História My Cherry Cola - Fillie - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Billy Hargrove, Bob Newby, Chefe Jim Hopper, Dr. Martin Brenner, Dustin Henderson, Eleven (Onze), Jonathan Byers, Joyce Byers, Kali "Eight" (Oito), Karen Wheeler, Lucas Sinclair, Maxine "Max" Mayfield / "Madmax", Mike Wheeler, Nancy Wheeler, Personagens Originais, Sam Owens, Steve Harrington, Will Byers
Tags Bughead, Choni, Cole, Comedia, Edits, Finn, Lili, Mileven, Riverdale, Sadiesink, Strangerthings, Strangerthingsedits
Visualizações 123
Palavras 1.053
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Não bateu 14 comentários mas tô postando outro pq sou trouxa msm
Boa leitura ae
Dsclp qualquer erro💕

Capítulo 28 - Ele te ama, apesar de ser um babaca


Millie Vision


Perdida no meio de um corredor, quantos quartos tinha aquela casa? Cade a merda da cozinha, eu entrei em três cômodos achando que poderia ser a cozinha e adivinha,  não era a bendita da amada e sagrada cozinha,

Eu virei minha cabeça para frente e finalmente achei a cozinha, eu ouvia as vozes de Nick e Finn, a conversa se repetia, Nick falava alguma besteira e Finn o reeprendia, mas Finn havia me avisado que o jeito que eles tratam um ao outro é diferente, eu podia perceber esse jeito,  desde o dia que eu cheguei a falar de verdade com Finn até hoje ele nunca havia citado a existência de Nick, oque me fez crer que a relação que eles têm não é muito boa,

Eu fiquei deslumbrada  com a cozinha de Nick, ela era gigante, tinha uma ilha de mármore,  vários utensílios que com certeza valiam mais do que eu poderia pagar, a mesa de jantar era extensa e se vidro, as cadeiras eram pesadas e tinham um estofado vermelho , - Uau! - eu disse maravilhada,  quem me dera ter uma cozinha dessas, eu viveria aqui a vontade, até para fazer um arroz eu tiraria foto pra  mostrar a cozinha,

Eu fui abrindo os armários da cozinha até conseguir encontrar oque eu queria, eu sempre gostei muito de cozinhar, mas na maioria das vezes os meus pratos deram errado,  como as outras pessoas eu também tinha uma especialidade, lasanha de carne! 

Como eu ia trabalhar na cozinha eu decidi trocar de roupa para não correr o risco de me sujar, eu passei pelo o corredor  e cheguei na sala, Finn revirava os olhos para Nick enquanto o ouvia falar sobre alguém, - Vocês gostam de lasanha né? - eu perguntei apoiada na parede, - Amo lasanha - Disse Nick mordendo os lábios enquanto me olhava de cima para baixo, eu revirei os olhos e soltei uma risadinha, - Finnie onde você colocou a minha mochila? Eu quero trocar de roupa,  - Eu perguntei me aproximando de Finn, - Tá lá em baixo, quer que eu vá com você? - Finn respondeu, - Eu posso ir com você se você quiser,  também posso te ajudar a trocar de roupa, - Nick disse se levantando, - Foi mal Nick, mas eu sou fiel a Finn, - Eu saí da sala segurando a mão de Finn, e lancei uma piscadela na direção de Nick,

- Seu irmão é uma peça! - eu disse rindo da cara que ele fez quando nós saímos da sala, - Com certeza, engraçado até demais! - Finn disse ironicamente , - Sério isso Finn? - eu parei onde estavam os e segurei seu rosto entre minhas  mãos 

- Aí meu Deus, Finn eu te amo, seu irmão é engraçado , mas eu amo você e não pretendo te trocar por Nick  - eu passei meus dedos delicadamente por sua bochecha e o beijei, - deixa de ser sonso, Finn - eu soltei ele e peguei minha mochila - Vamos seu idiota - ele assentiu e sumiu as escadas junto a mim, 

- Nick, onde fica o banheiro? - eu perguntei , -  No corredor a direita, - ele respondeu, eu assenti e fui no banheiro, troquei de roupa rapidamente, eu estava agora com uma regata vermelha e um short jeans claro, eu tirei meu tênis e deixei que meus pés encontrassem o chão brilhoso, Depois peguei uma escova que eu guardava na minha mochila e peentei meu cabelo, com a minha fiel e escudeira scrunchie vermelha eu prendi meu cabelo em uma rabo de cavalo e saí do banheiro,  voltei para a cozinha e finalmente comecei a cozinhar,

[...]


- Está Pronto! - eu gritei da mesa de jantar,  os meninos logo vieram e se sentaram ao meu lado,  Nick do meu lado esquerdo e Finn do meu lado direito,  - Cuidado Está quente! - Eu falei e peguei um pedaço de lasanha e coloquei  no meu prato,  eles colocaram a lasanha em seus pratos e nós começamos a comer, - Caralho,  isso tá muito bom! - Disse Finn, - Eu raramente concordo com o Finn, mas agora eu vou de obrigado a concordar,  meu Deus! Que lasanha mais maravilhosa! - 

- é a minha especialidade, agradeço os elogios! - eu disse enquanto segurava a mão de Finn debaixo da mesa, - Mas me falem, como os dois pombinhos se conheceram? - Nick perguntou, - Escola - dissemos juntos - Vocês namoram ou não? Me restaram algumas dúvidas sobre isso - 

- Olha, somos praticamente namorados, só não somos totalmente namorados, por Que o Tapado do seu irmão ainda não me pediu em namoro - eu falei olhando Finn, - Ah, então quer dizer que eu ainda tenho chances? - perguntou Nick, - Eu não chamaria de chance oque você tem, - Eu disse para Nick, - Definitivamente ela é fiel, você passou no meu teste, bem - vinda a família,  Millie! - Nick disse fazendo com que eu e Finn rissimos,

Depois de terminarmos de comer, eu e Nick lavamos as louças enquanto Finn organizava o porão, - Sabe Millie,  não machuque o Finn, ele te ama como nunca amou ninguém,  ele só sabe falar o quão maravilhosa,  genial e bonita você é, se bem que a última parte ele bem precisa falar porque eu tenho ótimos olhos, Mas é sério,  não machuque meu irmão,  ele te ama apesar de ser um babaca-   eu concordei com a cabeça e soltei um sorriso,  era bom saber de uma outra pessoa que não fosse Finn que Finn gostava muito de mim, porque eu o amava, 

O amor é complicado, para se amar tens de se sacrificar,  amar é ajudar, é dar seu coração,  é sorrir nas horas difíceis é dizer que vai ficar tudo bem, olhando assim, parece cansativo, mas eu te digo, cada esforço,  cada pequena gota de suor ou uma lágrima que um dia foi derramada por você, vale a pena, porque o que você recebe em troca é muito mais do que eu posso explicar com simples palavras, mas quando você encontrar a pessoa certa, você vai saber o que eu eatou falando,

Depos de arrumarmos tudo, nós despedimos de Nick e resolvemos ir embora, também troquei meu número de celular com Nick e resolvemos marcar um dia para sair ou almoçar, 











Notas Finais


Bjs 💞💞 amo vcs!
Volto dps, mas ficaria muito feliz se tivesse 10 comentários 💞💞💞
Desculpa qualquer erro 💞💞


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...