História My butler, my love ... A forbidden love - Jikook - Capítulo 8


Escrita por: e EunJinnie_

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 23
Palavras 1.802
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


UmaJikooka — OI AMORES DA MINHA VIDA!!! VOCÊS ESTÃO BEM, MEUS BEBÊS???

Funny-chan — Oslá :3 como vão? Então, eu esqueci o que eu ia dizer, mas quando eu lembrar eu falo...
Tô tentando lembrar...
Ah, tá, lembrei. Só queria pedir desculpas por não atualizar a fic ;3;

UmaJikooka — Siiim, queremos pedir desculpas por não att a fanfic!

Funny-chan — Bom, acho que o próximo capítulo vai ser eu quem vai escrever, então é provável que não atualize tão cedo ;-; (Sorry, mas juro que vou tentar escrever para postar logo)

UmaJikooka — Eu obrigo a Funny a escrever rapidinho :3

SE TIVER ERRO ORTOGRÁFICO É CULPA DA FUNNY-CHAN!!!

Capítulo 8 - Cap.7


| Autora(UmaJikooka) |

Jimin estava dormindo calmamente em sua cama, estava todo encolhido no meio da coberta quentinha e macia. Quando chegou 07:30 da manhã, o despertador começou a tocar, Jimin desligou o aparelho e sentou-se na cama. Bocejou e em seguida se espreguiçou, levantou-se e fez tudo o que tinha que fazer antes de começar seu trabalho. Como havia terminado de se arrumar uns 10 minutos antes, começou a checar algumas mensagens e redes sociais, até que desse seu horário. Quando bateu 08:00, saiu de seu quarto em busca de Jungkook, encontrou o mais novo na cozinha, tomando o café da manhã.

— Acordou cedo, hyung. Achei que dormiria até tarde. — Jungkook tirou os olhos do celular e passou a olhar seu hyung, sorriu doce ao ver a cara um pouco sonolenta do Park. — Você estava dormindo tão bem, decidi te levar para o quarto. — falou, ainda olhando seu hyung.

— Ah, o-obrigado Jungkook. — sorriu envergonhado. Sentiu suas bochechas esquentarem, por não se lembrar de muita coisa.

— Não precisa agradecer, hyung. Sente-se e tome seu café, não quero você passando mal. — voltou a comer. Jimin sentou-se de frente para Jungkook, pegou uma xícara e colocou um pouco de capuccino e açúcar, misturou e começou a tomar o líquido. — Não vai comer nada?

— Não, estou sem fome, obrigado. — deu seu eye smile e continuou tomando seu capuccino, ao terminar deixou a xícara dentro da pia e voltou a se sentar. — Nós vamos para a empresa hoje?

— Sim, mas acho que vamos voltar mais cedo do que o esperado. Só tem uma reunião marcada para hoje e algumas papeladas, espero ser rápido. — Jungkook levantou-se e Jimin levantou logo em seguida. Jeon guardou seu celular no bolso da calça e espreguiçou-se. — Vamos?

— Claro. — Jimin respondeu simples, ainda não tinha acordado por completo. Andaram até chegarem no carro, entraram no automóvel e o motorista logo começou a dirigir.

— Você é tão quieto, Jimin... Já te falei isso antes, certo? — Jungkook falou, para não ficar um silêncio desconfortável.

— Sim, você já falou isso. — Jimin riu e colocou a mão em frente a sua boca, fazendo o mais novo rir pela fofura do mordomo.

— Hyung, você é tão fofo! — aproximou-se do Park e apertou as bochechas do menor, que logo colocou as mãos sobre as do Jeon, para tentar afasta-las de seu rosto. — Fofo, fofo, fofo, fofo! — continuou apertando as bochechas, até decidir se afastar para não machucar o seu hyung.

— Aigoo, doeu! — reclamou, colocou as mãos sobre as bochechas e massageou. — Quase arrancou um pedaço. — comentou e começou a rir junto com o moreno. — Não é para rir, Jungkook! — continuou rindo, ficou falando repetidas vezes como o moreno era sem graça, até chegarem na empresa. Entraram na enorme empresa e foram para o escritório do Jeon.

Quando chegaram no escritório, Jungkook sentou-se em sua cadeira, e começou a assinar os papéis com cuidado e atenção. Jimin sentou-se no sofá que tinha no escritório e pegou um dos livros da estante, já que Jeon o havia permitido pegar livros emprestados. Quase uma hora se passou, até o moreno ser chamado pela secretária para sua reunião. O rosado decidiu ficar na sala mesmo, se sentiria incomodado entre tantas pessoas sérias e bem vestidas. Jungkook não insistiu muito para não se tornar chato, e então foi para sua reunião.

Quebra de tempo...

Depois de já ter acabado todos os compromissos de Jungkook, puderam ir para a Mansão relaxar um pouco. Jimin estava fazendo companhia para o mais novo, já que não tinha nada para fazer em seu quarto e também, gostava de conversar com o seu saeng. O rosado gostava do seu trabalho, já que não tinha que pegar pesado e seu chefe era gentil com ele.

— Jiminnie-hyung, somente você nega sobre sua fofura em excessão. — Jungkook falou, sorrindo divertido. Jimin corou e formou um bico nos lábios. — Olhe essas bochechinhas rosadas e esse bico tão precioso! Olhe essas mãozinhas pequenas e fofinhas. — pegou as mãos do mais velho e entrelaçou seus dedos longos com os dedos do outro. Nem se tocando que o ato era tão íntimo, o menor tinha suas bochechas mais coradas do que antes, mas Jungkook estava tão concentrado observando as mãos juntas, que não se ligou no que estava fazendo.

— J-jungkookie... — Jimin gaguejou, por mais que não quisesse mostrar sua vergonha. Foi então que o moreno percebeu, e em surpresa, soltou a mão do menor.

— D-desculpa, h-hyung. — passou a mão pela nuca e começou a olhar para baixo. — E-eu... N-não percebi.

— Tudo bem, Jungkookie. — segurou no queixo de Jungkook e levantou delicadamente seu rosto, deu seu belo eye smile e abraçou-o, que rapidamente retribuiu o abraço. Não queria que ficasse aquele clima tenso, então tentava acalmar o mais novo.

Ficaram abraços por alguns minutos, o silêncio no quarto era agradável, e nenhum dos dois queriam se soltar. Porém, seria meio vergonhoso admitir aquilo – na opinião dos dois –, então soltaram-se e sorriram envergonhados. O moreno deu a idéia de jogarem no seu videogame, e prontamente o mais velho respondeu com um "claro!". No final, foi assim que passaram o resto da tarde.

Ao chegar a noite, os dois ainda estavam jogando, o fato de estar empatado deixava ambos mais animados. Do lado de fora do quarto, era possível ouvir os gritos que davam, algumas empregadas preferiam passar com os ouvidos tapados mesmo. No meio de mais uma das longas partidas, o celular de Jungkook começou a tocar sem parar, obrigando-os a parar o jogo.

— Ah, é o Tae! — Jungkook falou animado, ao ver a barra de notificações cheia de mensagens de seu amigo. — Oh, ele está nos convidando para uma festa do pijama! — sorriu animado e começou a responder as diversas mensagens do amigo. — Jiminnie, arrume suas coisas, sim? Vamos visitar Taehyung.

Jimin sorriu animado e saiu às pressas do quarto, estava ansioso para ver seu hyung e Taehyung. Arrumou suas coisas rapidamente, igualmente a Jungkook. Checaram diversas vezes suas mochilas/malas e assim que confirmaram, entraram no carro e foram direto para a mansão do Kim.

Chegando na mansão, foram recebidos pelo próprio Kim, que gentilmente comprimentou os dois e pediram para que eles entrassem. Hoseok estava sentado no sofá, comprimentou-os e voltou a prestar atenção no filme que passava. Taehyung mostrou o lugar aonde as malas deveriam ser deixadas, e de imediato, o moreno e o rosado guardaram suas malas.

— Hey! Vamos jogar verdade ou desafio?? — Taehyung indagou animado.

— Claro! — Jungkook sorriu animado. — Jimin? Hoseok?

— Por mim tudo bem. — disse Jimin, e em seguida Hoseok concordou animado.

— Vamos jogar com aplicativo, né? — o ruivo perguntou.

— Sim! Eu instalei antes dos dois chegarem. — Taehyung sorriu e tirou o celular do bolso, abriu no jogo e deixou-o no chão. Os garotos se sentaram no chão, formando um círculo em volta do celular. O loiro pegou uma caneta e colocou ao lado do aparelho eletrônico.

Várias partidas já haviam se passado, os desafios eram vergonhosos, assim como as perguntas. Fizeram coisas que nunca pensaram que estariam fazendo, viram coisas que nunca pensaram que estariam vendo. O jogo começou animado, e parece que vai continuar animado até o final. O aplicativo era útil, até demais.

— Jimin para Hoseok! — Taehyung exclamou animado e bateu palmas. — Você não pode mais escolher verdade, Hobi. Já se passaram suas três chances. — o ruivo suspirou e murmurou "desafio".

— Eu desafio você a... Beijar a pessoa ao seu lado direito?! — Jimin ficou confuso ao ler o desafio que o aplicativo havia mandado. — É, você tem que beijar o Tae, Hobi.

— O-o que? — Hoseok indagou confuso. O aplicativo estava querendo ferrar sua vida, é isto? — Eu não posso... Eu trabalho para o Taehyung, não tem como.

— Hobi, acabamos de selecionar o " 18", já era de se esperar algo do tipo. — Jungkook falou. — Vamos lá, Hoseok! — deu um leve tapinha no ombro do mais velho. Olhou de relance para seu amigo Kim e sorriu malicioso.

— Vamos logo com isso, Hoseok! — disse Jimin, querendo apreciar logo da cena. — Um selinho só.

— O Taehyung não falou nada. — o ruivo falou e apoiou-se no ombro de Tae.

— Ah... Por mim, tudo bem. É um jogo, né? — Tae falou baixo. Hoseok suspirou derrotado, mas no fundo estava contente por não ser rejeitado.

| Autora off |

| Hoseok on |

Eu e Taehyung estávamos sentados de frente um para o outro, o Kim estava com as mãos no chão, e eu com as mãos nos joelhos do garoto. Hoseok, é só um selinho! Um selinho, um único selinho... Qual o problema? Já se beijaram antes, porra!

Percebo que Jimin e Jungkook olhavam atentos, sem ao menos esconder ou ter vergonha na cara. Coloco uma de minhas mãos no rosto de Taehyung, aproximo nossos rostos e fecho meus olhos. E por fim, selo nossos lábios em um selinho. Isso é bom! Depois de longos segundos, separo nossos lábios e me afasto lentamente. Abro meus olhos e sorrio tímido ao ouvir os gritos bobos de Jimin e Jungkook.

— Desafio comprido, chega! — Taehyung começou a rir, os outros dois apenas fizeram o mesmo. — Vamos continuar. — voltamos as nossas posições anteriores, formando o círculo novamente.

Giro a garrafa e o jogo volta, parecia que tudo estava mais animado até. Pelo menos para mim – hehehe –, também, acabei de beijar KIM TAEHYUNG!!

Quebra de tempo...

Depois de mais algumas rodadas, decidimos jogar outra coisa, optamos por jogar Street Fighter. No momento, estava: Jimin VS Jungkook, era a terceira rodada dois dois. As duas primeiras, Jungkook que havia ganho, e bem, parecia que Jungkook também ganharia a terceira e – também última – rodada. Jungkook estava sorrindo animado, quase pulando em animação, e Jimin estava com o cenho franzido, mostrando sua concentração.

— GANHEI DE NOVO!!! — Jungkook gritou, levantando animado. — Eu sou bom demais, ninguém me vence!

— Aish... — Jimin estava com um bico nos lábios, Jungkook estava extremamente animado hoje. O moreno começou a pular pela sala inteira, quase derrubando uma das empregadas. Eu e Taehyung apenas riamos da situação.

— Parabéns, Jungkook...? — falou a empregada, que tinha os ombros agarrados pelo garoto citado.

— Aquieta o cu! — Taehyung exclamou para Jungkook, que apenas começou a berrar mais. Jimin levantou-se risonho e começou a puxar o maior, mesmo que sem forças o suficiente. — Céus... — tampou o rosto e começou a rir mais ainda, continuo rindo, só que dessa vez mais forte.

— Okay... Quem eu vou derrotar agora? — perguntou, depois de voltar a se sentar.

— Ninguém, pois você quem vai ser derrotado, por mim. — Taehyung sorriu convencido.

— Vamos ver então... — devolveu o sorriso convencido, pegou um dos controles e entregou para o Kim.


Notas Finais


O que acham, bebês? Jungkook deu uma de louco no final, são meus parentes jogando videogame 😂


SE TIVER ERROS ORTOGRÁFICOS É CULPA DA FUNNY-CHAN!!! CULPEM ELA!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...