História My Boys - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias BLANC7, Got7, MASC
Personagens 26, Ace, BamBam, D.L, Heejae, Jackson, JB, Jean Paul, Jinyoung, K-Kid, Mark, Personagens Originais, Shinwoo, Spax, Taichi, Teno, Woosoo, Youngjae, Yugyeom
Tags Dream Knight
Visualizações 18
Palavras 1.669
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pegou o Colete? Então vai.

Capítulo 19 - 19 - Final.


Fanfic / Fanfiction My Boys - Capítulo 19 - 19 - Final.

S/n On

Assim que saímos do Hospital, JongIn está lá fora, nos esperando, quer dizer, me esperando, assim que ele vê vem correndo até mim, com lágrimas nos olhos.

JongIn: S/N!!! não me deixaram entrar – ele soluça – como você está? Esta bem? Quem fez isso? Quem eu tenho que matar? – acabo soltando uma risada com o desespero do coitado, ele me olha confuso e JB o encara.

JB: está tudo bem agora, cara. Quem fez isso com ela vai pagar, relaxa.

JongIn: Relaxar? Ele quase a matou, JB!

S/n: Ya, parem, eu quero ir pra casa, comer, e tomar um belo banho, vamos por favor.

JongIn: Vamos, eu levo vocês.

Bam2: Vão sem mim, Yugyeom e Youngjae, vamos comprar comida.

JB: Tá, só vou aceitar isso por que não quero gastar com táxi.

Jackson: Pão duro.

JongIn: meu carro é bem grande, acho que cabe todos.

Mark: Vamos então, quero dormir.

Jiny: Quando não quer?

Mark: Quando eu já estou dormindo

Jiny:Engraçadinho você, quer um Oscar?

Mark: de cara mais bonitão sim

Jiny: De cara mais insuportável mesmo.

Começamos a rir, entramos todos no carro do JongIn, eu fui na frente por causa das minhas pernas, e porque estava apertado lá atrás, desci do carro com a ajuda de JB, ele me ajudou a sentar na cadeira, JongIn ficaria aqui pra comer conosco, não demorou muito pra comida chegar, e nosso brinde Bambam, Yugyeom e Youngjae, nos tomos comemos e comemoramos aquela noite, quando JongIn foi embora, eu precisava de um banho, JB me ajudou no banho, que foi vergonhoso, mas teria que me acostumar com isso, já que aconteceria todo dia a partir de hoje.

JB me ajudou a deitar e se deitou comigo, ficamos um de frente pro outro, ele colocou uma mecha do meu cabelo pra trás enquanto acariciava meu rosto.

S/n: Hey, JB.

JB: Hum?

S/n: Você promete que não vai desistir de mim? Que não vai sumir e que vai ficar comigo? Acho que eu não aguentaria ficar sem você, tem como eu ir com você? Por favor JB.

JB: Olha S/n, eu prometo ficar com você até o último dia da minha vida, prometo cuidar de você e te colocar sempre em primeiro lugar, prometo ser seu guardião aonde quer que eu esteja, mas... Não sei se ficarei aqui, não é escolha minha, entende? Por mim, eu ficava com você até ficarmos velhinhos, ter nossos filhos, nossa casa, mas não sei se será possível, não estou dizendo que não será Impossível, mas já sabemos o que tem que acontecer, e morrer por 26 minutos não é legal, né? Eu te amo muito, muito mesmo, desde quando te vi pela primeira vez, quando te beijei pela primeira vez, seus toques...eu amo tanto eles. Eu amo tudo em você.

S/n: Droga! Eu estou chorando de novo. – ele riu fraco – JB, quando você for, eu não terei forças pra ficar, a casa ficará vazia sem meus 7 elegantes correndo por ai, eu ficarei sozinha, como sempre fui, e eu não quero isso, não mesmo, eu quero ficar contigo e com os garotos, e eu farei de tudo pra que isso aconteça, entendeu? – ele me deu um beijo no nariz, e logo depois assentindo.

JB: vamos dormir. – concordo com a cabeça e ele me abraça me puxando pra si, acabo dormindo ali mesmo.

– – – – – – – – – – – – – – – –

De manhã.

Acordei 6:00 e comecei a me arrumar pra faculdade, depois de tomar banho (com a ajuda de um JB sonolento) ele me ajuda a vestir-me, tomamos café com todos os garotos, JB me leva até a faculdade de pé mesmo, já que não era longe, chegando lá, ele conversa com minha professora, confesso que era horrível ter a atenção so pra ti.

– – – – – – – – – – – – – – – –

Quando eu estava saindo da faculdade, fiquei esperando JB perto da calçada, ele havia me mandado mensagem dizendo para espera-lo lá, fiquei mexendo no celular, vejo JB vindo correndo me minha direção, ele avisa pra mim atravessar a rua, vem correndo até mim ao ver que eu tinha dificuldade, quando vejo um cara indo na direção de JB com uma arma, corri com a cadeira em direção a ele e gritando, joguei ele pro lado e a última coisa que ouvi, foi um barulho de tiro ecoando por ali.

– – – – – – – – – – – – – – – –

JB on.

Depois de vê-la ali, jogada na calçada, sua cabeça estava sangrando muito pela queda na cadeira, fui ver o cara de casaco, ele estava rindo, eu o reconhecia, Wooso.

Ele saiu correndo até um carro, e logo saiu com o carro, peguei S/n no colo e pedi socorro pra primeira pessoa que vi com um carro, um senhor de idade.

Ele nos levou até o hospital, o agradeci e lhe entreguei dinheiro, sai correndo sem ao menos o ouvir dizendo que não precisava, entrei na porta do hospital pedindo socorro, logo veio vários caras com uma maca, e a levaram, pedi para telefonar pra amigos e parentes, e liguei prós garotos, pra JongIn e peguei o número do celular da tia dela no celular dela, eu estava preocupado demais, apenas mandei a tia dela correr pra cá, nem falei com ela direito.

Me deram calmante e agua, me sentei na cadeira e assim que todos chegaram (menos a tia) me levantei

JongIn: aonde ela tá?

JB: a levarão pra sala de cirurgia

– – – – – – – – – – – – – – – –

S/n on

Eu estava em um lugar muito lindo, grama verdinha demais, uma cachoeira e um banquinho cheio de flores, fui até aquele banquinho e me sentei, lendo um pequeno bilhete

"Seja bem vinda, e siga o caminho da luz"

Olhei para os lados, logo vendo a luz, foi assim que me toquei no que estava acontecendo.

Eu estava morta?

Comecei a correr pro lado oposto da luz, me joguei no chão e comecei a chorar, até ver um garotinho se aproximar, ele me abraçou e me levantou, foi me levando até a luz, se eu morrer agora, meus cavaleiros serão humanos... Eu...eu vou. Fui seguindo aquele pequeno garoto até a tal luz, quando entrei, não vi mais nada, por bastante tempo, logo vi finalmente, o hospital, eu estava deitada, eles estavam me operando, e eu pude ouvir aquele barulhinho irritante apitar por todo lugar, e os médicos pararem de mexer em meu corpo, e olhar, eles haviam tirado a bala, por que eu não estava viva?

Não sei, só um médico poderá me responder. Ah, pera.

Fiquei ali me olhando, logo o médico sai da sala, o sigo, e vejo ele chamando JB, tento abraçar JB mas acabou passando por ele, e caindo

Vejo JB se ajoelhar e os outros se chocarem com algo, minha tia logo adentrou no hospital, espera, o que ela estava fazendo aqui? Tentei chamar a atenção de todos, mas não ia, eles não me ouviam, até eu ver um senhor de branco, ele me chamou pra ir mais perto, e eu fui.

Xxx: olá mocinha, bem vinda.

S/n: quem é você?

Xxx: me chame do que quiser, você foi muito abençoada, por ter tido 7 cavaleiros, sabia?

S/n: Sim, eu sei, agradeço sempre por isso.

Xxx: Tão fofa, eles vão sentir sua falta.

S/n: eu queria poder voltar e os abraçar... Eu os amo tanto, desde pequena, sabe? Sempre estive muito agradecida por tudo, e quando minha mãe morreu, tudo se tornou um inferno, eu odiava minha tia, odiava a ideia de não ter um pai ali, mas eu tinha eles, e eles tinham a mim, até que eles apareceram, foi uma surpresa tão grande, confesso que não acreditei muito, mas depois, eles se tornaram muito especiais, mais do que já eram, ya, como os amo, amo tê-los perto de mim pra me proteger, amo tudo neles, tem uma pessoa em especial, JB... Eu queria me casar com ele, ter 1 filho e 1 filha, uma casa, e vários gatos, queria poder ir pro casamento do Jae e da Kyumi mas... – o senhor me interrompe

Xxx: Mas o que? Você tem 3 minutos, corra pra lá – ele aponta, saiu correndo ate lá já entendendo tudo, quando entro lá, sinto uma forte dor de cabeça, e acordo numa sala de hospital, logo um médico entra na sala, deixando suas pastas caírem

Médico: Oh meu Deus! Você está...viva? Como? Você morreu a 24 minutos... – ele abre um sorriso – ISSO É UM MILAGRE, UM MILAGRE.

Logo vejo os garotos entrarem na sala pasmos com o que viam, JB me abraça e beija minha cabeça

JB: como isso é possível?

S/n: eu disse que faria de tudo pra ficar com vocês.

– – – – – – – – – – – – – – – –

4 anos depois. S/n On

Bom, aqui estou, formada em fotografia, e casada com o cara mais fofo e lindo de todo o mundo.

Nós casamos a 1 ano, bom, a 4 anos atrás, depois de eu ter saído do hospital, 1 mês depois descobri que eu havia me curado, que eu estava fora de risco, foi uma festa, depois se passaram uma semana e JB me pediu em namoro, namoramos por 2 anos, e logo ele me pediu em casamento, e aqui estamos.

A umas semanas atrás, eu descobri que estou grávida, de 3 meses, e hoje descobrirei o sexo do bebê, JB que agora está trabalhando na empresa de meu tio, iria comigo, ele é o pai mais babão que eu já vi, real.

Chegando no hospital, o médico que nós atende era o mesmo que havia me atendido a 4 anos atrás, ele teria voltado?

Médico: S/n! Você foi encaminhada pra mim logo depois que soube que você estava grávida, vem, vamos ver esse bebê, ou essa bebê! – sorri e ele nos levou até a sala, ele começou a fazer as coisas na minha barriga, logo ele olha pra nós e diz.

Médico: parabéns papai e mamãe, são gêmeos, um casal!

E foi assim que eu me tornei a pessoa mais realizada desse mundo.

Vocês devem estar tipo, e os outros?

Bambam está namorando, e adivinha quem? Yugyeom. Eles moram em um apartamento não tão longe daqui

Youngjae se casou com a Kyumu a alguns meses, e agora eles moram do lado da nossa casa

Jackson e Mark viraram dançarinos profissionais, e são trainees

Jinyoung conheceu uma garota, chamada LeeSook, e agora estão namorando e morando juntos, também são nossos vizinhos.

JongIn? Voltou pro Japão, está morando por lá, a vezes conversamos, mas nada demais. JB ainda o odeia

Masc nunca mais deu as caras, e fico feliz por isso



Notas Finais


E ACABO, A ):
eu juro pra vocês que chorei escrevendo, socorro me salvem.
Eu quero agradecer pelos favoritos e por vocês estarem acompanhando ❤ isso realmente me ajuda, fiquei feliz escrevendo essa fanfic, e mais feliz por não ter excluído, eu tive bastante ideias pra ela antes, mas parece que tudo sumiu com o tempo, mas não desisti. E aqui está.
Eu tentei ao máximo fazer de tudo pra ficar ótimo esse capítulo, então espero que vocês gostem.
Obrigada por acompanhar esse "Mini" imagine. Saranghae.

(Não esqueçam de ver minhas outras histórias!)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...