1. Spirit Fanfics >
  2. My boss's children - Imagine Jeon or Jisung. >
  3. Festa surpresa

História My boss's children - Imagine Jeon or Jisung. - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 16 - Festa surpresa


Fanfic / Fanfiction My boss's children - Imagine Jeon or Jisung. - Capítulo 16 - Festa surpresa

- Poderia fazer isso no banheiro? 

- Por que? 

- Não quero ficar de pau duro...

Eu gargalhei igual uma louca. 

- Não posso fazer nada, você fica de pau duro porque...- me interrompeu. 

- Eu sei o processo, mas você ira ser a culpada - passou a mão pelo rosto e puxou os cabelos pra trás - Por favor - choramingou - Irei ficar com vontade de transar e você não vai realizar meu desejo - fez bico.

- Tá bom..- peguei minhas coisas e entrei no banheiro. 

Tudo era chique naquele hospital, até o banheiro. 

(...)

- Pronto..- falei 

- Melhor assim - disse sério.

- O que foi? 

- Nada.

- Ô meu Deus..- me aproximou  - O que foi, bebê? 

- Você, me deixou com vontade.

Eu ri.

- Para! - corou. 

O beijei, subi na cama e sentei no colo dele. Jeno apertava minha bunda, me incentivando a rebolar, fiz o que pediu, ele colocou as mãos gélidas dentro da blusa, subiu até meus peitos, onde apertou, gemi baixinho. 

- Que saudade - falou rouco. 

Levantou minha blusa, tocou a língua quente no meu bico, passando ao redor. 

- Aah, Jeno - segurei seus cabelos enquanto ele chupava. 

- Vocês são loucos? - perguntou nos fazendo parar.

Jeno : - Porra, Jisung! 

Sai do colo do Jeno, o fazendo resmungar. 

Jeno : - O que está fazendo aqui? - perguntou bravo.

Jisung : - Hoje era meu dia de ficar com você. 

- Sra.Park me pediu. 

Jisung : - Acho que ela esqueceu de me avisar.

Jeno bufou irritado. 

Jeno : - Empata foda! - jogou uma almofada no irmão. 

Jisung me abraçou por trás, provocando o mais velho, que revirou os olhos.

- Saiu da faculdade agora? - perguntei, dei um selinho nele e sentei na poltrona. 

- Sim, foi cansativo hoje! - sentou no sofá. 

Jeno : - Vamos ficar os três aqui mesmo? 

- Sim.

Jeno : - Jisung vai embora! - falou.

Jisung : - Você não pode transar, hyung, acabou de acordar.

Jeno : - Diga isso pro meu pau! - falou alto.

- Jeno! - arregalei os olhos.

Os dois gargalharam da minha cara.

- Jisung tem razão. 

Mandou língua pro Jeno. 

- Não pode se esforçar. 

Jeno : - Ah claro, vocês transam e eu não?! - cruzou os braços. 

Jisung : - Quem mandou não escutar a noona e sair igual louco?

Jeno : - Seu! 

- Chega, né?! Jisung vai ficar sem transar também. 

Jeno : - Toma trouxa! - riu.

Jisung : - Por que?! - se levantou.

- Por ter empatado a foda e por brincar com seu irmão - me levantei e sai do quarto, deixando o Jeno rindo da cara do irmão. 

- Quero um cappuccino, por favor - falei pro moço. 

Voltei pro quarto, os dois estavam discutindo quando entrei. 

- O que foi a agora? - perguntei. 

Jeno : - Esse idiota fica mexendo nas minhas coisas. 

Jisung : - Deixa de ser chato! Estou arrumando. 

- Eu vou dormir, não quero ninguém falando! - terminei meu cappuccino e deitei no sofá. 

Dia Seguinte...

- Estou indo - lhe dei um selinho - Mais tarde eu volto.

- Tá. 

Jisung ainda estava dormindo, então nem acordei ele, tadinho.

No trabalho...

Nossa empresa era pequena, mas estava subindo aos poucos, semana que vem iria tentar uma reunião com o Sr.Lee, queriamos uma parceria grande, e o Sr.Lee séria uma ótima.

Tinhamos alguns funcionários, não passava de 5, eram todos bons no que faziam. 

Fim do expediente...

Passei em casa pra tomar um banho, coloquei uma roupa leve e sai. 

Cheguei no quarto, mas o Jeno não estava.

- Procurando algo? 

- Oi, ChenLe...- ele sorriu

- Jeno está na fisioterapia. 

- Não podemos ir lá? - ele pegou minha mão e saímos andando - Faz tempo que ele está aqui? - ele estava em uma sala, junto com uma mulher.

- Faz umas 5 horas...

- Não quero mais! - falou assustando a mulher - Sai! - seu rosto começou a ficar vermelho.

Jisung : - Que merda ele tá fazendo agora? - perguntou. 

Entrei na sala.

- Ei..

- Calma..- falei pra moça.

Me abaixei em sua frente, os olhos do mais novo estava marejados. 

- Já volto - nos deu um tempo.

- O que aconteceu? - segurei seu rosto. 

- Estou esgotado - começou a chorar - todo dia venha pra cá, fazer exercícios, fico horas aqui e nada! Essa merda não está dando certo! - soluçava.

O abracei. 

- Ya, você não pode desistir - o olhei - Eu sei que é cansativo, mas você tem que continuar, você não aprendeu a andar de um dia pro outro, não aprendeu a dirigir de um dia pro outro, e nem a ser lindo assim...- ele sorriu de lado - Por favor - encostei nossas testas - Tem que continuar. Hun? 

- Certo..- falou - Eu irei.

- Esse é meu garoto - selei nossos lábios num beijo demorado.

- Jagiya? 

- Oi? 

- Eu te amo - falou. 

Fiquei sem reação, não esperava por isso. Mas eu também tinha o mesmo sentimento pelo Jeno. 

- Eu te amo - falei, ele pareceu surpreso também, nos beijavamos novamente. 

- E então? - nos interrompeu. 

- Vamos continuar...- falou. 

Me levantei e sai da sala.

- Vou ir comer algo - falei e sai de perto do Jisung. 

Fiz meu pedido e sentei numa mesa afastada. 

Eu amava os dois? 

- Ei..- sentou na minha frente - O que foi? - perguntou. 

- Nada.

- Por que saiu daquele jeito?

- Jeno disse que me ama.

- E você? Você o ama,noona? - me olhou nos olhos.

- A-amo - falei firme.

- Entendo - sorriu forçado. 

- Acho melhor eu ir - me levantei, nem esperei meu pedido, deixei o dinheiro encima da mesa - Pode ficar pra você - falei.

Entrei no carro e fui pra casa.

Semanas depois...

Estava um clima estranho entre Jisung e eu. Jeno tinha evoluído bastante, já conseguia andar, e iria receber alta hoje. Eu estava toda arrumada, entrei no carro e fui pro hospital.

Quando cheguei lá já tinha um pessoal, mãe, pai, irmão e amigos. 

Jeno : - Achei que não iria vim - disse. 

- Claro que viria.

Ele estava lindo Foto de capa. 

- Está lindo - falei.

Ele sorriu e me deu um selinho. 

- Você também está...- pegou na minha mão - Podemos ir? 

Todos concordaram, Jeno era o único que não sabia que iria rolar uma festa para ele.

Jaemin : - Como vamos fazer?

- Vamos no meu carro? - olhei pro Jeno. 

Jeno : - Carro? 

- É.

Jeno : - Que legal, sempre sou o último a saber.

- Queria que viesse...

Nos separamos, a mãe do Jeno me pediu para enrolar com ele em algum lugar antes de levar ele pra casa. 

- Vamos passar na padaria antes? 

- O que vai comprar? 

- Algumas coisas pro Ivan - sai com o carro - Depois passamos no meu apartamento e de lá vamos pra sua casa.

- Tá bom.

(...)

- Ficou muito bom - se sentou no sofá. 

Recebi uma mensagem dizendo que já podia levar ele.

- Vamos?

- Ah,jagi...acabei se sentar - choramingou - Estou tão cansado, me deixe ficar aqui.

- Cada um na sua casa, você precisa descansar. 

- Então, você cuida de mim.

- Eu sei suas intenções Lee Je No.

Ele resmungou, voltamos pro carro.

Uns minutos depois e eu parei em frente a casa da mãe dele. Descemos do carro e fomos em direção a porta, ele me olhou. 

- Eu estou sem a chave - coçou a nuca. Toquei a campainha e ficamos esperando - Será que tem alguém em casa? 

- Aish, vamos entrar por trás - falei o puxando. 

A festa estava na área da piscina, então foi mais uma desculpa. Ele passou na frente, quando chegou todos gritaram Bem Vindo!

Ele ficou sem reação, a mãe dele foi o abraçar, depois uns amigos/amigas, o pai e o Jisung.

- Você sabia? - perguntou me olhando, eu dei de ombros - Obrigado, pessoal!

- Discurso, discurso, discurso! - gritavamos.

- Eu tenho vergonha - falou.

Mas ninguém acreditava, Jeno era ótimo para falar em público, tanto que era ele que ia nas reuniões grande da empresa. 

A festa começou, tinha bebida, Dj, piscina, comida, tudo. Eu estava sentada numa cadeira de tomar sol com o Ivan ao meu lado. De longe observamos uma garota conversando com o Jeno.

- É, você tem razão - falou - Ela tá dando encima dele - bebeu o líquido azul.

- Eu sei - coloquei os óculos de sol de volta no lugar. 

ChenLe : - Oi - sentou do outro lado - O que estão fazendo?

Ivan : - Observando - falou.

ChenLe : - Quem? 

- O Jeno? - perguntei óbvio. 

ChenLe olhou pra onde estavamos olhando.

ChenLe : - É a ex dele.

- É quem? 

Ivan : - Vish.

ChenLe : - Xixin quem? - fez uma cara engraçada.

Ivan : - Vish..vi-sh.

ChenLe : - Vesh..Ve-sh..

Ivan revirou os olhos sem paciência.

 - Pelo jeito ela está querendo ele de volta - me levantei, tirei a blusa, ficando apenas de shorts e biquíni - Meninos? Posso jogar com vocês?

Renjun : - Pode, fica do time do Jaemin!

- Ivan, Chen, vamos jogar!

Ivan : - Prefiro tomar sol.

ChenLe tirou a camisa e se jogou dentro da piscina.

HaeChan : - Vamos zerar então. 

Jaemin : - Nada disso! - jogou água no amigo.  

No final zeramos o jogo, meu time estava ganhado, era eu, Jaemin e ChenLe. 

Meu time.

. Jaemin

. ChenLe

. Eu

Time contra.

. Jisung 

.RenJun

. HaeChan 

- Aeee! - fiz um pouco e grudei no corpo do Jaemin.

Jaemin : - Ae! - sorriu pra mim.

De longe Jeno obsevava a gente, enquanto a amiguinha falava alguma coisa sem parar.

RenJun : - Podíamos ir se After depois, né? 

Jisung : - Depois daqui? - assentiu - O que acham? 

- Eu topo! 

Jeno : - Vamos entrar - tirou a camisa.

Jaemin : - Não acho que seja bom fazer esforço. 

Jeno : - Cala a boca, Jaemin - falou.

- Esquece ele - falei pro Jae. 

Jeno : - Eu e a Kira vamos ficar no mesmo time.

Jisung : - Vou pro outro então. 

Abracei o Jisung com as pernas, envolvi meus braços nos pescoço dele.

O jogo estava ficando tão bom que o Ivan veio ser juiz. Nosso time estava empatado.

Eu estava com a bola, a joguei pra cima e bati na mesma, a fazendo ir para o outro lado, batendo em cheio na cara da Kiara, Kira, sei lá. 

Ivan : - Falta! - gritou. 

Encarei o Ivan com cara de tédio. A garota forçou um desmaio, Jeno a pegou no colo, colocou ela deitada fora da piscina e saiu. Revirei os olhos com o drama.

- Aff - fiquei ao lado do Jisung. 

- Fez de propósito? - perguntou baixo.

- Não - o olhei. 

Deu um mergulho pra molhar os cabelos e voltei pra superfície. Olhei pros lados e puxei o Jisung pra baixa,lhe dando um selinho.

Jeno : - Olha o que fez! - falou alto quando sai da piscina - Por sua culpa ela desmaiou, precisava daquilo?! 


Notas Finais


Eai, gente?
Foi de propósito ou não? Ksksksksk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...