1. Spirit Fanfics >
  2. My boss - Beauany >
  3. Espera sentado

História My boss - Beauany - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Espera sentado



Pov Any 


-Any,acorda.-Meu irmão dizia balançando o meu braço.

-Vai perturbar o...-Fui interrompida.

-Sem palavrões.-Ele suspirou.-Você disse que ia me ajudar a fazer o jantar!

-Qual é Connor?Ainda é de manhã!-Cocei os olhos.

-Quem dera,já são três da tarde.-Meu irmão puxou minhas cobertas.-Te quero lá em baixo em trinta minutos.

-Espera sentado!-Falei e fui pro banheiro.

Eram cinco da tarde,eu estava sentada em frente ao forno observando a lasanha assar enquanto bebia um iogurte de morango.

Connor estava totalmente concentrado na torta de limão que preparava.Era sua especialidade.Mas uma coisa tenho que confessar,era deliciosa.

Por volta das sete da noite eu já estava me arrumando para o jantar.Vesti uma saia jeans clara e um croped moletom verde-água.

-Como estou Any?-Perguntou Connor que estampava o nervosismo em sua cara.

-Está lindo.-Sorri e lhe dei beijo na testa.

Meu irmão era realmente muito lindo.Tinha os cabelos castanhos escuros,os olhos castanhos meio esverdeados,um corpo invejável e um sorriso cativante.

Sou tirada dos meus pensamentos quando a campanhia é tocada.

-Deve ser ela.-Falou Connor e eu revirei os olhos.Quem mais seria?

-Oi amor!-Uma voz doce soou.

Quando escutei o par de saltos
chocando-se contra o chão,me deu um frio na barriga.

-Olá,você deve ser a Any!-Natalie falou e sorriu.

-É um prazer conhece-la!-Me surpreendi quando ela me puxou para um abraço.

-Connor fala muito de você!

-Espero que coisas boas.-Rimos.

De primeira impressão já gostei de Natalie,ela parecia ser muito legal.Era uma mulher muito bonita,possuía cabelos ondulados e ruivos,olhos castanhos e um corpo curvilíneo.

-Trouxe vinho!-Ela sorriu e se sentou na mesa.

-Não precisava.-Mentira,precisava sim,eu amo vinho.-Então,como se conheceram?

-Namoravamos na faculdade,e depois nos separamos.Alguns anos se passaram e nos reencontramos numa reunião dos nosso antigos amigos de faculdade,daí,aquela chama se reacendeu.-Falou a ruiva.

-Que legal.-Sorri.-Fico muito feliz por vocês,eu vejo que você faz o Connor feliz,torço muito por vocês.

Durante o jantar descobri que Natalie veio da Irlanda,tem vinte e quatro anos e ama Rihanna,essa é das minhas.

-Foi muito bom te conhecer,Any.-Sorriu.-Espero que um dia possamos marcar pra sairmos juntas.

-Faço das suas palavras as minhas,espero vê-la mais vezes.-Nos abraçamos e ela e Connor saíram,ele iria levá-la pra casa.Aham,sei.

Liguei a TV e coloquei num canal que passava clipes de músicas.

Estava quase pegando no sono quando a campanhia tocou,mas que droga!Levantei meio tonta e fui atender a porta.

-Mas que caralhos você tá fazendo aqui?

-Calma.-Josh sorriu.-Posso entrar?

-Você já me perturba só de existir,que diferença vai fazer?-Arqueei as sobrancelhas.

-Só queria te ver.-Se sentou no sofá.

-Será que se eu te der uma facada no braço eu vou presa?-Fingi pensar.-Primeiro a pessoa inventa coisas de mim e agora vem atrás de mim com o rabo entre as pernas,não entendo.

-Está me chamando de cachorro?

-Entenda como quiser.-Dei de ombros e sentei no sofá.

De repente começa a tocar Dangerous Woman,da Ariana Grande.

Sinto beijos molhados no meu pescoço e os mesmos fazem com que meus pelos se ericem.Os beijos vão variando por mordidas que fazem-me grunhir.

Josh levanta o rosto e nossos olhares se encontram,eu fico perdida naquela imensidão azul.Seus lábios atacam os meus ferozmente,sua língua entra em contato com a minha fazendo com que um choque percorresse pelo meu corpo.Com o tempo o beijo vai perdendo a intensidade fazendo com que tudo fique mais instigante.

-Jo-Josh.-Falei entre o beijo.

Mordi seu lábio inferior e rapidamente ele se afastou de mim.

-Para Josh.-Sussurrei ofegante.-Não podemos.

-Olha nos meus olhos e diz que não me quer,que não me deseja.-Ele sussurrou se aproximando.

Se eu falasse que não o queria era mentira,uma grande mentira.Eu o desejava como nunca,mas era apenas um desejo físico e carnal,não passava disso.

Sem pensar duas vezes o beijei os seus macios lábios,levando minhas mãos a sua nuca.

O loiro me deitou no sofá,ficando entre as minhas pernas,depois tirou o moletom que eu usava,revelando um sutiã preto.O meu chefe distribuiu os beijos pela minha clavícula,logo em seguida desceu os beijos para minha barriga,onde a mesma se contraiu.

Peguei na barra da sua camisa e puxei pra cima,revelando o seu tronco desnudo.Arranhei seu abdômen com as unhas e o puxei para um beijo.Entrelaçei minhas pernas em sua cintura e continuei a beija-lo.

Quando ele ia abrir o zíper da minha saia o meu celular começou a tocar.

-Josh,tenho que atender.-Murmurei entre o beijo.

Assim que ele saiu de cima de mim,atendi o telefone.Connor.

-Alô?

-Ah,Any?-Ele suspirou.-Queria te avisar que hoje vou dormir aqui na casa da Natalie.

-Me conta uma novidade!?

-Vai a merda.Por que você está ofegante?Não está com um homem não né?

-Até parece Connor.-Tentei soar o mais sincera possível.-Tenho que desligar.

-Tô de olho,em.

Desliguei a chamada e olhei pra Josh que estava falando no telefone.

-O que você quer Zoe?Não,eu estou ocupado....Depois eu faço isso....Tchau.

Que babaca,está aqui comigo mas tem outra em casa o esperando.Eu mereço mais que segundo lugar.

-Já se satisfez,agora pode ir!-Abri a porta.

-Any,como eu vou ficar?

-Você tem duas mãos,seu porco!-Bufei.-Você acha que vai poder ficar com todas as mulheres de uma vez?Que vai poder usá-las e depois joga-las fora?-Ele me olhava com uma expressão indecifrável.-Você não vai ficar novo e bonito pra sempre.Um dia você vai rastejar atrás de uma mulher e ela vai te olhar e cuspir na sua cara,isso não é uma praga e só a lei da vida.Tomara que suas bolas caiem e seu pau não soba mais,isso agora foi uma praga.-Soquei a porta.-Sai da minha casa,AGORA!

Assim que ele saiu sentei no sofá e comecei a chorar,eu fui tão idiota!Que ódio!Mas tudo que vai,volta.



Notas Finais


O que acharam desse capítulo?
Comentem❤🥰


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...