1. Spirit Fanfics >
  2. "my contract demon' -- norray >
  3. "seja a minha maré'

História "my contract demon' -- norray - Capítulo 8


Escrita por: Miyusiko

Notas do Autor


DESCULPA FICAR TANTO TEMPO SEM POSTAR AMORES DO MEU CORAÇÃO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Para compensar, aproveitem esse capítulo quentinho direto do forno



Vai ler porra ;)

Capítulo 8 - "seja a minha maré'


Fanfic / Fanfiction "my contract demon' -- norray - Capítulo 8 - "seja a minha maré'

𝑅𝑎𝑦 | 13:42 | 𝑞𝑢𝑎𝑟𝑡𝑎-𝑓𝑒𝑖𝑟𝑎




Novamente aquela nuvem de fumaça acinzentada se moldava em torno de meu corpo.. parando para pensar, faz um tempo aue Norman Ratri não me invoca



Quando abro meus olhos pela segunda vez, já não me encontrava no conforto da minha casa, estava no quarto tão conhecido


Tudo se encontrava escuto, apenas um vulto é capaz de ser visto



_você tem que usar essa merda sempre que me invoca?


Ligo a lâmpada, revelando aquela figura esbranquiçada, uma bela figura


Norman_ para Rayyy_ diz tirando o capuz_ eu sei que você ama


_ diz logo vai_ digo dando leves balançadas no ar, retirando os resíduos da nuvem escura anteriormente formada


Norman_ a Emma está vindo! Ela quer muito falar com voc-_ ouço a campainha ser tocada_ deve ser ela! Vem vem!_ diz puxando a manga da minha blusa, um hábito que ele pegou


_ sabe que não precisa me puxar, não? Não vou sair correndo


Norman_ gosto de prevenções



Agora sem o manto, o albino abre a porta, revelando outra figura que eu conheço bem, se possi dizer assim



Emma_ OI NORMAAAAN!_ diz se agarrando nos braços do mais alto, virou chiclete foi? Oxe, não é você que foi contratada não meu be- espera- ela gosta de garotas né?


Emma_ RAYYYYY!_ diz a ruiva, dessa vez se agarrando em mim, respondo retrebuindo com um abraço leve


_ então.. o Norman me chamou, disse que queria falar comigo, é algo importante?


Emma_ sentem vai! Já comeram? Norman! Não acredito que mudou os salgadinhos de lugar_ fala a ruiva revirando os armários da cozinha_ nem ofereceu nada para o emo-- achei!


Emma_ vai Norman! Sentem logo, vão! Peguem_ estende um pote de salgadinho_ olha, meu aniversário está chegando, como o Norman sabe- enfim, estava pensando em fazer uma espécie de festa a moda antiga entende? Meu pai alugou um espaço divino! Com direito a um lustre gigante perfeito! Queria contar com a presença de vocês, significaria muito para mim! Aliás, também preciso de ajuda com a roupa, tenho que estar perfeita para o Max!


Norman_ pode contar com a minha presença bombinha!_ diz bagunçando as madeixas bagunçadas e ruivas na menor_ você e a Max estão se desenrolando rápido hein?


Emma_ não tenho que culpa dela ser tão incrivelmente perfeita! Se estivesse apaixonado entenderia- enfim! E você Ray


_ a-ah-



Encaro Norman, como aquelas crianças que qualquer pergunta que fazem para ela, olha para mãe e a própria responde. Apenas vejo ele fazer um "sim" com a cabeça



Me viro novamente para Emma_ pode deixar Emma, quando que é?


Emma_ já faz um tempo que estamos arrumando tudo.. vai ser esse final de semana! Vocês tem que ver! Está tudo divino! Divino! Vamos vamos, mudanças de plano, vocês precisam me ajudar a terminar as decorações, o dia está chegando e ainda estou atrasadíssima nesse conceito, vá Norman! Feche logo essa porta_ O albino rapidamente pega as chaves de seu bolso, trancando a porta, fazendo um sinal para prosseguimos o caminho


Emma_ esperes aqui, vou chamar um uber, é meio longe e não quero vocês cansados! Falandl nisso desculpe não responder suas mensagens de madrugada Norman, estou dormindo o mais cedo possível esse mês, não posso estar com um olheirinha se quer!_ logo num movimento rápido a ruiva pega seu celular, se afastando um pouco de nós para pedir o tal "uber"



Norman_ perdão, amo a Emma mas o garota para falar!


_ eu não me encomodo.. mas o que é essa tal festa a moda antiga?


Norman_ bem.. é meio que uma festa referente as de antigamente, com valsa, roupas formais, lustres e candelabros, literalmente como se estivessemos dando uma festa antigamente mesmo


_ parece ser divertido.. nunca fui em nada parecido- espera- o que é v-     v-    valsa? Assim que se diz?



Norman dá um daquelas risadas longas e abafadas dele, geralmente meu rosto arde quando ele faz isso, bem estranho, me sinto confortável, é como estar na frente de uma lareira quentinha, com um belo chocolate quente, quando estou longe dele.. a bebida acaba e o fogo apaga subtamente, o que é estranho pois ele nem lembra as chamas ardentes do verão!


Norman_ é uma espécie de dança constituída com duas pessoas em passos lentos e sinconizados, geralmente dançando música clássica ou algo do gênero, mais ou menos isso


_ é que eu nunca dancei- você já Norman Ratri?


Norman_ sou incapaz de dizer não- já fiz cursos de dança, mas o que eu fiquei mais tempo foi o de valsa acredita? Tudo tem um propósito pelo visto






_ propósito?







Norman_ algo que vem na sua vida, que vai alterar o futuro, vai servir, vai fazer sentido, vai te deuxar feliz.. geralmente isso






_ eu sou um propósito seu Norman Ratri?






Norman_ e-eu não sei Ray.. só o futuro vai dizer concorda?







_ acho que sim..











...








Emma_ VEM GENTE! deixa de boiolagen que o uber chegou, vamos! Estou completamente tomada pela ansiosidade para te mostrar o local! É completamente dislumbrante! Vocês irão amar sim sim


Norman_ não acha que está assistindo anne with an e demais não Emma?


Emma_ como pode dizer algo desse gênero Norman Ratri!? Como poderei superar o luto de perder minha série favorita? Me diga!    Ótimo..






𝑞𝑢𝑒𝑏𝑟𝑎 𝑑𝑒 𝑡𝑒𝑚𝑝𝑜






Emma_ deixe-me pegar a chave.. prontinho! Ta-dã! Aqui estamos! Norman, pode ir até o depósito naquela direção? Deixei uns candelabros lá, tenho que deixar no lugar, e Ray, pegue aquela escada e aqueles enfeites por favor? Preciso pendurar ali



Me dirijo até uma grande e bem enfeitada mesa ao canto do salão, o local era agradável de se estar, vários detalhes em madeira e ouro falso estavam espalhados cá e lá, no teto, um grande lustre brilhava por conta da sua tintura, a noite com todas as velas acesas deve ficar uma completa maravilha


Coloco todos os enfeites mencionados no teto, me virando para a ruiva



_ algo mais?


Emma_ que bom que terminaram rápido! Podem mover aquela mesa para o outro canto? Por favor tentem não arranhar o chão ok? Quero aue fique bem visível, vai ficar divino! Uma mesa naquele canto cheia das mais deliciosas gostosuras toda iluminada! Incrível



Pego uma das pontas da mesa, enquanto Norman pega a outra, tentando não encostar no delicado e bem feito piso, para não arranhar







𝑞𝑢𝑒𝑏𝑟𝑎 𝑑𝑒 𝑡𝑒𝑚𝑝𝑜







Emma_ nossa rapazes! A ajuda de vocês foi excepcional! Olhe como está tudo lindo! Lembrem, esse final de semana, sabádo ok? Lembrem-se, vocês passem na minha casa primeiro para me ajudarem a me arrumar


_ não se preocupa ruivinha, a gente lembra


Emma_ bom mesmo! Vem gent- não vem Ray?


_ não precisa pegar a chave, quando eu for sair eu tranco e dou para o Norman te devolver, quero ficar mais um pouco


Emma_ tudo bem! E você Norman


Norman_ pode ir bombinha, eu vou a pé!


Emma_ okok, só tomem cuidado com o horário que forem sair! Beijos meninos, até sábado ou antes!!!



Sinto leves passos se direcionado até onde eu estava sentado, apenas contemplando o nada



Norman_ Ray- há algo de errado?


_ nahh, só estou pensando se vai ser difícil, sabe.. dançar, e se alguém vai querer ir comigo, não conheço ninguém no mundo humano além de você, a Emma, o Max e a sua mãe! Acho que terei que decepcionar a Emma-


Norman_ acredite, não vai querer fazer isso, aliás, esse é o menor dos seus problemas! Eu posso ir com você! E dançar.. dançar.. vem! Levante-se



O albino coloca uma música clássica e bela em seu celular, logo puxando a manga da minha blusa para o centro do salão, fazendo nossos corpos colarem


Seus batimentos cardíacos acelerados contra os meus eram como uma própria dança, cheia de emoções, um momenti excepcionalmente memorável



Olho em seus olhos cor de oceano, ele me encarava seriamente, sem quebrar o contato visual, ele começa a mover os pés lentamente


Corto o contato, olhando agora para os nossos pés, nunca fiz isso, mas.. a dança fluía de uma forma tão suave e melodiosa, encarei seus olhos, dessa vez acompanhados de um grande sorriso



Norman_ viu? Não é tão difícil assim! 1 2 3, direita! 1 2 3 esquerda! Já está pegando o jeito


Deito minha cabeça sobre seu peito


_ você é diferente do que eu já ouvi, vi, ou senti, Norman Ratri, você é incrívelmente único_ levanto minha cabeça, encarando aquelas grandes orbes azuis, que eu tinha tanto prazer de ver e encarar, apenas por diversão_ obrigado_ digo, acompanhado por um sorriso e bochechas queimadas







𝑞𝑢𝑒𝑏𝑟𝑎 𝑑𝑒 𝑡𝑒𝑚𝑝𝑜 ( 3 𝑑𝑖𝑎𝑠 ) / (  𝑓𝑒𝑠𝑡𝑎 ),




Emma_ GENTE!!! Norman Norman, não vai  dar! Eu estou ridícula!


Norman_ se acalme Emma! Só tem um fio solto do seu cabelo


Emma_ EXATAMENTE! VAI, PÕE ISSO NO LUGAR POR FAVOR!! NÃO POSSO ENTRAR NA MINHA FESTA NESSE ESTADO



Hoje seria o grande dia da festa "a moda antiga", ainda não tinha ido ao salão pois estávamos- eu e Norman- ajudando Emma a se arrumar


Seu vestido era perfeitamente adorável, ia até um pouco mais da canela, revelando seus lindos sapatos dourados enfeitados por um lindo e grande laço, possuía grandes mangas bufantes rendadas, com uma gola até o pescoço, já seu cabelo estava amarrado sobre um perfeito coque, uma vestimenta digna de uma rainha



Já Norman, usava um perfeito terno preto, na qual caía perfeitamente sobre seu corpo, com uma blusa azul como suas orbes por baixo, e sapatos igualmente negros e lustrosos


Norman_ pronto Emma! Quando maldita carruagem alugada vai chegar!?


Emma_ sobre isso eu estou perfeitamente calma.. é muito comum e chique a princesa chegar explendorosamente bela e atrasada ao baile, olhe Norman! Chegou, venhan venhM! Não vejo a hora de ver Max trajando as vestes que pedi para usar! Deve ter ficado divino!


_ certamente



A casa de Emma não ficava a pouco mais de 7 quarteirões do local, mas optou por usar uma carruagem como meio de transporte, segundo ela "uma princesa sem uma carruagem, não é uma princesa"


Os cavalos negros como um noite de inverno param subtamente



Abro a pequena portinha para todos saírem do veículo


Várias pessoas de dentro da festa observavam Emma sair da carruagem, certamente estava lindíssima, não que eu tenha minha atenção voltada para ela



Em meio a multidão vejo Max olhar encantado para Emma, que abre um grande sorriso como retribuição, logo correndo da forma mais clichê possível para os braços da amada, beijos beijos, final feliz yay



Sinto leves cutucadas no meu ombro, olho para o lado, o albino estendia o braço



Norman_ esqueceu que hoje estou aqui como seu acompanhante?


_ você é ridículo, vem



Puxo ele para a mesma mesa de três dias atrás, que agora estava toda iluminada cheia das mais deliciosas guloseimas


Norman_ jura que me trouxe para a mesa de comidas?


_ como não se sente encantadk com tantos tipos de delícias na sua frente? ME DIGA NORMAN RATRI, COMO??


Norman_ okok, entendi, nada de falar qualquer coisa que não seja positiva sobre a comida.. anotado!_ imitou como se estivesse uma caneta e caderno em mãos



Enquanto estou comento um delicioso biscoito com doce de maracujá, ouço um som leve ser tocado pelo ar, e a música antes ecoada ppr todo ambiente, agora já nãl se encontrava mais por aqui




Pai da Emma_ obrigado a todos por terem vindo a festa da minha querida filha, parece que foi ontem que você pedia para subir em meus ombros, assistir desenho, ou apenas se divertir comigo, hoje, está, e já se tornou uma mulher crescida e independente, saiba minha filha, eu morro de orgulho de você, agora, vai começar a valsa especial, chamarei quatorze casais -quinze adicionando minha filha e Max- para dançarmos a famosa valsa


Pai da Emma_ Don com Gilda, Nat e Anna...



Pai da Emma_ por fim, Norman e Ray


_NORMAN RATRI!_ um cochicho meio alto eu diria_ não disse que iríamos dançar na frente de tanta gente! Achei que dançariamos com todos!


Norman_ mas vamos! Depois dessa


_ vem logo! Que eu não esqueça os malditos passos-


Norman_ se acalma_ a essa altura as primeiras notas musicais puderam ser ouvidas, e já estavamos no nosso lugar_ na hora, só se deixe levar, eu te conduzirei, e você me conduzirá, assim como a maré, ela vem e vai, como uma melodia perfeita




Como dá primeira vez, deito minha cabeça em seu peito, sentido aquele cheirinho característico dele



_tem razão Norman Ratri.. me conduza, deixe-me ser uma concha, e seja minha maré


Fecho meus olhos, sentindo a música leve adentrar meus ouvidos, sentido nossos pés revezando de lugar, em uma dança perfeita



Começo a fazer carinho em sua nuca, onde alguns cabeloa macios cresciam, apenas me deixei levar





Me leve para ondem desejar Norman Ratri..







































































































































































"Seja minha maré"


Notas Finais


Gente! Espero que tenham gostado de coração <333


E lembrem, a essa altura do campeonato, sempre que o Norman invoca o Ray, ele já esconde o chifre e a calda dele okey?


Beijos no cu e até a próxima ⁽⁽ଘ( ˊᵕˋ )ଓ⁾⁾

( Se vocês acham que está indo rápido de mais, já passou um tempão que eles se conheceram daqui K, e a autora-chan aqui também não tem paciênciaC; )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...