História My boss (imagine jay park) - Capítulo 43


Escrita por:

Postado
Categorias Jay Park
Personagens Jay Park
Visualizações 495
Palavras 1.529
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Jdjjdndnjdn

Capítulo 43 - I'm drunk


Eu fiquei um tempo encarando aquelas mensagens mas eu já sabia o que eu tinha que fazer.

Primeira coisa que eu fiz,foi bloquear a mensagem do Jay, sinceramente eu ainda não tava preparada mentalmente para conversar com ele,minhas feridas ainda não tinham se cicatrizado completamente eu queria voltar a falar com ele quando eu já não guardace mais nenhuma mágoa dele.

Eu também resolvi não responder o Daniel,ele é um cara tão legal e eu só sou a garota de uma noite e ele também sabe disso.

Depois de fazer tudo isso eu resolvi deixar meu celular um pouco de lado,e fui na cozinha beber um copo de água,quando eu tô colocando o copo na pia eu escuto a campainha tocar então correndo eu vou atender a mesmaas quando eu abro a mesma eu tenho uma surpresa muito grande.

Daniel - por que não respondeu minha mensagem ? - ele perguntou sério.

S/n - porque eu não quis - ele soltou uma risada sarcástica.

Daniel - estranho,foi você que disse que se quisesse repetir a noite eu poderia te procurar mais agora você não que? - falou encostado na porta com as mãos nos bolsos.

S/n - e mudei de idéia - falei quase fechando a porta quando ele coloca a mão impedido de fechar a minha mesma.

Ele abre a mesma,logo em seguida tomando meus lábios começando um beijo feroz ele pede passagem e eu cedi o beijo dele era muito bom mas logo tivemos que para pela conta de falta de ar . eu sabia que ele tava mexendo comigo eu não podia deixar isso acontecer.

S/n - acho melhor pararmos por aqui - falei ofegante por conta do beijo.

Eu levanto minha cabeça para olhar para ele,ele estava com os olhos que logo em seguida ele abre e me olha.

Daniel - mais eu não - ele me beija novamente e fecha a porta com o pé.

Ele coloca minhas pernas em volta da sua cintura,e caminha em direção a o sofá já que era o mais perto que tinha,ele começa a tirar minha blusa com rapidez eu também tiro a dele logo em seguida ele tira meu short e a sua calça junto com a sua boxe ele fita meu corpo antes de tirar a minha calcinha.

Ele tirou minha calcinha eu coloco ele sentado no sofá,e vou distribuindo beijos pelo seu abdômen ate chegar a o seu membro que já estava ereto eu comecei a fazer movimentos vai e vem com a minha mao, movimentos bem lento.

Daniel - tem como não tortura? - falou me olhando e eu dei um sorriso de lado.

S/n - você vai ter que prometer uma coisa antes - ele me olhou com uma cara dúvida.

Daniel - o que ? - perguntou calmo.

S/n - que você não vai gozar na minha boca,cara isso é nojento mas se não aguentar tudo bem - falei rindo.

Daniel - tá bem - falou com um sorriso calmo.

Eu comecei a passar minha língua pela a estensão do seu membro,ele jogou a cabeça para trás e logo em seguida eu começo o movimento de vai e vem com a minha boca.

Daniel - sua ..boca e dos deuses - ele falou.

Ele me coloca deitada no sofá,e beija minha boca e vai descendo seus beijos até os meus seios e assim ele começa a sugar um dos meus seios e fazer massagem no outro.

Assim que ele termina com os meus seios ele desce até a minha intimidade.

Ele sugou meu clitóris,e penetrou dos dedos na minha intimidade fazendo movimentos circulares com os mesmos,eu robolava na sua boca.

Ele para e eu olho pra ele e ele me olha.

S/n - o que foi ? - perguntei pra ele.

Daniel - fica de quatro - ele falou pegando a camisinha que tava na sua calça e colocou a mesma,e eu só fiz o que ele mandou.

Ele me penetrou sem um aviso prévio, então eu soltei um leve gemido e ele me olhou assustado porque ele sabe que eu não sou de gemer.

Daniel - eu te machuquei? - perguntou preocupado.

S/n - só vamos continuar - assim que e falei ele começou a dar estocadas.

Aquelas estocadas estavam fundas e muito prazerosas mas aquela posição estava me cançando, então eu saio de dentro dele é coloco ele sentado no sofá e começo a cavalgar nele a única coisa que se podia ouvir ali era o barulho dos nossos corpos.

Tudo estava muito bom até que a gente ouve o barulho da porta da sala abrindo,quando eu olho eu vejo o kaster entrando olhando para dentro de uma sacola ele não percebeu a gente,mais assim que ele viu ele ficou imóvel.

S/n - oppa tem como voltar daqui a pouco - eu falei e ele fez um sinal positivo com a cabeça e logo saiu.

Kaster p.o.v

Eu não acredito que eu tô sendo espaço da minha casa só pra s/n transar com um cara,mas sinceramente eu não posso falar nada altas vezes ela não voltou pra casa só pra mim poder ficar com uma mulher.

S/n p.o.v

Assim que o Kaster saiu eu e o Daniel continuamos,bastaram mais algumas estocadas para eu chegar ao meu epice e ele logo em seguida. 

Então eu resolvi sair de cima dele.

S/n - eu não sou a pessoa certa para você - eu falei e ele me olhou,porém eu continuei olhando para frente - eu não quero nada sério eu sou a pessoa que você só vai querer ver nua - agora eu virei e olhei pra ele que estava me olhando sério.

Daniel - eu não quero só te ver nua - ele falou olhando dentro dos meus olhos - mais se você não quiser nada sério tudo bem eu só não quero que você me empeça de ficar perto de você - quando ele falou eu abaixei a cabeça e dei um pequeno sorriso.

S/n - amigos ? - eu dei meu dedo mindinho,ele ficou um tempo olhando pra ele mas logo em seguida ele entrelaçou o dele com o meu.

Daniel - amigos

De noite 

O Daniel já tinha saido,eu e kaster estávamos nos arrumando para a inauguração de uma balada disseram que nessa inauguração ia ter vários artistas mais eu tava nem aí eu só queria ficar muito louca.

Eu resolvi ir com um vestido preto curto um tênis de cano alto que é indentico a o do kaster,o tênis também era preto e eu coloquei uma jaqueta militar que também era igual a do kaster e sim a gente fez isso de propósito.

Eu desci as escadas e o kaster estava de pé na sala mexendo no celular,quando ele me viu deu um sorriso.

Kaster - vamos? - ele estendeu sua mão pra mim e eu peguei.

S/n - vamos.

Nós fomos em direção ao carro, eu parei bem na porta do carro e logo kaster abriu e assim eu entrei no mesmo dessa vez o kaster ia dirigir,assim que ele entrou eu coloquei as minha pernas em cima da sua coxa e ele colocou a sua mão em cima da minha perna fazendo carinho.

Eu aproveitei que ele estava destrair com a estrada é resolvi tirar uma foto e na legenda eu coloquei " meu homem é um gato " e postei assim que eu postei o celular dele apitou e ele viu o que eu tinha postado .

Ele virou pra mim e deu um sorriso.

A gente chegou na balada e eu saí do carro e olhei para balada.

Kaster p.o.v

Eu percebi que a S/n tava destrair então eu resolvi tirar uma foto dela é postar no snap na legenda eu coloquei " minha mulher é uma gata " eu postei e o celular dela apitou mais ela nem ouviu.

Eu fui ver as pessoas que já tinham vizualizado e eu percebi que o Jay park tinha sido um dos primeiros.

Jay p.o.v

Eu tava me arrumando quando o meu celular toca eu vi que a s/n tinha postado um snap do Kaster dirigindo,eu fiquei com ainda mais raiva por causa da legenda.

Eu resolvi deixar meu celular um pouco de lado antes que eu quebre ele.

Quebra de tempo

Eu já tava chegando ate o local do evento até que meu celular toca.

O kaster tinha postado um novo snap,a foto era da s/n ele continua a mesma gostosa de sempre.

Não sei porque mais agora eu acho que perdi ela mesmo,eu acho que ela tá namorando sério com Kaster.

Eu desliguei meu celular e entrei no local.

Eu entrei no local e ele tava super cheio,tinha muitas garotas na pista de dança elas eram muito bonitas rolando a música been a minute uma garota lá me chamou a atenção ela dançava de acordo com a música dava pra perceber que todos os cara naquela lugar estavam empinotizado com ela.

Ela virou para minha direção,e eu fiquei muito surpresa e feliz em saber quem era ela.

S/n p.o.v

Do nada eu percebi,que uma das minha músicas favoritas estavam sendo tocadas, então eu fui lentamente para a pista de dança,o que eu mais gostava tava acontecendo a atenção de todos estava em mim.

Assim que eu comecei a dançar eu fechei os olhos naquela momento nada mais importava so a batida da música que fazia meu corpo se movimentar.

Eu virei pra trás e abri meus olhos quando eu olhei no sentido da porta.

A pessoa que eu não estava preparada para ver estava lá me olhando.quem e ele?

Jay park

Continua.......



Notas Finais


Hdhdjdhbdjdy


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...