História My boy is provocative {JIKOOK} - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias A Culpa É Das Estrelas, A Verdade Sobre Nós, ABC do Amor (Little Manhattan), Amizade Colorida, Bangtan Boys (BTS), Coração de Tinta, Crush - Paixão Mortal, EXID, Romeu e Julieta, TWICE
Personagens Hani, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Sana, Tzuyu
Tags Jikook
Visualizações 487
Palavras 1.563
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Droubble, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OLHA SÓ QUEM VOLTOU!!!

CHEGUEI! CHEGUEI CHEGANDO!

♡Se eu amei essa capa? Imagina♡

❤Boa leitura❤

Capítulo 13 - Convidado


Fanfic / Fanfiction My boy is provocative {JIKOOK} - Capítulo 13 - Convidado

Jungkook P.O.Vs On 


Estou aqui no meu fliperama mais uma vez, jogando qualquer coisa. Na minha mente só aparecia o Jimin, nem dá pra acreditar que eu estou apaixonado por um garoto. Não esperava isso de mim, foi de repente.

Quando o cupido acerta UI! você já se apaixonou e não tem como parar o seu coração...

Eu deveria ligar para ele? Sim ou logicamente? Óbvio que eu vou ligar...


Ligação:

Jm: Alô? 

Jk: Oi bebê

Jm: Ah! Oi Kook-Ah! 

Jk: Eu estava com saudade de ouvir sua voz, na verdade estou com saudade de você...

Jm: Aigoo Kook! Eu também estou morrendo de saudades!

Jk: Está afim de vir dormir aqui na minha casa? Minha mãe está ansiosa para te conhecer!

Jm: Sério?! Mas você contou para ela que é homossexual?

Jk: É..ainda não. Estou esperando mais um pouco, não quero matar ela do coração...

Jm: Ah sim *Ele riu* que horas eu deveria chegar aí? 

Jk: Na hora que você quiser, bebê.

Jm: Kook...*Falou de um jeito manhoso*

Jk: Estou louco para te beijar de novo...

Jm: E minha bunda está com saudade da sua mão, Oppa...

Jk: Aish Jimin, não me provoque. Quando eu tiver a chance, saiba que eu irei te foder de jeito.

Jm: Não vejo a hora!

Jk: Quer saber, se arrume! Estou indo te buscar agora mesmo!

Jm: Tá! Irei me arrumar o mais rápido que eu conseguir

Jk: Até daqui a pouco, bebê.

Jm: Até, Oppa!


Ai ai Jimin, estou louco para te tocar e te beijar novamente! Me arrumei e deixei meu corpo todo perfumado, vou encontrar meu garotinho, preciso ir muito bem cheiroso.

Desci as escadas e saí de casa, chamando a atenção de alguns empregados da casa. Entrei no meu carro e dei a partida, ligando o som e iniciando o meu caminho até a casa do Jimin.

Depois de alguns minutos, eu estacionei na frente da casa dele e desliguei o carro. Caminhei até sua porta e toquei a campainha, ouvindo um breve "Já vai!".

Esperei alguns segundos e Jimin abriu a porta, ele estava lindíssimo como sempre, alguém transforma esse menino em um modelo!


-- Oi Kook-ah...-- Me cumprimentou de um jeito manhoso.

-- Oi Jimin. -- Puxei sua cintura e selei nossos lábios, colando seu corpo ao meu -- Já está pronto?

-- Estou sim! -- Pegou uma bolsa que provavelmente estava a roupa que ele iria usar nesta noite.

-- Então vamos, bebê. -- Sorri e ele concordou fechando a porta.


Entramos no meu carro e dirigi de volta até a minha casa. No meio do caminho, eu percebi o quão as coxas do Jimin são grossas, puta que pariu garoto...

Enfim, consegui chegar em casa sem ficar duro e parecia que mamãe estava presente. Saímos do carro e entramos na minha casa, os empregados cumprimentaram Jimin e perguntaram para ele o que gostaria de comer hoje no jantar.


-- Ah não! Não precisam fazer nada de especial para mim...-- Negou e eu dei um tapa na sua bunda, o que fez ele pular -- Mas se não se importarem, eu gostaria de comer Kimchi.

-- Ok senhor Park. -- Os empregados concordaram e saíram da sala.

-- Ya! Por que bateu na minha bunda no pior momento? -- Perguntou indignado.

-- Era o único jeito de você responder. -- Respondi rindo e ele fez um biquinho nos lábios.

-- Uhum, sei. -- Cruzou os braços.

-- Vamos! -- Puxei ele.


Subimos as escadas e fomos até meu quarto, tranquei a porta e Jimin colocou sua mochila em cima da cama. Olhei para ele malicioso e Jimin fez uma expressão desconfiada.


-- Não sabe o quão eu estou com vontade de te tocar...-- Falei me aproximando.

-- Então porque não toca? -- Perguntou colocando suas mãos na minha nuca.

 

Nos beijamos de uma maneira provocante, com mordidas e respirações abafadas, minhas mãos ficaram abraçadas na sua cintura e Jimin acariciava meu cabelo escuro.

De repente, alguém bate duas vezes na porta.

Paramos de nos beijar e eu fui abrir a porta, dando de cara com a minha mãe.


-- Oi Omma. -- Sorri inocente e ela olhou para dentro do meu quarto -- Esse daqui é o Park Jimin.

-- Oh! Então é você? -- Entrou no quarto -- Muito prazer, pode me chamar de senhorita Jeon.

-- Olá senhorita Jeon. -- Jimin falou se curvando.


Sogra e genro se cumprimentando


-- Irá ficar para o jantar, senhor Park Jimin? -- Minha mãe pergunta sorridente.

-- Ele irá dormir aqui, Omma. -- Respondi e ela abriu ainda mais o sorriso.

-- É tão bom ver outros rostos nesta casa, estava acostumada a ver o meu filho andando só com o Taehyung. -- Minha mãe falou pensativa -- Seja bem vindo a nossa casa, Jimin.

-- Muito obrigada, senhorita Jeon. -- Agradeceu de uma maneira educada.

-- Bom, eu irei deixar vocês dois à sós! Uma companhia feminina não é muito bom para dois adolescentes. -- Deu risada e logo saiu do meu quarto.

-- Gostou da sua sogra? -- Perguntei fechando a porta.

-- Ela é bem simpática, Kook-Ah. Só não sei se ela vai aceitar a nossa paixão um pelo outro. -- Sua expressão ficou triste.

-- Não importa se ela irá aceitar ou não, eu quero ficar junto com você. Eu gosto de você e irei fazer tudo para ficar contigo até o fim. -- Abracei ele, sentindo ele me apertar.



18:30, Jimin P.O.Vs On 



Passamos a tarde inteira assistindo filmes abraçados e com a coberta nos cobrindo. Jungkook fazia carinho no meu cabelo e sim, eu virei um gato novamente! Quero dizer, um gato eu já sou né?


-- Daqui a pouco o jantar irá ser servido, está com fome? -- Kook perguntou beijando minha testa.

-- Estou, não comi nada a tarde inteira...-- Respondi fazendo meu biquinho.

-- Vamos tomar banho antes de descer? -- Perguntou fazendo me o olhar.

-- Vamos! Juntos? -- Perguntei e ele respondeu com um sorriso fofo -- Okay.


Ficamos de pé e retiramos nossas roupas, ficando apenas com as íntimas. Kook me olhou malicioso e puxou minha cintura, começando um beijo quente e cheio de desejo. De repente sinto ele dar um tapa estralado na minha bunda, apertando a região com força.


-- Vamos tomar banho antes que eu perca o controle...-- Sussurrou beijando minha bochecha.

-- Queria tanto que perdesse o controle...-- Falei mordendo meus lábios e levando minha mão até seu membro.

-- Ah Jimin...-- Gemeu apertando os olhos -- Não vai querer me ver perdendo o controle...

-- Tem razão...-- Respondi concordando -- Você não tem coragem de fazer nada...

-- O que falou? -- Perguntou me encarando sério.

-- Nada. -- Sorri mordendo meus lábios.

-- Nada é? -- Ele me puxou para dentro do banheiro e trancou a porta.

-- Eu não falei nada, Kook...-- Fiz uma carinha de inocente.


Jungkook me encostou na parede e colocou meus pulsos em cima da minha cabeça, ele sorriu malicioso e passou seu dedo no meu lábio, beijando e puxando a carne logo depois.

Kook beijou meu pescoço e fez questão de marcar com um chupão. Enfiei minhas mãos dentro da sua cueca e Jungkook deu um pulo de surpreso quando eu apertei sua bunda.


-- Park Jimin está muito safado. -- Riu me beijando.


Decidi ficar no comando e coloquei ele encostado na parede, sorri de uma maneira maldosa e comecei a dar beijos no seu peitoral descendo até chegar na sua parte íntima. Olhei para cima e Kook me olhava com um sorrisinho no rosto.


-- Falta só uma coisinha...-- Esticou seu braço e ligou o chuveiro.


Entramos dentro do box e a água nos molhou, abaixei sua cueca e seu pênis pulou para fora grande e duro. Esperei a água molhar seu membro e comecei a masturba-lo bem devagar.

Kook estava com uma expressão bem pervertida enquanto me olhava, abri minha boca e coloquei minha língua para fora, tocando a ponta da sua glande.


-- Jimin...-- Me chamou.

-- Hum? -- Respondi e Jungkook empurrou minha boca para engolir seu pênis por inteiro -- K-Kook! -- Falei com dificuldade.

-- Agora sim, continue me chupando desta maneira...-- Continuou a movimentar minha cabeça.



50 minutos depois...

Jungkook P.O.Vs On 


-- A comida está agradável para você, Jimin? -- Minha Omma pergunta.

-- Está deliciosa, senhorita Jeon. -- Jimin respondeu levando o hashi até sua boca.

-- Estamos felizes por ter gostado, mestre! -- Quatro das empregadas falaram se curvando. 

-- Ah...-- Jimin me olhou envergonhado. 

-- Se acostume, elas são assim mesmo. -- Falei acalmando ele.


Terminamos o nosso jantar e subimos de volta para o quarto e quando eu fechei a porta, Jimin correu até a janela e ficou observando o céu escuro. Caminhei até ele e o abracei, encostando meu queixo no seu ombro.


-- Lindo. -- Elogiei ele e o mesmo deu uma risada gostosa.

-- Eu sei. -- Respondeu folgado.

-- Convencido...-- Beijei seu pescoço -- Quer sobremesa?

-- Quelo...-- Falou com uma voz fofa. 

-- Fique aqui assistindo, eu já volto. Bom, talvez demore um pouco. -- Dei risada e ele concordou indo ligar a TV.



Jimin P.O.Vs On 



Jungkook saiu do quarto e agora era a hora certa para mim colocar a fantasia. Fui até minha mochila e vesti a roupa, fiquei de costas para seu guarda roupa que tinha um grande espelho, vi que o rabinho do coelho era um pompom branco e quando balançava sua bunda, ele mexia :3.

Ouvi alguns passos no corredor e desliguei a TV, apagando a luz e correndo até sua cama. A porta foi aberta deixando a luz do corredor iluminar o quarto.


-- Jimin, eu trouxe isso...-- Acendeu a luz e ficou de boca aberta ao me ver -- O que é isso...? -- Me olhou sorrindo.

-- Está afim de perder seus limites com o seu coelhinho, Kook?









Notas Finais


BULTAURENE

Até o próximo capítulo❤❤😃

Meu perfil: @Vih_Unnie


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...