História My boyfriend is a hybrid (TaeKook) - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 83
Palavras 4.191
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei com mais um capitulo abençoado

E hoje o capítulo é sobre a volta de Chung

Quem vai participar bastante é o nosso querido Bambam, a Hae e o nosso lindíssimo Chung💜 e é claro nosso casal maravilhoso Taekook

Espero que vocês gostem de Chung porque ele é um amorzinho

E tenham uma ótima leitura💜

In Love - apaixonada

Se preparem pq aí tem coisa

Capítulo 20 - In Love


Fanfic / Fanfiction My boyfriend is a hybrid (TaeKook) - Capítulo 20 - In Love

Jungkook e Taehyung terminaram de se trocar e desceram
Bambam virou para Taehyung de queixo caído

- calma. Eu sei. Eu sei - Taehyung falava rindo da cara do amigo - o Jungkook não sabe, então não fala nada - ele puxou Bambam pelo braço, e o mais baixo concordou

- vamos! - Haenna disse

- vamos aonde? - Taehyung se virou para ela

- buscar seu irmão Tae - Jungkook falou sorrindo, e Taehyung correu pra abraçar ele - Aí! Ou!

- você é muito fofo! - o olhou

- o único problema é que eu tô de moto, e meu carro não está tão acessível assim - Bambam teve uma brilhante ideia

- meu pai pode emprestar o carro dele - falou animado - o que acha?

- ótima ideia, onde é a sua casa Bambam? - ele abriu um enorme sorriso por ela ter concordado

- logo ali na frente, vamos! - saiu da casa - vocês vêm ou não?! - todos seguiram Bambam até sua casa que não era longe. Quando chegaram lá o pai de Bambam estava sentado em uma cadeira e assim que viu Haenna se levantou - oi pai! Empresta seu carro para a Haenna? - apontou para a garota de face angelical, e o pai não respondeu. Então Bambam foi para perto dele - pai..Haenna é um anjo. E ela precisa de um carro para levar Taehyung a uma pessoa

- Haenna! - o mais velho a chamou e ela andou até ele - é um prazer enorme em te conhecer - se curvou

- não precisa disso senhor - riu

- toma - lhe entregou as chaves do carro - confio em você

- muito obrigado! - pegou as chaves e se curvou - você vai vir Bambam?

- vou! Vou sim! Obrigado appa! - Bambam deu um beijo da bochecha do pai e foi atrás de Haenna que entrava no carro. Era um carro bonito preto e moderno

- Todos pronto? - Haenna perguntou para os garotos que afirmaram - vamos então! - ela deu a partida e saiu do condomínio, Taehyung ligou o rádio e começou a cantar, logo o Bambam também começou. E quando Haenna menos esperava todos estavam cantando juntos, ela sentia que estava no lugar certo, voltar para casa foi a escolha certa

- como Chung está Hae? - Taehyung perguntou em meio de risadas

- Chung está bem, foi meu melhor amigo durante 4 anos - sorriu e soltou um suspiro longo - seu irmão é a melhor pessoa que eu já conheci na minha vida

- você..gosta dele né? - o irmão se atreveu a perguntar. Taehyung olhou para ele sorrindo

- n-não - respondeu, e todos a olharam com um sorrisinho - o que foi gente? Eu em..

- você não engana ninguém com esse sorrisinho apaixonado e essa carinha rosa - Taehyung apertou a bochecha dela - não tem problema nenhum em gostar do meu irmão, ele é bonito mesmo. Ou você não sabe de quem gosta? - Hae engoliu seco - oh Hae! Você devia ter nos falado antes!

- eu não conheci a Jennie ainda, mas para você estar confusa assim, ela é maravilhosa - Jungkook colocou a mão no ombro da irmã

- ela é sim. Igual Chung - sorriu - eu passei muito tempo com Chung, o ajudei com tudo, mas a Jennie conheci ela quando ela tinha 15 anos e eu 19. Foi antes da mudança dela para a Coréia

- nos conta a sua história com esses amores, como você conheceu cada um - Bambam parecia bem curioso para saber a história de Haenna

- vou contar a minha com a Jennie, Chung vai querer contar a minha com a dele - pigarreou a garganta - eu estava indo me inscrever para entrar na organização, que era tipo uma academia que aprendiamos a lutar e controlar nossas emoções. Eu estava voltando quando esbarrei numa garotinha que carregava muitos. Mais muitos livros mesmo. Eu me desculpei, e a perguntei onde ia, ela disse que estava voltando para casa, e que tinha acabado de sair da escola. Foi a primeira vez que eu a olhei nos olhos, aqueles olhos puxados e o cabelinho curto liso, eu a ajudei levar os cadernos até em casa, ela me convidou para almoçar como agradecimento por eu ter carregado aqueles livros pesados. E foi ali que tudo começou

- e como vocês acabaram separadas? - Jungkook se inclinou para frente

- isso já é história para outro dia - Haenna disse parando o carro

- ah! Por que?! - Taehyung fez bico

- porque já chegamos no prédio em que seu irmão está - apontou para o enorme prédio. Hae desceu do carro

- nem tinha percebido! - desceu do carro logo em seguida - nossa quem pagou pra ele ficar aqui. Esse predio é um dos mais caros de Seoul - olhou para cima quase caindo de tão alto que o prédio era

- eu moro aqui, mas falei para ele não se acostumar - foi andando, e colocou o dedo no leitor digital - podem entrar - deu espaço para eles entrarem - meu carro está aqui. Eu mantive esse apartamento para quando eu quisesse vir, nem precisasse alugar nada

- como trouxe seu carro para cá? - o irmão perguntou

- tem coisas que temos que manter em segredo não é mesmo - andou até o elevador que se abriu - nenhum de vocês tem medo de altura né? Porque o meu fica no último andar - Bambam engoliu seco - lá vamos nós - apertou o último andar. Taehyung estava ansioso, fazia várias perguntas para Haenna sobre seu irmão. O elevador dava vista para a cidade, ele era todo de vidro, menos o chão. Bambam olhava para baixo e pensava na possibilidade daquilo despencar lá de cima - chegamos - disse quando o elevador parou e Taehyung começou a dar uns pulinhos, mas também se preparava para bater no irmão por ter sumido por tanto tempo

Hae pegou suas chaves, e antes de abrir a porta, olhou para os meninos, respirou fundo e disse:

- estão prontos para ver Chung? - Todos afirmaram

- antes de abrir - Jungkook interrompeu - por que só tem duas portas aqui em cima?

- aqui Jungkook é a cobertura, são dois apartamentos maiores do que o resto dos andares. Posso abrir a porta agora?

- pode - Hae girou a chave de vagar para causar mais suspense. O coração chegou a bater até mais forte, e assim que ela empurrou a porta os três garotos gelaram

- bem-vindos à minha casa meninos! - o apartamento era enorme, tinha janelas enormes, a cozinha era conectada com a sala, o apartamento tinha muitas cores, mas as que mais se repetiam era o preto, vermelho, amarelo e o branco. Eles ficaram de queixo caído. - tem a parte de cima ainda. Mas só é meu quarto o banheiro e uma sacada, e uma mini piscina aqui fora- disse caminhando por um corredor escuro - Chung?!

- Oi?! - Uma voz abafada veio do lado de dentro do banheiro

- tenho uma surpresa pra você, sai Aqui! - Chung abriu a porta

- como estou? - mostrou sua roupa que Hae tinha comprado para ele

- tá lindo. Mas agora quero que você veja quem está aqui - ela tampou os olhos dele com as mãos - eu vou te guiar até a sala, tudo bem?

- okay... - disse meio ansioso - só você mesmo em Hae pra me fazer uma coisa dessa

- Hae isso daqui é de comer?!

- Hae..e-eu reconheço essa voz - Chung continuou andando. Hae fez um sinal para que Taehyung ficasse quieto, o platinado tampou a boca, seus olhos estavam marejados

- Chung, me agradece depois viu - tirou as mãos dos olhos dele

- Pelo..O que? - Chung teve a visão do garoto de cabelos platinados - Taehyung! - eles correram para se abraçar - você está tão crescido, só te reconheci por causa desse seu cabelinho platinado, e esses olhos - Jungkook olhou os olhos de Chung, eram amarelos também, iguais aos de Taehyung - oh Hae! - se virou para a melhor amiga

- vem cá melhor amigo! - ele a abraçou - o que eu não faço por você né pirralho! -Hae e Chung pareciam irmãos - Chung esse é o meu irmão. E o Bambam! Amigo do Taehyung

- Jungkook..A Aninha falou muito de você, e é um prazer te conhecer Bambam - ele se aproximou dos dois garotos - Jungkook se parece muito com você Hae!

- você deu sorte que Jeon é amigo de Taehyung. É a ele que você tem que agradecer - Chung abraçou Jungkook, que ficou sem reação, mas correspondeu o abraço - amigos, não é a palavra certa

- Haenna não começa! - Jungkook começou a ficar vermelho

- tudo bem besta! Eu paro - falou

- agora você pode contar a história de vocês dois - Taehyung se sentou na poltrona que tinha ali

- tudo bem - se sentou no sofá junto de Chung - senten-se meninos - Bambam e Jungkook se sentaram. Hae olhou para Chung, e ele deu permissão para ela começar a falar - tudo começou quando Jennie tinha ido embora do Brasil, que eu tenho que terminar de contar a história ainda

- você não terminou?! - Chung virou indignado para Hae

- não contei a parte que a gente foi separadas, só como eu conheci ela. Mas depois eu termino. Posso continuar agora? - Todos afirmaram - eu já tinha entrado na organização, já tinha conhecido muitas pessoas. Eu sempre caminhava de noite nas ruas, aí eu encontrei seu irmão, morrendo de frio andando pelas ruas

- eu tinha acabado de chegar lá, eu andei por dias até chegar na organização, Hae me acolheu e me levou para lá o mais rápido possível. Eu estava falta de vitamina, e tiveram que me colocar no soro. Quando eu acordei, Haenna estava numa poltrona dormindo. Eu comecei a rir da cara dela - riu - e aí ela acordou perguntando, o que Foi?! - imitou a voz dela

- eu fiquei preocupada vai que ele estava morrendo! - os meninos riram

- mais eu só estava tomando soro! - falou em meio de risadas - não tinha como eu morrer!

- mais vai que..né! Nunca se sabe. Bom.. depois de nos apresentarmos, ficamos conversando por horas até o médico chegar dizendo que ele já podia sair do soro para ir andar. Então eu o levei para conhecer a organização, e como eu não tinha colega de quarto ele ficou comigo, e na minha equipe também - Chung a observava contando, e lembrava, e não tinha como deixar de sorrir, conhecer ela foi a melhor coisa que já tinha acontecido na vida dele

- depois que fomos treinados, fizemos várias missões, e viemos pra cá. Eu vim procurar Taehyung, e ela veio procurar Jungkook - Chung completou - mas por sorte. Hae conseguiu achar vocês dois juntos - sorriu malicioso

- eles se pegam Chung - Bambam começou a rir, e muito, Tae e Jungkook ficaram vermelhos - o que Foi?! - riu - não tô mentindo, olha o pescoço deles - apontou

- tem algo a declarar sobre isso Kim Taehyung? - Chung perguntou com um sorriso no rosto

- a única coisa que eu tenho a declarar É.. -O sorriso levado e o olhar sobre Jungkook já dizia tudo - que Jungkook é uma delícia - Todos tiveram ataque de riso, menos Jungkook - por isso eu tenho vontade de beijar ele toda hora

- para de falar essas coisas!! - Jungkook tentou novamente parecer irritado - não gosto quando faz isso!! - agora sim ele ficou irritado. Seus olhos ficaram dourados, e Taehyung se assustou - o que Foi? Vocês pararam de rir do nada - olhou para eles, e seus olhos voltaram ao normal

- nada! - Haenna se manifestou - Bambam, quero te mostrar uma coisa - Bambam foi atrás de Hae que subiu as escadas - Chung vai no mercado com eles comprar as coisas para o almoço. O dinheiro está na bancada!

- tudo bem!

- o que queria me mostrar Hae? - Bambam olhou a Garota batendo na parede

- achei! - apertou o local que se afundou e a parede abriu - aqui é a onde eu guardo as coisas que ganhei dos meus tios

- Tios?

- não são irmãos da minha mãe nem do meu pai. Mas considero eles como meus tios - sorriu - afinal eles que me deram esse dom - mostrou seus olhos dourados

- eles estão vivos ainda?! - ficou surpreso, pois ninguém vive tanto tempo

- não! - riu - minha mãe disse que assim que eles tocaram na barriga dela, desapareceram - pegou uma moeda de ouro parecia bem antiga, jogou ela para o alto, e quando caiu se transformou em uma espada

- essa é "A" espada? - perguntou com os olhinhos brilhando

- não, você acha que eu iria deixar ela em um lugar assim com tanto demônio atrás dela. Ela está bem aqui - colocou sua mão de baixo da de Bambam e fechou pegando no punhal da espada

- aí! Ela queima!

- você é uma fada não é Bambam? - ele afirmou - seres que não conseguem mentir, mas podem alterar a verdade. A espada escolhe seu portador, ela sabe quem é o próximo anjo, é assim que eles fazem pra descobrir quem são os anjos - o celular de Bambam começou a tocar

- Alô? Oi Yug.. poxa, agora não dá, tô longe de casa para te dar sangue, minha mãe deve ter, liga pra ela. Tá bom. Tchau, depois passo aí - desligou

- um vampiro? - sorriu

- sim, meu melhor amigo - guardou o celular no bolço

- A espada não é minha, essa espada é do.. É do Jungkook, mas como ele não sabe sobre nada do nosso mundo. Eu uso dois punhais, mas também podem virar outras armas - sorriu de canto fazendo a espada sumir - meus punhais são A espada, que virou dois punhais

- está me dizendo que A espada pode virar várias armas que variam pra cada pessoa que a porta? - Bambam estava animado com o assunto

- sim. Mas a espada de Jungkook não muda, eu já tentei várias vezes. A minha muda, já lutei com ela como tridente, lança, chicote e os punhais

- é como consegue invocar a espada de Jungkook?

- não sei...Eu começo a pensar nele e ela aparece..

- eu vou falar com Jinyoung, e vamos descobrir como você faz para invocar a espada dele. - Hae assentiu várias vezes - mas e a..

- armadura sagrada? - assentiu - estou com ela - Bambam para eu surpreso - A de Jungkook está aqui - colocou uma senha no aparelho que tinha e o espelho que tinha no meio das espadas e várias outras armas se abriu, e lá tinha uma caixinha branca com duas iniciais em dourado, do nome de Jungkook, e uma caixinha preta com as iniciais em dourado também. Hae abriu a caixa branca e pegou uma moeda bem maior dourada - isso não é uma moeda tá. É a armadura, a minha... - mexeu no bolço da jaqueta tirando uma moeda de lá também- é essa - as moedas tinham desenhos diferentes. Que Hae disse que mudavam a cada pessoa também

- chegamos!! - Hae guardou imediatamente as armaduras nas caixas e fechou o arsenal

- o que trouxe?! - desceu as escadas

- o meu favorito! - Chung colocou as sacolas na mesa

- você não vai fazer arroz e feijão?! - Hae abriu as sacolas

- vou sim, com frango frito ainda! - Chung falou indo para seu quarto

- Arroz e feijão? Combinação estranha - Taehyung se sentou no balcão vendo Hae lavar o frango - se eu soubesse fazer, eu ajudava

- é a coisa mais fácil de se fazer - começou a cortar o frango - Chung demorou para comer, se recusava a comer nossa comida, aí eu forcei ele a experimentar o arroz e o feijão, com frango frito, e dês de então quando ele pode, faz eu cozinha isso

- é como vocês fizeram para sair de lá, eles simplesmente deixaram vocês dois saírem? - Bambma se sentou ao lado de Taehyung

- quando as pessoas fazem 23 anos lá, podem escolher se ficam ou saem, eu saí, e levei Chung comigo. Mas é claro que enfrentamos pessoas más antes de chegarmos aqui

- passamos pela Coreia do Norte, foi difícil sair de lá - Chung voltou - os caras quase prenderam agente lá dentro

- mas conseguimos sair

- porque somos ninjas!!! - fez uma pose de ninja para todos rirem

- ninjas..sei - Hae riu fraco. Ela terminou de colocar tudo no fogo - pronto

- Hae..seu cabelo é liso em cima e as pontas enrolam, não entendo - ela riu amarrando o cabelo - Olha! - Taehyung apontou para a franja comprida que caia para o lado

- Hae é Jungkook tem a beleza de anjos - Bambam disse

- não posso negar - Chung falou indo para perto de Hae - minha melhor amiga é uma deusa grega

- ei! Jungkook também é um Deus grego - puxou Jungkook pela cintura

- vela dupla! - disse cantarolando - Onde é o banheiro Hae?

- última porta a direta Bambam - Hae se virou para as panelas - está quase pronto, só o frango que vai demorar - abriu o dono para ver o frango

- você mostrou para o Bambam seu arsenal? - perguntou baixo para os meninos não escutarem. Especialmente Jungkook

- mostrei. Jungkook não sabe de nada ainda

- percebi, ele não tem medo de provocar Taehyung, e o cheiro dele é atraente de mais - inspirou fundo - agora eu entendo meu irmão.. - Hae olhou para ChunChung com seus olhos totalmente mudados, tinham uma cor avermelhada e atrás era tudo preto

- não fala isso do meu irmão! - a voz dela mudou completamente, mas logo ela voltou ao normal, com muita tontura

- Haenna! - Chung a segurou pelo braço - o que acabou de acontecer?

- eu não sei...

(...)

Depois do almoço, Hae foi deitar deixando os meninos jogando
Ela não sabia o que avia acontecido com ela, Chung disse que os olhos dela ficaram diferentes, e disse que não eram os olhos de um anjo

Hae abriu o arsenal e se olhou no espelho, ela estava pálida. Pegou uma caixa dourada, onde guardava um anel que avia ganhado de seu avô, tinha um rubi, e lembra o dia que ganhou, o seu avô ficou com os olhos vermelhos. Iguais ao dela, ela correu para seu notebook e começou a pesquisar sobre demônios
Pegou seu celular e fez uma ligação urgente

- anda Lu atende..

"- oi Hae!"

- Lu preciso que você veja nos livros da biblioteca se tem alguma possibilidade, de ter um anjo meio demônio. Ou se já existiu algum. É urgente

"- não me diga que...Hae seus olhos ficaram vermelhos?"

- f-ficaram...

"- bom eu já li todos os livros de anjos e demônios da biblioteca, e já existiu um anjo meio demônio, ele tinha um anel com uma pedra que parecia rubi. Mas na verdade era sangue de demônio, e aquilo dava poderes a ele"

- e-eu tenho um anel parecido - foi pegar o anel - meu avô me deu, antes de...morrer por um demônio menor...

"- seu avô morreu, ou foi levado? Porque no livro dizia, que o anel pertencia a um demônio maior, que matou o anjo que possuía o anel dele, e tudo isso foi a 300 anos atrás"

- meu avô era..esse demônio então?

" - se formos pensar por um lado, sim seu avô é ainda esse demônio, e te deu o anel sabendo quem você era, e fingiu a própria morte, porque demônios menores não matam demônios maiores"

- obrigado Lu - desligou - o que eu sou?

- Hae - Chung bateu na porta dela

- entra...

- Haenna você está pálida - tocou no rosto dela - e gelada..O anel do seu avô..

- Chung. E-Ele era um demônio maior..me deu esse anel para eu ter os poderes de um

- como tem tanta certeza Hae? - perguntou um pouco assustado

- eu liguei para a Lu e ela confirmou nos livros, esse anel era de um demônio maior, que foi parar nas mãos de um anjo, que foi morto pelo dono do anel - ela tinha os olhos marejados

- e isso tem quantos anos?

- 300 anos. E esse anel..está causando tudo isso em mim, lembra quando estávamos vindo para cá, você viu como
eu fiquei quando quase matei o cara, você não me deixou, e..aí eu - começou a ficar nervosa não conseguindo falar. Seus olhos ficaram vermelhos novamente

- de novo não - ele puxou ela é selou seus lábios. Assim que Chung se afastou assustado, Hae abriu seus olhos dourados - d-desculpa..f-foi a única Coisa que eu pensei para te acalmar, e-eu não queria

- Tudo bem Chung - o abraçou - obrigado. Por ser o melhor amigo do mundo! - os olhos dela ainda estavam dourados - eles ainda estão...

- sim - riu - são lindos - riram juntos

- Hae, Chung? - Taehyung entrou no quarto - seus olhos Hae...São lindos! - correu para abraça a Garota - só porque eu falei, eles voltam ao normal né. Eu vim aqui pra falar que Bambam tem que voltar pra casa, o pai dele vai sair, e precisa do carro

- tudo bem, você vai Chung? - se levantou pegando a sua Jaqueta

- vou.. - sorriu - matar a saudade daquele condomínio, das pessoas...

- vamos logo! - puxou o mais novo pela gola da blusa. Pegou as chaves, trancou o apartamento e foi em direção ao cubo de metal. Onde todos ficaram quietos ouvindo a música que tocava ao fundo, mas logo que a porta abriu saíram em disparada para o carro - todos prontos? - afirmaram. Hae deu a partida

Quando chegaram no portão do condomínio. Chung não contei a ansiedade, ele avia voltado para casa depois de anos

- será que eles lembram de mim? - Chung se virou para o irmão

- claro que lembram, não teve um dia que não falamos sobre você, sobre quando eu e você estragamos o aniversário do Mark, ou quando derrubamos o Bambam na lama - todos riram menos Bambam

- dia que eu queria esquecer..Eu estava com a minha roupa nova - Bambam negou várias vezes ao lembrar do dia - vai ter volta! Me aguardem Kim's!

- chegamos! - parou o carro - Bambam você estuda na mesma escola que Tae é Jeon?

- Hae.. - puxou ela para um canto - eu quero fazer uma surpresa para ele, eu e os meninos, vamos mudar para a escola dele

- entendi.. amanhã eu vou buscar vocês para conhecer a Jennie, ela vai estar disponível amanhã

- tudo bem. Foi bom te conhecer Hae! - a abraçou - vamos ser amigos por muito tempo - mostrou seus olhos verdes e Hae fez o mesmo

- espero - sorriu - toma - entregou as chaves do carro - vamos meninos! - chamou eles

- aqui ficou muito bonito. Nada mudou também - Chung disse - mas ainda pretendo ficar um pouco com Hae, até ela se declarar para a Jennie

- me respeita menino! - empurrou ele - eu só vou me declarar quando eu estiver preparada!

- eu entendi a referência - Jungkook sorriu para Taehyung que demorou para entender

- ei Jungkookie.. - Taehyung falou manhoso - vai dormir comigo hoje né?

- vou...

- dormir..sei..Taehyung não vai te deixar descansar, ou é ao contrário? - Chung não perdia a oportunidade de envengonhar o irmão. Mas Kim Taehyung, também não perdia a oportunidade de deixar Jeon envergonhado

- ainda não foi confirmado. Vamos ver como ele age durante a tarde - piscou para ele. Eles já estavam em frente a casa dos Kim

- tudo bem. Amanhã vou vir buscar vocês na escola, e levar também. Não durmam tarde. Se bem que eu acho impossivel, amanhã você faz o tour para mostrar a casa. Vamos Chung! - chamou o mais novo que olhava para a própria casa, Hae já avia subido na moto

- tchau gente, vejo vocês amanhã - abraçou os dois meninos - Taehyung! Não fale para ninguém que eu voltei, apenas me avise quando voltarem para casa, amo vocês até amanhã! - disse vendo os dois entrarem em casa

- pronto?

- pronto.. - subiu na moto e Hae deu a partida - sabe. O que você acha de pedirmos uma pizza?

- mas já está pensando em comer?!

- sim..Eu sou um buraco sem fundo Hae...









Notas Finais


Aaah o nosso primeiro beijinho Hetero no meio de vários beijos gays
Ainda vai ter mais
Não se apeguem nesse casal HaeChung tá. Pq nossa querida Jennie está vindo aí

Nossa querida Hae apaixonada por duas pessoas! E agora como fica a vida?

Calma que os nosso personagens principais vão voltar. E aquelas tretas do Hoseok com Yoonmin. E vai ter capítulo especial pra tudo isso, ainda vamos resolver essa treta, é só ter calma!

Gente e esse barraco todo que deu, que merda de anel é esse? Que é a Lu?
A Hae também tem poderes Demoníacos (mimetismo demoníaco e angelical, se quiserem saber mais sobre eles, eu explico no próximo okay)

Bambam é uma fada, isso mesmo povo. Ele é..

Gente eu acho que eu já tenho uma ideia para quem vai ser o ativo ou o passivo, ainda estou em dúvida. Mas calma! Não vai ter Lemon tão cedo! Abaixa esse fogo aí!

Obg por ler gente, amo vocês💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...