1. Spirit Fanfics >
  2. My boyfriend is my Daddy (Kim Taehyung) >
  3. Chapter eighteen

História My boyfriend is my Daddy (Kim Taehyung) - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


OIEEE💕

Eu sei que eu demorei pra postar mas eu estou aqui com um "especial" pra vocês!

Eu quero agradecer a todos que acompanham essa história e quero dizer que eu amo muito vcs💕

Fiquem com o "especial"!
Eu espero que gostem

Boa leitura 💛💛💛

Capítulo 19 - Chapter eighteen


Fanfic / Fanfiction My boyfriend is my Daddy (Kim Taehyung) - Capítulo 19 - Chapter eighteen

S/n on






Eu estava bem curiosa pra saber o que realmente iria acontecer nesse final de festa. A maioria das pessoas estavam indo embora e as outras esperavam ansiosas para esse "final de festa".


- responde Tae! O que é esse final de festa? - pergunto.


- S/n são desafios! Vai ser um tipo de jogo de verdade ou desafio só que diferentes. Não tem desafios! Não tem garrafas pra saber quem pergunta e quem responde! O resto eu não posso te falar você vai ter que descobrir! Agora vamos descansar pois talvez nós ficaremos cansados. - ele me puxa pra um sofá e nós ficamos sentados abraçados.


- mas e se eu não quiser cumprir esses desafios Tae? - pergunto.


- Não tem essa S/n, todos tem que cumprir! - ele diz.


- Tae vamos embora? Se esses desafios forem muito pesados eu não vou querer! - digo. 


- S/n... Vai ser legal! Eu juro! Faz isso por mim! - ele faz um biquinho fofo e eu mordo o mesmo. 


- tudo bem... 


- vamos aproveitar um pouquinho antes que não possamos mais! - ele diz e logo me beija me puxando pro colo dele.






[...]






Tae tinha me avisando que logo os desafios iriam começar e ele tentou me explicar quem era quem que estava na festa.


Se eu não me engano eram, tirando eu e os meninos, Ryung, Kwan, Sam,  Minho, Wonho, Minsoo, Jennie, Haneul, Minji e se eu não me engano Ian...


Nós nos sentamos em uma roda e logo o tal de Sam começou a ditar as regras.


- Regra número um! Não pegue muito pesado com os novatos por se não eles não voltam. Regra número dois! Todos antes de começar o desafio terá que beber a bebida que daqui a pouco serão servidas. Regra número três! Tudo é permitido. Regra número quatro! Sem frescura pra cumprir desafios! Vai cumprir e ponto. Regra número cinco! As pessoas vão escolher quem fazer o desafio e a pessoa escolhida será a próxima a escolher. Regra número seis! Não fiquem falando ou pensando em quem escolher só fale o nome e faça o desafio. Regra número sete! Caso ao invés de um desafio a pessoa que irá propor o desafio querer perguntar algo apenas a outra pessoa é obrigada a responder com totais informações! Essas são as regras entendidos? - nós assentimos.


Logo uma bebida estranha foram servidas e nós a tomamos. Era bem amargo e o gosto era horrível! 


- quem vai começar? - Ian pergunta.


- Minsoo! Ele foi o último escolhido da última vez! - Minho diz.


- Minji! - Minsoo diz. - há boatos que você antes de conseguir um emprego melhor você era uma stripper! É verdade? Se sim dance para nós! E faça a sua melhor dança!


- Sim é verdade! - ela diz e escolhe uma música para dançar. 


Ela começa a dançar sensualmente deixando todos os homens da roda duros... Sim todos! Sem exceção! Até o Taehyung estava duro.


Se eu fiquei brava? Não! Eu estava molhada pra caralho então estávamos kits. E eu acho que eu não era a única molhada. Jennie estava com uma cara estranha e não parava de se mexer. 


Logo Minji para de dançar assim que a música para e Ryung se pronuncia.


- Caralho mano eu fiquei duro. - ele fala e a maioria diz eu também. Só o Tae que me olha com uma cara nervosa e eu apenas dou um sorriso cínico e ignoro.


- Minji escolha alguma pessoa! - Minsoo diz.


- Jennie! - ela diz. - Jennie você não parava quieta então eu achei que você estivesse molhada! Todos aqui sabemos, se não a maioria, sabe que você prefere transar com mulheres pois você mesma diz que é mais gostoso. Com quem você gostaria de se aliviar agora? Vá até a pessoa como resposta e dê um chupão no pescoço da pessoa. - Minji diz e Jennie arregala os olhos. 


Logo Jennie se levantou indo até Haneul mas logo ela vira e vem até mim me deixando um chupão no pescoço. Eu confesso que arrepiei. 


A mesma ia chegando perto dos meus lábios mas é cortada pelo Tae que diz.


- Sinto muito! Ela é comprometida! - ele afasta a mesma de perto de mim e me dá um selinho nos lábios. 


- Hm... Eu escolho Kim Taehyung - Jennie diz. - Taehyung eu vi que você ficou excitado com a dança de Minji... Acho que você esperava se aliviar com a sua namorada não é mesmo? Mas isso não vai ocorrer. Seu namoro vai ser terminado até amanhã às 9:00 da manhã.


- Jennie! - ele a repreende.


- Regra número quatro! Sem frescura pra cumprir desafios! - ela diz. - seu namoro vai ser terminado até amanhã às 9:00 da manhã quando vocês podem reatar e você vai ter que ficar com no mínimo uma pessoa além de S/n! E S/n a mesma coisa pra você! - eu não se senti muito bem por causa desse desafio... Eu sabia que esse negócio de final de festa não tinha boa coisa. Merda!


- eu achei que o desafio fosse só pra mim! - Taehyung diz.


- Sim, porém, acho que a S/n vendo você ficar com outra ia se sentir muito mal então eu decidi deixar vocês kits o que acham pessoal? Pra ninguém sair machucado nessa acho melhor! - Jennie diz e todos concordam com ela. - agora de despeça um do outro pois vocês não poderiam se beijar nem nada até amanhã! E me dêem as alianças! - nós damos as alianças pra ela e ficamos nos encarando por um tempo.


- eu te amo muito tá bom? - Tae diz e eu sussuro um "eu também te amo" e logo nós nos beijamos. 


Era um beijo calmo, mas, cheio de sentimentos! Nós nos separamos do beijo e nos sentamos no nosso lugar.


- agora vocês não são mais comprometido por um tempo! Taehyung escolha alguma pessoa e faça seu desafio! - Jennie diz.


- Jin Hyung! - Jin o olha. - há 18 anos atrás nós fomos a uma festa e eu acabei descobrindo algo... Descobri que você tem sentimentos por alguma pessoa! Você ainda tem sentimentos por ela? Se sim vá até a pessoa se ela estiver aqui e se declare. - Taehyung diz.


- pegou pesado cara! - Jin reclama, mas logo diz. - sim eu ainda tenho sentimentos por ela e sim ela está aqui. - ele diz e fica tímido.


- então se declare! - Wonho diz.


- é-é... Nam! Poderia me ajudar? - o maior assente confuso. - fique de pé a minha frente. - o mesmo faz e ele começa a dizer. - Sabe Namjoon eu muito cedo descobri que era gay, mas eu nunca consegui sentir atração por ninguém além de uma pessoa! E isso está me matando por anos! Lembra naquele dia que ficamos bêbados e acabamos transando? - ele assente envergonhado. - por mais que eu não me lembre direito foi o melhor dia da minha vida! Eu me entreguei a você! Eu não sei se você sente o mesmo por mim mas eu quero que saiba que eu te amo! Eu te amo mais que qualquer coisa no mundo! Eu sei que você deve ser hétero e tals mas... Eu te amo! - quando Jin ia sentar o Namjoon o puxa pra um longo beijo.


- EU SHIPPO CARALHO! - Jungkook grita e todos comemoram.


- eu escolho... Kwan! - Jin fala. - Kwan no segundo andar tem um guarda roupa no qual há uma cueca de hentai é uma gravata vermelha que pisca! Coloque as mesmas e nada mais é venha aqui que eu vou explicar o que vai acontecer. - Kwan manda um dedo do meio pro Jin e vai se trocar.


Depois de um tempinho ele volta e todos começamos a rir. 


- eu não acredito Kwan! - digo morrendo de rir. - mano tu é? - faço um movimento com a mão.


- eu vou te mostrar "tu é" mais tarde na minha cama!  - ele diz e todos fazem "hmm".


- mais respeito por favor! - Tae diz.


- ela não é nada sua por enquanto Tae! - Kwan pisca pra mim e Taehyung o lança um olhar mortal.


- então Kwan... Você vai sair na rua e esperar um homem bem bonito passar e vai gritar "Hoje eu te pego de jeito" e logo depois vai começar a dançar brega funk! - Jin fala e todos começamos a rir menos Kwan.


- Mano eu te odeio Kim Seokjin! - Kwan fala e vai para a porta esperando um homem passar.


Ao ver um homem passando ele vai pro meio da rua olha pro homem e grita.


- HOJE EU TE PEGO DE JEITO! - ele começa a dançar brega funk e todos começamos a rir.


O homem olha pra ele de cima a baixo e começa a rebolar a bunda perto de Kwan que o puxa e começa a sarrar nele. 


Eu e o povo estávamos vermelhos de tanto rir! Jin estava com lágrimas nos olhos de tanto rir mas aí vemos o Kwan correndo do homem que gritava. 


- EU DEIXO VOCÊ ME PEGAR DE JEITO! VEM CÁ BEBÊ VOCÊ NÃO VAI SE ARREPENDER! - Kwan entra correndo no salão da festa e todos caímos na risada novamente.


- gente eu quase fui ixtruprado - fala embaçados. - extruprado! Estrupado! Instupado! Chupado? FODA-SE! - ele desiste Jin vai ter volta!


- tô esperando! - Jin fala. 


- Jungkook vai lá e bebe 5 copos da bebida do início! - Kwan diz.


- cara é vai ficar muito louco! - Sam diz.


- foda-se eu passei o maior mico! Vai Jungkook!




[...]





Eu vou tentar resumir o que aconteceu Jungkook se embebedou completamente junto de Taehyung, Minsoo, Jennie, Eu... E o Hoseok também. Hoseok estava quieto demais... Ele estava quase desmaiando por causa da bebida desde o início então resolvemos não mexer muito com ele.


Agora o Hoseok estava dormindo em um sofá. Jungkook estava dançando de calcinha e sutiã  em cima de uma mesa. Taehyung estava sarrando o mesmo e tem uma explicação. 


Jennie falou que se ele não ficar com alguém ela não ia devolver as alianças então o mesmo não querendo pegar nenhuma menina foi no Jungkook pois em sua visão era melhor pois eu o conhecia. 


Mas ele estava completamente bêbado então eu relevei.


Eu e Jennie estávamos dançando coladinhas pois tinham ligado a música novamente.


Minsoo tentava dar uns pegas em Minji mas a mesma negava. E o resto só curtia.







Jungkook on








Eu já estava um pouco bêbado pelas bebidas que ingeri então não tava tendo noção de muita coisa, eu estava dançando de calcinha e sutiã quando sinto Taehyung começar a me sarrar. Ignoro mas logo começamos a conversar.


— Fala Jungkook "turu belê"? — Disse todo embolado, comecei a rir da situação do outro.


—Caralho Tae já tomou quantas ? — Perguntei de modo risonho secando o canto dos meus olhos.


— Hmmm, euu num faço a mínima ideia.


Era muito engraçado vê-lo daquela maneira, quando éramos mais novos ele evitava bebidas.


— Ô Jungkook 


— Fala — Olhei pra ele antes de virar mais um copo de bebida alcoólica.


— Cê transaria comigo?


Se eu não estivesse tão alcoolizado com certeza eu acharia aquilo um absurdo e provavelmente teria engasgado, mas simplesmente olhei para ele e disse:


— Taehyung me fala algum ser humano na terra que não gostaria de pegar você.


Rimos juntos como nos velhos tempos.


Depois de um tempo eu já tinha perdido a conta de quantos copos já havia virado — influencia de Park Jimin o nome — nem sabia mais do que eu e o Kim falávamos mais, apenas nos levantamos e começamos a andar pelos cantos ( lê-se tropeçando ) ignorando as pessoas que se pegavam por ai. Chegamos num corredor com quartos e encostamos na parede, não sei como e nem quando me passou pela cabeça, mas quando me dei conta já tinha agarrado Kim e começando a beija-lo com vontade.


O impressionante era que ele correspondia, o ósculo era meio atrapalhado por estarmos bêbados mas não deixava de ser excitante. Por um momento paramos pela falta de ar mas não saímos da posição.


Eu segurando na nuca dele enquanto o mesmo segurava minha cintura, dando leves apertos respirando pesadamente.











Taehyung on










Não acreditava no que estava fazendo mas meu corpo já não me obedecia como meu lado racional queria, incrivelmente o moreno parecia mais atraente o que me supôs ser efeito da bebida.


— Sim eu transaria com você Taehyung — Respondeu minha pergunta anterior com a respiração meia irregular.


Sem consciência dos meus atos aquilo foi um gatilho para começarmos a se agarrar, no corredor havia várias portas ainda nos beijando abri com dificuldade uma qualquer, que por sorte do destino era um quarto vazio, Jeon parou por um momento para começar tentar tirar minha camisa. O quarto parecia estar pegando fogo de tão quente que parecia estar.


- Então... Vamos sem dó - digo ainda um pouco embolado. 


Eu volto a beijar o mesmo passando a mão pelo seu corpo e ele estava fazendo o mesmo no meu corpo. Estava tudo quente, eu tinha perdido todos os meus sentidos, mas estava gostoso.


- T-taehyung... - Jungkook fala ofegante por causa do beijo e eu começo a beijar seu pescoço. - deixa eu te c-chupar vai... - dou um chupão no mesmo que arfa.


- sou todo seu meu anjo! - tiro nossas camisas e deixo ele fazer o resto.


Ele me deita na cama e começa a distribuir beijos por todo meu pescoço e vai descendo devagar até meu mamilo onde ele dá uma "mordiscada" me fazendo arfar. 


Ele continua com os beijos até a barra da minha calça, onde Jungkook desabotoou e a arranca de minhas pernas me deixando apenas de cueca.


- sabe Tetê... - Jungkook diz passando levemente seus dedos por minha intimidade ainda coberta pelo tecido da cueca - nunca pensei que um dia eu fosse pra cama com você... Mas acho que tenho certeza que nunca vou me arrepender de hoje. - o mesmo diz e tira minha cueca fazendo meu membro saltar pra fora.


Jungkook começa a me masturbar lentamente enquanto me olha com um olhar completamente cheio de luxúria e desejo. 


- Coloca a boca Kookie! - peço manhoso e assim o mesmo faz.


Ele começa chupando a cabecinha mas logo começou a chupar pra valer. O que não cabia na sua boca ele masturbava com a mão até nele começar a fazer garganta profunda.


- essa não é uma das melhores posições para fazer garganta profunda Tae... Que tal você fuder minha boquinha? - Kookie pergunta.


- claro minha putinha! - digo e levanto da cama.


O mesmo fica de joelhos e eu posiciono meu membro em sua boca começando a "fuder" ela. 


Eu gemia alto, aquilo me deixava completamente louco! Era muito bom. Eu estava quase gozando mas e mesmo sai de joelhos e me beija ferozmente.


- Brinca um pouco comigo Taetae?! - Jungkook pede manhoso e eu dou um tapa na sua bunda ainda coberta pela calça. 


Eu mando o mesmo tirar as últimas peças de roupas restantes em seu corpo e o mesmo faz.


- fica de quatro Jungkook! - mando e o mesmo me obedece.


Eu começo a passar a mão naquela linda bundinha até achar "sem querer" enfiando um dos meus dedos em sua entradinha o fazendo gemer.


- T-tae meu cú é virgem... - ele diz.


- a partir de hoje não será mais então! - digo e começo a lamber sua entradinha fazendo ele gemer manhoso.


Depois de um tempo eu começo a chupar o mesmo que segura em meus cabelos me puxando para termos mais contato e ele também fazia movimentos nos quadris tentando fazer com que eu o chupe mais rápido.


- T-tae e-eu vou... - não deixo o mesmo terminar a frase e tiro o mesmo da minha .


- tá pronto? - pergunto.


- sim! - o mesmo me responde confiante e eu penetro no mesmo devagar. - T-ta doendo! Vai com calma! - eu penetro tudo e paro de me mexer esperando ele se acostumar


Depois de um tempo ele começa a mexer os quadris lentamente e eu começo a me marchar lentamente também.


- v-vai rápido! - ele pede.


- tem certeza? - pergunto.


- sim! Vai rápido! Por favor.


Então assim faço começo das estocadas rápidas e fundas no mesmo fazendo ele gemer que nem uma putinha.


Enquanto eu "fudia" ele eu também o masturbava com a mão direita fazendo com que o mesmo gemesse mais alto ainda.


Sinto que estava quase chegando ao meu limite e começo a dar estocadas mais fortes ainda me fazendo gemer rouco.


Dou uma leve apertada no membro de Jungkook logo voltando a masturbar ele rapidamente até ele gozar em minha mão e eu levo seu gozo pra minha boca sentindo o gosto doce do mesmo. 


- eu estou quase Jungkook! - digo metendo mais forte até acabar gozando dentro dele.


Ainda com meu membro nele, tentava recuperar minha respiração e quando nos recuperamos ele me deita em cima da cama e diz. 


- vamos de segundo round Tetê? - ele pergunta.


- como quiser Kookie - logo começamos um beijo novamente.













S/n on












Eu estava sentada no colo da Jennie que estava sentada em um sofá azul. Estávamos bebendo e conversando sobre vários assuntos.


Se estamos bêbadas? Sim estamos.


- sabe S/n você ainda não cumpriu um desafio. - Jennie diz passando mão pela minha coxa e levantando um pouquinho mais o meu vestido colado preto. - já que somos amigas poderíamos fazer isso sem consentimento que tal?


- e-eu não sei Jennie eu nunca fiquei com uma mulher... - olho pra baixo pois estava vermelha.


- pra isso tem primeira vez pra tudo! Hm? Vamos? - ela pergunta.


- T-ta - eu mal respondo e ela já ataca os meus lábios apertando minhas coxas meio grossas.


O beijo dela era bom! Era quente... Ela conseguiu me deixar encharcada com um simples beijo. 


Acho que minha noite vai ser maravilhosa!


- antes da nossa noite começar direito S/a, tome isso daqui! - ela tira um comprimido pequeno da bolsa e eu a olho confusa. - relaxa isso só vai deixar a nossa noite mais quente!


- tem água aí? - pergunto e ela assente me dando uma garrafinha.


Eu tomo o comprimido rapidamente e ela me puxa para um lugar desconhecido e começa a me beijar ferozmente.


- seu corpo deve ser uma delícia S/n! Você é muito gostosa! - ela fala e eu sinto algo muito quente em minha intimidade.


Estava incomodando muito e eu acho que a Jennie percebeu.


- mas já está assim? Hm? - ela começa a distribuir beijos por todo meu pescoço. - acho que o comprimido já fez efeito! Tire os seus sapatos e vestido e deite na cama olhando pra mim! - ela diz autoritária e assim eu faço.


- Jennie isso i-incomoda... - digo me remexendo na cama fechando as pernas.


- abre as pernas e olha pra mim! Eu vou ver se você consegue sentir atração por buceta! - ela diz e eu abro as pernas.







Jennie on







O que eu dei para a S/n? Viagra! Simples!


Fiz isso porque não sei se realmente ela sente atração por mulheres e eu queria muito transar com ela então foi isso que eu fiz.


Não me julguem! Ela tem um corpo que só Deus na causa! Só de olhar me deu tesão...


S/n ao deitar na cama eu tive visão total dela com sua lingerie, que era muito linda preta com alguns rendados que a deixava completamente sexy.


Começo a abrir os botões da minha blusa lentamente enquanto olho pra S/n que estava mordendo os lábios. 


- gosta do que vê S/n? Porque eu estou adorando te ver assim! - ela sorri ladino.


Ao tirar minha camiseta eu desço a minha saia de couro preta lentamente ficando apenas com a minha lingerie rosa...


- S/a! Você quer me tocar? - pergunto manhosa.


- eu quero muito! - ela diz e eu sorrio indo lentamente eu direção a mesma ficando por cima dela.


Nós começamos a nos beijar novamente, mas ela inverte as posições ficando por cima de mim. 


- eu vou ficar no comando agora Jennie! - ela diz e eu assinto. 


- eu sou toda sua! - digo em um quase sussurro e a mesma tira meu sutiã e passa a mão pelos meus seios.


- são lindos! - ela diz e começa a chupar e dar leves mordidas no meu seio esquerdo massageando o direito com sua mão livre.


Eu passo minha mão pelo cabelo da menos fazendo um leve carinho, a mesma para de "brincar" com os meus seios e me dá um selinho demorado.


- bom, como você sabe eu nunca fiquei com uma mulher antes mas eu tô doida pra sentir sua bucetinha na minha boca! Eu vou seguir os meus instintos e vamos ver se você gosta! - S/n diz e eu concordo.


Ela vai distribuindo beijos e chupões por todo meu tronco até chegar na minha intimidade onde ela tira minha calcinha com velocidade.


Logo ela abocanha minha intimidade chupando, lambendo e mordendo toda a mesma me fazendo delirar e segurar em seus cabelos fazendo com que nós tenhamos mais contato.


Eu ia gozar mas eu puxo a S/n para deitar e eu fico por cima dela. 


- eu também quero brincar! - digo sorrindo perversa e eu tiro as peças de roupas que ainda estava sobre o corpo de S/n. 


- então brinca! Mas eu posso te fazer um pedido? - S/n pergunta e eu assinto. Ela me puxa fazendo eu ficar bem perto dela e ela sussurra no meu ouvido. - me chupa gostoso... 


- seu pedido é uma ordem! - digo e desço até sua intimidade encharcada e começo a chupar a mesma escutando os gemidos manhosos da S/n.


Eu penetro dois dedos meus na entrada da S/n escutando ela gemer ainda mais alto. Ela estava quase gozando quando eu paro e subo em cima dela.


Eu começo a esfregar nossas intimidades nos fazendo gemer que nem louca. 


Eu fazia movimentos rápidos e um pouco fortes e aquilo foi suficiente para a S/n gozar. 


Eu estava quase gozando então continuei com os movimentos só que dessa vez mais rápidos me fazendo gemer loucamente até eu chegar em meu limite e caio deitada ao lado de S/n ofegante.


Nós estávamos recuperando nossas respirações quando escutamos um telefone tocar.


Era o de S/n! Ela pega o mesmo e eu pergunto.


- quem é? - eu pergunto para a mesma.
























- a diretora do orfanato!











Continua???


Notas Finais


Espero muuuito que vocês tenham gostado! 💕
Me desculpem por qualquer erro ortográfico!

Deem uma olhada na fic do Hope! - o morador de rua : https://www.spiritfanfiction.com/historia/o-morador-de-rua--jung-hoseok-j-hope-19738015

Acho que é isso!
Até o próximo capítulo!💕
Amo vcs💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...