disse fazendo Kizashi ficar com mais ódio ainda --Quando essa comemoração acabar, torça pra eu não te encontrar no meio dessa floresta --Ameaçou.

--Não liga não vovô, Cachorro que late Não Morde --Sarada Retrucou Fazendo kizashi a olhar com orgulho.

Enquanto Os Uchihas olhavam Incrédulo, Sarada nunca foi de responder ninguém...Ao contrário, era uma menina doce e carismática...

Ja haviam reparado que ela estava esnobe só pelo olhar, mas não esperavam essa reação dela.

Satoru a olhou com raiva, enquanto Satori não tirava os olhos da mãe.

Sakura ja tinha percebido o olhar do garoto sobre ela, mas nada pode fazer...Ela amava todos os seus filhos, mas praticamente um mundo separava eles.

Mikoto olhou para as netas...Ja não eram mais suas netinhas...Estavam corrompidas.

--Alguém está com a língua muito afiada --Disse Satoru encarando a "Irmã".

--E alguém Não sabe ficar quieto --Retrucou Sayuri com os labios torcidos de raiva.

Como apenas a presença deles podiam deixar ela com tanta raiva assim?

--Aprendeu com você --Retrucou Satori agora parando de encarar a mãe para encarar a prima.

Sayuri o fitou com cara pra poucos e o garoto devolveu o mesmo olhar.

Todos observavam calados.

Quem diria que a primeira palavras que eles trocariam seria farpas.

--Pega leve Sayuri, não vamos arruma encrenca com os bebês pulguentos --Sarada Ironizou e a prima sorriu.

--olha a Sanguessuga Sabe falar mais que uma frase --Agora foi a vez de Himawari falar.

Sarada a olhou e viu que a garota transmitia muito ódio.

Sarada mal se lembrava da garota, como ela podia a olhar com tanta raiva assim?

--Hima não fale essas coisas!--Hinata a repreendeu.

E Naruto apenas negou com a cabeça.

--Acabou a discussão das criancinhas? --Sasuke Perguntou impaciente com aquilo olhando para os dois filhos.

--Será que voltaram a ter dez anos de idade novamente e eu não fiquei sabendo? --Sakura ficou brava com as meninas.

--Ja estão quase superando papai e fugaku --Sakura colocou a mão na cintura visivelmente brava.

Fugaku e Kizashi trocaram um breve olhar de raiva.

--Desculpa mamãe, é que os pulguentos nos tiram do sério apenas com uma palavra deles --Sarada falou e a prima riu.

--Sarada! Não os chame assim, eles tem nome e acho que você sabe muito bem qual é --Sakura repreendeu a filha e a mesma pouco ligou para o sermão.

--A falta de educação de vocês é uma vergonha --Sasuke advertiu os filhos.

--Ela que não tem educação --Satori apontou para Sarada --Você viu oque ela falou do vovô?

Sarada o encarou com cara de poucos amigos e ele devolveu o olhar.

--Ao responder ela daquele geito você também perdeu a educação, e você também Satoru --Sasuke brigou com os meninos.

Enquanto Sakura encarava as meninas com olhar para poucos.

Sarada sabia o sermão que ia vim depois disso.

Mas evitaria ao máximo

--Da próxima vez fiquem quietos --Advertiu Mikoto fazendo os netos ficarem calados.

--Bom...Acho que agora podemos ir --Sakura falou com um sorriso amarelo.

Todos assentiram...

Mas os cincos trocaram olhares de morte...


Notas Finais


Não esquecam de comentar nem favoritar morehs ❤
Bjss
Comentários construtivos são bem vindos <3
E me desculpem dnv pelo capítulo grande...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...