História My cat - BTS HOT Kim Nanjoom - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Kim Nam-joon / Rap Monster
Personagens Kim Namjoon (RM), Personagens Originais
Visualizações 80
Palavras 1.903
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Magia, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei com uma nova fic
Buenas leitura

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction My cat - BTS HOT Kim Nanjoom - Capítulo 1 - Capítulo único

Seul , 18h03 p.m. 


Termino de arrumar minha mochila que se encontra sob meu colo

Me levanto e vou até a porta, aonde se encontra Janjim impaciente por me esperar.

(Janjim)- Vamos logo s/n ! Se não eu não irei conseguir comprar minha fantasia! - a mais velha dita nervosa.


(S/n)- aishhh unnie, a loja fica aberta até às 20h00 da noite. - tento acalmar a mais velha.

(Janjim)- sim eu sei ! Mas a trajetória até lá leva uma hora! - diz me puxando para fora da escola.

* Uma hora depois *

 (Janjim)- aishhh que inferno de ônibus lotado! - diz enquanto saímos do ônibus.

(S/n)- E eu ainda avisei pra gente ir de metrô, mas não a bonitona disse que queria andar de ônibus 

(Janjim)- ô ô s/n se manca viu nanica!

(S/n)- falou a gigante

(Janjim)- iiiiii vem não em made in Brazil

(S/n)- cala a boca palhaça

(Janjim)- cala boca já morr...- tampo a boca da mesma com minha mão

(S/n)- chega Janjim , vamos fingir que somos normais , educadas e que nos amamos muito viu?

A mesma assente com a cabeça e eu retiro minha mão de sua boca.

Vamos entrando na loja de fantasias

A Janjim veio comprar uma fantasia pois vai ter uma festa halloween na escola hoje a noite, mas eu não vou . Não tô com pique pra isso e sem falar que tenho que ficar cuidando do meu gatinho . 

Em falar nele, ele já deve estar achando estranho porque eu não cheguei ainda.


Janjim vai escolher sua roupa e eu resolvo dar uma olhada na loja

Tem coisas bastantes estranhas

Enquanto ando vejo um único potinho escrito:

" Para aquele que desejar ter ao seu lado seu amado"

Que coisa não?

Pra que será que serve isso hein?

Sei lá vou levar comigo

Pelo menos uma coisa dessa loja vou levar


Vamos até o caixa e eu pergunto pra moça pra que servia o potinho

A mesma diz

(Moça)- ahh dizem que se jogar em algum bicho ele se transformará em um príncipe! Kkkkk besteira não? Mas esse é o conto que a dona dessa loja inventou .

(S/n)- humm legal, vou levar - digo entregando meu dinheiro

(Janjim)- aí amiga esse treco vai ser só pra jogar dinheiro fora

(S/n)- pare com chatices

 Vamos embora pra nossas casas


 21:30 p.m

Chego em casa cansada , mas logo sou recepcionada pelo Black meu gatinho

(S/n)- onwt Black ! Cadê minha mãe hein?

Pergunto procurando minha Onma pela casa 

O mesmo mia

Pego meu celular e vejo uma mensagem

" Querida fui pra casa da sua tia , talvez volto só amanhã de manhã"

Ótimooo a casa é só minha agora

 Vou até a cozinha e abro a geladeira

Pego a vasilha de arroz e uns três ovos

Ligo o fogo e faço um mexido

Coloco num prato e como


Termino de comer e lavo o que eu sujei

Fico mexendo um pouco nas redes sociais

Me levanto e me lembro do potinho que eu comprei

Pego a sacola e o retiro de lá

Deixo em cima da mesa

E vou tomar meu banho


Enquanto tomo meu banho escuto o Black miar toda hora

Saio do box e me cubro com minha toalha

Abro a porta do banheiro e me deparo com o Black todo sujo do pó do potinho que eu comprei

(S/n)- aigoo Black, eu já te disse para não mexer nas minhas coisas, veja só! Quebrou meu potinho que eu acabei de comprar. Seu desastrado!

Vou até meu quarto me vestir para limpar a bagunça que meu gato fez

Quando termino de vestir meu short ouço um tossido


Me congelo na hora

Pai nosso que estás no céu...

 Coloco a cabeça pra fora do quarto e me deparo com um homem enorme, de costas largas e nú sentado no chão da sala

Cruzes meu senhor 

Que brincadeira é essa

Mas que raios alguém veio invadir minha casa?

Ele me vê e abre um enorme sorriso

(Homem)- s/n!!!

QUE?? !!! COMO ELE SABE MEU NOME?!

(S/n)- saiii daqui quem é você?!

(Homem)- sou eu o Black!

Aí Cristo agora eu tô ouvindo coisa com coisa

Mas não demora muito pra eu raciocinar e me lembrar do potinho

Volto pra trás e pego uma toalha e jogo no homem

(S/n)- Tá de brincadeira que vc é o meu gatinho

(Homem)- tô não , olha eu até sei o dia do meu e seu aniversário

(S/n)- é qual ?

(Homem)- ____/__/__ (seu aniversário) e o meu

12/09/1994

Não tô acreditando

(Homem)- e meu nome não é Black é Kim Nanjoom

(S/n)- Mas você é o Bla...
(Nanjoom)- Black não, Kim Nanjoom

(S/n)- Mass como um gato pode virar um homem?

(Nanjoom)- magia meu amor

(S/n)- Tá.... - percebo que o mesmo ainda só está de toalha - calma aí Nanjoom eu já volto.

Vou até o quarto dos meus pais e abro a gaveta

Pego uma cueca e uma roupa pro Nanjoom vestir

Volto pra sala

(S/n)- toma - jogo as roupas nele - fui no quarto...

(Nanjoom)- Dos seus pais, s/n eu morei aqui antes de você nascer

(S/n)- verdade

Ele se levanta

(Nanjoom)- vou me vestir

(S/n)- ah sim

Me retiro da sala e vou até meu quarto

Sento em minha cama

Fico pensando em que diabos isso foi realmente acontecer.

E agora como eu irei falar pros meus pais que o nosso gato virou um homem?

Eles realmente não vão acreditar em mim

(Nanjoom)- terminei - ele aparece na porta

(s/n)- hum - fico sem saber o que falar

(Nanjoom)- no que estava pensando?

(S/n)- ah-hh nada.... Só o que eu vou falar pros meus pais , porque eles não vão acreditar que você virou um humano

(Nanjoom)- nossa e é tão ruim eu ser assim?

(S/n)- não é que.... aish nanjoom você conhece muito bem meus pais não preciso nem te responder

(Nanjoom)- tisc! Garota boba , você nem leu o pote né?

(S/n)- não porque?

(Nanjoom)- não irei dizer nada, pois é só você ler

(S/n)- gatinho malcriado - resmungo

Me levanto e vou até a sala

Pego o pote que está quebrado e tento ler

(Nanjoom)- viu?

(S/n)- não consigo ler nada , por que será?

(Nanjoom)- aishhh criança, aí dizia que toda noite às 20h eu irei me transformar em um humano

(S/n)- sério? Então de dia vc vai voltar a ser o Black?

(Nanjoom)- só na minha forma natural

(S/n)- hum

(Nanjoom)- eu tô com fome

(S/n)- vou fazer algo para nós comermos

O maior só concorda com a cabeça

Caminho até a cozinha e ele vem atrás

Pego no armário dois lamen e uma panela

*Quebra de tempo*
Já tínhamos terminado de comer e fomos assistir um filme

Ele foi escolher o filme enquanto eu fui fechar as janelas, pois estava vindo uma tempestade

(Nanjoom)- vem!

Me sento no sofá

(S/n)- o que vamos assistir Nanjoom?

(Nanjoom)- Annabelle

(S/n)- ah não! Você sabe muito bem que eu odeio assistir esses filmes. De noite eu nem consigo dormir

(Nanjoom)- por isso mesmo

Cristo isso só pode ser coisa do coisa feia mesmo. Primeiro meu gato virou um homem, segundo está vindo uma tempestade e terceiro ele coloca um filme de terror.
Abençoe senhor abençoe

(Nanjoom)- s/n?

(S/n)- oi?

(Nanjoom)- vamos assistir o filme?

(S/n)- tá...

O filme começa

E eu já me cagando de medo


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Durante o filme foi tudo bem eu tava me segurando

Mais aí de repente veio uma cena que cruzes

Até me agarrei no nanjoom kkkkk....

ESPERA

O que eu tô fazendo?

Ele me olha com uma cara séria

(S/n)- dd-desculpa... - eu sabia que meu gato não gostava muito de carinho então imagina agora - foi realmente...sem querer

(Nanjoom)- por que se desculpar? - ele dita quase num sussurro

(S/n)- porque eu sei que vc não gosta muito de...

O mesmo coloca um dedo sobre minha boca

Minha respiração começa a se descompassar

(Nanjoom)- shhiiiuuuu .... Você não sabe o tanto que Eu te desejei

Me assusto com o que ele diz

Ele leva sua mão até minha nuca e me puxa pra frente de leve

Olho pros seus lábios e acabo por fechar meus olhos

Sinto algo quente e molhado encostar em minha boca

Agora nossos lábios estavam selados

Ele inicia um beijo e depois pede a passagem com a língua

Borboletas voam em minha barriga

Eu cedo

O beijo era calmo , mas necessitado

Era como se fossemos  feito um pro outro

Paramos pela falta de ar que se fez presente

Ele se distância um pouco de meus lábios e segue em direção ao meu pescoço

Um selar é deixado na região

Meu corpo reage e se arrepia

Sinto mãos rodearem minha cintura e me puxarem

Caio no colo de Nanjoom

Nos olhamos fixamente por uns segundos
Até que o nosso beijo é retomado

O beijo fica mais feroz e mais quente

Sinto meu ventre pulsar

Ele começa a retirar sua blusa e em seguida seu short

Olho envergonhada para seu corpo e que corpo

Nosso beijo se retoma novamente e o maior me ajuda a retirar minhas peças de roupa . Até que ficamos somente com nossa peças íntimas

(Nanjoom)- você... é... perfeita...

Sorrio envergonhada

Ele retira com cuidado meu sutiã
Fecho os olhos com um pouco de vergonha, afinal era minha primeira vez

Sinto sua respiração perto de meus seios e logo sinto sua boca os sugando como se fosse um bebê faminto.

Delírio com essa situação


Logo ele volta para minha boca

Sua mão vai de encontro com minha calcinha

Ele a retira

Seus dedos tocam minha intimidade lentamente me dando confiança

Ele faz um movimento circular que vai aumentando cada vez mais

Encolho meu corpo

Ondas elétricas se espalham por todo meu interior
(S/n)- hummm.... Opa

(Nanjoom)- diga baby?

(S/n)- é-eee b-boomm - digo entre gemidos

(Nanjoom)- calma baby, vai ter algo melhor ainda
Sinto meu ventre apertar os seus dedos

Acho que estou perto de meu primeiro orgasmo

Mas ele para

Eu o olho ofegante

Vejo ele lamber seus dedos

Ele retira sua box e seu amiguinho pula pra fora

O tamanho dele

(Nanjoom)- não se preocupe - ele beija minha testa - vai caber

Engulo seco

Ele me deita sob o sofá e se posiciona entre minhas pernas

(S/n)- oppa - chamo sua atenção - é que ... eu ainda...

(Nanjoom)- eu sei e prometo que vou cuidar de você a todo instante

Dou um sorriso de ladinho

Ele pincela seu meu membro por todo comprimento de minha buceta o que me faz o querer ainda mais

Em seguida sinto seu membro entrar devagar

Sinto uma ardência forte

Algumas lágrimas correm pelo meu rosto

(Nanjoom)- calma - ele carecia meu rosto - vai passar

Logo me acostumo um pouco com o arder

E ele começa a me penetrar devagar

É uma sensação que eu não sei explicar

Só sei que é muito maravilhoso independente da dor

Logo eu desejo mais e mais

(S/n)- mais awnhhh.... Mais rápido oppa...

Ele acelera seus movimentos

(Nanjoom)- unnnnnnw ....s/n.... apertadinha aaaa...

Nossos corpos se chocam entre si e o cheiro de sexo se faz presente pelo ar

Mais duas .... Três... Seis.... Dez... Vinte ... Trinta estocadas e nós dois nos desfazemos juntos

Ficamos lado a lado ofegantes

(S/n)- foi... A melhor noite da minha vida...



(Nanjoom)- acredite ! A minha também...

E acabamos por dormir juntos...





































Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...