História My bunny - jvtista - - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~_Devaneiosz

Visualizações 98
Palavras 1.179
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vou dar uma edição aqui gente por que né? Oq fazer kk

Capítulo 2 - Baby!


Fanfic / Fanfiction My bunny - jvtista - - Capítulo 2 - Baby!

Sexta-feira [23:53]




=Depois da boate=



(Pov. Mikhael Línnyker)


Estava com pac em meu colo no banco de trás no "Nosso" carro

Pac estava rebolando discretamente para o motorista não perceber, o mesmo gemia muito baixo, contra meu pescoço, e oq eu pensava??

"filha da puta, vc vai ficar sem andar por dois anos"

.

.

.

.

Chemamos em minha casa o motorista nos deixou na entrada da mesma e foi para a sua

olhei pac que estava escorado na porta empinado sua bunda, peguei seu pulso o tirando da porta

 abrindo a mesma o mais rápido que eu consegui, o botei no colo estilo noiva o levando escada a sima 

para o andar de  sima aonde se encontrava "O Quarto", abri a porta brutalmente

o atirei na cama o mesmo gemeu ao ser atirado na cama,  subi em sima do mesmo, o beijei com intensidade, estava querendo o corpo dele hoje mais que tudo 


Mike gatinho vc andou muito malcriado, e garotos maus, merecem  castigos 

 falei sorrindo malicioso, para ele,  desci minhas mãos  para a bunda do de pac 

 que gemeu com o toque, o mesmo ficou excitado, fazendo sua ereção rosar na  na minha coxa , reparei  e sorriu sacana 


Mike - já com uma ereção? 


Perguntou tirando a blusa de pac devagar para ver o corpo o peitoral quase definido 

 depois que a mesma estava fora do corpo de pac comecei a dar selares e chupoes  no pescoço de pac

o mesmo gemia querendo  mais daquela sensação 

 fui descendo os beijos para seu peitoral, enquanto minhas mãos apertavam suas coxas deixando as marcas roxas na mesma

 comecei a morder seu mamilo esquerdo até ele ficar bem durinho, comecei a descer mais até chegar no Cox de sua calça

a mesma que foi retirada, rapidamente junto com sua Box preta

peguei em seu membro e lambi a extensão, vendo pac gemer 

Pac - pare de me tortura daddy 

 ele inverteu as posições, fazendo eu ficar em baixo e ele em sima, ele tirou minha blusa e me beijou suas mãos foram pra minha cintura e as minhas para seu pescoço o beijo dele e tão bom tão quente e viciante 


Pac -  daddy já disse que vc tem um peitoral lindo?, tão definido 


 falou enquanto descia sua mãos para minha calça 

 Devagar  ele tirou minha calça quando o mesmo ia tirar minha Box eu enteronpi dissendo


Mike - Pac tirei ela usando a,  B.o.c.a 

falei vendo o mesmo acentir e começar a tirar minha Box com a boca

ele tirou-a  depois olhou meu membro, sua boca estava quase salivando 

Ele pegou meu membro e o botou na boca começado a fazer movimentos  com sua língua 

Mike - p-pac awa 

Ele parou quando viu que eu estava prestes a gozar 


Pac - Mike quero que vc goze em outro lugar


Ele se sentou em sima do meu colo se penetrado, o mesmo atirou a cabeça pra trás e gritou fino 

Pac - a-awa a-ai 

Mike - amor vc tá bem? Deveria ter ido com cuidado 

Pac - m-mike p-pode s-se m-mexer 

Comecei devagar fui aumentando a velocidade devagar 

Pac - mais rápido 

Segurei sua cintura e comecei a ir o mais rápido possível

Ele botou a cabeça na curva do meu pescoço e deu um chupao 

Com a outra mão comecei a masturbar ele no ritmo das estocadas 

Pac - M-mike awa 

Falou gozando, dei duas estocadas dele e gozei esperei meu fôlego voltar e saí de dentro dele me atirei no lado dele 

Ele me olhou sorrindo e perguntou 

Pac - mais uma rodada? Na banheira? 

.

.

.

.

P.o.v Felipe z. 


Estava no carro levando cellbit para casa, o mesmo estava bêbado passando a mão nas minhas coxas

 nos não somos namorados mais eu gosto dele, e tipo ele deve estar fazendo isso por que está bêbado

ele está falando coisas que excitao muito mais não, eu não vou transar com ele

Pelo menos hoje não 

Cellbit - Felipe vamos a um motel quero ver se vc e bom de cama 


 Felps - para Rafael, eu não vou a motel nenhum com vc bêbado 

Cellbit - e se eu estivesse sóbrio felpopo? 

Felps - n-nois conversarmos depois cell 

EU corei e ele sorriu vitorioso e continuou passando suas mãos nãos minhas coxas, "tarado" 

Passagem de tempo ⌚

Chagay em casa, como o Rafael tinha dormido o peguei no colo estilo noiva 

 com muita dificuldade pois ele e mais alto que eu e mais pesado 

  sai do carro o levando para a porta de minha casa que foi aberta rapidamente

fui até meu quarto e larguei o Rafael na cama, fui até o banheiro, abri a porta, e fechei logo em seguida

botei minha bandeira para encher esperei, comecei a tirar a roupa botando a mesma no cesto de roupas


 depois que encheu , eu entrei na mesma, sentindo meu corpo relaxar com a água quente 

 fechei meus olhos para desfrutar daquela sensação relaxante, joguei minha cabeça para traz

ouvi um barulho mais não me dei o trabalho de abrir os olhos, até que senti uma coisa sobre mim

me dei o luxo de abrir os olhos, vendo Rafael ali em cima de mim, o mesma estava me olhando, olhando o meu corpo, minhas bochecha ficaram coradas quis sumir 

Ele me olhou e sorriue deu um selinho e falou 

Cellbit - tão fofo e tão sexy 

  falou como um sussurro, ele subiu suas mãos para minha cintura, seus olhos pararam Na minha boca, ele foi se aproximando até eu sentir sua respiração se juntar com a minha

fechei os olhos, e ouvi uma risada dele, depois senti lábios ferozes me beijar, com um beijo calmo e doce, ele parou e me olhou sorrindo

Cellbit - eu te amo, amo muito :3 

ele falou me olhando sorrindo fofamente

Felps - cell vc tá bêbado 

falei e ele riu e me deu um beijo na bochecha

Cellbit - sim mais, bêbado eu falo oq sinto sem ter vergonha, e vc? Sente o mesmo por mim?

Felps - s-sinto.. o mesmo 

 falei corado para caralho ele me deu um selinho a saiu de sima de mim

Cellbit -  vc não quer transar não vou tá obrigar vou trocar de roupa e vou dormir, boa noite noite Felps 

Ele saiu estava corado e sem palavras, tomei meu banho me vesti, fui para a minha cama vendo cellbit no meu celular

Felps -  tá mechendo no meu celular por que? Cellbit?

Cellbit - baby me chame de daddy quando estamos sozinhos ok? é segundo por que vou apagar os contatinhos 


ri e corei me deitei ao seu lado, ele largou o meu celular e me abraçou por trás, dormi com ele e bom...

.

.

.

.

.

P.o.v Lucas f. 


Já estava em casa, o t3ddy estava dormindo típico dele dormir sem nem dar boa noite 

pelo menos estamos de conchinha, eu tô sem sono, insônia ;-; mais ok, tô vendo TV com o volume baixo pro t3ddy não acordar

.

.

.

.

.

P.o.v Larissa, Laura, missa 

Oi meus cavalos de açúcar turo bom?

Desculpa a demora mals mais tem lemon este é meu pedido de desculpas

🍥🐴🍥🐴🍥🐴🍥🐴🍥🐴🍥🐴🍥🐴



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...