1. Spirit Fanfics >
  2. My Boss - sope >
  3. Two

História My Boss - sope - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Favoritem e comentem isso incentiva a postagem ✨

Capítulo 2 - Two


Fanfic / Fanfiction My Boss - sope - Capítulo 2 - Two

| min house | 19:14 | sábado 




Yoongi•






- qual é yoonie, vaii…só dessa vez — jimin se esperniava no chão da minha sala tentado me convencer a ir a uma balada que seria aberta hoje de um dos sócios do tae - eu nunca te pedi nada yoongi






- jesus Cristo, você me causa náuseas. Socorro - sai da sala indo até a cozinha pegar um copo de água, o jimin conseguia ser irritante ao estremo quando quer algo ,e não demora muito pra eu ver ele entrar no cozinha "chorando" - oh cacete ,por que você tá chorando? Nem te bati ainda.






- yoonie, eu só queria uma companhia pra eu não ter que "curtir" sozinho - faz aspas com os dedos, eu sabia que o jimin o taehyung e o jungkook numa balada só iria dar neles sentados em uma mesa pelo fato de ele querer dois machos possessivos e obsessivos - mas já vi que você não é mais meu amigo… - ele vira as costas com o draminha e eu reviro os olhos






- ai.. tá bom pirralho. Eu em, nunca vi ninguém tão dramático como você - deixei o copo na pia e da da cozinha já subindo as escadas logo depois de passar pela sala vendo ele dando pulinhos alegres e indo até a porta pulando 






- te pego as 21:00, o motorista do tae vai levar a gente e nós encontramos eles lá minha vida, tchau - escuto ele gritar da porta do meu apartamento ,escandaloso essa poc 








Subi para o meu quarto indo para o meu banheiro tomar aquele banho, pra tirar as impurezas da vida e me deixar estremamente cheiroso e saboroso 








[…] 








Saindo do banho já me enfurnei no meu closet pra tentar escolher uma roupa, e isso já são 20:19 ,eu me atrasar o jimin arranca meu útero 






Optei por uma saia de couro preta com meias pretas transparentes de renda ,junto a um espartilho que conectava na calcinha de renda preta que eu também estava usando, me sentindo muito dominador ou melhor, submisso com poder








Subimisse Power 








Para a parte de cima eu peguei uma blusinha curtinha de manga longa, vermelha escarlate, o famoso vermelho vinho, gola alta. Ela mostrava minha barriga branquela e lisa, já que meu metabolismo não deixava eu engordar 








Me vesti ,me sentindo a própria Katy Perry ,a mais bela das belas ne meu amor…








Coloquei meu coturno preto e fui até a penteadeira dar um jeito na obra de arte que eu chamo de rosto






Passe apenas um corretivo debaixo dos olhos e um gloss já que meus lábios já são rosados naturais pela minha saúde de Zeus o deus da putaria 








Acabei e dei uma ajeitada no meu cabelo e olhei no meu celular o horário 




20:58








Coloquei meu cartão e só uma nota de cem na capinha ,para o caso de eu querer comprar algo e não passar cartão 






Desci as escadas e já ia abrir a porta quando a campainha toca e eu abro, e vejo aquele anão de Chernobyl todo produzido com um short que deleneava todas as curvas e um top preto sem alças junto a uma jaqueta também preta, era a diploma gótica 








Admiro a coragem desse ser de sair com uma roupa dessa do jeito que os namorados são, mas ninguém manda em ninguém ,e é por isso que hoje eu vou arrastar minha bunda no chão tão rápido que vai sair até faísca bebê










[…]










Já na frente da boate que estava completamente lotada só do lado de fora, imagina dentro, nós passamos pelos seguranças sem precisar pagar ,por que nossos nomes já estavam na lista de convidados vip 








Ja entrando vi que aquela boate era boca de confusão, linda demais, muito bem planejada ,puta que pariu eu amei








Já fui logo no bar pegar minha bebida








- oi - olhei para o barman gatinho - me dá um copo de whisky com gelo de água de coco por favor - ele assentiu com a cabeça e se virou para preparar enquanto jimin pedia o dele ao outro barman gatinho também ,logo o cara se vira me dando o copo - obrigado - sorrio








- de nada gato…- me deu um sorriso maravilhosamente delicioso e eu devolvi mas quando eu ia dar o bote da jibóia no homem o jimin vem me puxando 






- oh seu filho duma égua eu tava Armando minha foda - falei fingindo uma raiva e ele me olhou e deu risada me puxando para as escadas da area vip - fala sério que tu já vai pros teus machos, eoem eu vou é arrastar a minha bunda no chão 






- você arrasta sua bunda no chão lá em cima yoongi, aqui em baixo alguém pode te drogar e eu não ver porra - continuou me puxando até entrarmos no camarote já avistando os dois machos da poc se pegando sentados num sofá ,os ois de roupas sócias, meu deus eu estava sentindo tesão nos namorados do meu melhor amigos, aí deus me perdoa 








- tá senhorita , mas eu não vou ficar de vela - ele rio da minha cara e foi até os namorados sentando no colo de um enquanto beija o outro ,meus olhos se reviram automaticamente mas logo volto ao normal quando um homem alto com uma blusa social preta aberta noa três primeiros botões,calça e sapatos sociais tambem pretos, os cabelos negros bangunçados e aquela cara de mal 






- revirando os olhos por que princesa? - ele falar e sua voz grossa me soa famíliar 






- aí cara sai - empurro ele para o lado indo ate o bar para encher meu copo de novo ,já que eu já tinha secado o outro, sentei no banco do balcão e chamei o barman pedindo um Martine e logo ele me que entregou






Estava tocando girls need love ,a tradução resumia meu estado agora








Já fui entrando na pequena multidão que tinha no camarote e dançando junto 








Eu dançava e me esfregava em alguma caras que eu nunca tinha visto na vida , eu estava quase beijando um menino muito lindo quando alguém puxa meu braço, me levando até T eu f um canto que ficava próximo a um corredor totalmente preto com iluminação baixa 








- então você gosta de se esfregar em desconhecidos, então não haverá problema se esfregar em mim não é mesmo? - falou rente ao meu ouvido e eu arrepiei



Notas Finais


| min house | 19:14 | sábado

Yoongi•


- qual é yoonie, vaii…só dessa vez — jimin se esperniava no chão da minha sala tentado me convencer a ir a uma balada que seria aberta hoje de um dos sócios do tae - eu nunca te pedi nada yoongi


- jesus Cristo, você me causa náuseas. Socorro - sai da sala indo até a cozinha pegar um copo de água, o jimin conseguia ser irritante ao estremo quando quer algo ,e não demora muito pra eu ver ele entrar no cozinha "chorando" - oh cacete ,por que você tá chorando? Nem te bati ainda.


- yoonie, eu só queria uma companhia pra eu não ter que "curtir" sozinho - faz aspas com os dedos, eu sabia que o jimin o taehyung e o jungkook numa balada só iria dar neles sentados em uma mesa pelo fato de ele querer dois machos possessivos e obsessivos - mas já vi que você não é mais meu amigo… - ele vira as costas com o draminha e eu reviro os olhos


- ai.. tá bom pirralho. Eu em, nunca vi ninguém tão dramático como você - deixei o copo na pia e da da cozinha já subindo as escadas logo depois de passar pela sala vendo ele dando pulinhos alegres e indo até a porta pulando


- te pego as 21:00, o motorista do tae vai levar a gente e nós encontramos eles lá minha vida, tchau - escuto ele gritar da porta do meu apartamento ,escandaloso essa poc



Subi para o meu quarto indo para o meu banheiro tomar aquele banho, pra tirar as impurezas da vida e me deixar estremamente cheiroso e saboroso



[…]



Saindo do banho já me enfurnei no meu closet pra tentar escolher uma roupa, e isso já são 20:19 ,eu me atrasar o jimin arranca meu útero


Optei por uma saia de couro preta com meias pretas transparentes de renda ,junto a um espartilho que conectava na calcinha de renda preta que eu também estava usando, me sentindo muito dominador ou melhor, submisso com poder



Subimisse Power



Para a parte de cima eu peguei uma blusinha curtinha de manga longa, vermelha escarlate, o famoso vermelho vinho, gola alta. Ela mostrava minha barriga branquela e lisa, já que meu metabolismo não deixava eu engordar



Me vesti ,me sentindo a própria Katy Perry ,a mais bela das belas ne meu amor…



Coloquei meu coturno preto e fui até a penteadeira dar um jeito na obra de arte que eu chamo de rosto


Passe apenas um corretivo debaixo dos olhos e um gloss já que meus lábios já são rosados naturais pela minha saúde de Zeus o deus da putaria



Acabei e dei uma ajeitada no meu cabelo e olhei no meu celular o horário

20:58



Coloquei meu cartão e só uma nota de cem na capinha ,para o caso de eu querer comprar algo e não passar cartão


Desci as escadas e já ia abrir a porta quando a campainha toca e eu abro, e vejo aquele anão de Chernobyl todo produzido com um short que deleneava todas as curvas e um top preto sem alças junto a uma jaqueta também preta, era a diploma gótica



Admiro a coragem desse ser de sair com uma roupa dessa do jeito que os namorados são, mas ninguém manda em ninguém ,e é por isso que hoje eu vou arrastar minha bunda no chão tão rápido que vai sair até faísca bebê




[…]




Já na frente da boate que estava completamente lotada só do lado de fora, imagina dentro, nós passamos pelos seguranças sem precisar pagar ,por que nossos nomes já estavam na lista de convidados vip



Ja entrando vi que aquela boate era boca de confusão, linda demais, muito bem planejada ,puta que pariu eu amei



Já fui logo no bar pegar minha bebida



- oi - olhei para o barman gatinho - me dá um copo de whisky com gelo de água de coco por favor - ele assentiu com a cabeça e se virou para preparar enquanto jimin pedia o dele ao outro barman gatinho também ,logo o cara se vira me dando o copo - obrigado - sorrio



- de nada gato…- me deu um sorriso maravilhosamente delicioso e eu devolvi mas quando eu ia dar o bote da jibóia no homem o jimin vem me puxando


- oh seu filho duma égua eu tava Armando minha foda - falei fingindo uma raiva e ele me olhou e deu risada me puxando para as escadas da area vip - fala sério que tu já vai pros teus machos, eoem eu vou é arrastar a minha bunda no chão


- você arrasta sua bunda no chão lá em cima yoongi, aqui em baixo alguém pode te drogar e eu não ver porra - continuou me puxando até entrarmos no camarote já avistando os dois machos da poc se pegando sentados num sofá ,os ois de roupas sócias, meu deus eu estava sentindo tesão nos namorados do meu melhor amigos, aí deus me perdoa



- tá senhorita , mas eu não vou ficar de vela - ele rio da minha cara e foi até os namorados sentando no colo de um enquanto beija o outro ,meus olhos se reviram automaticamente mas logo volto ao normal quando um homem alto com uma blusa social preta aberta noa três primeiros botões,calça e sapatos sociais tambem pretos, os cabelos negros bangunçados e aquela cara de mal


- revirando os olhos por que princesa? - ele falar e sua voz grossa me soa famíliar


- aí cara sai - empurro ele para o lado indo ate o bar para encher meu copo de novo ,já que eu já tinha secado o outro, sentei no banco do balcão e chamei o barman pedindo um Martine e logo ele me que entregou


Estava tocando girls need love ,a tradução resumia meu estado agora



Já fui entrando na pequena multidão que tinha no camarote e dançando junto



Eu dançava e me esfregava em alguma caras que eu nunca tinha visto na vida , eu estava quase beijando um menino muito lindo quando alguém puxa meu braço, me levando até um canto que ficava próximo a um corredor totalmente preto com iluminação baixa



- então você gosta de se esfregar em desconhecidos, então não haverá problema se esfregar em mim não é mesmo? - falou rente ao meu ouvido e eu arrepiei


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...