1. Spirit Fanfics >
  2. My Boss - Yeonbin >
  3. I'm back

História My Boss - Yeonbin - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Soobin •top•
Yeonjun •bottom•

Capítulo 12 - I'm back


Um mês de passou. E um mês foi o que demorou para eu recuperar daquela dor imensa vinda da minha entrada anal. A transa foi muito boa... Mas o que veio a seguir por consequência dela é que não.
Apesar disso tudo, Soobin sempre cuidou de mim com máximo de carinho e dedicação possível. Ele realmente se preocupa comigo... Ou se calhar é com o meu sangue. Sempre que saía do trabalho, vinha direto para minha casa. Fazia me companhia e me ajudava a fazer coisas como tomar banho, vestir e assim. Parece muito dramático? Sim. Mas é a realidade. Durante esse período, Beomgyu e Hueningkai têm vindo me visitar. O irmão do Soobin também. Ele é um pitico muito fofo. Pequeno e sensível. Gostei de o conhecer.
Eu não sei quanto ao Kai, mas, vendo o comportamento que tem demonstrado, ele aparenta ser mais próximo do Beomgyu. Não sei como aconteceu. Nem me interessa. Apenas quero saber a reação dele quando descobrir que o loiro oxigenado é um vampiro.

Estou agora no sofá da minha sala vendo um filme com Soobin abraçado a mim. Estamos os dois com uma manta. Eu estou com a minha cabeça encostada no pescoço de Soobin.
- Binnie, amanhã eu já posso ir trabalhar.
- Já podes?
- É. Já não sinto dores.
- Certeza?
- Sim.
- Ok.
Ele deu um beijo na minha cabeça e voltamos à mesma posição que estávamos antes. Ficámos um bom tempo a ver o filme e, quando acabou, Soobin pegou no meu rosto e virou até ele.
- Yeonjun... Tu me amas muito? Mas quando eu digo muito, é muito mesmo.
- Que pergunta Binnie. Claro que te amo! Muito muito muito mesmo.
- Certeza?
- Soobin, desconfias do meu amor por ti?
- Não, não é isso! É que... Yeonjun... Eras capaz de viver comigo para o resto da tua vida?
- Claro. Porque não o faria?
- É sério Yeonjun. Serias mesmo capaz?
- Pára com essas perguntas estúpidas Soobin! Eu já falei que sim!
- Era só mesmo para ter a certeza.
Ele levantou e foi até à minha cozinha. Que porra de interrogatório foi aquele!? Aquilo foi só estúpido. Até parece que duvida de mim. Tem algum jeito!? Desconfiar do seu não-namorado?
A gente até pode não ser namorados de verdade, mas ao menos eu o trato com todo o amor que posso.
Fiquei aqui remoendo o assunto até que Soobin volta com uma caneca quente.
- Toma Junnie. Fiz um chocolate quente para ti.
Ele me dá a caneca e eu dou um beijo na sua bochecha.
- Obrigado Binnie... Mas olha. Nunca desconfies do meu amor por ti.
- Eu não desconfio Yeonjun é só que... Amanhã vou ter uma surpresa para ti.
Os meus olhos começaram a brilhar. Adoro surpresas, sobretudo se forem do Soobin.
- Sério!?
- Sim... Amanhã na empresa, no final do dia.
- Ok.
Bebi um pouco do chocolate e dei um pequeno selinho na boca dele.
- Tenho de ir Junnie. Amanhã a gente se vê.
- Ok... Até amanhã Binnie.
Ele sorriu e me beijou. Passei uma das minhas mãos livres no rosto dele. Amo tanto este imbecil. Amo com todas as minhas forças.
- Até amanhã Junnie.
Assim que o disse ele saiu de minha casa. Fiquei aqui no sofá a beber o chocolate que ele me fez. Me pergunto: que surpresa será essa? A curiosidade está me matando!
Entretanto acabei de beber o chocolate e fui direto para a cama, até porque estava a ficar cansado e com frio.

Hoje é quarta-feira. Mas quem diria! Hoje vou trabalhar. Já recuperei daquelas dores infernais e agora consigo andar, correr, saltar, dançar e tudo mais. Até parece que sou uma criança. Me levanto e volto à minha rotina de sempre. Saio de casa e vou direto na empresa.
Cheguei lá e encontrei o Beomgyu na entrada.
- Bom dia Beomgyu.
- Olha só quem é! Então tu está melhor princeso?
- Pára de me chamar assim! E sim. Estou melhor.
- Aquela transa te fudeu muito.
- Cala a boca Beomgyu!
- Que foi? Não aguenta ouvir as verdades?
- Vai se fuder Beomgyu... Além disso, o que tu faz aqui?
- Estou à espera de uma pessoa.
- Essa pessoa se chama Huening Kamal Kai?
- Talvez.
- Tá. Porque está à espera dele?
- Tenho de lhe falar uma coisa muito importante.
- Que tipo de coisa?
- Mas tu é detetive para fazer perguntas sobre a minha vida?
- Não. Sou o Choi Yeonjun. Sou secretário do empresário Choi Soobin.
- Olha que bom para ti.
- Fala logo! Tá com medinho de falar?
- Tá tá... Eu vou me declarar para ele.
Meus olhos se abriram de tão surpreso que estava.
- Pera... Tu gosta dele!?
- É. Algum problema?
- Não. Bem pelo contrário, até fico feliz.
- Ainda bem.
- Mas... Ele sabe que és um vampiro?
- Não...
- Acho melhor tu falar logo para ele... Se não ele vai ficar tão assustado como eu fiquei quando descobri que o Soobin era um vampiro.
Beomgyu ficou pensativo com aquilo que falei.
- É... Detesto admitir, mas tu tem razão.
- Ótimo, agora vou subir para ir trabalhar.
- Ok, tchau.
- Tchau e boa sorte.
- Obrigado.
Entrei na empresa e subi até aos escritórios. Assim que cheguei, coloquei minha pasta num canto da minha secretária e bati na porta do gabinete do Soobin.
- Entre!
Abri a porta e fechei. Ia ter com ele quando Soobin se levantou depressa e deu uma pequena corrida até a mim. Ele pegou em mim e começou a rodar à volta.
- Bom dia Junnie!
Ok. Isto é estranho. Que animação toda vem a ser esta?
-Bom dia Binnie!
Ele parou de rodar e me colocou no chão. Ele deu início a um beijo entre nós.
Fechei os olhos e entrelancei os meus braços em volta do pescoço dele, enquanto que o Soobin agarrava com firmeza a minha cintura. Separámos do beijo e ele olhou para mim.
- Saudades do meu pequeno neném aqui na empresa.
- Não sou nenhum neném!
Soobin riu e me beijou na bochecha.
- Binnie... Qual é a surpresa?
- Mais logo Junnie.
- Não pode ser agora?
- Não!
- Vá lá...
- Não Yeonjun!
- Aff! Tu é chato!
- Que seja.
Fechei a cara e fiquei chateado. Ele foi dando muito beijos na minha bochecha para ver se ficava de melhor humor.
- Não fica assim comigo Yeonjun...
- Tá bom... Mas espero que seja uma boa surpresa!
- Vai ser. Aqui o chefe Soobin sabe o que faz.
- Tá... Mais logo conversamos.
- Ok. Bom trabalho Junnie.
- Bom trabalho Binnie.
Demos um beijo antes de eu sair do lado dele. Depois de separámos eu saí do gabinete e fui trabalhar.





















- Esta surpresa vai mudar a tua vida Yeonjun.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...