História My brother- Imagine Jungkook (Incesto) 1 e 2 Temporada - Capítulo 39


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga
Tags Amor, Bangtan Boys, Bts, Incesto, Jungkook, Romance, Sexo, Yaoi
Visualizações 235
Palavras 664
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse capítulo está pequeno, mas é só para saber se vocês vão gostar dessa segunda temporada.. Vamos ter muitas participações.. Como (s/n) a protagonista, Jimin, e Tae

Se gostarem me digam nos comentários, favorite, comente e compartilhe, tá?

Capítulo 39 - Segunda temporada-cap I


Sou Dong suh, moro aqui em Londres com meu pai, ele cuidou de mim depois que minha mãe faleceu no meu parto, bom, meu pai diz que não foi culpa minha e ela preferiu me dar a vida dela, e por isso que eu não devo me sentir culpado. Sinto a falta dela, bom eu não a conheci, mas cresci indo no cemitério, e vendo as fotos dela.
    Tia Bela e Tia Alice ajudaram meu pai a cuidar de mim, Tio Jin e Tio Namjoon adotaram uma menina, que bom, sempre foi minha melhor amiga,e o nome dela é  (s/n). Tio Yoongi me da vários concelhos, ele e o meu pai dizem "Pega quantas você quiser,mas não brinque com o sentimento de ninguém" , e eu venho fazendo isso, ao longo dos meus 16 anos.
   Hoje vou sair com a (s/n), sim, a filha do Jin, nós somos melhores amigos, mas é aquele tipo de amizade colorida. Os pais dela não sabem, nem meu pai sabe, não estou brincando com o sentimento dela, eu gosto dela, mas isso não quer dizer que vou ficar somente com ela, eu fico também com a Kate, mas não é nada demais.

-Pai, eu tô saindo- Pego minha bolsa.

-Agora? Toma cuidado,vou voltar bem tarde por causa da empresa.

-Eu vou sair com a (s/n) depois da escola- Sorri - Te amo pai.

-Tchau garotão! Te amo- Ele diz bebendo o café.

                         ~~~~~

   Hoje vou sair com a (s/n), engraçado falar dela, quando o nome é como o da minha mãe, mas tudo bem, conheço a (s/n) há anos, e ela é minha melhor amiga, bom, nós ficamos, ficamos muito, mas nós nunca transamos, porque ela não quis, se dependesse de mim ela já estava nua agora, mas não.

- Você viu o Jimin?- (s/n) encaixa sua mão na minha- Ele disse que viria nos ver.

Jimin é um amigo meu,mais velho, da idade do meu pai, começamos uma amizade em uma lanchonete.

-Não, não sei dele- sorri- Se ele não vir, vamos só nós.

-Ei vocês- Me viro e o vejo- Esta linda (s/n), enquanto a você rapaz, parece com seu pai.

Sim, eu já mostrei meu pai para ele, a distância, pois meu pai não quer que eu me envolva com gente mais velha, e não quer que eu me meta com drogas, bebidas, para não engravidar nenhuma garota, e também,  não quero ser pai tão cedo.

                 ~~~~~~~

-Foi bom usar o banheiro Dong suh?- (s/n) lança um olhar mortal.

-Foi,foi ótimo- Sorri.

-Tenho certeza que sim- Ela se levanta- Eu vou embora,cansei disso.

-(s/n)? (s/n)?- Praticamente grito, mas a mesma finge não ouvir.

Corro até ela, que não está muito longe. Não sei porque ela ficou assim, ela sabe que eu não fico só com ela, que eu sou de todas.

-O que foi (s/n)?- A seguro pelo braço.

-Você é um idiota! Um dia você fala que gosta de mim,outro já está na cama com qualquer vadia, e não precisa ser na cama, na mesa, no banheiro, em qualquer lugar- Ela me empurra- Você tem sorte que seu pai não saiba, mas ele vai descobrir um dia, e eu espero, espero que você se foda.

-Cala a boca!- Empurro a mesma e ela bate contra o carro- Qual é  (s/n)? Você sabe que eu não fico só com você, o que é isso agora? Ciúme?  A gente fez um trato, nada de ciúmes.

-O que eu posso fazer se eu amo você?- Fico parado sem acreditar- Eu te amo garoto, mas acho que essa foi a pior escolha que eu fiz na minha vida.

  Isso não devia ter acontecido, ela me ama, nao quero magoa-la, mas eu não a amo, não tanto para namorar com ela, não tanto para ter algo sério. Sei que ela não vai contar nada para o meu pai, ela se diz durona, mas não é, nenhum pouco.

Será que eu a amo?  Não! eu não sou de amar nenhuma garota. 


Notas Finais


Obrigada pela atenção, vou deixar uma votação nos comentários dos dias que devo postar, ok?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...